Histórias reais

Mãe de pet: tutoras compartilham o amor e histórias com seus filhos de quatro patas

Mãe de pet também é mãe!
Mãe de pet também é mãe!
A Josy resgatou 5 gatinhos filhotes abandonados na chuva. Todos sobreviveram e hoje são parte da família!
A Josy resgatou 5 gatinhos filhotes abandonados na chuva. Todos sobreviveram e hoje são parte da família!
A Beatriz não mede esforços para mimar muito o Bolt!
A Beatriz não mede esforços para mimar muito o Bolt!
A Duda tem a companhia diária de 9 gatinhos!
A Duda tem a companhia diária de 9 gatinhos!
A Lua fez parte de um dos momentos mais felizes da vida da Prescila. Foi ela quem levou as alianças!
A Lua fez parte de um dos momentos mais felizes da vida da Prescila. Foi ela quem levou as alianças!
A Leonor e a Nala já podem até sair numa capa de revista!
A Leonor e a Nala já podem até sair numa capa de revista!
A Lorota (in memorian) foi quem ensinou a Ana Heloísa a ser mãe de pet
A Lorota (in memorian) foi quem ensinou a Ana Heloísa a ser mãe de pet
O Agostinho e a Ricota têm vida de príncipe e princesa com a Carol Bernardo
O Agostinho e a Ricota têm vida de príncipe e princesa com a Carol Bernardo
A Luana e o Bartô não se desgrudam!
A Luana e o Bartô não se desgrudam!
A Gabriela e a Amélia compartilham um amor genuíno
A Gabriela e a Amélia compartilham um amor genuíno
O Bob gosta mesmo é de dormir bem grudado com a sua mãe
O Bob gosta mesmo é de dormir bem grudado com a sua mãe
A primeira foto da Brisa, de dois meses, com sua nova mamãe
A primeira foto da Brisa, de dois meses, com sua nova mamãe
A Marcella não perde a oportunidade de relaxar com seus filhos perto da natureza
A Marcella não perde a oportunidade de relaxar com seus filhos perto da natureza
A Daiane compartilha todos os momentos felizes com seus doguinhos
A Daiane compartilha todos os momentos felizes com seus doguinhos
Mais que mãe e filha, a Suyane e a Luna são melhores amigas
Mais que mãe e filha, a Suyane e a Luna são melhores amigas
O Leon é a alegria da vida da Cris
O Leon é a alegria da vida da Cris
O Thor é o companheiro da Inês e de toda a família
O Thor é o companheiro da Inês e de toda a família
A Ariel e sua idosinha praticamente cresceram juntas
A Ariel e sua idosinha praticamente cresceram juntas
A Úrsula e o Lula são parceiros de passeio e de vida
A Úrsula e o Lula são parceiros de passeio e de vida
Mãe de pet também é mãe!
A Josy resgatou 5 gatinhos filhotes abandonados na chuva. Todos sobreviveram e hoje são parte da família!
A Beatriz não mede esforços para mimar muito o Bolt!
A Duda tem a companhia diária de 9 gatinhos!
A Lua fez parte de um dos momentos mais felizes da vida da Prescila. Foi ela quem levou as alianças!
A Leonor e a Nala já podem até sair numa capa de revista!
A Lorota (in memorian) foi quem ensinou a Ana Heloísa a ser mãe de pet
O Agostinho e a Ricota têm vida de príncipe e princesa com a Carol Bernardo
A Luana e o Bartô não se desgrudam!
A Gabriela e a Amélia compartilham um amor genuíno
O Bob gosta mesmo é de dormir bem grudado com a sua mãe
A primeira foto da Brisa, de dois meses, com sua nova mamãe
A Marcella não perde a oportunidade de relaxar com seus filhos perto da natureza
A Daiane compartilha todos os momentos felizes com seus doguinhos
Mais que mãe e filha, a Suyane e a Luna são melhores amigas
O Leon é a alegria da vida da Cris
O Thor é o companheiro da Inês e de toda a família
A Ariel e sua idosinha praticamente cresceram juntas
A Úrsula e o Lula são parceiros de passeio e de vida

