Prevenção e tratamentos

Gato com tosse e chiado: o que é e como tratar?

Publicado - 08 Agosto 2023 - 15h24

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Laura Furtado / Redatora

Jornalista em formação pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói. Desde pequena, sempre tive um amor e carinho especial por todos os animais. Quando completei 6 anos, meus pais me presentearam com um cãozinho da raça Bichon Frisé que chamamos de Billy. Foi o dia mais feliz da minha vida, fiquei horas chorando sem acreditar que ele era meu. Billy viveu 14 anos com a gente, mas virou uma estrelinha em 2019 depois de uma história linda ao nosso lado.

Em 2019, ganhei da minha sogra uma Dachshund, o famoso salsichinha, e desde então minha vida voltou a fazer sentido. Pode parecer clichê, mas nada explica o sentimento de amor e carinho que ter um pet proporciona. Nós decidimos chamar ela de Teteia, e não poderia existir nome melhor pra descrever ela. Teteia significa moça atraente, e a minha Teteia salsicha é realmente a coisa mais linda do mundo, além de ser extremamente carinhosa, companheira e engraçada.

Em 2023, participei de uma entrevista e entrei para o time do Patas da Casa. Fiquei muito feliz, porque sempre tive afinidade e carinho pelos animais, e não há nada melhor do que escrever sobre coisas que a gente ama, né. Me identifiquei de cara com os valores do Patas e sempre considerei o projeto de suma importância para tutores que, assim como eu, buscam se informar para garantir o melhor para os pets. Desde então, cada dia tem sido um aprendizado, e sou muito feliz por fazer parte de um projeto tão especial quanto o Patas.

• Filme com animal preferido: “Marley e Eu”
• Uma raça de cachorro: Vira-lata
• Uma raça de gato: Siamês
• A curiosidade favorita sobre cachorros: Os cães de suporte emocional podem agir como 'terapeutas', ajudando pacientes com ansiedade, depressão, autismo e estresse pós-traumático
• A curiosidade favorita sobre gatos: Os gatinhos tem efeitos positivos na sáude mental e física dos humanos
• Sobre o que mais gosta de escrever no universo pet: Comportamento animal
• Um aprendizado: Adotar cachorro ou gato pode mudar a vida das pessoas e dos animais para melhores, trazendo muito amor e felicidade
• Nome de pet favorito: Larica

Os bichanos não costumam demonstrar que estão sentindo algum incômodo, então além de ser surpreendente ver um gato com tosse e chiado, esse é um sinal de que algo não está certo. A tosse pode significar uma série de coisas, como problemas cardíacos, alergias e problemas respiratórios, como gripe e pneumonia, mas quando é acompanhado de chiado, aquele som agudo que parece um apito, as chances de estarmos lidando com um caso de bronquite em gatos são bastante altas. Para te ajudar a entender o que se passa com o pet, o Patas da Casa vai te contar detalhes sobre a doença e como cuidar de um gato com bronquite.

Gato com tosse e chiado pode ser sinal de bronquite em gatos

A bronquite em gatos é uma doença que afeta o sistema respiratório do animal, mais precisamente os brônquios, estruturas em formato de tubo que levam o ar da traqueia para os pulmões. Quando ocorre a inflamação desses brônquios, há uma produção exagerada de muco que dificulta a passagem do ar. É como se esses tubos estivessem congestionados, o que explica o gato com chiado ao respirar.

A principal causa da bronquite costuma ser alergia, mas ela também pode ser provocada por irritação das vias respiratórias e infecção bacteriana, fúngica ou viral. Mas como saber se o gato está com bronquite? É fácil identificar! O gato com tosse seca é o principal sintoma, mas o bichano também pode apresentar febre, vômitos, dificuldade para respirar, perda de peso e o famoso chiado. Além disso, o gato com miado rouco também pode indicar problemas respiratórios. 

Imagem Quiz:Teste seus conhecimentos sobre a saúde de gato!

Teste seus conhecimentos sobre a saúde de gato!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Gato com bronquite: diagnóstico e tratamento  

Levou o seu bichano ao veterinário e está se perguntando: “tenho um gato com bronquite, o que fazer?”, é bom saber como tratar chiado de gato e a bronquite no seu amigo. O primeiro passo é ter certeza se o seu  gatinho está com bronquite ou não, pois vale lembrar que o gato tossindo pode ter relação com problemas no coração. Por isso é fundamental levá-lo ao veterinário para determinar qual a origem dos sintomas e realizar alguns exames que vão ajudar no diagnóstico, como radiografias torácicas, hemograma, broncoscopia e citologia broncopulmonar.  

Para tratar a bronquite em gatos é recomendado um remédio específico para a doença chamado broncodilatador, que atua nos brônquios dos felinos e permite que o animal respire normalmente.  Além dele, medicamentos para tosse e corticoides (anti-inflamatórios) podem ser indicados para ajudar a aliviar os sintomas da doença. 

gato com bronquite usando broncodilatador
Gato com bronquite: os broncodilatadores são indicados para o tratamento

Como tratar chiado de gato? 

Para tratar o gato respirando com chiado, o indicado é colocá-lo para fazer inalação durante 10 a 15 minutos, pois a prática ajuda a eliminar o muco e reduzir a inflação dos alvéolos. Como os gatinhos muitas vezes acabam se recusando a usar o nebulizador, existem algumas maneiras para conseguir com que o gato faça a inalação.

A estratégia mais simples é ligar o chuveiro em uma temperatura bem alta e deixar o bichano no banheiro com você. Outra maneira é colocar o animal dentro da caixa de transporte de gato, cobrir a caixa com uma toalha, ligar o nebulizador próximo com um pouco de soro fisiológico no copinho e conectá-lo dentro do transporte. Dessa forma, o vapor vai ficar concentrado e não vai ser necessário colocar a máscara no bichano.

Vale lembrar que é importante eliminar qualquer tipo de situação que possa agravar os sintomas do gatinho. Então reforce a limpeza da casa, evite fumaça perto do animal e retire objetos que retêm poeira, como tapetes e almofadas.

Comportamento

Aprenda a interpretar cada miado de gato: foi com essas dicas que consegui me aproximar mais ainda do meu pet

Mesmo que os gatos não saibam falar, a linguagem felina é muito rica e expressiva. Além da postura corporal, o miado de gato tem uma...

Saúde

O que acontece no corpo da gata no cio? Dos miados estridentes aos picos hormonais, veja todas as mudanças que ela enfrenta

Não precisa ser expert no universo felino para conseguir identificar uma gata no cio. Dos miados estridentes aos picos hormonais, o ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Comportamento

Meu gato está intimidando meu cachorro: 7 dicas aprovadas por um vet para lidar com a situação

Ter um cachorro e gato convivendo em harmonia em casa é o sonho de qualquer tutor - mas a realidade pode ser bem diferente. Por sere...

Comportamento

Aprenda a interpretar cada miado de gato: foi com essas dicas que consegui me aproximar mais ainda do meu pet

Mesmo que os gatos não saibam falar, a linguagem felina é muito rica e expressiva. Além da postura corporal, o miado de gato tem uma...

Saúde

O que acontece no corpo da gata no cio? Dos miados estridentes aos picos hormonais, veja todas as mudanças que ela enfrenta

Não precisa ser expert no universo felino para conseguir identificar uma gata no cio. Dos miados estridentes aos picos hormonais, o ...

Cachorro

Com ajuda do ChatGPT, mulher cria site para mostrar como os cachorros enxergam de verdade: testamos por aqui!

Você já se perguntou como os cachorros enxergam? Essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas, sejam elas tutoras de um pet ou não. ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Ver todas