close
Saúde

Otite em gatos: como diferenciar a inflamação interna, média e externa?

Atualizado · 26 de abril de 2022 · 18h30

Publicado · 26/04/2022 · 18h30

A otite em gatos acomete diferentes regiões do ouvido conforme a doença avança
A otite em gatos acomete diferentes regiões do ouvido conforme a doença avança

A otite em gatos é uma doença bastante comum e conhecida pelos pais e mães de pet. A infecção no ouvido do bichano - e que também acomete os cachorros - pode ter várias causas e traz desconforto ao bichano. Mesmo que muitas vezes a otite felina se inicie de forma mais leve, ela pode evoluir e causar até mesmo a perda da audição. Conforme avança, a otite em gatos afeta diferentes regiões do ouvido. Por isso, é dividida em três: otite externa, média e interna. O Patas da Casa te explica as diferenças entre elas além de esclarecer como limpar ouvido do gato da maneira certa, qual é o remédio para otite em gatos e quais os sintomas mais comuns da doença. Confira!

A otite em gatos é uma doença que pode ter causas bastante variadas

São muitas as possíveis origens da otite em gatos, já que qualquer coisa que desencadeie um processo infeccioso pode servir de ponto de partida. A causa mais comum da otite felina é a falta de higiene. A orelha de gato suja fica muito exposta à ação de bactérias, fungos e ácaros que podem ocasionar a doença. Por isso, saber como limpar ouvido de gato é fundamental. Além da falta de higiene, outras causas são traumas, acidentes e corpos estranhos no ouvido do animal. A otite em gatos pode ser, ainda, consequência de outras doenças, como FIV, FeLV e PIF. Um animal com imunidade baixa têm mais chance de desenvolver a doença. A otite em gatos pode ser classificada de três maneiras, de acordo com a região afetada.

Otite felina externa: somente a parte mais superficial do ouvido é afetada

Como o próprio nome sugere, a otite em gatos externa acomete a região externa da orelha do gato. Essa parte está localizada antes do tímpano e tem como função levar o som até as partes mais internas do ouvido. Por ser a região mais superficial, também é o local mais exposto à ação de agentes causadores de inflamação. Assim, a otite felina externa é a mais comum. Pode ser classificada como crônica ou aguda.

Otite felina média: a doença avança e atinge o tímpano

Conforme a otite em gatos acomete as camadas internas do ouvido, mais grave vai se tornando. Por isso, a otite média já é mais séria do que a otite externa. Normalmente, ela surge como consequência de uma otite externa que não foi tão bem tratada. É no ouvido médio que se encontra o tímpano. Em um quadro de otite média, a membrana que protege o tímpano é rompida, resultando em uma dor mais forte do que na etapa anterior.

Otite felina interna: a fase mais grave da doença

Sem dúvidas, a otite interna é a mais grave, além de ser a que causa mais desconforto. Ela acontece no ouvido interno, região do ouvido onde se encontram diversos ossos e o nervo acústico. É lá que a audição do gato acontece de fato. Também é o local responsável por manter o equilíbrio do animal. Quando há inflamação nessa região (normalmente como consequência da otite média), o gato sente dores muito mais intensas.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Saber como limpar o ouvido do gato é fundamental para impedir a otite felina
    Saber como limpar o ouvido do gato é fundamental para impedir a otite felina

    Mais Lidas

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    A intensidade dos sintomas da otite em gatos aumenta de acordo com as fases

    Cada tipo de otite em gatos acomete uma região do ouvido, mas tem basicamente os mesmos sintomas. O que muda é a sua intensidade. Enquanto na otite externa os sintomas são mais leves (apesar de ainda assim serem bastante incômodos), na otite interna os sintomas são muito mais perceptíveis. O nível de dor de um gato com otite também aumenta bastante de acordo com os níveis: a otite em gatos interna é a que produz a dor mais extrema. Se não for seguido o procedimento de como tratar otite em gatos com rapidez, pode até mesmo levar à surdez. Os sintomas de otite em gatos mais comuns são: 

    • Coceira
    • Mau cheiro
    • Feridas
    • Cera preta na borda da orelha e no ouvido externo
    • Gato sacudindo a cabeça 

    Otite felina X sarna de ouvido em gatos: entenda a diferença entre as duas doenças

    Sabemos que existe diferenças entre otite em gatos externa, média e interna. Porém, muitas pessoas também fazem confusão com a sarna otodécica. A sarna de ouvido em gatos - como também é chamada - é outra doença que acomete essa região no bichano. Os sintomas são praticamente iguais aos da otite felina - por isso, a dúvida é tão comum. Porém, a sarna de ouvido em gatos é causada por alguns tipos específicos de ácaro, enquanto a otite em gatos pode ser causada também por bactérias, fungos, alergias, traumas e outros motivos. Além disso, comparar a concentração de cera preta é outra forma de diferenciar a sarna da otite em gatos. Fotos podem mostrar que na sarna de ouvido em gatos há uma produção muito maior. 

    Remédio para otite em gatos: tratamento consiste em medicamentos e lavagens 

    A otite em gatos começa na parte externa do ouvido, vai para a média e depois interna. Essa evolução é muito perigosa, pois quanto mais tarde começar a cuidar maiores são as chances de causar até mesmo a perda da audição do gato. Assim que perceber os primeiros sinais, não hesite em levar o pet ao veterinário. Ele saberá indicar como tratar otite em gatos da melhor maneira de acordo com o nível em que a doença se encontra. O especialista poderá prescrever um remédio para otite em gatos e, normalmente, também indica uma lavagem no local nos casos mais graves. O antibiótico para otite em gatos ajuda a eliminar a infecção e as pomadas cicatrizantes curam as feridas presentes no local. 

