close
Cuidados

5 coisas que você deve fazer para não incentivar a ansiedade de separação no seu cachorro

  Cachorro ansioso: veja alguns hábitos que podem evitar o quadro!
Cachorro ansioso: veja alguns hábitos que podem evitar o quadro!

Se você tem um amigo de quatro patas, certamente deve saber que é comum que, em alguns casos, ele sofra com a ansiedade de separação. Cachorros que costumam passar um longo período do dia sozinhos, por exemplo, podem estar mais propensos à condição. Por isso, é normal que o animal fique mais agitado quando percebe que o seu tutor está para sair e, por isso, latem ou choram para chamar a atenção. Mas você sabia que a forma como tratamos os nossos bichinhos podem incentivar esse comportamento? Abaixo, listamos alguns hábitos que podem evitar o quadro de cachorro ansioso. Dá uma olhada!

1) Crie o seu cãozinho para ser independente

Esqueça aquela velha história de que apenas os felinos são animais independentes. O seu cãozinho também pode (e deve!) ser criado para lidar com momentos sozinho. Para isso, você pode acostumar o seu pet com algumas saídas rápidas. Nesse caso, vale apostar em períodos curtos de 1 a 5 minutos e, assim, aumentar gradualmente a duração. Encenar os comportamentos comuns que costuma ter ao sair de casa, como pegar chave e bolsa, também pode ajudar no processo. Entretanto, vale lembrar que é importante que o tutor seja firme e tenha paciência, já que pode demorar um pouco até que o cachorro ansioso trate a sua ausência com naturalidade.

2) Aposte no enriquecimento ambiental para evitar a ansiedade canina

Proporcionar a distração para o seu amigo durante o tempo em que ele está sozinho é a melhor forma de evitar a ansiedade canina. Para isso, nada melhor do que enriquecer o ambiente com diferentes brinquedos para cachorros, desde bolinhas àqueles que estimulam a atividade cognitiva do animal. Além disso, vale espalhar ração pela casa para fazer uma espécie de “caça ao tesouro”, deixar os brinquedos em locais de fácil acesso e programar a TV por alguns minutos após a sua saída. Essas são algumas estratégias que costumam fazer com que o seu pet não sinta tanto à sua saída. 

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
      Ansiedade canina: gastar energia do seu amigo antes de sair de casa pode ajudá-lo a não sofrer com a sua ausência
    Ansiedade canina: gastar energia do seu amigo antes de sair de casa pode ajudá-lo a não sofrer com a sua ausência

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    3) Invista no adestramento para ansiedade de separação e garanta o bem-estar do seu amigo

    Você pode até duvidar, mas cachorros que sabem os comandos básicos, como sentar e ficar, deitar e dar a patinha conseguem lidar melhor com a separação do dono. Isso porque eles ajudam a controlar o animal através de pedidos simples enquanto o tutor se afasta. Nesse caso, você pode tentar adestrar o seu amigo em casa com sessões curtas e regulares de 5 a 10 minutos. Conforme o cãozinho for aprendendo os comandos, é importante recompensá-lo com alguns petiscos para cachorro. Quanto mais vezes ele for recompensado ao acertar um novo truque, mais rápido o animal vai entender que depois de um tempo sozinho você vai voltar pra ele.

    4) Procure não se despedir do cão

    Pode ser difícil não dar aquele tchauzinho para o seu cão antes de sair de casa, mas é necessário. Para evitar a ansiedade canina, o ideal é não dar muita atenção ao pet nos minutos em que antecedem a sua saída. Tratar a sua ausência com naturalidade é uma ótima maneira de fazer o cachorro entender que não tem motivos para sofrer. Ignore as tentativas do seu amigo de chamar sua atenção e coloque em prática os comandos básicos de adestramento. Além disso, é importante que voltar para casa mais tranquilo e sem muita festa. Dessa forma, as suas chegadas e partidas não são transformadas em momentos de tensão.

    5) Se possível, brinque com o cachorro antes de sair 

    Uma boa forma de evitar que o cãozinho fique ansioso enquanto você está fora é fazê-lo gastar energia antes de sair. Brinque bastante com o seu amigo ou dê um passeio com ele. Dessa forma, ele vai utilizar o tempo em que você estiver ausente para dormir e descansar, evitando o sofrimento por estar sozinho. 

    Redação: Úrsula Gomes

    Border Collie merle: qual a explicação genética para o nascimento de cães com essa característica?

    Próxima matéria

    Border Collie merle: qual a explicação genética para o nascimento de cães com essa característica?

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Ver Todas >

    Arranhador para gatos: benefícios, todos os tipos e modelos e como fazer
    Comportamento animal

    Arranhador para gatos: benefícios, todos os tipos e modelos e como fazer

    O arranhador para gatos é um acessório indispensável na casa de todo felino. Além de ser uma forma de estimular a interação do animal com o ambiente, o arranhador é um brinquedo divertido que ajuda a aliviar o incômodo das unhas crescendo e mantém os instintos primitivos dos pets. Existem vários tipos de arranhadores para gatos, feitos com diferentes materiais e que podem ser indicados de acordo com o padrão de comportamento do seu amiguinho. 

    Cachorro que come fezes: quais são as causas da coprofagia canina?
    Comportamento animal

    Cachorro que come fezes: quais são as causas da coprofagia canina?

    O cachorro que come fezes é uma situação que pode acontecer por diferentes motivos, mas sempre causa estranhamento entre os tutores. O hábito, também chamado de coprofagia canina, às vezes é encarado como algo engraçadinho, mas precisa de muita atenção. Isso porque a ingestão de fezes a longo prazo pode ser um verdadeiro problema para a saúde do seu amigo de quatro patas, que pode ser facilmente infectado por parasitas, bactérias e outros microrganismos presentes no dejeto.

    Gato Siamês e vira-lata: como identificar cada um?
    Comportamento animal

    Gato Siamês e vira-lata: como identificar cada um?

    O gato Siamês é uma das raças mais populares no Brasil. Já a raça de gato SRD (Sem Raça Definida), o famoso gato vira lata, também não fica para trás. Você com certeza já deve ter se esbarrado por aí com um filhote de gato vira-lata que tem as características do gato Siamês (olhos azuis, pelagem acinzentada e extremidades num tom mais escuro). Esse é um Siamês mestiço, conhecido como Sialata, uma mistura entre os dois. Mas como diferenciar os tipos de gatos siameses e vira-latas? 

    Qual a diferença entre o Pastor Alemão e o Pastor Belga?
    Comportamento animal

    Qual a diferença entre o Pastor Alemão e o Pastor Belga?

    As raças Pastor Alemão e Pastor Belga se parecem tanto que é comum que as pessoas confundam as duas raças de cachorro. Apesar de compartilharem algumas semelhanças, eles são bem diferentes em vários aspectos. Dá até para fazer uma lista de diferenças entre os dois cachorros, mas o ponto principal para conseguir distinguir um do outro é observar os detalhes do corpo de cada um. Tanto as características físicas quanto os aspectos comportamentais desses animais são bastante particulares. 

    Ver Todas >