close
Saúde

Pode dar dipirona para gato? Descubra se o medicamento é permitido e quais são as recomendações

Atualizado · 24 de novembro de 2020 · 16h22

Publicado · 24/11/2020 · 16h21

Pode dar dipirona para gato? Saiba se esse medicamento comum entre humanos também serve para os bichanos
Pode dar dipirona para gato? Saiba se esse medicamento comum entre humanos também serve para os bichanos

O uso da dipirona é algo comum entre os humanos, mas quando recomendada para os animais domésticos pode gerar dúvidas nos tutores. Normalmente receitado para aliviar dores e baixar a febre, o medicamento começou a ser comercializado no Brasil em 1922. A ação anti-inflamatória da dipirona possui poucos efeitos colaterais quando comparada a outros medicamentos. Mas final, pode dar dipirona para gato? Existe alguma contraindicação? Quais cuidados se deve tomar? Veja o que descobrimos!

Posso dar dipirona pro meu gato?

É normal que ao receber a recomendação de dar dipirona para gatos o tutor fique desconfiado. Receitar dipirona para gatos é realmente algo comum na medicina veterinária, já que o medicamento se mostra eficaz no combate a dores e diminuição da febre nos felinos. Entretanto, é importante ter cuidados ao administrar o medicamento, assim como qualquer outro. À princípio, não é indicado automedicar o pet: o uso indiscriminado e sem recomendação de fármacos pode resultar no gato intoxicado. A consulta no veterinário é imprescindível antes de iniciar qualquer tratamento.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Dipirona para gatos: dar remédio líquido para os bichanos pode ser um grande desafio
    Dipirona para gatos: dar remédio líquido para os bichanos pode ser um grande desafio

    Mais Lidas

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Como dar dipirona para gato?

    Agora que você sabe que os felinos pode tomar dipirona, fica outro questionamento: como dar o remédio para gato? A primeira coisa que você precisa ter é cautela! O remédio é indicado apenas em casos específicos e o profissional fará um cálculo de acordo com o peso e tamanho do pet para determinar a dosagem, ou seja, quantas gotas de dipirona para gato. Caso o animal tome a medicação sem esse auxílio, pode ocorrer do medicamento não fazer efeito ou até mesmo causar reações adversas, como intoxicação ou morte, caso a dose seja mais alta do que o organismo do animal pode aguentar.  

    O processo de administrar o remédio líquido para gato também precisa de cuidados. A dipirona pode ser administrada com um conta-gotas ou seringa sem agulha. O ideal é esguichar lentamente o remédio na “bolsa” entre os dentes e a bochecha do gato, bem lá no fundo, e fechar a boca do animal por alguns segundos para evitar que ele cuspa o líquido. Além disso, outra dica é misturar as gotas indicadas em uma pequena quantidade de sachê para gatos: assim, o animal sequer perceberá a presença do remédio. Nessa segunda opção, é importante garantir que ele vá comer toda a refeição.

    Investigue as causas da febre e dores no gato

    Por mais que a dipirona seja um analgésico seja eficiente para aliviar alguns incômodos nos bichanos, é importante verificar a raiz do problema. A dor nos gatos é um sintoma que indica que algo está errado com a saúde do bichano. Já a febre normalmente é uma reação do organismo do gato a alguma infecção viral ou bacteriana. Ao utilizar o medicamento sem passar pela avaliação do veterinário você só vai mascarar o problema, que pode voltar com mais intensidade no futuro. A consulta com o médico veterinário permite o diagnóstico correto e, consequentemente, a prescrição do melhor tratamento para o caso específico do seu gatinho. 

    Redação: Hyago Bandeira

     

    Como aumentar a imunidade do cachorro e tudo sobre o sistema imunológico dos cães

    Próxima matéria

    Como aumentar a imunidade do cachorro e tudo sobre o sistema imunológico dos cães

    Plano de saúde para gatos: quais são as vantagens? Entenda melhor o serviço!
    Saúde

    Plano de saúde para gatos: quais são as vantagens? Entenda melhor o serviço!

    O plano de saúde para gatos pode ser uma ótima alternativa para quem tem um felino em casa! Os pets fazem parte da família e, como qualquer ente querido, demandam atenção e cuidados especiais. No caso dos gatinhos, essa série de precauções inclui check-ups anuais, vacinas e visitas frequentes ao consultório veterinário. Manter essa rotina saudável não precisa, necessariamente, ser um peso no orçamento.

