close
Adestramento

Truques para cachorro: qual a importância do "não" na rotina do pet e como ensinar?

Entenda como ensinar o não para o cachorro e a importância disso
Entenda como ensinar o não para o cachorro e a importância disso

O adestramento é muito importante para a convivência e a relação entre cachorro e dono. Apesar de muitas pessoas conseguirem ensinar truques para cachorro com comandos como “senta”, “rola” e “deita”, muita gente ainda tem dificuldade em ensinar o “não” na rotina do pet. Se procurar um adestrador profissional não está dentro das suas possibilidades, saiba que é totalmente possível fazer com que o cachorro se comporte e aprenda o "não" com você o ensinando. O Patas da Casa reuniu algumas dicas para te ajudar a como ensinar o "não" para o cachorro. Confira abaixo!

Dicas de como ensinar truques para cachorro e fazê-lo entender o “não”

Saber como ensinar o "não" para cachorro é imprescindível para quando o pet está tendo algum comportamento indesejado, como pular em cima das visitas ou subir no sofá na hora errada. Assim que o cão aprende que aquilo não deve ser feito, a tendência é que ele não repita a atitude mesmo você não estando presente. Um dos principais segredos para que o peludinho aprenda qualquer tipo de comando de adestramento é a paciência. Os cães aprendem em seu próprio tempo e você deve levar isso em conta em qualquer um dos truques para ensinar o cachorro. Por isso, provavelmente você terá que falar o “não” mais de uma vez até o doguinho assimilar.

Para o cachorro obedecer e entender que aquilo é um comportamento inadequado, você deve impor a postura, gesto e o som da voz de forma conciliada. Ao manter uma postura firme e impositiva, ele irá entender que você não está contente com a conduta dele e deixará de fazer aquilo. Misturar a palavra não com o nome do animal e outras palavras pode deixar o pet confuso e dificultar o entendimento. Por isso, repita o “não” sem usar sinônimos ou outras palavras. Aos poucos, o cãozinho vai aprendendo que aquilo não é certo.

A importância do reforço positivo nos truques para ensinar ao cachorro

Pouca gente fala sobre a importância do reforço positivo na hora de ensinar truques para cachorro ou qualquer outra técnica de adestramento. Oferecer recompensas, como petiscos e carinho, são uma ótima maneira de fazer o animal entender o que deve ser feito, porque ele vai ter uma associação positiva ao comando. O cãozinho vai ver isso como uma forma de agradecimento, tornando mais fácil que ele reproduza a conduta certa. Na hora de ensinar o “não”, o tutor deve recompensar apenas quando o animal recuar e obedecer o comando.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    O reforço positivo é uma das melhores técnicas para ensinar truques para cachorro
    O reforço positivo é uma das melhores técnicas para ensinar truques para cachorro

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Cachorro com medo: conheça o truque do pano para proteger o cachorro

    Se você é companheiro do seu pet, conseguirá entender quando ele está desenvolvendo algum comportamento por medo ou por pura desobediência. Algo que costuma deixar os animais angustiados, ansiosos e com medo são os trovões e fogos de artifício. Por ficarem muito assustados com o barulho dessas situações, os peludos podem acabar tendo algumas condutas que preocupam os tutores. O uso do “não” nessas horas não irá ajudar em nada. O melhor a se fazer para reduzir a sensação de medo é usar o truque do pano para proteger o cachorro.

    Essa técnica foi desenvolvida com base em alguns conceitos de observação que identificou uma tensão na região lombar dos animais no momento em que eles demonstram sensibilidade a ruídos altos. Nesse sentido, para amenizar a irritabilidade dos doguinhos, é indicado colocar um pano na região para que a circulação sanguínea do corpo do animal seja estimulada. Para fazer o truque é fácil, veja o passo a passo:

    • coloque o pano no peito do cão;
    • cruze para o dorso;
    • cruze novamente o pano, desta vez para o abdômen do animal;
    • coloque as duas pontas para cima;
    • amarre para finalizar.

    Esse truque irá deixar o seu amiguinho mais relaxado mas não garante que ele se sinta 100% seguro, por isso é normal que ele ainda fique em estado de alerta durante os ruídos. Ao fazer o truque do pano, é importante que o tutor tome cuidado para não apertar muito o pet, impedindo a circulação sanguínea ou até mesmo sua respiração.

    Redação: Hyago Bandeira

    Como treinar o Rottweiler para evitar comportamentos agressivos? Veja as dicas de um adestrador!

    Próxima matéria

    Como treinar o Rottweiler para evitar comportamentos agressivos? Veja as dicas de um adestrador!

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!

    Durante muito tempo, cachorro e gato foram declarados inimigos. Algumas pessoas acreditavam que onde havia um cão não poderia ter um gato e vice-versa. Se antes eles não tinham o hábito de conviver, hoje moram juntos e alguns até são inseparáveis. Mas atenção! Nem sempre os animais se entendem de primeira e o processo de adaptação requer tempo e paciência do tutor para que aprendam a respeitar a presença um do outro. Para você que tem um cãozinho e um gatinho e precisa de ajuda para adaptá-los, separamos oito truques para melhorar a convivência. O adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro, deu algumas dicas e também conversamos com a cat-sitter Nathane Ribeiro, que tem três gatos e já precisou adaptá-los com um cão. Veja o que eles disseram!

