Comportamento animal

Memória olfativa: entenda como o olfato do cachorro o ajuda a reconhecer pessoas, animais e situações

Publicado - 05 Janeiro 2021 - 19h11

Atualizado - 07 Maio 2024 - 13h58

Não é novidade para ninguém que o olfato dos cães é extremamente poderoso, e provavelmente o sentido mais aguçado desses animais. O cachorro consegue captar odores que estão a quilômetros de distância, e é justamente por isso que quando você chega em casa geralmente o cãozinho já está te esperando na porta: ele sentiu seu cheiro se aproximando. Mas você sabia que o olfato canino também possui uma curiosa função, chamada de memória olfativa?

O olfato do cachorro é capaz de “reviver” algumas memórias

Os cães são capazes de reconhecer outros animais, humanos e até locais em que eles já estiveram por meio do que chamamos de “memória olfativa”. Isto é, depois que o cachorro sente o cheiro de alguma coisa, essa informação logo é armazenada na memória do animal. Desta forma, sempre que o olfato canino entra em contato com o cheiro em questão, isso “reativa” as lembranças do cachorro e ele consegue identificar se aquele é um cheiro conhecido ou não. Inclusive, é comum que os cães façam uma associação dos cheiros com sentimentos. Ou seja, quando o cachorro sente o cheiro do seu dono, ele tende a ficar mais feliz e alegre, pois associa isso aos bons momentos que passou com seu humano. O mesmo vale para situações não tão agradáveis assim: se um cachorro foi intimidado por um outro animal, por exemplo, pode ficar automaticamente com medo ao sentir o cheiro do pet novamente.

Também vale destacar que a memória olfativa é um dos motivos para que alguns cães sejam tão utilizados em trabalhos de resgate ou policiais. Esses animais são treinados para encontrar pessoas ou substâncias a partir do estímulo olfativo. 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

 

Dois cachorros se cheirando com gramado ao fundo
O olfato do cachorro serve para reconhecer outros animais

 

Descubra como funciona o olfato do cachorro nas mais diversas situações

Agora que você já sabe como funciona o olfato do cachorro de uma maneira geral, chegou a hora de entender como esse sentido canino se comporta nas diferentes situações do dia a dia. Por exemplo, você já parou para se perguntar por que o cachorro cheira o rabo do outro quando eles se esbarram na rua? A resposta é simples: os cães conseguem colher informações importantes sobre outros animais, como diferenciar se ele é macho ou fêmea e até mesmo compreender o estado emocional do pet. É como se fosse um cumprimento entre os cães, onde eles conseguem “conhecer” melhor o outro animal por meio das informações que recebe pelo olfato.

Assim como ocorre com os doguinhos, os humanos também têm um cheirinho próprio, e é por isso que esses animais gostam de cheirar qualquer pessoa nova que se aproxime. Desta forma, ele consegue assimilar e diferenciar outros humanos da sua família. Além disso, um fato curioso é que os cães não conseguem apenas sentir o odor da nossa pele: eles também são capazes de decifrar os nossos sentimentos por meio dos cheiros exalados pelos hormônios que vêm junto. Sendo assim, o olfato do cachorro consegue identificar quando alguém está feliz, triste, ansioso, com medo ou estressado. Você já deve ter percebido que sempre que está mais tristinho e abalado com alguma coisa seu cachorro não sai de perto de você, não é mesmo? Bom, isso definitivamente não é à toa!

Quantas células olfativas tem um cachorro?

Acredite se quiser, mas os cachorros possuem cerca de 200 milhões de células olfativas. Isso é um número realmente surpreendente, ainda mais se formos comparar com os humanos, que possuem apenas 5 milhões de células sensoriais. Logo, na prática, pode-se dizer que o olfato canino é até 40 vezes mais apurado que o nosso e, portanto, o focinho do cachorro é incrivelmente desenvolvido e capaz de distinguir uma grande quantidade e variedade de odores. O motivo para isso é que, além de ter uma quantidade considerável de células olfativas, o nariz do cachorro também possui uma divisão específica para a respiração e outra específica para o faro. Assim, fica muito mais fácil dos cães distinguirem os diferentes cheiros que eles sentem.

Redação: Juliana Melo

 

Comportamento

Gato não acredita no que vê quando percebe que seus humanos arrumaram um jeito de vigiar sua intimidade

A câmera para monitorar pet é um ótimo investimento para os tutores que passam muito tempo fora de casa, mas estão sempre preocupado...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Veja o motivo desta comida ser considerada a pior de todas para a saúde do seu cachorro

Nem tudo que a gente come é liberado para os cães. Alguns alimentos, inclusive, são considerados bastante tóxicos e prejudiciais par...

Já ouviu falar no reflexo de Flehmen? O gato respirando de boca aberta pode apenas estar tentando sentir melhor os cheiros

Ver um gato respirando de boca aberta pode ser mais comum do que a gente imagina. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, nem ...

Comportamento

Gato não acredita no que vê quando percebe que seus humanos arrumaram um jeito de vigiar sua intimidade

A câmera para monitorar pet é um ótimo investimento para os tutores que passam muito tempo fora de casa, mas estão sempre preocupado...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Veja o motivo desta comida ser considerada a pior de todas para a saúde do seu cachorro

Nem tudo que a gente come é liberado para os cães. Alguns alimentos, inclusive, são considerados bastante tóxicos e prejudiciais par...

Ver todas