    Como limpar ouvido de gato: a higiene é fundamental para prevenir a temida doença

    Mesmo tomando o antibiótico para otite em gatos e todos os medicamentos indicados pelo veterinário, é preciso ter atenção extra à higiene do local, pois esse cuidado previne que a doença retorne. Apenas o veterinário sabe como limpar ouvido de gato com otite. Se o bichano estiver com a doença, deixe que o especialista faça a lavagem para evitar complicações. Porém, depois de curado, você pode aprender como limpar o ouvido do gato de maneira bem simples. Você precisa apenas de algodão e removedor de cera de ouvido específico para gatos. Molhe um pouquinho o algodão com o produto e aplique no ouvido. Comece com a região externa e depois avance para as partes internas até onde conseguir encostar o dedo, sem forçar para não machucar o animal. Pronto! Viu como limpar ouvido de gato é fácil e rápido? Tornando isso um hábito e cuidando sempre da saúde do animal, você previne que seu bichano contraia a otite felina.

    Redação: Maria Luísa Pimenta

    Saiba tudo sobre o complexo gengivite estomatite felina

    Próxima matéria

    Saiba tudo sobre o complexo gengivite estomatite felina

    Otite canina: qual a diferença entre a inflamação interna, média e externa?
    Saúde

    Otite canina: qual a diferença entre a inflamação interna, média e externa?

    Ter um cãozinho é tudo de bom, mas além da parte divertida e do companheirismo que o animal nos oferece, é preciso ficar atento a alguns detalhes a respeito da saúde do cachorro. A otite canina é um problema bastante comum que pode afetar o ouvido dos cães e que costuma vir acompanhada de muita coceira e incômodo na região. Existem três tipos de inflamação, e cada um deles é associado a um diferente grau de gravidade. 

    Cuidar de gato: qual é a média de gastos mensais com um felino?
    Cuidados

    Cuidar de gato: qual é a média de gastos mensais com um felino?

    Ter um gatinho em casa vai muito além da parte divertida. Isso porque, na prática, adotar um gato requer uma série de responsabilidades e cuidados com o seu novo amigo de quatro patas. Afinal de contas, você quer que ele tenha uma boa qualidade de vida, certo? Por isso, para cuidar de gato, alguns custos devem fazer parte da sua rotina. Para saber mais sobre isso e te ajudar a se planejar financeiramente, preparamos uma matéria com os principais gastos mensais de um gato. Confira!

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão
    Adoção

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão

    Ter um cachorro em casa é uma experiência incrível para mães e pais de pet, mas os momentos de alegria vêm acompanhados de muitas responsabilidades… e gastos (muitos gastos). Ração, vacina, brinquedos, remédios e veterinário são os principais custos que você precisa ter frequentemente com o animal. É justamente por isso que, antes de comprar ou adotar um pet, é preciso pensar nos gastos que isso vai demandar - e que devem entrar no orçamento da família. Para te ajudar a bater o martelo e decidir se consegue ou não arcar com um amigo de quatro patas, montamos um guia completo com uma média dos gastos que você provavelmente terá. Chega mais!

    Ver Todas >

    Lama biliar em cães: o que é, como se desenvolve e qual o tratamento
    Saúde animal

    Lama biliar em cães: o que é, como se desenvolve e qual o tratamento

    A lama biliar em cães é uma doença que afeta o sistema digestivo do cachorro. Apesar de ser pouco conhecida, a condição está relacionada com a produção de bile, substância essencial no processo de digestão. Muitas vezes confundida com a colecistite em cães, a lama biliar não causa no cachorro tantos transtornos à saúde de início, mas pode levar a uma inflamação mais grave do órgão. Por ser uma doença mais desconhecida, muitas dúvidas surgem: o que causa a lama biliar? 

    PIF felina: como prevenir a grave doença que afeta os gatos?
    Saúde animal

    PIF felina: como prevenir a grave doença que afeta os gatos?

    Sem dúvidas, a PIF felina é um dos maiores medos de pais e mães de pet. Considerada uma das doenças mais graves em gato, a peritonite infecciosa felina é altamente infecciosa e causa diversos transtornos para a saúde. O gato com PIF sofre com falta de apetite, perda de peso, aumento do abdômen, dificuldade de respirar, problemas de coordenação… são tantas consequências que deixam o animal extremamente frágil. O pior de tudo é que a doença PIF não tem cura e nem vacina. 

    Se viu a terceira pálpebra do gato exposta, fique atento! Pode se tratar da Síndrome de Haw
    Saúde animal

    Se viu a terceira pálpebra do gato exposta, fique atento! Pode se tratar da Síndrome de Haw

    A Síndrome de Haw em gatos é um quadro que ocorre quando a terceira pálpebra (que deveria ficar escondida) se projeta para fora, cobrindo parte do olho do gato. Essa doença ocular felina é de fácil diagnóstico e tem um tratamento simples, mas é importante que o auxílio veterinário entre em ação logo no início. O tutor deve observar se existe algo diferente nos olhos do gato!

    Cachorro tem tireoide? Veja a resposta!
    Saúde animal

    Cachorro tem tireoide? Veja a resposta!

    Você sabia que cachorro com hipotireoidismo é uma condição mais comum do que se imagina? A anatomia canina ao mesmo tempo que é bem diferente da humana, tem muitas coisas bastante parecidas. Diversos órgãos presentes no nosso corpo também existem - em diferentes proporções, é claro - no corpo do animal. Um deles é a tireoide. Todo cachorro tem tireoide e essa glândula é tão importante para eles quanto é para nós. Inclusive, é bem comum que o animal sofra com disfunções relacionadas a ela. 

    Ver Todas >