Ração

Ração de cachorro específica para raças: como funciona? Tem alguma diferença nutricional? Vale a pena?

Ração para Yorkshire, Shih Tzu e Pitbull: qual a diferença do alimento específico para essas raças?
Ração para Yorkshire, Shih Tzu e Pitbull: qual a diferença do alimento específico para essas raças?

Não importa se é um cachorro grande ou pequeno: todos os animais precisam se alimentar adequadamente, e é para isso que existem as rações. Fonte de nutrientes essenciais para manter a saúde do seu pet em dia, a ração de cachorro pode ser encontrada em diferentes versões (Standard, Premium e Super Premium) e normalmente é indicada para portes e fases da vida específicos. Contudo, ao longo dos últimos anos, a comercialização de produtos voltados para determinadas raças foi se tornando popular. Hoje, por exemplo, é possível encontrar uma ração para Bulldog Francês ou até mesmo uma ração para Pitbull. Mas será que esse tipo de alimento realmente tem algum diferencial e é mais nutritivo do que os demais? Como funciona isso? A seguir, desvendamos o que você precisa saber sobre o assunto!

A ração de cachorro específica para raças é mais nutritiva do que as demais?

Quando temos um cachorro de determinada raça e encontramos um produto que parece ser ideal para ela, fica até difícil não comprar por impulso. É o que acontece com quem tem um Pug, por exemplo, e encontra uma “ração para Pug” nos pet shops da vida, que promete trazer vários benefícios que outras rações, aparentemente, não poderiam trazer. Mas será que isso condiz com a realidade?

Segundo a médica veterinária Gabriela Tosin, que é especializada em nutrição animal, as rações consideradas específicas para raças não tem nenhuma diferença nutricional se comparada com as outras. “O que elas apostam é na adição de aditivos zootécnicos que promovem melhora de alguma característica da racçaa. Por exemplo, a ração para Shih Tzu e Lhasa Apso melhora da proporção de ômega 3 e 6 em animais que precisam de pelagem brilhantes, como essas raças”, explica.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A ração para Bulldog Francês não deve ser a mesma que a de um Labrador por causa do porte desses cães
    A ração para Bulldog Francês não deve ser a mesma que a de um Labrador por causa do porte desses cães

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Muitos tutores questionam se podem oferecer legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de ser muito saudável, esse tipo de alimento ajuda a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas. Mesmo se alimentando de ração diariamente, não há uma restrição que impede o cão de comer alimentos gostosos por fora, como vegetais e frutas variadas. O importante é que o tutor respeite a saúde do cachorro e ofereça com moderação, é claro - lembrando que sempre vale conversar com o veterinário antes de qualquer decisão.

    O que levar em consideração na hora de comprar a ração para cachorro?

    A melhor forma de escolher uma boa ração é aprendendo a analisar os ingredientes que estão contidos no alimento. Algumas dicas da profissional para isso são observar os seguintes aspectos: “Níveis de proteína são melhores quando estão acima de 23%; níveis de extrato etéreo (que são as gorduras) sempre acima de 8% e matéria mineral abaixo de 8%. Existem muitos outros pontos, mas esses já ajudam muito”.

    No geral, se a ração for de uma boa qualidade, como a Premium ou a Super Premium, já é possível garantir que o seu cãozinho vai receber todos os nutrientes necessários para se manter saudável. “Não costumo indicar ração para raças específicas justamente porque não vejo necessidade. Prefiro indicar rações de boa qualidade e não necessariamente para determinada raça”, justifica a veterinária.

    A escolha da ração para cachorro deve ser de acordo com o porte do animal

    Além da qualidade do produto, outro fator que deve ser levado em consideração na hora de escolher a melhor ração para cachorro é quanto ao porte e a fase de vida do animal. Um filhote, por exemplo, tem exigências nutricionais diferentes de um cachorro adulto ou idoso. O mesmo vale para o seu tamanho: uma ração de Labrador, que é um cão grande, não deve ser igual a ração para Yorkshire, que é uma raça muito menor, porque cada porte tem necessidades nutricionais distintas

    Como os cães pequenos têm um metabolismo mais rápido e que consome mais energia, a alimentação deles é pautada basicamente em proteínas e gordura. Do outro lado, cachorros grandes têm o metabolismo mais lento e, por isso, precisam consumir gorduras e proteínas em uma quantidade menor. Ignorar essas particularidades de cada porte pode causar um excesso ou déficit de nutrientes no organismo do animal e, consequentemente, afetar a qualidade de vida dele.

