Cuidados

5 coisas que você deve fazer para não incentivar a ansiedade de separação no seu cachorro

  Cachorro ansioso: veja alguns hábitos que podem evitar o quadro!
Cachorro ansioso: veja alguns hábitos que podem evitar o quadro!

Se você tem um amigo de quatro patas, certamente deve saber que é comum que, em alguns casos, ele sofra com a ansiedade de separação. Cachorros que costumam passar um longo período do dia sozinhos, por exemplo, podem estar mais propensos à condição. Por isso, é normal que o animal fique mais agitado quando percebe que o seu tutor está para sair e, por isso, latem ou choram para chamar a atenção. Mas você sabia que a forma como tratamos os nossos bichinhos podem incentivar esse comportamento? Abaixo, listamos alguns hábitos que podem evitar o quadro de cachorro ansioso. Dá uma olhada!

1) Crie o seu cãozinho para ser independente

Esqueça aquela velha história de que apenas os felinos são animais independentes. O seu cãozinho também pode (e deve!) ser criado para lidar com momentos sozinho. Para isso, você pode acostumar o seu pet com algumas saídas rápidas. Nesse caso, vale apostar em períodos curtos de 1 a 5 minutos e, assim, aumentar gradualmente a duração. Encenar os comportamentos comuns que costuma ter ao sair de casa, como pegar chave e bolsa, também pode ajudar no processo. Entretanto, vale lembrar que é importante que o tutor seja firme e tenha paciência, já que pode demorar um pouco até que o cachorro ansioso trate a sua ausência com naturalidade.

2) Aposte no enriquecimento ambiental para evitar a ansiedade canina

Proporcionar a distração para o seu amigo durante o tempo em que ele está sozinho é a melhor forma de evitar a ansiedade canina. Para isso, nada melhor do que enriquecer o ambiente com diferentes brinquedos para cachorros, desde bolinhas àqueles que estimulam a atividade cognitiva do animal. Além disso, vale espalhar ração pela casa para fazer uma espécie de “caça ao tesouro”, deixar os brinquedos em locais de fácil acesso e programar a TV por alguns minutos após a sua saída. Essas são algumas estratégias que costumam fazer com que o seu pet não sinta tanto à sua saída. 

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
      Ansiedade canina: gastar energia do seu amigo antes de sair de casa pode ajudá-lo a não sofrer com a sua ausência
    Ansiedade canina: gastar energia do seu amigo antes de sair de casa pode ajudá-lo a não sofrer com a sua ausência

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele
    Comportamento animal

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele

    Se você tem um felino em casa, com certeza já deve ter se questionado como saber se seu gato te ama. Pelo fato dos felinos serem muito reservados, e às vezes independentes, fica mais difícil decifrar o amor de gato - diferente dos cães, que expressam isso de um jeito eufórico e quase exagerado. Os bichanos demonstram afeto pelos humanos de um jeito delicado e único, com atitudes que podem até passar despercebidas.

    3) Invista no adestramento para ansiedade de separação e garanta o bem-estar do seu amigo

    Você pode até duvidar, mas cachorros que sabem os comandos básicos, como sentar e ficar, deitar e dar a patinha conseguem lidar melhor com a separação do dono. Isso porque eles ajudam a controlar o animal através de pedidos simples enquanto o tutor se afasta. Nesse caso, você pode tentar adestrar o seu amigo em casa com sessões curtas e regulares de 5 a 10 minutos. Conforme o cãozinho for aprendendo os comandos, é importante recompensá-lo com alguns petiscos para cachorro. Quanto mais vezes ele for recompensado ao acertar um novo truque, mais rápido o animal vai entender que depois de um tempo sozinho você vai voltar pra ele.

    4) Procure não se despedir do cão

    Pode ser difícil não dar aquele tchauzinho para o seu cão antes de sair de casa, mas é necessário. Para evitar a ansiedade canina, o ideal é não dar muita atenção ao pet nos minutos em que antecedem a sua saída. Tratar a sua ausência com naturalidade é uma ótima maneira de fazer o cachorro entender que não tem motivos para sofrer. Ignore as tentativas do seu amigo de chamar sua atenção e coloque em prática os comandos básicos de adestramento. Além disso, é importante que voltar para casa mais tranquilo e sem muita festa. Dessa forma, as suas chegadas e partidas não são transformadas em momentos de tensão.

    5) Se possível, brinque com o cachorro antes de sair 

    Uma boa forma de evitar que o cãozinho fique ansioso enquanto você está fora é fazê-lo gastar energia antes de sair. Brinque bastante com o seu amigo ou dê um passeio com ele. Dessa forma, ele vai utilizar o tempo em que você estiver ausente para dormir e descansar, evitando o sofrimento por estar sozinho. 

    Redação: Úrsula Gomes

    Como combinar as prateleiras para gatos com a decoração da sua casa?

    Próxima matéria

    Como combinar as prateleiras para gatos com a decoração da sua casa?

