close
Cuidados

Gato com calor: como deve ser a alimentação do pet nos dias quentes?

Atualizado · 02 de fevereiro de 2022 · 15h23

Publicado · 02/02/2022 · 15h23

Os gatos sentem calor e isso pode impactar na alimentação do pet
Os gatos sentem calor e isso pode impactar na alimentação do pet

O gato com calor pode sofrer com algumas alterações no apetite, o que normalmente causa uma grande preocupação nos tutores. Afinal, a alimentação é a base da saúde de qualquer animal, e com os felinos não é diferente. Mas se o gato não quer comer, o que fazer? Uma coisa é certa: não devemos deixar de cuidar da dieta dos nossos pets, pois é algo que pode acabar provocando um desequilíbrio nutricional e fragilizando a saúde dele.

Felizmente, existem algumas alternativas possíveis para quando os gatos sentem calor e perdem o apetite. Para entender melhor sobre o assunto, desvendamos os motivos que levam um gato a não querer comer e o que fazer diante dessa situação. Veja só!

Meu gato não quer comer por causa do calor, isso é normal?

O gato sente calor também sente calor nos dias quentes de verão. O que poucos sabem é que isso pode impactar diretamente na alimentação do gato, e existe uma explicação lógica por trás deste comportamento. Durante o processo digestivo, o organismo consome uma boa quantidade de energia, o que acaba exigindo bastante do corpo dos bichanos. Quando está muito quente, todo esse processo acaba sendo ainda mais cansativo para eles, e por isso muitas vezes eles se sentem tão motivados para comer. No entanto, o calor também pode impactar a rotina do gato como um todo, já que também deixa ele mais preguiçoso para brincar e se exercitar, por exemplo.

Alimentação do gato deve ser sempre fresca

Além da digestão, o gato com calor pode ficar mais apático porque alguns tutores costumam deixar o potinho de ração sempre cheio, sem se atentar às condições climáticas ou exposição solar. A questão é que com o calor excessivo, o alimento perde a textura, sabor e crocância com mais facilidade - e esse acaba sendo um outro motivo porque em dias de calor, gato não se interessa tanto pela comida disponível.

Para evitar que isso aconteça, o ideal é oferecer sempre ração fresca para o seu amigo de quatro patas - de preferência em horários pré-estabelecidos para não deixar o gato com fome. Caso o bichano não coma tudo, é só guardar os grãos que sobrarem em um outro recipiente e fechar para oferecer mais tarde.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O sachê para gatos é uma alternativa para cuidar da alimentação do pet no verão
    O sachê para gatos é uma alternativa para cuidar da alimentação do pet no verão

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Quando o assunto é a alimentação de um pet, muitas dúvidas podem surgir: o que o cachorro não pode comer? cachorro pode comer couve? Pode dar brócolis para cachorro? Ou ainda se cachorro pode comer abobrinha? Muitos tutores questionam se podem oferecer verduras e legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de serem muito saudáveis, esses tipos de alimentos ajudam a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas.

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    O sachê para gatos é uma opção para manter a nutrição animal nos dias quentes

    Além da dica acima, uma outra forma de cuidar da alimentação do gato é substituindo a ração seca por ração úmida. Ainda que muitos prefiram utilizar o sachê para gatos como um mero petisco, existem algumas opções que funcionam como um alimento completo (essa informação, inclusive, deve estar sinalizada na embalagem do produto). Além de saborosa e nutritiva, a ração úmida para gatos também contém uma quantidade elevada de água na sua composição, contribuindo para a hidratação felina. Mas lembre-se: se a ideia é substituir a ração tradicional pelos sachês durante o verão, vale conversar com um veterinário de confiança antes para maiores orientações.

    Petiscos gelados são ótimas alternativas para refrescar o gato com calor

    Os petiscos para gatos geladinhos também são uma forma de auxiliar na alimentação do pet em dias quentes, evitando um quadro de desnutrição e desidratação. É importante ter certa atenção com a quantidade e frequência oferecida, mas se o gato não quer comer de jeito nenhum a ração nem o sachê, vale a pena tentar algo diferente, como um picolé de frutas para gato ou até mesmo um petisco de frango geladinho.

    Além da alimentação do gato, cuidados com a hidratação devem ser redobrados

    Por conta da origem desértica, os felinos não têm o hábito de beber muita água no dia a dia. Por isso, mesmo quando o gato sente calor, não espere que ele vá aumentar a ingestão de líquidos de uma hora para outra. Isso não quer dizer que você pode deixar isso de lado, pelo contrário: esse é o momento de redobrar a atenção com o seu bichinho de estimação e incentivar ainda mais a hidratação dele. Além dos sachês e petiscos gelados, uma boa dica é investir em fontes de água para gatos e/ou disponibilizar vários potinhos de água pela casa com alguns cubinhos de gelo.

    Redação: Juliana Melo

    Gato pode comer frango?

    Próxima matéria

    Gato pode comer frango?

