close
Adoção

Você está pronta para ser "mãe" de cachorro ou gato? As alegrias e desafios de adotar um pet

Atualizado · 05 de maio de 2022 · 15h25

Publicado · 05/05/2022 · 15h25

  Quem já adotou cachorro ou gato sabe que os sentimentos que vão sendo construídos dia após dia, na convivência com o pet, são realmente fortes.
Quem já adotou cachorro ou gato sabe que os sentimentos que vão sendo construídos dia após dia, na convivência com o pet, são realmente fortes.

Muito se discute sobre o termo “mãe de pet”. Algumas pessoas defendem o óbvio: não é biologicamente possível ter um filho de outra espécie. Mas quem já passou pela experiência de adotar cachorro ou gato sabe que os sentimentos que vão sendo construídos dia após dia, na convivência com o pet, são realmente fortes. Quando menos se espera, a palavra “filho” é utilizada para chamar o animal ou em um momento de carinho. Isso sem falar nas mudanças na rotina e na companhia constante. Naturalmente essas relações se estreitam e viram lindas histórias de família.

Mãe de pet também é mãe: famílias multiespécie são unidas pelo afeto

Você já ouviu falar em famílias multiespécie? Como o próprio nome diz, são núcleos familiares compostos por pessoas e animais, em geral cães e gatos. Ainda que a sociedade ainda mostre resistência em reconhecer esse tipo de vínculo, a ciência ajuda a entender o fenômeno. Os pesquisadores Brian Hare e Vanessa Woods, da área de evolucionismo da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, concluíram que a relação amorosa entre uma pessoa e um animal é capaz de liberar ocitocina - o hormônio do amor - no cérebro humano.

As pesquisas foram feitas de três formas diferentes. Um pico de ocitocina foi observado durante a troca de olhares entre o cachorro e o dono. Quando um doguinho dá um "lambeijo", a ocitocina aumenta e cai o nível de cortisol - hormônio ligado ao stress - e também a frequência cardíaca. Quando deixados por meia hora com seus pets em uma sala, diversas reações bioquímicas ligadas ao bem-estar foram ativadas: em exames de sangue, foram constatados aumentos de beta-endorfinas e feniletilamina, além da prolactina (hormônio que estimula a produção de leite materno).

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
      Ser uma boa mãe de cachorro inclui  ter energia e disponibilidade para brincar, correr e passear.
    Ser uma boa mãe de cachorro inclui ter energia e disponibilidade para brincar, correr e passear.

    Mais Lidas

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Poucos sabem, mas existe uma classificação para determinar cada tipo de Pinscher: tamanhos 0, 1, 2 e 3 são as variações comuns da raça. A numeração que normalmente acompanha o nome da raça do cãozinho pode até parecer estranha, mas é algo que ajuda a diferenciar os tipos de cachorro Pinscher de acordo com as peso e altura. Essa classificação, embora não seja reconhecida oficialmente, é adotada por muitos criadores e pais de pet por aí. 

    Nome de cachorro macho: 100 ideias para chamar o seu novo filhote
    Adote um animal

    Nome de cachorro macho: 100 ideias para chamar o seu novo filhote

    Escolher como chamar o seu novo amigo é uma das tarefas mais desafiadoras para os tutores. No caso de nome para cachorro macho, existe uma infinidade de opções que podem entregar as características físicas e até mesmo a personalidade do animal. Com uma boa dose de criatividade e paciência, é possível criar nomes incríveis e bem peculiares - mas é claro que não podemos esquecer dos clássicos e queridinhos entre os pais e as mães de pet. 

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!
    Adote um animal

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!

    A maioria das pessoas acha quase impossível descobrir o sexo do gato filhote. De fato, diferenciar o órgão genital do gato macho e gato fêmea nos primeiros meses de vida não é fácil. Mas descobrir esse "detalhe" é importante antes de levar um filhotinho pra casa. Não parece, mas é muito normal achar que adotou um gato fêmea e descobrir, depois, que se trata de um gato macho. !

    Nomes de cachorro fêmea: listamos 200 opções para você nomear a sua cadela
    Adote um animal

    Nomes de cachorro fêmea: listamos 200 opções para você nomear a sua cadela

    Dar as boas vindas a um pet em casa é ótimo, mas escolher nomes para cachorrinhas pode ser uma tarefa bem desafiadora. São tantas opções que achar um único apelido pode ser complicado. Quando se trata de nome para cachorra fêmea pequena, é comum que os nomes mais fofos e meigos sejam os preferidos entre os tutores. Você pode ir dos mais comuns exemplos de nome de cachorro - Meg ou Belinha - , apostar em um mais excêntrico - Faísca ou Medusa - ou tentar um mais engraçado.

