Saúde

Plano de saúde para cachorro: como funciona? Vale a pena? Quanto custa?

Vale a pena contratar um plano de saúde para cachorro? Veja as vantagens desse tipo de serviço!
Vale a pena contratar um plano de saúde para cachorro? Veja as vantagens desse tipo de serviço!

Quem tem um cachorro sabe a importância e a preocupação de mantê-lo sempre saudável. Passeios, brincadeiras, ração específica para a fase de vida e condições do seu animal, e passeios fazem parte da rotina básica para garantir o bem-estar do seu bichinho. Mas quando o assunto é saúde, toda prevenção é pouca. Pensando nisso, muitas empresas começaram a ofertar o plano de saúde para cachorro como uma forma de garantir sempre os melhores cuidados aos pets. Esse é um assunto que ainda gera muitas dúvidas nos tutores: quanto custa? Será que vale a pena? Quais serviços oferecem? Leia mais e tire todas as suas dúvidas sobre esse serviço aqui!

Planos de saúde para cachorro oferecem mensalidades por menos de R$50

Hoje em dia, a variedade dos planos de saúde para o seu dog é muito grande e os valores também podem diversificar bastante. É possível encontrar mensalidades por menos de R$50, enquanto outras opções chegam até R$800, segundo uma pesquisa de convênios que atendem no Rio de Janeiro e em São Paulo (até setembro de 2019). Existem diversas opções para o bolso dos tutores, desde planos que contam com exames e consultas mais simples até aqueles que cobrem cirurgias e internação com uma rede credenciada mais ampla. Assim como os planos para humanos, a maioria dos convênios de saúde para animais determinam o valor pela idade do animal e condição geral de saúde - ou seja, se possui histórico de doenças ou não.

Veterinário de cachorro: sem convênio, custos podem chegar a 2 mil reais por ano

Os custos com veterinários podem ser bem altos em unidades particulares - vale lembrar que algumas cidades contam com hospitais públicos de atendimento a animais. Se você ainda está pensando se vale a pena contratar um plano de saúde para o seu cachorro, a dúvida acaba com rápidas pesquisas. Veja algumas estimativas:

  • Somente com consultas de rotina e atualização de vacinas, o custo com um cachorro pode girar em torno de 2 mil reais por ano;
  • As consultas de emergências também são caras: um caso mais urgente pode custar cerca de R$200 para o seu bolso;
  • Se o seu dog precisar ficar internado por alguns dias, o valor das diárias pode variar de R$800 a R$1.000;
  • Se o animal necessitar de atendimento na UTI, os preços sobem ainda mais: apenas uma diária pode custar até R$2.500.

Com esses comparativos, você pode ver que até as mensalidades mais caras dos convênios veterinários valem mais a pena do que pagar os serviços particulares.

Plano de saúde e seguro para pet: é a mesma coisa?

Algumas seguradoras oferecem o seguro para pets (principalmente como extensão do seguro residencial). Entretanto, os dois não são a mesma coisa e nem fornecem os mesmos serviços. No seguro para pet, você paga uma pequena mensalidade para situações emergenciais. Consultas especializadas, procedimentos e cirurgias são reembolsados pela seguradora. Outros serviços garantem o fornecimento de ração e desconto em pets shops, por exemplo. No plano de saúde, seu pet conta com a cobertura de todos os serviços médicos, sem necessidade de reembolso - a não ser em alguns casos especiais.

Afinal, vale a pena ter plano de saúde para cachorro?

Se você ainda não tem certeza e quer uma opinião certeira, pesquise os principais convênios que oferecem os planos de saúde e veja quais se encaixam nas necessidades de seu pet (e no seu bolso, claro). Uma vantagem de contratar um convênio é sempre ter disponível um atendimento de qualidade para o seu pet, inclusive emergências, e não ser pego de surpresa caso ele fique doente. Enquanto não decidir, tenha sempre uma atitude preventiva com o seu cãozinho: boa alimentação, exercícios físicos, vacinas em dia, vermífugo e remédios para carrapatos devem ser parte da rotina de cuidados.

Redação: Karoline Nascimento Miranda

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Gato picado por abelha: o que fazer?

    Próxima matéria

    Gato picado por abelha: o que fazer?

