Gato

Gato com calor: um guia de como deixar seu pet mais confortável no verão

Publicado - 21 Novembro 2022 - 12h27

Atualizado - 25 Maio 2024 - 23h10

Se você é tutor de um gato, calor pode ser algo indesejado na sua casa. Nos dias mais quentes, típicos dessa estação, os felinos podem demonstrar um certo desconforto, que você com certeza já sentiu alguma vez na vida: irritabilidade, desânimo, preguiça… Felinos são naturalmente quentinhos e, quando a temperatura externa sobe, estão suscetíveis a um mal-estar que pode se tornar até mesmo uma desidratação severa. Gato sente calor e precisa ser muito bem cuidado no verão! Continue lendo e descubra como fazer isso.

Gato sente calor? Como os bichanos percebem as altas temperaturas?

A temperatura corporal normal de um gato é de 38º, o que em uma pessoa indicaria um quadro de febre. Você já deve ter percebido que gatos são bem quentinhos quando faz carinho em um bichano. Porém, isso não significa que os gatos não vão sentir os efeitos de um dia típico de verão: gatos sentem calor, assim como nós. Na verdade, quando a temperatura passa de 25º, os gatos já começam a sentir calor. No verão, quando os termômetros podem chegar a marcar perto de 40º, dá para imaginar como o bichano vai estar se sentindo: assim como nós, quando os gatos sentem calor eles tendem a ficar mais prostrados, menos interessados em brincadeiras e podem demonstrar o desconforto vocalizando. Ou seja: se você perceber seu gatinho miando mais do que o de costume em dias de calor, pode começar a pensar em alguma forma de refrescá-lo.

 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Gato branco e laranja bebendo água em fonte automática
Quando os gatos sentem calor, eles podem brincar com fontes de água para se refrescar

 

Gato com calor: sintomas de hipertermia podem ser sutis. Saiba o que deve ser observado!

Gato com calor não dá demonstrações tão claras quanto o cachorro com calor, um sinal da natureza mais reservada dos felinos. Entretanto, um tutor atento vai conseguir perceber as mudanças no comportamento do gato que indicam que ele está desconfortável com a temperatura do ambiente:

  • Língua para fora da boca 

  • Apatia e mais preguiça que o comum

  • Respiração ofegante ou hiperventilação

  • Falta de apetite: gato come pouco ou não come

  • Vômitos: pode surgir dificuldade na digestão


Quando os gatos sentem calor, eles tendem a se lamber com mais frequência. Essa é a forma que o bichano tem de se limpar, e que dispensa o banho com água e sabão. As gotículas de saliva que ficam sobre a pele quando o gato se lambe ajudam a regular a sua temperatura. Por outro lado, pode ser que o gato acabe engolindo uma maior quantidade de pelos quando sente necessidade de se lamber com uma frequência maior, o que ocasiona vômitos.
 

A alimentação do gato também pode ser impactada nos dias mais quentes de verão. Assim como nós, os felinos podem perder o apetite quando faz muito calor. O problema é que, ao contrário do que acontece com a gente, os gatos não procuram beber mais água quando a temperatura sobe. Tutores de gato mais experientes sabem como é difícil fazer com que gatos bebam água, e essa realidade não muda muito quando os gatos sentem calor.

Gato com calor deve ter maior oferta de água

Sem beber a quantidade de água adequada, gatos podem desenvolver problemas nos rins, além de quadros de desidratação. Algo que você pode fazer para estimulá-lo é aumentar a oferta de água pela casa, distribuindo bebedouros nos locais onde o bichano mais gosta de ficar. Cuide para que a água esteja sempre fresca e limpa: qualquer sujeirinha pode afastar os gatos, que são seres muito exigentes e higiênicos.

Uma boa ideia para aumentar o consumo de água dos seus pets é a fonte de água para gatos. Com esse acessório, você não precisa se preocupar em trocar a água disponível para o felino: existe um mecanismo automático que renova a água e a mantém em movimento, o que é muito atraente para os gatos. Às vezes, o interesse deles começa em forma de uma brincadeira - batendo no filete de água com a patinha, por exemplo, e logo depois o gato estará bebendo água. 