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!

    A rivalidade entre cães e gatos é tão histórica que até ditado popular ela já virou. Mesmo assim, no dia a dia o que não falta por aí são donos de pet que não conseguem decidir entre uma das espécies e dividem o amor com os cachorros e gatos ao mesmo tempo e embaixo do mesmo teto. A parte boa disso é que você não precisa aceitar que eles vão viver sempre em pé de guerra: juntar cachorro e gato em casa é possível, sim! Descubra, aqui embaixo, como você pode aproveitar a companhia de dois animaizinhos completamente diferentes, mas que também podem se tornar super amigos!

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?
    Passeio

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?

    Viajar com cachorro é uma experiência incrível, mas que precisa de atenção. O primeiro passo é procurar por um hotel pet friendly - isto é, um hotel ou pousada que aceita animais de estimação - para que tudo seja perfeito. Existe hotel que aceita cachorro, mas que tem algumas limitações como quantidade de pets por quarto e que tem restrições quanto ao porte do animal (a maioria costuma aceitar apenas animais pequenos ou, no máximo, de porte médio). No entanto, também existem hotéis totalmente pet friendly que são praticamente o paraíso na terra para os nossos amiguinhos de quatro patas.

    5 cuidados com cachorro para não deixar de lado no novo ano
    Cuidados

    5 cuidados com cachorro para não deixar de lado no novo ano

    A chegada de um novo ano geralmente vem acompanhada de uma lista de metas e objetivos para se colocar em prática. Mas você já parou para pensar que seu amigo de quatro patas também pode ser incluído nessa aventura? Com a correria do dia a dia, é muito comum que alguns cuidados com cachorro sejam cada vez mais deixados de lado, como os passeios diários ou os banhos quinzenais. O problema é que manter esses cuidados é essencial para garantir a saúde e bem-estar dos pets, então os tutores precisam encontrar na agenda um tempo para se dedicarem aos amigos de quatro patas. 

    Ver Todas >

    Border Collie merle: qual a explicação genética para o nascimento de cães com essa característica?
    Comportamento animal

    Border Collie merle: qual a explicação genética para o nascimento de cães com essa característica?

    O Border Collie merle tem uma variação de pelagem que encanta qualquer um, mas também traz muitas dúvidas. Qual a explicação para essa cor de cachorro? A pelagem merle deriva de algum problema genético? A saúde do pet é prejudicada por isso? São muitas perguntas, que nem sempre têm uma resposta fácil. O Border Collie merle tem um aspecto “marmorizado" na pelagem, que normalmente se apresenta nas versões blue merle (tons que variam do preto ao cinza misturado ao branco) e red merle (pelagem branca com tons avermelhados ou marrom). 

    Arranhador para gatos: benefícios, todos os tipos e modelos e como fazer
    Comportamento animal

    Arranhador para gatos: benefícios, todos os tipos e modelos e como fazer

    O arranhador para gatos é um acessório indispensável na casa de todo felino. Além de ser uma forma de estimular a interação do animal com o ambiente, o arranhador é um brinquedo divertido que ajuda a aliviar o incômodo das unhas crescendo e mantém os instintos primitivos dos pets. Existem vários tipos de arranhadores para gatos, feitos com diferentes materiais e que podem ser indicados de acordo com o padrão de comportamento do seu amiguinho. 

    Cachorro que come fezes: quais são as causas da coprofagia canina?
    Comportamento animal

    Cachorro que come fezes: quais são as causas da coprofagia canina?

    O cachorro que come fezes é uma situação que pode acontecer por diferentes motivos, mas sempre causa estranhamento entre os tutores. O hábito, também chamado de coprofagia canina, às vezes é encarado como algo engraçadinho, mas precisa de muita atenção. Isso porque a ingestão de fezes a longo prazo pode ser um verdadeiro problema para a saúde do seu amigo de quatro patas, que pode ser facilmente infectado por parasitas, bactérias e outros microrganismos presentes no dejeto.

    Gato Siamês e vira-lata: como identificar cada um?
    Comportamento animal

    Gato Siamês e vira-lata: como identificar cada um?

    O gato Siamês é uma das raças mais populares no Brasil. Já a raça de gato SRD (Sem Raça Definida), o famoso gato vira lata, também não fica para trás. Você com certeza já deve ter se esbarrado por aí com um filhote de gato vira-lata que tem as características do gato Siamês (olhos azuis, pelagem acinzentada e extremidades num tom mais escuro). Esse é um Siamês mestiço, conhecido como Sialata, uma mistura entre os dois. Mas como diferenciar os tipos de gatos siameses e vira-latas? 

    Ver Todas >