Ração

Ração de cachorro específica para raças: como funciona? Tem alguma diferença nutricional? Vale a pena?

Ração para Yorkshire, Shih Tzu e Pitbull: qual a diferença do alimento específico para essas raças?
Ração para Yorkshire, Shih Tzu e Pitbull: qual a diferença do alimento específico para essas raças?

Não importa se é um cachorro grande ou pequeno: todos os animais precisam se alimentar adequadamente, e é para isso que existem as rações. Fonte de nutrientes essenciais para manter a saúde do seu pet em dia, a ração de cachorro pode ser encontrada em diferentes versões (Standard, Premium e Super Premium) e normalmente é indicada para portes e fases da vida específicos. Contudo, ao longo dos últimos anos, a comercialização de produtos voltados para determinadas raças foi se tornando popular. Hoje, por exemplo, é possível encontrar uma ração para Bulldog Francês ou até mesmo uma ração para Pitbull. Mas será que esse tipo de alimento realmente tem algum diferencial e é mais nutritivo do que os demais? Como funciona isso? A seguir, desvendamos o que você precisa saber sobre o assunto!

A ração de cachorro específica para raças é mais nutritiva do que as demais?

Quando temos um cachorro de determinada raça e encontramos um produto que parece ser ideal para ela, fica até difícil não comprar por impulso. É o que acontece com quem tem um Pug, por exemplo, e encontra uma “ração para Pug” nos pet shops da vida, que promete trazer vários benefícios que outras rações, aparentemente, não poderiam trazer. Mas será que isso condiz com a realidade?

Segundo a médica veterinária Gabriela Tosin, que é especializada em nutrição animal, as rações consideradas específicas para raças não tem nenhuma diferença nutricional se comparada com as outras. “O que elas apostam é na adição de aditivos zootécnicos que promovem melhora de alguma característica da racçaa. Por exemplo, a ração para Shih Tzu e Lhasa Apso melhora da proporção de ômega 3 e 6 em animais que precisam de pelagem brilhantes, como essas raças”, explica.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    A ração para Bulldog Francês não deve ser a mesma que a de um Labrador por causa do porte desses cães
    A ração para Bulldog Francês não deve ser a mesma que a de um Labrador por causa do porte desses cães

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!

    As frutas para cachorro são ótimas opções de petiscos para agradar o seu amigo de quatro patas. Os pets podem sim tirar proveito da ingestão de determinadas frutas que são liberadas e não fazem mal. Mas afinal, cachorro pode comer banana? Quais os benefícios dessa fruta para cachorros? Qual a quantidade correta? Posso fazer um petisco para cachorro com esses alimentos? Veja as respostas para todas essas dúvidas!

    O que levar em consideração na hora de comprar a ração para cachorro?

    A melhor forma de escolher uma boa ração é aprendendo a analisar os ingredientes que estão contidos no alimento. Algumas dicas da profissional para isso são observar os seguintes aspectos: “Níveis de proteína são melhores quando estão acima de 23%; níveis de extrato etéreo (que são as gorduras) sempre acima de 8% e matéria mineral abaixo de 8%. Existem muitos outros pontos, mas esses já ajudam muito”.

    No geral, se a ração for de uma boa qualidade, como a Premium ou a Super Premium, já é possível garantir que o seu cãozinho vai receber todos os nutrientes necessários para se manter saudável. “Não costumo indicar ração para raças específicas justamente porque não vejo necessidade. Prefiro indicar rações de boa qualidade e não necessariamente para determinada raça”, justifica a veterinária.

    A escolha da ração para cachorro deve ser de acordo com o porte do animal

    Além da qualidade do produto, outro fator que deve ser levado em consideração na hora de escolher a melhor ração para cachorro é quanto ao porte e a fase de vida do animal. Um filhote, por exemplo, tem exigências nutricionais diferentes de um cachorro adulto ou idoso. O mesmo vale para o seu tamanho: uma ração de Labrador, que é um cão grande, não deve ser igual a ração para Yorkshire, que é uma raça muito menor, porque cada porte tem necessidades nutricionais distintas

    Como os cães pequenos têm um metabolismo mais rápido e que consome mais energia, a alimentação deles é pautada basicamente em proteínas e gordura. Do outro lado, cachorros grandes têm o metabolismo mais lento e, por isso, precisam consumir gorduras e proteínas em uma quantidade menor. Ignorar essas particularidades de cada porte pode causar um excesso ou déficit de nutrientes no organismo do animal e, consequentemente, afetar a qualidade de vida dele.

    Redação: Juliana Melo

    Alergia a gato: pesquisadores identificam anticorpos que neutralizam proteína que causa alergias em humanos

    Próxima matéria

    Alergia a gato: pesquisadores identificam anticorpos que neutralizam proteína que causa alergias em humanos

    Qual a diferença nutricional entre ração para raças pequenas e grandes?
    Ração

    Qual a diferença nutricional entre ração para raças pequenas e grandes?

