Saúde

Ultrassonografia para cachorro: como funciona, em quais casos é indicado e como ajuda nos diagnósticos?

A ultrassonografia para cachorro é essencial no diagnóstico de algumas doenças
A ultrassonografia para cachorro é essencial no diagnóstico de algumas doenças

Como funciona a ultrassonografia em cachorro? Essa é uma pergunta que muitos pais de pet fazem durante as consultas de check-up veterinário. Existem vários exames que são necessários para avaliar como anda a saúde do cachorro, e a ultrassonografia canina é um deles. O método é indispensável para o diagnóstico de algumas doenças. Para tirar as principais dúvidas sobre a ultrassonografia para cachorro, o Patas da Casa entrevistou a médica veterinária Letícia Gaudino, que é especializada em diagnóstico por imagem (ultrassom e radiologia) e atende em São Paulo. Veja só o que ela nos contou!

O que é a ultrassonografia para cachorro e em que casos o procedimento é indicado?

O ultrassom veterinário consiste em uma observação mais profunda dos órgãos internos do cachorro, o que permite detectar possíveis doenças e outros problemas. “O ultrassom ajuda o veterinário clínico no diagnóstico e no direcionamento do melhor tratamento”, explica Letícia. Segundo a especialista, a ultrassonografia em cachorro deve ser solicitada por meio de pedido médico e o aparelho que é utilizado durante o procedimento é igual ao que se usa em humanos. O ultrassonografista é o profissional mais capacitado para realizar esse tipo de exame, e é ele o responsável por avaliar cada órgão.

“A ultrassonografia é indicada para: uma avaliação preventiva de rotina dos órgãos abdominais; avaliação de litíase em bexiga; suspeita de infecção uterina (como a piometra); para avaliação do estômago e intestino no caso de suspeita de corpo estranho; na avaliação da adrenal para doença endócrina; para checar os rins; diagnóstico e acompanhamento gestacional, entre outras indicações”, esclarece. Ou seja, existem diferentes possibilidades em que a ultrassonografia para cachorro é solicitada.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A ultrassonografia para cachorro é um procedimento simples, mas que pode deixar o animal inquieto
    A ultrassonografia para cachorro é um procedimento simples, mas que pode deixar o animal inquieto

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Como funciona a ultrassonografia para cachorro?

    A ultrassonografia canina não é muito diferente da que é feita nos humanos. O aparelho de ultrassom, com o auxílio dos transdutores ultrassônicos e da aplicação de gel na região que vai ser analisada, emite ondas sonoras que criam um “eco” no corpo do cachorro. Em seguida, essas ondas refletem de volta e assim é possível obter as imagens dos órgãos do animal em tempo real no monitor do aparelho. Com isso o ultrassonografista é capaz de observar as estruturas internas - órgãos e tecidos - com mais precisão e verificar possíveis alterações no organismo canino.

    Ultrassom: cachorro sente dor durante o exame?

    Como Letícia explica, a ultrassonografia canina não é uma técnica invasiva e, portanto, não é algo que vai machucar ou incomodar o cão. “O animal não sente dor, mas pode ficar impaciente com o procedimento. Por isso, tentamos deixar a sala com menos barulho e procuramos fazer o exame no tempo do animal”, conta. No geral, o ultrassom é feito em torno de meia hora, sempre levando em consideração o bem-estar do cãozinho. 

    Ultrassonografia para cachorro precisa de preparação

    Alguns exames precisam de cuidados prévios importantes, como a ultrassonografia para cachorro. Essa preparação serve para facilitar o diagnóstico por imagem, que é o objetivo do exame. “O animalzinho deve ficar 8 horas em jejum de alimento e também deve-se evitar que o mesmo urine pelo menos 1 hora antes da ultrassonografia canina. A água é à vontade, e caso o veterinário clínico julgue necessário, pode ser usado um medicamento para diminuir a quantidade de gases no intestino”, indica Letícia. Durante o exame, a tricotomia ,que consiste na remoção dos pelos na região do corpo do animal que vai ser analisada, também é comum.