Se o seu gato gosta de beber água em um bebedouro normal, você pode experimentar o modelo térmico, que mantém a água sempre geladinha. Outra dica é colocar pedrinhas de gelo na água do gato. Esse é um cuidado essencial sobretudo para gatos cujos tutores passam muito tempo fora. Imagina esperar horas e horas para tomar uma água geladinha no calor? Impensável, né?

 

Gato preto e branco com coleira verde deitado em janela telada
Notou que o gato sente calor? Abra as janelas (certifique-se que estão teladas), ligue ventiladores e, se possível, acione o ar condicionado

 

Gato sente calor no verão: dicas para refrescá-lo

Quando você notar que o gato sente calor, deve providenciar um ambiente mais arejado para devolvê-lo o conforto: abra as janelas (certifique-se que estão teladas), ligue ventiladores e, se possível, acione o ar condicionado e deixe o felino descansar nesse cômodo da casa. 

Outra ideia bem bacana para cuidar de gato em dias de calor é servir ração úmida geladinha. Basta colocar a embalagem na geladeira por alguns minutos antes de servir para deixar a refeição um pouco mais refrescante. Você também pode congelar o sachê dentro de uma forminha de cubos de gelo, e oferecer ao gato como petisco. Ele vai amar!

O que fazer com gatos no calor? Felinos podem ir à praia ou à piscina?

Diferentes dos cães, que costumam se divertir muito escavando a areia da praia, gatos podem passar o verão inteiro sem ir à praia ou à piscina e sem se incomodar com isso. O gato costuma ser um animal extremamente caseiro, e principalmente depois de castrado, não vai solicitar passeios. Se a sua família for viajar para um local de praia e preferir não deixar o gato sozinho em casa ou sob os cuidados de uma babá, basta se certificar que o destino escolhido possui praias pet friendly. Antes de fazer a viagem, dedique-se a fazer com que o seu gato se acostume à passeios com guia, já que o acessório deve ser mantido no animal durante todo o tempo em que ele estiver na praia com você, por segurança. É fundamental que todas as vacinas do gato estejam em dia, para que ele esteja protegido de doenças como a Dirofilariose, que pode ser contraída quando ele sai do ambiente doméstico. 

Já em relação à piscina, não são muitos os gatos que apreciam essa forma de lazer. A maioria dos gatos não gosta de ter contato com água por conta de uma herança ancestral: os antepassados dos gatos viviam em áreas desérticas, e se habituaram a viver sem se molhar. Entretanto, existem raças de gatos que simplesmente adoram nadar! O gato Van Turco, por exemplo, se habituou a pescar os peixes que comem em lagos. Essa raça se desenvolveu às margens do Lago Vã, na Turquia, e seus exemplares mantêm esse comportamento até os dias de hoje. Maine Coon, Savannah e Bob Pixie são outras raças de gato que podem curtir muito dar um mergulho em um dia quente!

 

Comportamento

Gato miando: 8 segredos que não te contaram sobre a principal forma de comunicação dos felinos

Qualquer pai de pet está acostumado a ouvir o gato miando em casa pelos mais diversos motivos. Às vezes é fome, vontade de receber c...

Comportamento

Como saber se o gato te escolheu como dono: 6 coisas para observar e descobrir se você é o humano favorito do seu pet

O sonho de todo gateiro é ser a pessoa favorita dos bichanos. Mas como saber se o gato te escolheu como dono? Será que existem indíc...

Comportamento

Sonhar com gato é bom ou ruim? Veja o que os especialistas têm a dizer sobre o significado desses sonhos

Existem diferentes formas de se interpretar um sonho, principalmente quando envolvem animais de estimação. Sonhar com gato, por exem...

Adoção

Gato frajola dá trabalho? Veja como é a convivência com um gato preto e branco dentro de casa

Com manchas brancas e pretas espalhadas pelo corpo, o gato frajola tem um charme que não passa despercebido. Donos de uma personalid...

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Adote um animal

Cachorro pequeno: essas são as 10 menores raças de cachorro do mundo todo

Ter um cachorro pequeno em casa é sinônimo de fofura e alegria. Como são menores, esses doguinhos se adaptam mais facilmente ao espa...

Comportamento

Gato miando: 8 segredos que não te contaram sobre a principal forma de comunicação dos felinos

Qualquer pai de pet está acostumado a ouvir o gato miando em casa pelos mais diversos motivos. Às vezes é fome, vontade de receber c...

Ver todas