Cuidados

Tenda para gatos: aprenda como fazer uma para o seu bichano com esse passo a passo

Tenda para gatos: madeira, sisal e tecido são os principais materiais que você vai precisar
Tenda para gatos: madeira, sisal e tecido são os principais materiais que você vai precisar
A tenda para gatos é um refúgio confortável e seguro
A tenda para gatos é um refúgio confortável e seguro
Tenda para gatos: madeira, sisal e tecido são os principais materiais que você vai precisar
A tenda para gatos é um refúgio confortável e seguro

Os gatos adoram um espaço fechado para se sentirem protegidos e seguros. Apesar das adoradas caixas de papelão cumprirem bem essa função, é sempre importante oferecer aos nossos bichinhos um local específico para que eles possam dormir e descansar confortavelmente. Entre os modelos de cama para gato e outros refúgios, a tenda para gatos é um ótima opção para enriquecer o ambiente do seu animal de estimação: é bonita, econômica, fácil de limpar e cabe em qualquer cantinho. Confira, abaixo, algumas das suas características e um passo a passo para você aprender a fazer uma!

Conheça as principais características da tenda para gatos

Também conhecida como cabana para gatos, a tenda proporciona um esconderijo aconchegante para os gatinhos cochilarem e repousarem. Diferente do modelo toca de gato, esse tipo de estrutura permite que você troque a cobertura de tecido de acordo com a estação do ano. Assim, o seu bichano pode ter um lugar quente no inverno e fresco no verão.

Além de ser um refúgio tranquilo, uma zona de independência, a tenda funciona como um espécie de local de observação, uma vez que sua entrada ampla permite que os gatinhos possam acompanhar a movimentação da casa enquanto estão descansando.

Para os tutores, a tenda para gatos é um item decorativo, descontraído e elegante. Dependendo do tipo de tecido escolhido, ela pode combinar com uma variedade de ambientes, como salas, quartos e até áreas externas.

Tenda para gatos: descubra como fazer uma para o seu felino!

Após as nossas dicas de como fazer toca para gatos. é hora de ensinar você a confeccionar uma tenda perfeita para o seu animal de estimação. Com os materiais necessários em mãos, você não vai precisar nem de uma hora para poder concluir o projeto. E o melhor: não há nenhum tipo de costura envolvida durante o processo. O resultado é um abrigo diferente, aconchegante e cheio de estilo para o seu bichinho. Confira, a seguir, o passo a passo da tenda para gatos:

Materiais:

  • 5 varetas de madeira (aproximadamente 70 cm x 1,5 cm);
  • Um rolo de sisal;
  • Tecido de sua preferência;
  • Tesoura;
  • Furadeira;
  • Pistola de cola quente e cola quente;
  • Cama para gato, cobertor ou almofada.

Passo a passo:

Passo 1) Primeiro, você deve montar a base da tenda com as varetas de madeira. Para isso, comece fazendo furos na parte superior de cada vareta com a ajuda de uma furadeira. Deixe aproximadamente 3 cm entre o orifício e o topo;

Passo 2) Em seguida, enfileire as cinco varetas e conecte-as com o fio de sisal. Dê um nó em uma das extremidades e deixe a outra ponta livre para entrelaçar;
Com as varetas em pé, aponte cada uma delas para uma direção, formando a tenda;

Passo 3) Depois, é hora de entrelaçar o restante do fio de sisal entre as varetas até que você sinta que a estrutura ficou bem firme. Dê um nó no final;

Passo 4) O próximo passo é posicionar o tecido escolhido em torno das varetas, bem embaixo da amarra. Descubra o melhor ponto para colocá-lo e verifique se não há excesso de pano onde a entrada da tenda ficará;

Passo 5) Quando você estiver satisfeito com o ajuste do tecido sobre a estrutura, use cola quente para juntar tudo. Também é possível usar alfinetes de segurança, caso você não tenha uma pistola de cola quente em casa;
Dependendo da quantidade de excesso de tecido, você pode cortá-lo ou enrolar para dentro;

Passo 6) No interior, coloque uma cama para gato, um cobertor ou almofada para poder criar um refúgio acolhedor para o seu felino;

Passo 7) Por fim, decore do jeito que a sua imaginação permitir. Pompons, bandeirolas, brinquedinhos pendentes, laços, fitas e plaquinhas com o nome do seu gatinho são ótimas sugestões!

Redação: Guilherme Segal

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Meia antiderrapante para cachorro idoso: veja como o item promove mais segurança para o pet

    Próxima matéria

    Meia antiderrapante para cachorro idoso: veja como o item promove mais segurança para o pet

    Cuidar de gato no verão: 6 dicas para o seu bichano não passar calor
    Cuidados

    Cuidar de gato no verão: 6 dicas para o seu bichano não passar calor

    Com o verão se aproximando, os gatinhos precisam de alguns cuidados para passarem pela estação mais quente do ano sem sofrimento. Apesar dos passeios não fazerem parte da vida de um felino, eles também sentem bastante calor dentro de casa - até porque costumam ficar mais tempo no sol. Ao contrário dos cães, os gatinhos não ficam ofegantes quando estão com calor, mas cuidar de gato no verão é muito importante para preservar a saúde e promover bem-estar para o seu bichano. Pensando nisso, separamos alguns cuidados que você precisa ter com gatos no verão. Continue lendo para entender mais!

