close
Saúde

4 doenças de gato hereditárias que atingem determinadas raças

Atualizado em 08 de junho de 2020 às 15h32

Publicado em 21 de fevereiro de 2020 às 16h43

Doenças de gato congênitas podem se apresentar em felinos de linhagem. Entenda mais sobre o assunto!
Doenças de gato congênitas podem se apresentar em felinos de linhagem. Entenda mais sobre o assunto!

A linhagem de um gato é determinada por um padrão de características que são minuciosamente preservadas ao longo das gerações. Isso explica porque algumas raças de gato são mais propensas a herdarem distúrbios de saúde. No processo de criação, principalmente a seletiva (ou seja, entre animais que vivem juntos), é mais fácil que genes defeituosos de um felino sejam transmitidos aos seus descendentes. As doenças congênitas podem se manifestar tanto no nascimento quanto ao longo da vida do animal - em outros casos, podem sequer se desenvolverem.

Como as doenças hereditárias se desenvolvem?

De acordo com a International Cat Care, uma instituição referência em estudos sobre os felinos, é possível que o padrão de algumas raças tenha sido criado justamente a partir de um distúrbio genético. Na maioria das vezes, o gene defeituoso causa problemas sérios à saúde do animal. No entanto, não existem evidências de que uma raça é mais ou menos saudável que a outra. Por outro lado, segundo a organização, é mais comum que as raças de linhagem se reproduzam de forma endogâmica, o que aumenta consideravelmente o risco de doenças hereditárias.

Uma exceção são raças que foram criadas a partir de mutações genéticas ou características que por si só são prejudiciais à espécie. A International Cat Care cita como exemplo os gatos Manx (que naturalmente têm uma anomalia espinhal) e os tipos de Persas mais achatados. Para que você entenda melhor, listamos 4 distúrbios congênitos comuns em gatinhos de determinadas raças. Confira abaixo!

1) Gato Persa e os rins policísticos

A Doença Renal Policística (também conhecida como PKD) é um exemplo de doença genética que já se manifesta no nascimento do animal. O transtorno ocorre quando vários cistos se desenvolvem no tecido renal, causando uma condição crônica no animal. Muito comum em gatos Persas e cruzamentos derivados, apenas um gene (da mãe ou do pai) é suficiente para que ele tenha rins policísticos. Em um caso onde o filhote herda dois genes defeituosos, é capaz que ele nem sobreviva. A doença se desenvolve gradualmente e pode demorar anos para se manifestar. Ela causa insuficiência renal, mas normalmente os sintomas (apatia, muita sede, urina em excesso, perda de peso, entre outros) só aparecem na velhice do animal.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    O gato Persa é uma das raças que pode herdar distúrbios genéticos
    O gato Persa é uma das raças que pode herdar distúrbios genéticos

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    2) Gangliosidose no Korat e no gato Siamês

    A Gangliosidose felina ocorre a partir de um erro na formação do metabolismo lipídico do animal. Esse sistema presente no fígado é responsável por metabolizar algumas gorduras (lipídios). A doença é mais comum no gato Siamês e no Korat. Os felinos que apresentam esse problema não têm uma enzima que exerce essa função, ocasionando no acúmulo dessas gorduras nas células espalhadas pelo corpo, principalmente as do sistema nervoso central. Os principais sinais são progressivos e neurológicos, como falta de coordenação, tremores e movimentos involuntários nos olhos.

    3) Atrofia Muscular Espinhal no Maine Coon

    Gatos da raça Maine Coon podem herdar um distúrbio chamado Atrofia Muscular Espinhal. A doença atinge os ossos e músculos da espinha do felino, que segue do tronco até o quadril. Os gatinhos que possuem o gene da doença apresentam os primeiros sinais nos primeiros meses de vida, que incluem tremores leves, fraqueza muscular e postura alterada. Não há registros de transtornos mentais gerados pelo distúrbio e também não há risco de vida, mas o animal pode ficar incapacitado e precisar de cuidados muito específicos.