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Schnauzer: tamanho, pelagem, saúde e preço... tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Raças

    Schnauzer: tamanho, pelagem, saúde e preço... tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    A raça de cachorro Schnauzer é conhecida pela cabeça em formato quadrado e o bigode característico. Ele é um dos cachorros mais queridos no Brasil e seu temperamento dócil e brincalhão contribui muito para isso. Mas muitas pessoas não conhecem a fundo as principais características do Schnauzer. Por exemplo, você sabia que existem três tamanhos dessa raça? Se você já ama esse cãozinho e está pensando em adotar um Schnauzer, é importante saber o máximo possível sobre a raça antes de tomar a decisão. O Patas da Casa te conta tudo o que você precisa saber sobre a origem do Schnauzer, suas características físicas, temperamento, saúde e até os valores caso você queira comprar um. Confira tudo!

    6 coisas que você precisa saber antes de adotar um cachorro vira-lata (filhote ou adulto)
    Adoção

    6 coisas que você precisa saber antes de adotar um cachorro vira-lata (filhote ou adulto)

    Adotar cachorro é um ato de amor! Ainda mais se ele for um cão sem raça definida (SRD), que é popularmente conhecido como vira-lata aqui no Brasil. Esses animais geralmente vivem nas ruas e só procuram um lar para chamar de seu. Felizmente, de uns tempos pra cá eles se tornaram os queridinhos dos amantes de cachorros. Não é à toa que o vira-lata caramelo virou praticamente um verdadeiro símbolo brasileiro! Mas afinal de contas, o que é importante saber antes de adotar um cachorro vira-lata? Que características são próprias desse cãozinho e que cuidados são necessários com ele? Reunimos 6 coisas que você precisa saber antes de ter um vira-latinha em casa. Chega mais!

    5 coisas que você pode fazer pelos cachorros abandonados da sua cidade
    Cuidados

    5 coisas que você pode fazer pelos cachorros abandonados da sua cidade

    Poucas cenas partem tanto o nosso coração quanto ver um cãozinho abandonado pelas ruas da cidade, né? Mas o que poucas pessoas sabem é que é totalmente possível fazer pequenas coisas que podem mudar completamente a vida daquele bichinho. Nem sempre adotar um cachorro é uma opção palpável pelos mais diferentes motivos, mas isso não significa que não dá para ajudar os animais abandonados a ter uma qualidade de vida um pouquinho melhor. E como é possível fazer isso, afinal de contas? Vem que a gente te mostra como pequenas atitudes podem melhorar - e muito! - a vida de um cachorrinho abandonado.

    Ver Todas >

    Cachorro feliz: veja em infográfico as coisas que mais despertam os hormônios da felicidade no seu pet
    Comportamento animal

    Cachorro feliz: veja em infográfico as coisas que mais despertam os hormônios da felicidade no seu pet

    Todo cachorro tem um jeitinho brincalhão que é capaz de despertar a felicidade em qualquer humano. Mas o que é mais importante na hora de deixar o cachorro feliz? A verdade é que os cães não exigem muita coisa: uma ração gostosa, alguns brinquedinhos, passeios e carinho dos donos já são suficientes para ativar os hormônios da felicidade nesses seres maravilhosos.

    Como encontrar um cachorro perdido? Veja as dicas de quem passou pela experiência
    Comportamento animal

    Como encontrar um cachorro perdido? Veja as dicas de quem passou pela experiência

    Um cachorro desaparecido tem chances de ser encontrado, principalmente se estiver com uma coleira de identificação e os tutores agirem imediatamente na busca. Os cães são animais ágeis e a fuga é uma situação que pode ocorrer por diferentes motivos - em viagens, passeios ou até com aquela porta entreaberta ao receber uma visita. Foi o que aconteceu com o cãozinho Caju, que fugiu depois da família se envolver em um acidente de carro na região de Curitiba.

    Pode passear com cachorro nos dias de muito calor? Qual a melhor forma de fazer isso?
    Comportamento animal

    Pode passear com cachorro nos dias de muito calor? Qual a melhor forma de fazer isso?

    Passear com cachorro é um momento que estreita laços e ainda faz bem para a saúde, tanto do animal quanto do tutor. Cães precisam de exercícios na rotina para gastar energia e evitar quadros de estresse e ansiedade. Apesar de ser um momento muito prazeroso e necessário, é preciso ter cuidado com a saúde e a segurança do seu animal, principalmente nos dias de muito calor. 

    Gato na janela: veja acessórios e produtos que deixam a experiência do bichano mais segura e confortável
    Comportamento animal

    Gato na janela: veja acessórios e produtos que deixam a experiência do bichano mais segura e confortável

    Quem tem gato em casa sabe bem que esses animais adoram ficar nas alturas! As janelas são praticamente os lugares preferidos da casa para os gatinhos. De lá eles conseguem ver o movimento da rua sem perder nada que acontece dentro de casa. Para que esse hábito do bichano fique mais agradável e seguro, nada melhor do que personalizar esse espaço para que ele se torne mais “gatificado” ainda.

    Ver Todas >