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão
    Adoção

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão

    Ter um cachorro em casa é uma experiência incrível para mães e pais de pet, mas os momentos de alegria vêm acompanhados de muitas responsabilidades… e gastos (muitos gastos). Ração, vacina, brinquedos, remédios e veterinário são os principais custos que você precisa ter frequentemente com o animal. É justamente por isso que, antes de comprar ou adotar um pet, é preciso pensar nos gastos que isso vai demandar - e que devem entrar no orçamento da família. Para te ajudar a bater o martelo e decidir se consegue ou não arcar com um amigo de quatro patas, montamos um guia completo com uma média dos gastos que você provavelmente terá. Chega mais!

    Ração de cachorro específica para raças: como funciona? Tem alguma diferença nutricional? Vale a pena?
    Ração

    Ração de cachorro específica para raças: como funciona? Tem alguma diferença nutricional? Vale a pena?

    Não importa se é um cachorro grande ou pequeno: todos os animais precisam se alimentar adequadamente, e é para isso que existem as rações. Fonte de nutrientes essenciais para manter a saúde do seu pet em dia, a ração de cachorro pode ser encontrada em diferentes versões (Standard, Premium e Super Premium) e normalmente é indicada para portes e fases da vida específicos. Contudo, ao longo dos últimos anos, a comercialização de produtos voltados para determinadas raças foi se tornando popular. 

    Plano de saúde para cachorro: vale a pena fazer um para o seu animal de estimação?
    Saúde

    Plano de saúde para cachorro: vale a pena fazer um para o seu animal de estimação?

    Quem já tem cachorros em casa há um tempo, com certeza já precisou gastar uma quantia de dinheiro inesperada no veterinário. Desde pequenos acidentes domésticos até doenças mais graves, prever o que pode acontecer com os animais é bem difícil — mesmo que eles sejam jovens e saudáveis.

    Tudo sobre o cachorro Boxer: origem, personalidade, saúde, características físicas e cuidados
    Grandes

    Tudo sobre o cachorro Boxer: origem, personalidade, saúde, características físicas e cuidados

    Se você sempre sonhou em ter um cachorro grande dentro de casa, a raça Boxer certamente é uma opção que não vai te decepcionar. Por trás da aparência robusta e que pode ser considerada até um pouco intimidante para alguns, existe um cãozinho companheiro e com muito amor para oferecer aos seus humanos. Conheça um pouco mais sobre o comportamento da raça, cuidados com a saúde e quanto custa um cachorro Boxer.

    Ver Todas >

    Epilepsia em gatos: veterinária tira dúvidas sobre o problema de saúde
    Saúde animal

    Epilepsia em gatos: veterinária tira dúvidas sobre o problema de saúde

    Quando se trata da saúde do gato, todo cuidado é pouco. Assim como acontece com os humanos, os felinos também são vulneráveis a vários problemas bem desagradáveis, como a epilepsia. O distúrbio afeta o sistema nervoso central e gera consequências como a convulsão em gatos. A situação pode assustar bastante os tutores, por isso é importante conhecer cada detalhe da doença. 

    Como aumentar a imunidade do gato? Veja algumas dicas!
    Saúde animal

    Como aumentar a imunidade do gato? Veja algumas dicas!

    A preocupação com a saúde dos gatos é inevitável, afinal os bichanos são praticamente como se fossem filhos de quatro patas para os seres humanos. Por isso, além de oferecer uma boa alimentação para esses animais, muitos tutores também procuram por alternativas de como melhorar a imunidade do seu gato para evitar problemas de saúde. Como muitos sabem, a vitamina C é indispensável nessa missão, mas onde ela pode ser encontrada? 

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?
    Saúde animal

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?

    O sistema digestivo do cachorro é composto por boca, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus e cada um desses órgãos possui uma atividade específica durante a digestão dos alimentos. O problema é que, assim como ocorre com os humanos, os cães também podem sofrer com algumas doenças que atingem o sistema digestivo canino e que são causadas por fatores que variam desde a ingestão de alimentos contaminados até quadros de estresse ou ansiedade. 

    Anticoncepcional para gatos: veterinária aponta os perigos da vacina para cio de gato
    Saúde animal

    Anticoncepcional para gatos: veterinária aponta os perigos da vacina para cio de gato

    Já parou para pensar como ocorre o cruzamento entre os gatos? Os machos sempre estão dispostos a acasalar, mas as fêmeas precisam estar no período do cio para aceitar a aproximação. O primeiro cio costuma ocorrer quando o animal atinge a puberdade, que normalmente é entre o 8º e o 10º mês de vida. Esse costuma ser um período bastante delicado para todos, que precisam já que a gata passa por uma grande carga de estresse. 

    Ver Todas >