close
Comportamento

Gato carente: como lidar com um felino muito apegado ao dono?

Atualizado · 14 de setembro de 2020 · 17h19

Publicado · 14/09/2020 · 17h19

Gato carente: fofura ou um apego prejudicial?
Gato carente: fofura ou um apego prejudicial?

Para algumas pessoas pode ser difícil identificar algum sinal de carência nos felinos domésticos, principalmente porque esses animais são conhecidos por terem o comportamento mais reservado e independente. Mas ao contrário do que muita gente acha, é possível, sim, ter um gato carente, daqueles que não dispensam um carinho por nada e ainda pedem mais! Te acompanhar por todos os cômodos, estar sempre por perto e pedir carinho insistentemente são alguns sinais claros de um gato muito apegado ao dono. Afinal, esse comportamento do gato é normal? Pode causar algum efeito negativo no bichano? O que fazer?

Como saber se o seu gato é carente ou não? Veja alguns sinais!

Contrariando as teorias que circulam por aí de que os gatos são animais que não criam laços com a família, os felinos podem ser animais muito carinhosos. Alguns sinais corporais, inclusive, entregam o amor que eles sentem pelos tutores. Eles usam o movimento do rabo, posição das orelhas e até os miados para demonstrar afeto. Mas, quando esses sinais estão mais atrelado à carência? Veja algumas dicas de como identificar o comportamento:

  • Pedir muito carinho, inclusive subindo no colo
  • Miado excessivo quando você entra no banheiro ou fecha a porta do quarto
  • Não se cansa de brincar com você
  • Ciúmes de outros animais e até de crianças
  • Tenta tirar o foco da sua atenção para outras coisas, como deitar em cima do teclado do computador
  • Só quer dormir com você
  • Te segue por todos os cômodos da casa
  • Demonstra tristeza quando você viaja ou passa mais tempo fora de casa
Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Um gato carente vai fazer de tudo para chamar a sua atenção!
    Um gato carente vai fazer de tudo para chamar a sua atenção!

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    Afinal, o gato carente é um comportamento positivo ou negativo?

    Antes de tudo, você precisa analisar o nível de carência do seu gato. Um gato que pede carinho, que gosta de brincar ou que passa um tempo no seu colo é super saudável: vocês vão desfrutar de muitos momentos legais juntos. Normalmente, ele tem os momentos em que gosta de tirar cochilos na cama dele e até brinca sozinho sem problemas. Por outro lado, se o seu gato apresenta o mínimo de estresse em relação a esse comportamento, é importante ficar de olho e buscar ajuda. Isso inclui tanto ter um comportamento possessivo e agressivo quanto sofrer demais se o tutor viaja ou passa mais tempo fora de casa, como se recusar a comer e fazer as necessidades fora do lugar para manifestar descontamento.

    Gato carente: o que fazer?

    Um gato apegado ao dono não pode ultrapassar os níveis de normalidade. Uma carência excessiva tem mais chances de se tornar prejudicial para a saúde do animal, já que isso pode elevar os níveis de estresse e ansiedade quando ele não se sentir correspondido. Portanto, se você observar um comportamento mais obsessivo, é importante buscar ajuda de um profissional. Um comportamentalista felino vai compreender a origem da carência e até mesmo identificar se a família tem contribuído para isso. Com alguns treinos, e até mesmo o uso de florais e outros medicamentos, é possível amenizar esses sintomas

    Se o seu gato só manifesta carência em situações específicas, não tem com o que se preocupar. Nesse caso, é importante dedicar mais tempo para dar atenção ao bichano: busque interagir mais com brincadeiras e muito carinho!

    Redação: Luana Lopes

    Cio de gato: como fica o comportamento da fêmea no período?

    Próxima matéria

    Cio de gato: como fica o comportamento da fêmea no período?

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino
    Raças

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino

    O Birmanês, que também é conhecido como gato Sagrado da Birmânia, é um animal super dócil e elegante que tem muita história para contar. O gato da Birmânia é descendente de animais que eram venerados como deuses entre o século XV e XVI nos templos budistas do sudeste asiático. Muito sensível, a raça de gato é conhecida pelo companheirismo, já que se apega facilmente à família humana. O gato Birmanês gosta de explorar e é curioso, mas diferente dos outros gatos, ele gosta da estabilidade do chão e não gosta muito de altura.

