Gato

Grama para gatos: conheça os benefícios e aprenda como plantar em casa

Publicado - 23 Outubro 2019 - 15h38

Atualizado - 19 Abril 2024 - 17h15

Você sabia que, assim como os cães, os felinos adoram comer uma graminha? Além da diversão promovida por esse comportamento, a grama para gatos ajuda na digestão e no controle das bolas de pelos. Se você mora em casa, com certeza já deve ter visto o seu gatinho se deliciar com os matinhos que encontra pela frente. Agora se você mora em um apartamento que não tem muitas plantas, é possível encontrar grama de gato pronta para venda e também sementinhas para plantar. Conheça os diferentes tipos de gramas que o seu felino pode comer, os benefícios desse comportamento e um pequeno tutorial de como plantar um matinho natural para o seu amigo felino.

Grama para gatos: observe o comportamento do seu bichano

Muitos tutores se preocupam ao ver seu gatinho comendo grama, mas isso só traz benefícios ao seu peludo. Ao comer a graminha, o felino está estimulando a digestão dos alimentos, evitando assim problemas intestinais e diarreia. Além disso, a grama para gatos ajuda a controlar a incidência de bolas de pelo, que são bem comuns quando falamos dos felinos e podem trazer alguns incômodos. Por último, mas não menos importante, há indícios de que a grama de gato atua também como vermífugo - é sempre bom consultar o veterinário antes de encher seu gato de grama, combinado?!

É bem comum o gatinho vomitar depois de comer grama e isso pode estar associado com algum incômodo gastrointestinal. A grama para gatos tem justamente essa função. Mas, em todo caso, é bom observar a frequência dos vômitos: se ocorrer várias vezes seguidas, o melhor é buscar ajuda.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Grama de gato: flores podem intoxicar os felinos. Tome cuidado!

Se alguém te oferecer uma graminha para gatos que possua flores, não aceite. As flores, ainda que sejam muito bonitas, são potencialmente tóxicas para o seu felino. Invista em graminhas naturais que você pode acompanhar o crescimento ou aquelas próprias para gatos que são compradas em pet shops. Se você é pai ou mãe de pet, precisa estar sempre atento com as plantas que coloca em casa, pois muitas delas podem intoxicar animais.

 

Gato comendo grama dentro de casa

 

Plante sua própria graminha para gatos: veja o passo a passo!

Uma boa alternativa é plantar a sua própria graminha para gatos. Existem diversas opções: a tradicional grama de alpiste para gatos e outras versões com milho, trigo, aveia e linhaça. As sementes podem ser plantadas com segurança e não vão fazer mal ao seu felino. Siga o passo a passo abaixo: 

  • Grama de milho de pipoca

Com um vaso ou jardineira, coloque terra e um adubo forte para formar a base da terra - é nesse lugar que vão entrar as sementinhas. Pegue o milho de pipoca (não vale a pipoca de microondas, heim?!) e coloque alguns grãos na terra, deixando espaço entre eles para que possam se desenvolver, e cubra tudo com o restante do adubo. Molhe a terra e se certifique que não ficou nenhum grão por cima. 

Depois disso, basta regar em dias alternados, mas sem encharcar para não correr o risco de matar a planta que ainda nem nasceu. Em algumas semanas, as raízes vão começar a aparecer. Certifique-se de que o seu gato não tenha acesso ao vaso ou jardineira onde a plantinha está crescendo e só ofereça quando a planta estiver medindo três ou quatro dedos da sua mão. É importante não deixar o gatinho cavar a terra. Plante mais de um vaso para revezar quando as folhinhas começarem a ficar amareladas. 

  • Grama de trigo para gatos

Você vai seguir o mesmo passo a passo do plantio da grama de milho de pipoca. A única diferença aqui é o tempo de cultivo da planta. A semente do trigo começa a germinar em até cinco dias, enquanto a de milho demora mais um pouquinho. Uma boa alternativa é plantar mais de um tipo de semente para o seu gatinho ter bastante variedade em casa. Se você mora em um lugar muito seco, a dica é cobrir a plantinha com um papel de PVC, fazendo tipo uma estufa mesmo. Assim, ela vai absorver a água e germinar mais rápido. 

Redação: Júlia Cruz

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Gato

Tutora registra o crescimento de filhote de Maine Coon laranja até ele virar um gato gigante

Quando o assunto é gato gigante, o Maine Coon é uma das raças de mais destaque. O gato Maine Coon é considerado a maior raça do mund...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Ver todas