Gato

Hipertireoidismo em gatos: conheça as causas e sintomas de problema de tireoide nos felinos

Publicado - 21 Julho 2022 - 14h07

Atualizado - 21 Maio 2024 - 18h31

Assim como o homem e o cachorro, gato tem tireoide e pode sofrer com hipertireoidismo, uma das doenças mais comuns que podem afetar o órgão. A glândula tireoide é muito importante para o metabolismo animal por conta da produção de hormônios. Quando ela sofre uma alteração, podemos ter quadros de hiper ou hipotireoidismo em gatos. Nos bichanos, o hipertireoidismo felino é a condição mais comum - ao contrário dos cães, em que o hipotireoidismo é mais frequente que o hipertireoidismo. Ao desenvolver a doença, o pet passa a sofrer certos problemas de saúde e precisa de acompanhamento veterinário por toda a vida.

O Patas da Casa conversou com a médica veterinária Nayara Cristina, especializada em endocrinologia e metabologia em pequenos animais, para explicar melhor sobre essa condição. Então se você quer saber mais sobre o hipertireoidismo em gatos, sintomas mais comuns da doença e de que forma esse problema pode ser tratado, confira a matéria a seguir!

O que é o hipertireoidismo em gatos?

O hipertireoidismo em gatos é uma doença endócrina que acontece na glândula tireoide. “Hipertireoidismo é um distúrbio metabólico que acomete principalmente gatos de meia idade a idosos, resultando no aumento da produção e excreção dos hormônios da tireoide: T4 (tiroxina) e T3 (triiodotironina)”, explica Nayara. A função da tireoide é justamente produzir esses hormônios, que dão disposição ao animal e ajudam a controlar o seu metabolismo.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

O problema, porém, é que o seu excesso acaba trazendo consequências ao organismo, uma vez que o equilíbrio hormonal se perde. Quando isso acontece, temos um quadro de hipertireoidismo felino. “Normalmente, essa produção excessiva é devido a um tumor benigno, uni ou bilateral. Em menor porcentagem, pode ser um tumor maligno”, esclarece a especialista. O hipertireoidismo é o oposto do hipotireoidismo em gatos, doença causada pela baixa produção de hormônios da tireoide.

Hipertireoidismo em gatos: sintomas incluem aumento de fome com perda de peso

Os felinos têm uma grande habilidade de esconder quando estão doentes, e isso também acontece quando eles têm hipertireoidismo. Gatos com a doença podem demorar bastante a manifestar os sinais característicos. No hipertireoidismo em gatos, sintomas são variados e o tutor deve estar bem alerta para perceber qualquer mudança física ou comportamental no pet. Nayara destaca alguns dos sinais mais comuns:

  • Perda de peso
  • Hiperatividade
  • Polifagia (quando tem mais fome)
  • Poliúria (maior quantidade de urina)
  • Polidipsia (sede excessiva)
  • Pelo opaco
  • Diarreia
  • Vômito
  • Comportamento mais agressivo

Em quadros de hipertireoidismo em gatos, sintomas não aparecem de uma vez só. Tudo acontece aos poucos e por isso é fundamental estar sempre atento à saúde do pet. Além disso, em um quadro de hipertireoidismo o gato tem tireoide aumentada, podendo ser sentida ao apalpar a região do pescoço, mais precisamente um pouco abaixo do queixo do animal. Vale ressaltar que nos casos de hipotireoidismo em gatos, os sintomas são praticamente opostos aos de hipertireoidismo.

 

Gato cinza comendo ração em pote laranja
O hipertireoidismo em gatos faz o bichano sentir mais fome, mas ao mesmo tempo perder muito peso

 

Como é o tratamento do hipertireoidismo felino?

 

O gatinho com suspeita de hipertireoidismo terá que fazer alguns exames (em especial o hemograma) para confirmar se está ou não com a doença. Com o diagnóstico de hipertireoidismo felino confirmado, deverá iniciar o tratamento, que pode ser feito de três maneiras diferentes. "Medicação antitireoidiana (remédio que inibe uma enzima para não produzir o excesso do hormônio); tireoidectomia (cirurgia para remoção da tireoide) e a radioterapia”, enumera Nayara. Os medicamentos para hipertireoidismo em gato controlam e inibem a produção dos hormônios da tireoide, mas sem curar a doença. Portanto, são usados por toda a vida e o animal precisa de um acompanhamento frequente. 

Já a tireoidectomia remove a tireoide do gato, total ou parcialmente. Por conta disso, o animal não terá mais a produção dos hormônios da tireoide, que são fundamentais para o metabolismo. Portanto, após a cirurgia, o gato precisará repor esses hormônios pelo resto da vida. Já a radioterapia (ou iodoterapia) consiste na aplicação de uma pequena quantidade de iodo radioativo que será absorvido apenas pela glândula tireoide, destruindo as células que estão causando o problema. Esse é o tratamento mais eficaz, mas também o mais caro e não está disponível em qualquer lugar, por ser uma técnica mais avançada.  

Hipertireoidismo: gatos devem ter um acompanhamento veterinário pelo resto da vida

No hipertireoidismo, gatos precisam tomar remédios por toda a vida. Os medicamentos são fundamentais para controlar a doença e a produção dos hormônios. Portanto, o gatinho com esse problema precisa de acompanhamento veterinário regularmente, seguindo à risca as instruções do especialista e realizando exames com frequência. Esse cuidado é importante não só para observar o hipertireoidismo em gatos mas também para evitar que outras doenças apareçam, uma vez que o hipertireoidismo pode favorecer o surgimento de certos problemas nos rins e no coração. Com o acompanhamento correto e o tratamento cuidadoso do hipertireoidismo, gatos com a doença podem viver bem saudáveis. 

Redação: Maria Luísa Pimenta

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Gato

Tipos de gato Savannah: curiosidades sobre a raça híbrida que é uma das mais caras do mundo

Considerado um dos felinos mais caros do mundo, o gato Savannah é cheio de curiosidades e características impressionantes. A raça, q...

Adote um animal

Os nomes para gatos fêmeas mais famosos do momento: 100 dicas para escolher como chamar seu novo pet em 2024

Existem muitas opções de nomes para gatos fêmeas para escolher depois da adoção.  A inspiração para nomes de gatos pode vir de ...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Gato

Tipos de gato Savannah: curiosidades sobre a raça híbrida que é uma das mais caras do mundo

Considerado um dos felinos mais caros do mundo, o gato Savannah é cheio de curiosidades e características impressionantes. A raça, q...

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Adote um animal

Os nomes para gatos fêmeas mais famosos do momento: 100 dicas para escolher como chamar seu novo pet em 2024

Existem muitas opções de nomes para gatos fêmeas para escolher depois da adoção.  A inspiração para nomes de gatos pode vir de ...

Ver todas