    Todo mundo sabe que os cuidados com a alimentação do cachorro são fundamentais para manter a saúde do animal em dia. No entanto, o que poucas pessoas compreendem é que existem diferentes tipos de ração para cachorro e que todas elas são específicas para determinada fase da vida do animal e também levando em consideração o seu porte físico. Sim, é isso mesmo: o porte do animal também influencia na escolha da ração. Isto acontece porque uma ração para cachorro pequeno apresenta algumas diferenças nutricionais se comparada a uma ração para cachorro grande, e vice-versa; o que pode prejudicar a saúde do seu pet se for consumida de maneira inadequada. Para tirar as principais dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa preparou uma matéria com várias informações sobre isso. Veja a seguir!

    Como é a saúde do Husky Siberiano? A raça de cachorro tem propensão para desenvolver alguma doença?
    Saúde

    Como é a saúde do Husky Siberiano? A raça de cachorro tem propensão para desenvolver alguma doença?

    É praticamente impossível resistir ao charme de um Husky Siberiano. A raça tem uma forte presença, com pelos brilhantes e um olhar penetrante que às vezes até chega a intimidar. Mas quem pensa que eles são cães agressivos devido à semelhança com lobos se engana. No fundo, o Husky Siberiano (filhote ou adulto) é um super companheiro, carinhoso e bastante apegado a sua família. O problema é que a raça pode ter alguns probleminhas de saúde no decorrer da sua vida, mesmo que ele receba todos os cuidados necessários. A seguir, separamos as principais doenças que podem acometer a saúde do cachorro Husky.

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena
    Pequenos

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena

    Para quem sempre sonhou em ter um cachorro de raça pequeno, o Boston Terrier é a companhia certa! Embora ele ainda seja muito confundido com o Bulldog Inglês, o cãozinho desta raça tem qualidades únicas e excepcionais. Amigáveis, brincalhões e com muita energia, os cachorros da raça Boston Terrier são muito fáceis de lidar no dia a dia e amam agradar seus tutores. Além disso, eles são super adaptáveis e conseguem conviver bem em praticamente qualquer lugar. 

    Ver Todas >

    Pode dar carne crua para gatos?
    Alimentação animal

    Pode dar carne crua para gatos?

    A ração para gatos é a melhor forma de cuidar da nutrição do seu pet, mas oferecer um alimento diferenciado de vez em quando também é um bom jeito de mimar o seu bichano. Isso levanta o questionamento se o gato pode comer frango cru ou outras proteínas não cozidas, já que é algo que remete à alimentação natural felina. No entanto, essa questão divide bastante a opinião dos tutores e nem todos se sentem confortáveis para oferecer esse tipo de alimento para os gatos. 

    Alimentação do cachorro: 9 mitos e verdades sobre o paladar canino
    Alimentação animal

    Alimentação do cachorro: 9 mitos e verdades sobre o paladar canino

    A alimentação do cachorro é uma das principais fontes de nutrientes. Proteínas, gorduras, carboidratos, fibras, vitaminas e minerais: tudo que o animal precisa para se manter forte e saudável é adquirido pela alimentação. A ração de cachorro é um alimento completo, desenvolvido para suprir as necessidades nutricionais do pet em cada fase de vida ou até mesmo caso ele tenha alguma doença crônica. 

    Patê para gatos: o que é, como utilizar e quais os benefícios?
    Alimentação animal

    Patê para gatos: o que é, como utilizar e quais os benefícios?

    Por ser um alimento úmido, o patê para gatos promove diversos benefícios para a saúde dos bichanos. Os gatos são animais que não costumam beber muita água e, por isso, têm forte tendência para desenvolver problemas renais. Uma das explicações para isso é a origem desértica dos felinos, que também influencia no comportamento de segurar o xixi. Assim como o sachê para gatos, o patê tem alta concentração de água, o que ajuda a manter o animal devidamente hidratado - e não há contraindicação de oferecer esse tipo de alimento para animais saudáveis. 

    Vinho e cerveja para cachorro? Entenda como esses produtos caninos funcionam
    Alimentação animal

    Vinho e cerveja para cachorro? Entenda como esses produtos caninos funcionam

    Depois de adotar um cachorro, ele automaticamente passa a fazer parte da família. Compartilhar bons momentos ao lado dos doguinhos é cada vez mais comum, e é por isso que muitos produtos humanos são adaptados também para os cães, como é o caso do vinho e da cerveja para cachorro. Afinal, quem nunca pensou em chegar em casa e poder compartilhar um momento mais descontraído com seu pet? 

    Ver Todas >