“É como se fosse um filho!”. Essa é a frase compartilhada por milhares de tutoras de animais de estimação. Não importa se é um cachorro ou um gato, a mãe de pet é capaz de mover o mundo para proporcionar uma vida digna e feliz aos seus bichinhos. Eles são parte da família, às vezes dormem na cama juntinho e compartilham os momentos alegres (e às vezes os ruins também). A mãe de pet também chora, se alegra quando ele aprende um comando ou faz algo inusitado, sofre quando o bichinho está doente e é capaz de cancelar qualquer compromisso para cuidar do filho de quatro patas. Como retribuição, os animais entregam um amor imensurável por seus tutores.

Com a proximidade do dia das mães, essas mulheres compartilham seu amor e dedicação aos filhos de quatro patas. É por isso que a mãe de cachorro e de gato também merece nossas homenagens!

Afinal, há alguma comprovação de que mãe de pet também é mãe?

No coração da mãe de pet, não importa o que digam sobre essa relação: ela é mãe, sim, e ponto final! Mas como nada passa despercebido pela ciência, pesquisadores já investigaram esse sentimento que rodeia as tutoras e seus animais de estimação. Um estudo liderado pelo cientista japonês Takefumi Kikusui , especialista em medicina veterinária, descobriu que a liberação de hormônios na troca de olhares com os bichinhos é semelhante ao nível daqueles liberados quando a mulher olha para um filho recém-nascido.

A pesquisa japonesa revelou que o corpo também libera altas concentrações de ocitocina ao amar um bichinho. Essa troca de olhares desperta nos humanos os sentimentos de cuidado e proteção: como resposta, o nível de ocitocina no animal também aumenta. Sim, é uma troca mútua! Por isso, está mais que comprovado que mãe de cachorro também é mãe - e a mãe de gato também!

Para comprovar isso na vida real, vamos compartilhar três histórias inspiradoras de mães de pet!

Mãe de pet: a Josy faz tudo pelos seus filhos

Quando suas duas filhas (humanas) já haviam crescido, a Josy Araújo encontrou um apego e amor por pets que nunca havia imaginado sentir. Ela já ajudava a cuidar dos três cachorros que, teoricamente, eram das filhas. Mas tudo mudou numa manhã chuvosa de 2019: no caminho para o pet shop com um dos cães, encontrou uma caixa de papelão com cinco gatinhos abandonados. Eles mal abriam os olhos e estavam encharcados de água da chuva. “Quando encontrei aquela ninhada de gatos minúsculos, eu tive um monte de sentimentos ao mesmo tempo. Tive raiva de quem abandonou eles, medo de que não sobrevivessem, tristeza… mas não pensei duas vezes: eu só queria chegar em casa e salvar todos”, relembra. “Dei banho, tirei as formigas, aqueci e depois alimentei.”

Pouco mais de um ano depois, os cinco gatinhos estão bem, saudáveis e castrados graças a um programa de esterilização popular. Josy não conseguiu adotantes para nenhum, mas agora nem procura mais: Amélia, Dorothy, Chris, Oliver e Nelson têm uma família só deles! Mesmo com o aumento de gastos e tempo de cuidados (todo dia ela acorda 5h da manhã para cuidar dos animais antes de trabalhar), Josy não se arrepende e faria tudo de novo: “hoje, quando vejo todos crescidos e saudáveis, eu me sinto muito orgulhosa por ter conseguido salvar todos. Eu sou capaz de fazer qualquer coisa para cuidar deles”.

Mãe de cachorro também é mãe: a Beatriz não poupa esforços para mimar bastante seu bichinho

A Beatriz Reis tem cachorro desde os três anos de idade, quando ganhou uma cadelinha que viveu por mais de 10 anos. Ou seja, ela cresceu com uma melhor amiga canina. Hoje é tutora do Bolt, um Yorkshire que é a alegria da família: “ele veio para casa com pouquíssimas semanas porque a mãe ficou doente e não podia amamentar. Por dias eu dormi em um colchão no chão para que ele não se sentisse sozinho. Ele amava ficar no meu cabelo”.

