Não é comum ver por aí um gato tosado. Se você tem um pet bem peludinho já deve ter se perguntado se pode tosar felinos. Na verdade, depende! Tosar gato pode ser necessário em alguns casos, como o tratamento de dermatites, mas normalmente os cuidados com a escovação dos pelos já são suficientes para manter a pelagem saudável. A tosa higiênica é recomendada em casos de gatos de pelo longo, mas desde que isso não se torne um momento de muito estresse para o gato. Ou seja, não é uma regra! Em todo o caso, lembre-se que a tosa de gato deve ser feita com muito cuidado e por profissionais qualificados. 

Afinal, pode tosar gato? 

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Os gatos têm uma pelagem mais fina que a dos cães e a queda natural de pelos também permite um ciclo de adaptação e troca de pelos de acordo com cada época por ano. Por exemplo, durante o verão é comum ver mais pelos dos gatos pela casa e no inverno eles ficam mais fofinhos, cobertos por uma pelagem densa que os protegem do frio. Já no outono e primavera, eles tendem a ter uma perda média dos pelos. Por esse motivo, os tutores optam por deixar os felinos com a pelagem natural, sem a tosa.

Pode tosar gato no verão?

Alguns gatos peludos, como o gato Persa e o Maine Coon, podem precisar da tosa, pois mesmo com a queda natural de pelos no verão, a quantidade que fica ainda pode causar desconforto. Por isso, nesta época, pode ser necessário a tosa do gato. Ou seja, se o seu gato é muito peludo e vocês moram em uma região quente, considere avaliar uma tosa com um profissional. Quando os pelos atrapalham a rotina felina,  atrapalhando a visão ou fazendo com que escorreguem, aparar os pelos dessas áreas pode ser uma solução. 

Agora se o problema são as bolas de pelo, o mais indicado é fazer mudanças na rotina, como oferecer uma alimentação com mais fibras (a grama para gatos é ótima para isso!) e aumentar a frequência de escovação dos pelos.


Escovar os pelos do gato com mais frequência evita a queda dos fios
Escovar os pelos do gato com mais frequência evita a queda dos fios

Gato pode tomar banho?

Os felinos são muito higiênicos. A resposta para o questionamento de porque os gatos se lambem é simples: esse é o momento de banho deles. Mesmo que sejam "autolimpantes", o tutor precisa ter alguns cuidados para reforçar a higiene. Escovar os pelos do gato deve ser um hábito - a frequência varia de acordo com o tamanho dos pelos. Saber como escolher a melhor escova para tirar pelo de gato é fundamental para evitar desconforto com nós ou dificuldade para desembaraçar, ou seja, o tipo de pelo e tamanho da pelagem também contam. O banho em gato não é necessário, apenas quando houver recomendação médica. O veterinário vai indicar quando o gato pode tomar banho e qual a frequência.

Redação: Erika Martins

Edição: Luana Lopes