    No Brasil, a tendência vem sendo acompanhada anualmente pela Radar Pet, pesquisa da Comissão de Animais de Companhia (Comac) do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para a Saúde Animal (Sindan). No levantamento de 2019, 24% dos tutores de cachorros que foram entrevistados consideravam os pets como filhos. Em 2021, o percentual saltou para 31%. Ao falar dos felinos, 29% dos tutores os definiam como animais de estimação em 2019. Em 2021, apenas 13% fizeram essa afirmação.

    As mudanças na vida de quem se torna mãe de pet: organização, gastos e mais 

    Se engana quem pensa que ser mãe de pet é só alegria. As responsabilidades da adoção também são muitas, afinal é um serzinho que vai depender do seu cuidado diariamente, por muito anos. Além da ração, das vacinas anuais, vermífugos, consultas de rotina com veterinários e eventuais medicações, existem outros gastos que precisam ser planejados. De acessórios como cama, comedouros, bebedouros e brinquedos à cirurgias de castração (indispensáveis) e emergências de saúde dos peludos, tudo deve ser muito bem pensado para oferecer a qualidade de vida que eles merecem.

    Adotar cachorro requer espaço reservado na agenda para momentos de lazer com o pet

    Ser uma boa mãe de cachorro inclui  ter energia e disponibilidade para brincar, correr e passear. Essas atividades são muito importantes no dia a dia do pet, que se sente mais amado e feliz quando recebe atenção plena e faz exercícios. Alguns minutinhos já fazem toda a diferença! 

    Antes de adotar gato, é preciso adaptar o espaço para garantir a segurança do felino

    Já a mãe de gato precisa focar na estrutura do lar que vai receber o novo integrante. Telas de proteção em todas as janelas são fundamentais para evitar fugas, por exemplo. Para espantar o tédio do bichano, invista no enriquecimento ambiental com nichos, redes, arranhadores, fontes e varinhas, além da sua presença, é claro!

    Mãe de gato também é mãe… e avó: conheça a história da Nathália, da Fumaça e sua ninhada

    Uma gatinha de pelagem cinza apareceu na casa da estudante de jornalismo Nathalia Prado miando, com fome e pedindo carinho. Fumaça não sabia, mas Nathalia estava lidando com o luto pela perda da avó materna naquele momento: “Eu ainda estava bem abalada e ela veio trazendo essa distração e amor que eu precisava”, conta a estudante, que adotou a gata sem pestanejar.

      Fumaça é bem agitada e falante, e meio fujona também.
    Fumaça é bem agitada e falante, e meio fujona também.

    Fumaça é bem agitada e falante, e meio fujona também. E depois de uma das fugas que ocorreu no período de adaptação, surgiu uma barriga redonda que não condizia com o corpinho magro dela. Pouco depois da gestação ser detectada, nasceram 5 filhotinhos: “No dia que ela deu a luz, me procurou e deitou no meu colo. Quando eu percebi que era hora do parto, preparei uma caixinha para ela e a deixei sozinha, para ter privacidade. Os nenéns nasceram bem rápido! Ela é boa mãe, embora seja adolescente, e deixa eu me aproximar dos filhotes desde o nascimento”, revela a Nath, que consegue ver diferença entre a relação construída com a Fumaça e com a Minhoca, gata que pertence à sua família há 13 anos: “Nos momentos mais difíceis da minha vida a Minhoca esteve comigo, mas com ela eu não tenho esse sentimento tão maternal, sinto mais como se ela fosse minha parceira mesmo, sabe? Uma grande amiga felina”. 

    Feliz dia das mães de pet: dicas para comemorar a data

    O dia das mães de pet é uma oportunidade simbólica para ter um dia ainda mais divertido ao lado dos peludos. Mães de cachorro podem passear em um lugar novo, de preferência perto da natureza, e aproveitar para fazer fotos e vídeos para a posteridade. Já as mães de gato podem oferecer um sachê novo ao bichano, e se deliciar vendo suas reações enquanto come.