    5 dicas para amenizar o calor do seu cachorro nos dias mais quentes
    Cuidados

    5 dicas para amenizar o calor do seu cachorro nos dias mais quentes

    Que cachorro sente calor a gente sabe, até porque ignorar o verão é impossível em algumas partes do país. O que muita gente não sabe é como aliviar a situação do cachorro com calor para que ele passe pelos dias e meses mais quentes do ano de forma confortável e sem passar mal. Tosar cachorro não é a única opção de refresco para o seu amigo: dá uma olhada nessas cinco dicas de como você pode amenizar o calor para o animal e fazer com que ele chegue na próxima estação sem sofrer!

    Cachorro com calor: como deve ser a alimentação do pet nos dias quentes?
    Cuidados

    Cachorro com calor: como deve ser a alimentação do pet nos dias quentes?

    O comportamento de um cachorro com calor é bem diferente do usual. Além de passar boa parte do tempo deitado, sem querer passear e cansado, uma situação bem comum é quando o cachorro não quer comer porque está muito quente. Isso acontece porque nos dias de muito calor, o metabolismo canino fica mais lento e exige mais água do que comida no dia a dia. Além de refrescar, a ingestão do líquido reduz a sensação de calor e deixa o pet mais disposto.

    Você está pronta para ser
    Adoção

    Você está pronta para ser "mãe" de cachorro ou gato? As alegrias e desafios de adotar um pet

    Muito se discute sobre o termo “mãe de pet”. Algumas pessoas defendem o óbvio: não é biologicamente possível ter um filho de outra espécie. Mas quem já passou pela experiência de adotar cachorro ou gato sabe que os sentimentos que vão sendo construídos dia após dia, na convivência com o pet, são realmente fortes. Quando menos se espera, a palavra “filho” é utilizada para chamar o animal ou em um momento de carinho. Isso sem falar nas mudanças na rotina e na companhia constante. Naturalmente essas relações se estreitam e viram lindas histórias de família.

    Gato laranja: o que essa cor de pelagem pode indicar sobre a personalidade do pet?
    Comportamento

    Gato laranja: o que essa cor de pelagem pode indicar sobre a personalidade do pet?

    Não tem quem resista à fofura de um gato laranja. Mas você já parou para se perguntar como é a personalidade do gato alaranjado? Muitas pessoas acreditam que algumas características dos felinos estão intimamente relacionadas com a cor da sua pelagem e, segundo um estudo da Universidade da Flórida e Califórnia, nos Estados Unidos, há evidências de que isso é verdade. 

    Ver Todas >

    O que cachorro pode comer nas festas juninas?
    Alimentação animal

    O que cachorro pode comer nas festas juninas?

    É normal qualquer pai de pet se perguntar o que cachorro não pode comer, principalmente em datas comemorativas. Com a chegada do mês de junho, vem aí também uma das comemorações mais amadas pelos brasileiros: as festas juninas! Além de muitas brincadeiras, quadrilhas e roupas caipiras, uma boa festa junina precisa ter muitas comidas típicas. Pipoca, cachorro quente, milho, paçoca, canjica... entre outros pratos fazem a alegria do nosso povo. 

    Cachorro pode tomar suco de frutas?
    Alimentação animal

    Cachorro pode tomar suco de frutas?

    Existem diversas frutas que pode dar para cachorro comer no dia a dia. Super saudáveis, as frutas para cachorro - quando certas - trazem diversos benefícios nutricionais ao animal. Uma grande vantagem das frutas é que elas permitem uma enorme variedade de formas de uso, e uma das preferidas de todo mundo é o suco de fruta. Mas será que o cachorro pode tomar suco assim como nós? Na verdade, depende! O Patas da Casa te explica quando o suco para cachorro pode ser oferecido ao pet e quando deve ser evitado. Confira!

    Pode trocar a ração do gato com qual frequência?
    Alimentação animal

    Pode trocar a ração do gato com qual frequência?

    Assim como o cachorro enjoa de ração, o gato também pode enjoar e deixar de se alimentar direito por causa disso. Todo mundo sabe que não é exatamente fácil agradar o exigente e criterioso paladar felino, então pode ser que depois de um tempo comendo do mesmo alimento, o gatinho simplesmente fique enjoado e queira experimentar coisas novas. Por outro lado, saber como conduzir essa situação é extremamente importante para evitar um gato estressado com a troca repentina de comida ou apático. 

    Ração para gatos castrados: tudo sobre o alimento e como escolher a melhor para seu pet
    Alimentação animal

    Ração para gatos castrados: tudo sobre o alimento e como escolher a melhor para seu pet

    A ração para gato castrado é um cuidado essencial que se deve ter com o bichinho após a cirurgia. A castração do gato traz inúmeros benefícios ao animal, pois acaba com certos comportamentos (como saidinhas e marcação de território) e ainda evita algumas doenças, como o câncer de mama. Por outro lado, o animal tende a ganhar mais peso, o que pode ser prejudicial à sua saúde. É aí que entra a ração para gatos castrados, recomendada sempre que o animal passa pela cirurgia. 

    Ver Todas >