    Plantas tóxicas para gatos e cachorros: descubra quais espécies você precisa evitar
    Cuidados

    Plantas tóxicas para gatos e cachorros: descubra quais espécies você precisa evitar

    Quem se pergunta como cuidar de um cachorro ou gato por estar dando as boas-vindas a um desses animais em casa em breve vai descobrir que a adaptação do ambiente é mais do que necessária. Buscando a segurança e o conforto do seu novo amigo, é normal instalar telas de proteção e liberar um cantinho para a cama e a ração dele, mas muita gente passa direto pelas plantas: algumas espécies bem comuns em jardins, quintais e vasinhos são tóxicas quando ingeridas e podem até ser fatais.

    Quais são as 10 raças de gato mais populares do Brasil? Confira o ranking!
    Raças

    Quais são as 10 raças de gato mais populares do Brasil? Confira o ranking!

    Os gatos são, de fato, animais apaixonantes. Sejam elegantes e misteriosos, tímidos ou destemidos, peludinhos ou não, os felinos possuem características e personalidades específicas que têm conquistado cada vez mais o coração dos brasileiros. Mas será que existe uma raça que é mais popular do que as outras? Para descobrir quais são as raças de gato que mais fazem nos lares brasileiros, nós separamos um top 10 com os bichanos mais queridinhos do país. Dá uma olhada e tente não se apaixonar!

    Gato Manês: descubra curiosidades, características, personalidade e cuidados com o
    Raças

    Gato Manês: descubra curiosidades, características, personalidade e cuidados com o "Manx cat"

    Diferente de quem prefere cachorros, os amante de felinos normalmente não se importam tanto com a raça antes de comprar ou adotar um gatinho. Mas mesmo que isso não seja um fator primordial na hora de escolher seu amigo de quatro patas, é bom saber que existem diferentes tipos de raça de gato. Dentre elas, o “Manx cat” - também conhecido como Gato Manês - é uma das mais populares e que carrega uma característica muito particular: os animais dessa raça não têm rabo. Parece esquisito, mas o que falta de rabo, sobra em amor! Saiba mais sobre a raça de gato que vai conquistar o seu coração a seguir.

    Ver Todas >

    Como tirar tártaro de cachorro? Entenda como funciona o procedimento
    Saúde animal

    Como tirar tártaro de cachorro? Entenda como funciona o procedimento

    Demorar para tirar tártaro de cachorro pode causar problemas sérios à saúde. O tártaro nada mais é que o acúmulo de sujeira nos dentes que forma uma placa bacteriana. Com ela, o dente do cachorro passa a sofrer com dor, sensibilidade e inflamações na gengiva causadas pelas bactérias ali presentes. O problema é que o tártaro em cachorro se alastra rapidamente, podendo causar perda dos dentes, infecções graves e até mesmo atingir outros órgãos. Mas afinal, como tirar tártaro de cachorro? O Patas da Casa conversou com Mariana Lage-Marques, médica veterinária especialista em odontologia. 

    Gato obeso: saiba quais as consequências da obesidade na saúde felina
    Saúde animal

    Gato obeso: saiba quais as consequências da obesidade na saúde felina

    O gato obeso pode ser incrivelmente fofo e apertável, mas isso não quer dizer que ele não precisa de cuidados e atenção com a saúde. A verdade é que a obesidade felina - que muitas vezes não é perceptível para os tutores - acaba abrindo portas para uma série de problemas mais sérios. Por isso, saber identificar quando o animal está acima do peso é importante para buscar orientação profissional e ajudar o gato obeso a perder peso.

    Pneumonia em gatos: veterinário explica tudo sobre a doença
    Saúde animal

    Pneumonia em gatos: veterinário explica tudo sobre a doença

    A pneumonia em gatos - ou pneumonia felina - é uma doença respiratória que pode se desenvolver por vários motivos. Às vezes uma queda na imunidade é suficiente para o problema atingir os peludos, mas na maioria dos casos ele deriva de uma simples gripe que não foi tratada do jeito certo. Por isso, a atenção com o gato gripado deve ser enorme! Quanto antes for diagnosticado e tiver o tratamento adequado, menores são as chances de você ter um gato com pneumonia.

    Como é feito tratamento de câncer em cachorro?
    Saúde animal

    Como é feito tratamento de câncer em cachorro?

    Receber o diagnóstico de câncer em cachorro é um momento muito triste para qualquer tutor. A doença é agressiva e traz diversas complicações à saúde do animal. Além de os sintomas do câncer de cachorro serem bem intensos, o tratamento também é bastante delicado e requer atenção especial. A quimioterapia em cães é o tratamento mais conhecido, mas existem outras formas de tratar a doença. 

    Ver Todas >