    4) Gato Sagrado da Birmânia (ou Birmanês) pode ter malformação do crânio

    Pesquisas veterinárias identificaram no gato Sagrado da Birmânia, também conhecido como Birmanês, um gene alterado e recessivo que causa deformidades no crânio e na face e uma síndrome rara chamada meningoencefalocele. Normalmente, esse gene é responsável justamente pela formação craniofacial. Felinos que possuem apenas um gene “defeituoso” apresentam uma espécie de braquicefalia. Agora se ele possuir dois genes alterados, é impossível viver, já que a condição impede que o crânio se desenvolva corretamente e pode causar uma duplicação da mandíbula. Segundo a International Cat Care, essa mutação ocorreu a partir da tentativa de criar felinos com a cabeça mais redonda.

    Redação: Luana Lopes

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Próxima matéria

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)
    Raças

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)

    O Khao Manee tem um grande potencial para ser um dos grandes queridinhos entre os apaixonados por gatos. Com olhos de cores marcantes e pelo branquinho, o felino desta raça possui uma aparência rara que chama atenção e é uma ótima companhia para qualquer família. De origem tailandesa, esse gatinho é super amigável e ama estar ao lado dos seus humanos - e até mesmo de outros animais. Para conhecer mais a fundo o gato Khao Manee, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse bichano incrível. Dá uma olhada!

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa
    Raças

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa

    O Ragamuffin é uma raça de gato muito amável e carinhosa. Não muito conhecido no Brasil, o gato ragamuffin se originou a partir do cruzamento com felinos da raça Ragdoll. É considerado um gato gigante e pode chegar até os 9kg. O "Ragamuffin cat" pode ter a pelagem e olhos de diferentes cores. Uma característica marcante é o jeito brincalhão e o fato de amar colo. O Ragamuffin é ideal para famílias com crianças e outros animais.

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Ver Todas >

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?
    Saúde animal

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?

    Se você reparar seu gato com sangue nas fezes, é importante ficar atento. Essa situação é um sintoma comum a inúmeras doenças que podem afetar o bichano. Ao defecar fezes com sangue, o gato pode estar com uma inflamação no cólon ou até mesmo com um tumor no sistema digestivo. O sangue nas fezes do gato é um sintoma presente até mesmo nas verminoses mais comuns. Seja qual for a causa do gato fazendo fezes com sangue, sempre significa que algo está errado com o animal. 

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação
    Saúde animal

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação

    Saber um pouquinho de primeiros socorros veterinários vai ser muito útil se você acha que um cachorro parece engasgado - inclusive, é algo que pode salvar a vida do seu pet nessas horas! Seja porque ele comeu muito rápido ou tentou engolir alguma coisa que não devia, se deparar com um cachorro engasgado em casa é sempre um momento de desespero para qualquer pai de pet. Não saber como resolver essa situação é super comum e, ao mesmo tempo, um hábito perigoso: nunca se sabe quando você vai precisar socorrer o seu amigo em casa. 

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!
    Saúde animal

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!

    Os sintomas de cinomose canina são facilmente confundidos com outras doenças de cachorro e infelizmente pode até mesmo levar o animal à morte. Mais comum em filhotes não vacinados, a cinomose é altamente contagiosa e em alguns casos pode deixar sequelas que vão acompanhar o pet por toda a vida. É importante estar atento a qualquer sinal da cinomose em cães que ainda não completaram o calendário de vacinação, pois é uma doença que evolui rapidamente para um quadro grave. Ou seja, é uma situação de emergência!

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir
    Saúde animal

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir

    A giárdia canina é uma doença com alta contaminação entre os cães. O cachorro que a contrai sente bastante desconforto no sistema digestivo, com diarreia e vômitos frequentes. Comum principalmente no verão, a giardíase canina pode se apresentar de maneira mais leve ou mais grave. Sem tratamento, a giárdia canina pode matar o cachorro contaminado se ele não receber o tratamento adequado logo no início da infecção. Além disso, a giárdia canina pega em humanos e tem maior chance de atacar filhotes de cachorro. 

    Ver Todas >