    Redação: Juliana Melo

    Bifinho para cachorro: saiba mais sobre o petisco que os cães amam

    Próxima matéria

    Bifinho para cachorro: saiba mais sobre o petisco que os cães amam

    Qual a diferença nutricional entre ração para raças pequenas e grandes?
    Ração

    Qual a diferença nutricional entre ração para raças pequenas e grandes?

    Todo mundo sabe que os cuidados com a alimentação do cachorro são fundamentais para manter a saúde do animal em dia. No entanto, o que poucas pessoas compreendem é que existem diferentes tipos de ração para cachorro e que todas elas são específicas para determinada fase da vida do animal e também levando em consideração o seu porte físico. Sim, é isso mesmo: o porte do animal também influencia na escolha da ração. Isto acontece porque uma ração para cachorro pequeno apresenta algumas diferenças nutricionais se comparada a uma ração para cachorro grande, e vice-versa; o que pode prejudicar a saúde do seu pet se for consumida de maneira inadequada. Para tirar as principais dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa preparou uma matéria com várias informações sobre isso. Veja a seguir!

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno
    Raças

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno

    O Jack Russell Terrier é um cachorro de pequeno porte que leva alegria por onde passa. Essa raça de cachorro é muito amável, encantadora e de personalidade forte. Apesar do pequeno tamanho, eles são cães muito corajosos e demandam bastante energia de seus tutores. Como grande parte dos cães do grupo Terrier, essa raça é um grande exemplo de cachorro de caça e adora investigar todos os lugares, exibindo seu vigor e vivacidade. Quando o cão Jack Russell Terrier quer algo, ele só desiste quando consegue. 

    Ver Todas >

    Receita de biscoito para cachorro: veja opções com frutas e legumes fáceis de encontrar no mercado
    Alimentação animal

    Receita de biscoito para cachorro: veja opções com frutas e legumes fáceis de encontrar no mercado

    Se você busca por uma receita de biscoito para cachorro, é sempre bom pesquisar por opções com frutas e legumes para garantir um petisco mais natural. Existe uma série de alimentos liberados para os cães e você precisa ficar atento a isso na hora de escolher o ingrediente. Mesmo se tratando de um biscoito natural para cachorro, é importante se assegurar que nenhum alimento tóxico será utilizado na receita. 

    O que o cachorro não pode comer? Descubra quais alimentos são proibidos para os cães!
    Alimentação animal

    O que o cachorro não pode comer? Descubra quais alimentos são proibidos para os cães!

    É fundamental saber o que o cachorro não pode comer para não ter imprevistos, como um animal intoxicado ou com problemas gastrointestinais. O organismo canino é bem diferente do humano, de forma que alguns alimentos que são comuns para nós são considerados tóxicos e prejudiciais para a saúde do cão. Mesmo que seja quase impossível resistir àquele olhar de um cãozinho pedindo um pedaço de comida, não hesite em pesquisar quais alimentos que cachorro pode comer ou não antes de oferecer qualquer coisa além da ração.

    Ração light para cães: em quais casos ela é recomendada? Qual a diferença da ração tradicional?
    Alimentação animal

    Ração light para cães: em quais casos ela é recomendada? Qual a diferença da ração tradicional?

    Dentre os diferentes tipos de ração de cachorro que existem, a ração light se destaca como uma alternativa para animais que estão na faixa do peso ideal ou com um leve sobrepeso. Normalmente ela é indicada para cães que precisam manter o mesmo peso ou emagrecer bem pouco, mas não é aconselhável para pets obesos. Nesse caso, a ração diet para cachorro é a melhor opção, que é um alimento totalmente diferente da ração light para cães.

    Comedouro lento para cachorro: como usar e quais os benefícios?
    Alimentação animal

    Comedouro lento para cachorro: como usar e quais os benefícios?

    O comedouro lento para cachorro é um acessório indispensável na vida de quem tem um doguinho que vai com muita “sede” ao pote. A alimentação acelerada pode trazer vários prejuízos para o organismo canino, e por isso a vasilha para cachorro comer devagar tem se tornado cada vez mais popular entre os pais e mães de pet - especialmente daqueles que têm uma versão canina do Flash em casa. 

    Ver Todas >