    Se você está em busca de um presente para mãe de pet que mais te inspira, foque em opções práticas, como se oferecer para ser babá do animal por um dia, dar brinquedos para o pet ou até mesmo comprar alguns quilos da sua ração preferida. Ter uma rede de apoio é fundamental para qualquer mãe e opções para tornar a data memorável não faltam! 

    Redação: Mariana Fernandes

    Gato frajola: conheça as características do gato preto e branco

    Próxima matéria

    Gato frajola: conheça as características do gato preto e branco

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!

    Durante muito tempo, cachorro e gato foram declarados inimigos. Algumas pessoas acreditavam que onde havia um cão não poderia ter um gato e vice-versa. Se antes eles não tinham o hábito de conviver, hoje moram juntos e alguns até são inseparáveis. Mas atenção! Nem sempre os animais se entendem de primeira e o processo de adaptação requer tempo e paciência do tutor para que aprendam a respeitar a presença um do outro. Para você que tem um cãozinho e um gatinho e precisa de ajuda para adaptá-los, separamos oito truques para melhorar a convivência. O adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro, deu algumas dicas e também conversamos com a cat-sitter Nathane Ribeiro, que tem três gatos e já precisou adaptá-los com um cão. Veja o que eles disseram!

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Mãe de pet: 11 motivos para adotar um cachorro ou gato e encher sua vida de amor
    Adote um animal

    Mãe de pet: 11 motivos para adotar um cachorro ou gato e encher sua vida de amor

    O dia das mães se aproxima, e sempre surge aquela velha pergunta: será que mãe de pet também é mãe? A resposta é sim, e tem até estudos científicos que comprovam o fato. Um pesquisador japonês chamado Takefumi Kikusui descobriu que quando as mulheres olham para os seus bichinhos, elas liberam hormônios semelhantes àqueles de quando uma mãe olha para o filho recém-nascido. Por isso, quem é mãe de cachorro ou gato também tem todo o direito de comemorar a data.

    Ver Todas >

    Infográfico mostra quais são os gatos mais exóticos do mundo
    Adote um animal

    Infográfico mostra quais são os gatos mais exóticos do mundo

    Abrir as portas de casa para um gato exótico é ter a certeza de que seu amigo de quatro patas vai despertar a atenção de qualquer visitante. Seja por ser um gato sem pelo, como o famoso Sphynx, ou por ser um gato híbrido, como o Savannah e o Bengal: existem alguns animais que simplesmente não passam despercebidos e são tidos como “excêntricos” por serem fora do padrão. Mas, ao contrário do que muitos pensam, esses bichanos não são desvalorizados por conta da sua aparência; pelo contrário, eles têm vários fãs ao redor do mundo!

    Por que o Chow Chow tem a língua azul?
    Adote um animal

    Por que o Chow Chow tem a língua azul?

    O Chow Chow é aquela raça que sempre é comparada a um ursinho de pelúcia por causa dos seus pelos densos e felpudos. Como se isso não bastasse, outra característica que chama a atenção - talvez até mais do que a pelagem - é que esse é um cachorro de língua azul. Esse traço em particular é algo que diferencia a raça de quase todos os outros cães, mas já parou para se perguntar por que isso acontece? Qual será a explicação por trás do cachorro de língua azul Chow Chow? 

    Como é a personalidade do Pitbull? Veja o infográfico para saber tudo sobre o temperamento da raça
    Adote um animal

    Como é a personalidade do Pitbull? Veja o infográfico para saber tudo sobre o temperamento da raça

    O Pitbull é um animal que intimida muita gente, principalmente por causa da fama de “agressivo” que acompanha ele. A postura imponente e musculatura forte e robusta são características que contribuem para isso, mas a verdade é que tanto o filhote de Pitbull quanto um cão adulto estão longe de serem violentos se tiverem uma boa criação. Sim, é isso mesmo: a forma como o cachorro Pitbull é criado tem tudo a ver com o seu comportamento!

    Pitbull se dá bem com crianças? Conheça as raças de cachorro grande mais indicadas para criança
    Adote um animal

    Pitbull se dá bem com crianças? Conheça as raças de cachorro grande mais indicadas para criança

    Quem tem um filho e ao mesmo tempo procura um amigo de quatro patas para acompanhar a família sempre se pergunta: qual o melhor cachorro para criança? A verdade é que existem várias raças que são indicadas para conviver com os pequenos, desde cães de porte pequeno e médio até cachorros grandes. Tamanho não é documento, e animais um pouco maiores podem ter uma ótima relação com crianças (especialmente as mais velhas).

    Ver Todas >