    O preço da ultrassonografia para cachorro costuma ser acessível, mas é algo que varia de acordo com cada região (estado, cidade e até mesmo bairro). Segundo a profissional, a média de preço é de R$ 140 a R$ 200, dependendo de qual parte do corpo será analisada. Outro fator que pode influenciar no valor é o tipo de aparelho utilizado, isto é, se é um ultrassom veterinário com doppler ou não.

    Redação: Juliana Melo

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    Próxima matéria

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?
    Passeio

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?

    Viajar com cachorro é uma experiência incrível, mas que precisa de atenção. O primeiro passo é procurar por um hotel pet friendly - isto é, um hotel ou pousada que aceita animais de estimação - para que tudo seja perfeito. Existe hotel que aceita cachorro, mas que tem algumas limitações como quantidade de pets por quarto e que tem restrições quanto ao porte do animal (a maioria costuma aceitar apenas animais pequenos ou, no máximo, de porte médio). No entanto, também existem hotéis totalmente pet friendly que são praticamente o paraíso na terra para os nossos amiguinhos de quatro patas.

    Anti-inflamatório para cachorro: em quais casos o medicamento é indicado?
    Saúde

    Anti-inflamatório para cachorro: em quais casos o medicamento é indicado?

    O anti-inflamatório é um dos medicamentos mais comuns no dia a dia dos humanos. Mesmo sem prescrição médica, é a ele que a gente costuma recorrer para tratar dores e incômodos simples. Se essa prática não é recomendada nem para o nosso organismo, que dirá para o dos cachorros, que funciona de forma diferente. Se o anti-inflamatório para cachorro não pode ser usado deliberadamente, vale a pena em quais casos e como ele deve ser administrado no seu amigo.

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?
    Ração

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

    É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente.

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Ver Todas >

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet
    Saúde animal

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet

    No dia 9 de setembro é comemorado o Dia do Veterinário. Quem é pai ou mãe de pet sabe a importância que esse profissional tem no cuidado dos nossos tão queridos animais de estimação. Por isso, nada mais justo que um dia do veterinário especial para eles! Apesar de a profissão ser muitas vezes vista apenas como o atendimento de animais, o veterinário pode atuar em diferentes áreas, ajudando até mesmo no cuidado da saúde humana! 

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?
    Saúde animal

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?

    A FIV em gatos é uma das doenças mais temidas pelos tutores. Por afetar principalmente o sistema imunológico, a doença deixa o felino mais suscetível a adquirir diversas complicações ao longo da vida. Como não tem cura, o gato com FIV precisa de tratamento a vida inteira. Mas, afinal, por quanto tempo o bichano diagnosticado consegue viver? O gato com FIV pode conviver com outros gatos? 

    Giárdia em cães: 10 perguntas e respostas sobre a doença de cachorro
    Saúde animal

    Giárdia em cães: 10 perguntas e respostas sobre a doença de cachorro

    A giardíase canina é uma doença que deixa muitos tutores de cachorro preocupados. Além de causar sintomas desagradáveis, a giárdia em cães pode até mesmo levar o animal à morte se não for tratada a tempo. Quais são os sintomas de giárdia em cães, o que ela causa no corpo do pet e como preveni-la são algumas das dúvidas que muitos pais e mães de pet têm sobre a doença. 

    Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro
    Saúde animal

    Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro

    A dermatite atópica canina é uma doença de pele em cachorro mais comum do que se imagina e pode afetar cães de diferentes raças. Uma das principais características desse quadro é a coceira intensa, que pode ou não vir acompanhada de vermelhidão no local. Ou seja, é basicamente como se fosse um tipo de alergia em cachorro. Apesar de não ser uma doença de pele muito grave, a dermatite atópica canina precisa de atenção porque pode interferir consideravelmente na qualidade de vida dos animais.

    Ver Todas >