Gato

Gato selvagem: conheça a história das raças silvestres originárias do Brasil

Publicado - 20 Maio 2022 - 14h00

Atualizado - 19 Maio 2024 - 15h18

Mesmo que o gato doméstico seja mais conhecido, os gatos silvestres continuam por aí nos mais diferentes habitats. Claro que eles não são encontrados andando na rua, não são as raças de gato mais populares e nem podem viver dentro de casa, mas fora dos meios urbanos existem diferentes espécies. E se você pensa que gatos silvestres só existem em locais bem distantes do mundo, você está bem enganado. Uma thread no Twitter feita pela Bárbara Ruzzi enumerou 10 espécies de gato selvagem brasileiro. Sim, nosso país é o lar de muitos gatos silvestres por aí! O Patas da Casa se inspirou na thread para te explicar um pouco mais sobre os gatos selvagens do Brasil. Para ajudar, contamos com os acervos de espécies disponíveis no site Pró Carnívoros e no site da Universidade Federal do Rio Grande do Sul . Confira!

Onça Pintada: o gato selvagem brasileiro mais famoso

 

Onça Pintada deitada em árvore na floresta

 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Se o vira-lata caramelo é o animal doméstico que mais representa o Brasil, a Onça Pintada (panthera onca) é o animal selvagem mais marcante do país. Além de ser super famoso, é o maior felino da América, podendo chegar até 135 Kg! Imponente e territorialista, a Onça Pintada é dona da mordida mais forte entre todos os felinos. Sua aparência é bem característica: pelos amarelos dourados com pintas pretas. Uma curiosidade é que esse gato selvagem brasileiro não tem o famoso miado de gato, mas um rugido que lembra um leão. Costuma ser mais ativa a partir do fim de tarde, mas nada impede que esse gato selvagem seja visto rondando durante o dia. A Onça Pintada se adapta bem a diferentes habitats, sendo mais comum na Amazônia e na Mata Atlântica. Antigamente, podia ser encontrada dos Estados Unidos até a Argentina. Porém, hoje é extinta nos EUA e sua população, infelizmente, vem diminuindo em toda a América. 

Gato do Mato Grande: gato selvagem muito presente no Sul do país

 

Gato do Mato Grande em pé em pedra

 

O Gato do Mato Grande (Leopardus geoffroyi) é um gato selvagem presente no sul do Brasil, principalmente no Rio Grande do Sul. Além do Brasil, vive em países como Bolívia e Chile. O animal gosta de locais abertos, de preferência com boa cobertura vegetal. Típico dos pampas, é um daqueles gatos silvestres que tem uma personalidade mais solitária e hábitos noturnos. O Gato-do-Mato-Grande tem um tamanho maior que o de um gato doméstico, com mais ou menos 5 Kg (o macho costuma ser maior que a fêmea). Sua pelagem é amarelada com manchas pretas, mas pode haver melanismo. Então é possível ver esse gato selvagem preto também.

Onça-Parda: um dos maiores gatos silvestres que existe e dono de uma agilidade única

 

Onça-Parda deitada em árvore

 

A Onça-Parda (Puma concolor) é um dos gatos silvestres mais conhecidos. Pode ser chamada também de Puma, Onça Vermelha ou Sussuarana. Ela não é famosa só no Brasil: trata-se do gato selvagem mais presente em toda a América, encontrado desde o sul do Canadá até o sul da Argentina. Isso é explicado pelo fato de o Puma se adaptar facilmente a diferentes climas e habitats, vivendo nos alpes ou nas florestas tropicais sem problemas. Esse gato selvagem é considerado o segundo maior felino de toda a América. A pelagem varia entre tons de bege e vermelho, sendo que filhotes do gato nascem com pintinhas que somem com o tempo. Seu corpo alongado oferece agilidade ao animal silvestre: gato é capaz de saltar muito alto e se locomove com maestria! 

Jaguatirica: gato selvagem que se adapta a qualquer ambiente  

 

Jaguatirica em cima de pedra

 

Outro gato selvagem presente em diversos habitats é a Jaguatirica (Leopardus pardalis). Além de ser um gato selvagem brasileiro, se encontra espalhado por toda a América Latina, com exceção do Chile. Seu corpo permite grande agilidade nos movimentos e até mesmo nadar. Esse gato selvagem prefere dormir de dia e caçar a noite. Pode viver em savanas, florestas tropicais e mangues, sempre com comportamento territorialista - assim como os gatinhos que conhecemos, esse gato marca território com a urina. A pelagem da Jaguatirica chama atenção com seu amarelo dourado e lindas manchas pretas. Sua beleza tornou o felino um dos mais explorados para a comercialização de sua pele - prática que, felizmente, diminuiu bastante. 