O Bolt cresceu e o mimo não parou por aí: a tutora tem uma assinatura mensal de produtos para pets exclusivo para o cãozinho. “Eu mimo mesmo: compro os petiscos que ele ama, brinquedinhos, coloco roupinha, carrego igual um bebê, chamo de filho, faço comida especial…”. Para Beatriz, ser mãe de pet é se desdobrar para que o “filho” esteja o mais confortável possível. “É a responsabilidade de dar amor e carinho a uma criaturinha perfeita!! Recentemente perdi um doguinho e é absurda a falta que faz”, conta.

A Duda é uma verdadeira mãe de bicho

Para a Duda Cortez, ser mãe de gato é uma responsabilidade absurda com uma vida que depende dela. Hoje, ela tem 9 gatinhos para dividir a vida (e a cama). “Encontro neles muita companhia e amor. Sempre tento dar o melhor para retribuir tudo o que eles fazem por mim e o amor que me dão todos os dias”, reflete. Duda sempre teve bicho ao longo da vida: cachorro, coelho, peixe, pato… e seu sonho agora é criar uma galinha de estimação. Dá para ver que o coração dela tem espaço para ser mãe de bicho, independente da espécie. Com os 9 gatinhos, ela nunca está sozinha: “‘eles são a minha maior alegria! Sempre me fazem companhia e melhoram meu humor (parece até mágica como eles fazem isso).”

Redação: Luana Lopes

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Quais são as raças de cachorro mais dóceis?

    Próxima matéria

    Quais são as raças de cachorro mais dóceis?

    Setembro amarelo: tutoras compartilham como seus animais de estimação ajudaram no tratamento da depressão
    Adoção

    Setembro amarelo: tutoras compartilham como seus animais de estimação ajudaram no tratamento da depressão

    Quem tem um animal de estimação em casa, sabe bem o quanto esses bichinhos podem fazer um bem danado para nós. Em meio a correria, os cachorros fofos e os gatinhos carinhosos podem tornar a rotina mais leve e prazerosa. Mas, o que poucos sabem é que, muita das vezes, eles podem ser grandes aliados para lidar com quadros mais difíceis, como a depressão. Sim, isso mesmo! Algumas pesquisas já comprovaram a teoria de que o convívio com animais auxilia no tratamento de depressão. Para entender um pouco mais sobre o assunto, conversamos com duas tutoras que contaram como os pets mudaram suas vidas e ajudaram a lidar com a doença. Veja só!

    5 técnicas de relaxamento para acalmar o seu pet na quarentena
    Cuidados

    5 técnicas de relaxamento para acalmar o seu pet na quarentena

    Em tempos de quarentena e isolamento social, quem tem um bichinho em casa certamente deve estar se perguntando em como acalmar cachorro e gato durante esse período. Afinal, ficar em casa pode ser um grande problema para os animais que estão acostumados com os passeios diários. Mas e se nós disséssemos que é possível resolver isso? Existem diferentes formas de evitar que o seu cãozinho ou gatinho sofra com estresse e ansiedade dentro de casa. Yoga para cachorro e calmante natural para gatos são algumas delas. Quer saber quais são as outras? Confira a lista que separamos a seguir!

    Grávida e mãe de pet: como adaptar a casa e a rotina do seu cachorro para a chegada de um bebê?
    Histórias reais

    Grávida e mãe de pet: como adaptar a casa e a rotina do seu cachorro para a chegada de um bebê?