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos
    Comportamento

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos

    Não há nada mais fofo do que ver um gato dormindo. Essa, inclusive, é uma cena bastante comum na vida dos pais de pet, já que os felinos aproveitam boa parte da vida intercalando sonecas. Mas você já parou para pensar quantas horas dorme um gato? Às vezes parece até que esse ciclo dura o dia todo… será que esse é um comportamento normal ou pode ser motivo de preocupação? O que os gatos sonham (se é que ele sonham)? São muitas perguntas que precisam ser respondidas, mas não se preocupe. 

    Cuidar de gato: qual é a média de gastos mensais com um felino?
    Cuidados

    Cuidar de gato: qual é a média de gastos mensais com um felino?

    Ter um gatinho em casa vai muito além da parte divertida. Isso porque, na prática, adotar um gato requer uma série de responsabilidades e cuidados com o seu novo amigo de quatro patas. Afinal de contas, você quer que ele tenha uma boa qualidade de vida, certo? Por isso, para cuidar de gato, alguns custos devem fazer parte da sua rotina. Para saber mais sobre isso e te ajudar a se planejar financeiramente, preparamos uma matéria com os principais gastos mensais de um gato. Confira!

    Gato carente: por que alguns felinos são extremamente apegados aos donos?
    Comportamento

    Gato carente: por que alguns felinos são extremamente apegados aos donos?

    Apesar da fama de independente e reservado, é super comum encontrar um gato carente e muito apegado ao dono por aí. É claro que o comportamento felino varia bastante de pet para pet, mas às vezes é necessário se desprender da imagem de “frio” e “distante” que acompanha a espécie. Até porque basta um tempinho de convivência para entender que existe, sim, gato que é tão carinhoso e companheiro quanto um cachorro.

    Ver Todas >

    Por que cachorro boceja?
    Comportamento animal

    Por que cachorro boceja?

    O bocejo dos cães pode ter diferentes significados, e nem sempre está associado somente ao sono ou cansaço (embora estes também sejam possíveis motivos). Na realidade, é bem comum ver um cachorro bocejando e logo depois virando um poço de alegria e energia. Em alguns casos, o comportamento também pode estar relacionado ao estresse e ansiedade, sendo importante aumentar a observação com seu amigo de quatro patas. 

    Gato-do-deserto: a raça de gato selvagem que fica com tamanho de filhote durante toda a vida
    Comportamento animal

    Gato-do-deserto: a raça de gato selvagem que fica com tamanho de filhote durante toda a vida

    O Gato-do-deserto é uma raça de gato selvagem que vista de longe parece um filhote fofinho. Mas se engana quem pensa que essa pode ser uma raça de gato indefesa e carinhosa como os felinos que estamos acostumados. O nome científico dele é Felis Margarita (também chamado de Gato-da-areia Árabe): uma raça de gatos que se esconde no intenso calor diurno e extremo frio noturno de desertos do Oriente Médio. 

    Gato arrepiado: o que o comportamento significa?
    Comportamento animal

    Gato arrepiado: o que o comportamento significa?

    O pelo de gato exerce uma função importante tanto na proteção do corpo e da pele, como também na linguagem corporal felina. Sim, é isso mesmo: mesmo sem um vocabulário, os bichanos são capazes de expressar sentimentos e vontades com movimentos, posições específicas e até mesmo com o estado da pelagem. Se você já viu um gato arrepiado, deve entender do que estamos falando!

    Como treinar cachorro para frequentar locais pet friendly?
    Comportamento animal

    Como treinar cachorro para frequentar locais pet friendly?

    O termo “pet friendly” nunca esteve tão em alta quanto agora. Todo mundo sabe que os cães são grandes companheiros dos humanos e carregam até o título de melhores amigos. Mas, mesmo fazendo parte da nossa família há tanto tempo, foi recentemente que esses pets conquistaram um “espaço” definitivo nos momentos de lazer dos tutores. É aqui que entra a ideia de pet friendly: hotéis, pousadas, restaurantes, shoppings, mercados e vários outros estabelecimentos hoje em dia recebem os peludos de braços abertos (em alguns cidades, como no Rio de Janeiro, é lei!).

    Ver Todas >