    Gato cego: 7 cuidados essenciais para garantir a segurança e bem-estar do bichano em casa
    Cuidados

    Gato cego: 7 cuidados essenciais para garantir a segurança e bem-estar do bichano em casa

    Adotar um gatinho requer algumas adaptações em casa para criar um ambiente seguro e confortável para o animal, onde ele possa expressar seus comportamentos naturais e descansar sempre que quiser. Agora quando o bichano precisa de cuidados especiais, como é o caso do gato cego, a situação se torna mais delicada ainda. Será que é preciso tomar precauções extras para mantê-lo em segurança? Como ajudar o gatinho a viver melhor? Como proporcionar a ele um ambiente mais adaptado? Para te ajudar a deixar sua casa pronta para receber o seu novo amigo da melhor forma e em um ambiente seguro, confira 7 dicas e cuidados indispensáveis para lidar com um gato cego.

    Aprenda em 8 passos como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo (infográfico)
    xixi

    Aprenda em 8 passos como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo (infográfico)

    Ter um cãozinho vai muito além dos momentos de diversão e fofura: é preciso também saber como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo. Caso contrário, uma situação que pode se tornar muito comum (e desagradável) é encontrar xixi de cachorro pela casa toda. Felizmente, existem algumas técnicas que são bastante úteis na hora de ensinar o animal a fazer xixi e cocô no local adequado.

    Gato envenenado: aprenda a identificar os sintomas e o que fazer de imediato!
    Saúde

    Gato envenenado: aprenda a identificar os sintomas e o que fazer de imediato!

    Infelizmente, a ideia de que os gatos estão 100% seguros dentro de casa é uma ilusão. Os felinos são animais curiosos e suas peripécias podem acabar transformando qualquer ambiente controlado em um mar de perigos. Por isso, é muito importante se manter atento aos sinais comportamentais e físicos do animal para identificar possíveis problemas, como intoxicações e envenenamentos. Em momentos como esses, pensar rápido e saber agir de imediato pode fazer toda a diferença! Por isso, descubra o que fazer caso o seu gato seja envenenado ou intoxicado!

    Ver Todas >

    4 dicas infalíveis de como acostumar gato na casa nova
    Cuidados dos animais

    4 dicas infalíveis de como acostumar gato na casa nova

    A mudança de casa é uma das coisas mais estressantes na vida de um gato. Muito apegados à rotina, os bichanos se veem de uma hora para outra longe dos cômodos e das coisas que conhecem. A explicação para essa dificuldade de adaptação é simples: os gatos ainda possuem muitos instintos e características da fase selvagem, por isso são bem territorialistas. Para eles, o território que têm seu cheiro é o lugar em que sente seguro e sem ameaças para desenvolver suas habilidades. 

    Qual a melhor cama para gato? Veja os modelos mais populares antes de decidir
    Cuidados dos animais

    Qual a melhor cama para gato? Veja os modelos mais populares antes de decidir

    Os gatos passam cerca de 2/3 do dia dormindo e é exatamente por isso que os tutores devem se atentar a um acessório muito importante para o momento de descanso do pet: a cama para gato. Além de fazer parte da gatificação da casa, as caminhas também servem como refúgio para o animal, deixando ele muito mais à vontade para expressar seus instintos naturais. Mas na hora de comprar o acessório, o tutor também deve se atentar à personalidade do gato para escolher a melhor opção.

    Como ensinar cachorro a fazer xixi no lugar certo depois da mudança de casa?
    Cuidados dos animais

    Como ensinar cachorro a fazer xixi no lugar certo depois da mudança de casa?

    Mudar de casa com o cachorro é sempre um processo complicado. Embora os cães sejam um pouco mais desapegados do que os gatos, leva um tempinho até que o animal consiga se adaptar totalmente ao novo ambiente e reconhecer que aquela é sua nova casa. Logo de início, um problema que a maioria dos tutores enfrenta é o cachorro urinando fora do lugar, o que pode prejudicar a convivência com o animal nos primeiros dias. 

    Como acalmar um gato na hora de levar no veterinário?
    Cuidados dos animais

    Como acalmar um gato na hora de levar no veterinário?

    Para manter a saúde do gato, é essencial que o animal tenha uma rotina de consultas no veterinário - principalmente porque os felinos costumam não apresentar sinais de que estão doentes. No entanto, essa é uma tarefa difícil para os donos de gatos. Os felinos estão acostumados a ter uma rotina, então qualquer mudança mínima é capaz de deixar o gato bem estressado. O transporte e o ambiente diferente do veterinário são algumas dessas situações. 

    Ver Todas >