    Preparar o seu pet para a chegada de um novo integrante na família é um passo importante para que cachorro e bebê se deem bem desde o início. Os cães estão acostumados a receber uma atenção especial dos seus tutores, e com um filho a caminho, as coisas podem (e vão!) mudar. Mas qual é a melhor maneira de introduzir essas mudanças na rotina do seu amigo? O que esperar da relação entre criança e cachorro? Para Vanessa Pinheiro, dona das cachorrinhas Duda e Yoko, a expectativa para esse momento é ótima! Suas companheiras de quatro patas são super carinhosas e cuidadosas, e com a chegada da sua bebê, Laura, isso não deve ser diferente. “No início, elas podem até sentir um pouco de ciúme mas a gente vai sempre mostrar que elas fazem parte da família”, conta a tutora.

    Vira-lata caramelo: veja histórias do cachorro que
    Adoção

    Vira-lata caramelo: veja histórias do cachorro que "representa mais o Brasil que samba e futebol"

    Você, certamente, já viu um vira-lata caramelo por aí – afinal, não é preciso ir muito longe para dar de cara com esse doguinho pelas ruas. Não importa o tamanho ou a tonalidade: o cachorro caramelo é tão popular que a internet não perdeu tempo e até criou vários memes divertidos sobre esses bichinhos que “representam mais o Brasil que samba e futebol”. Para conhecer melhor essa linhagem toda especial, conversamos com três tutores apaixonados por seus bichinhos caramelos. Eles falaram da personalidade e rotina desse cão que já virou quase celebridade por aí. Vem conferir!

    Ver Todas >

    Cachorro entende quando o outro morre? Como os cães reagem quando perdem um amigo de quatro patas?
    Comportamento animal

    Cachorro entende quando o outro morre? Como os cães reagem quando perdem um amigo de quatro patas?

    Lidar com a perda de um pet está longe de ser uma tarefa fácil. Mas, se você tem mais de um cachorro em casa, a perda também pode ser bem dolorosa para o animal que fica. Sim, o cachorro entende quanto o outro morre e isso pode impactar diretamente no comportamento e na saúde dele. Os cães são animais extremamente sensíveis e capazes de criar vínculos afetivos tanto com seus humanos quanto com outros animais. Por esse motivo, é importante que o tutor saiba identificar os sinais de luto de cachorro e como ajudá-lo a lidar com a saudade seguindo em frente. Para entender como esse processo acontece na prática, as tutoras Beatriz Reis e Gabriela Lopes compartilharam suas histórias com o Patas da Casa!

    Conheça todos os tipos de coleira para cachorro e como usar: modelos, funções e adestramento
    Comportamento animal

    Conheça todos os tipos de coleira para cachorro e como usar: modelos, funções e adestramento

    Cuidar de cachorro é um dos maiores prazeres na vida de qualquer tutor. Tanto é que muitas vezes os cães passam a ser considerados como “filhos” pelos humanos. O que poucos percebem é que, além dos cuidados com a alimentação e saúde do animal, também é importante se atentar a alguns acessórios essenciais para lidar com o cachorro no dia a dia, como é o caso da coleira para cães.

    Como funciona a memória dos cães? Veja essa e outras curiosidades sobre o cérebro do cachorro
    Comportamento animal

    Como funciona a memória dos cães? Veja essa e outras curiosidades sobre o cérebro do cachorro

    Já parou para se perguntar como funciona o cérebro do cachorro? Essa é uma questão que pode intrigar muitos tutores, já que esses animais muitas vezes nos surpreendem com alguns comportamentos. Afinal, não dá para negar que, embora irracionais, os cães conseguem ser muito inteligentes! Eles são capazes de aprender vários tipos de comandos e muitas vezes parecem nos entender como ninguém. Então, como será que funciona a memória e o cérebro de cachorro?

    Quais são as raças de cachorro que vivem mais tempo?
    Comportamento animal

    Quais são as raças de cachorro que vivem mais tempo?

    No mundo canino, a proporção da idade do cachorro é totalmente diferente do que conhecemos entre os humanos. A média de vida de um cãozinho é de 10 a 13 anos, mas isso pode mudar de acordo com o tamanho, raça e cuidados que o animal recebeu ao longo da vida. No entanto, algumas raças de cachorro são conhecidas pela alta expectativa de vida. Um fator absolutamente genético! 

    Ver Todas >