Gato Macambira: um dos menores gatos silvestres do Brasil

 

Gato Macambira no meio da mata

 

O Gato Macambira (Leopardus tigrinus) também é conhecido como Gato do Mato Pequeno e o motivo é bem simples: é o menor gato selvagem brasileiro que existe. Seu tamanho é o mesmo de um gato doméstico (até 3 Kg) e a pelagem com tons variados de amarelo e manchas escuras em formato de rosetas são características desse silvestre. Gato Macambira habita as regiões norte e nordeste do Brasil, mas não se sabe muito sobre ele. Por isso, não existe muito cuidado com a espécie e ela se torna mais exposta à exploração para comércio de pele e vítima da destruição de seu habitat. De acordo com a IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza), é considerado um felino como uma espécie vulnerável - ou seja, em perigo de extinção. 

Gato do Mato do Sul: o gato selvagem brasileiro é uma das espécies mais novas 

 

Gato do Mato do Sul em destaque

 

O Gato do Mato do Sul (Leopardus guttulus) é a espécie de gato selvagem mais recente a ser registrada. Até pouco tempo, era uma subespécie do Gato Macambira. Depois de testes moleculares, foram determinadas diferenças entre eles e, assim, se tornou outra espécie. Porém, ainda é frequentemente chamado de Gato do Mato Pequeno, assim como o Macambira. Esse gato selvagem é encontrado na região sul e tem o corpo mais robusto que seu “irmão”, além de tonalidades mais escuras. Por outro lado, os dois são gatos selvagens do Brasil que podem ter melanismo. Assim, é possível ver um gato selvagem preto nos dois casos. 

Gato Maracajá: o gato silvestre brasileiro que ama subir em árvores

 

Gato Maracajá em destaque na floresta durante final do dia

 

O Gato-Maracajá (Leopardus wiedii) é mais uma das espécies de gatos silvestres pequenos. Tem o tamanho de um gato doméstico, mas vive em florestas densas - por isso, é muito comum na Mata Atlântica por todo o Brasil. Esse gato selvagem tem pelagem parecida com a da Jaguatirica, com tons de amarelo dourado e manchas escuras. A cauda do Gato Maracajá é bem longa  e ele possui olhos grandes. Seu tamanho pequeno e a habilidade que suas patas têm de rotacionar de forma flexível fazem com que o Maracajá tenha uma incrível habilidade de subir e descer de árvores. Infelizmente, é um dos gatos selvagens do Brasil que mais sofrem risco de extinção. Já são classificados como quase ameaçados de extinção e a tendência é piorar.

Jaguarundi: gato selvagem com hábitos diurnos

 

Gato Jaguarundi iluminado por raios de sol

 

O Jaguarundi (Herpailurus yagouaroundi), também chamado de Gato Mourisco, está presente em toda a América. Esse gato selvagem se adapta em diferentes tipos de habitats, podendo ser encontrado nos mais variados biomas brasileiros. Diferentemente da maioria dos gatos silvestres, tem hábitos diurnos. Quanto à pelagem, podemos ver o gato selvagem preto, vermelho ou castanho escuro. Os Jaguarundi de tonalidades mais escuras costumam viver em florestas mais densas. 

Gato Palheiro: o gato selvagem brasilerio típico do Pantanal 

 

Gato Palheiro andando na terra

 

O Gato Palheiro (Leopardus braccatus) é um gato selvagem brasileiro que vive principalmente no Pantanal. Porém, se adapta a diferentes biomas, já que ao mesmo tempo que existe no Pantanal (uma área baixa), também vive em locais mais altos como os Andes no Peru. Pouco se sabe sobre a espécie, mas é um gato selvagem de porte pequeno e pelagem longa com tons que variam do cinza ao vermelho. Assim como acontece com outros gatos silvestres pouco estudados, corre bastante risco de extinção pela falta de estratégias de preservação.

Gato Palheiro Pampeano: gato selvagem que vive na região dos Pampas 

 

Gato Palheiro Pampeano em destaque

 

O Gato Palheiro Pampeano (Leopardus munoai) recebe este nome pois é um gato selvagem brasileiro restrito ao bioma do Pampa, encontrado na região sul do país. O problema é que até mesmo nos Pampas o animal raramente é visto. Por isso, é um dos gatos silvestres mais ameaçados de extinção (provavelmente o que mais se encontra em risco). Sua pelagem é bem parecida com o Gato Palheiro do Pantanal e também conta com os pelos mais longos que ficam arrepiados ao se sentir ameaçado. 

Redação: Maria Luísa Pimenta 

Gato

Concurso elege as fotos de pets mais engraçadas do mundo todo. Conheça os 30 finalistas!

Cachorros, gatos e outros animais são conhecidos por serem fofinhos, mas ao mesmo tempo eles também podem render ótimos registros fo...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Gato

Concurso elege as fotos de pets mais engraçadas do mundo todo. Conheça os 30 finalistas!

Cachorros, gatos e outros animais são conhecidos por serem fofinhos, mas ao mesmo tempo eles também podem render ótimos registros fo...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Ver todas