Cuidados

Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

Veja quais frutas que gatos podem comer e quais podem ser prejudiciais para a saúde deles
Veja quais frutas que gatos podem comer e quais podem ser prejudiciais para a saúde deles

Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor - e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

Afinal, gatos podem comer frutas ou o alimento é prejudicial para a sua saúde?

Como as frutas normalmente têm uma grande quantidade de açúcar em sua composição, esse é um alimento que muitas vezes é dispensável na dieta dos gatos. No entanto, existem algumas frutas que podem até fazer bem ao organismo do animal, desde que sejam oferecidas sempre em pequenas doses. Você pode acrescentá-las junto a ração ou até oferecer separadamente como petiscos, mas o importante é que nunca seja em uma grande quantidade ou com uma frequência superior a uma vez por dia. Logo, desde que a fruta não seja a base de alimentação do animal, você pode oferecê-la ao seu gatinho sem problemas.

Mas atenção: antes de inserir as frutas na dieta do seu gato, é preciso ter muito cuidado! Lembre-se que algumas delas podem ser prejudiciais para a saúde do bichano e é extremamente necessário se atentar a lista de frutas que gatos podem comer para evitar qualquer problema.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A maçã é uma das melhores frutas para gatos e cheia de benefícios!
    A maçã é uma das melhores frutas para gatos e cheia de benefícios!

    Mais Lidas

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Muitos tutores questionam se podem oferecer legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de ser muito saudável, esse tipo de alimento ajuda a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas. Mesmo se alimentando de ração diariamente, não há uma restrição que impede o cão de comer alimentos gostosos por fora, como vegetais e frutas variadas. O importante é que o tutor respeite a saúde do cachorro e ofereça com moderação, é claro - lembrando que sempre vale conversar com o veterinário antes de qualquer decisão.

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!

    As frutas para cachorro são ótimas opções de petiscos para agradar o seu amigo de quatro patas. Os pets podem sim tirar proveito da ingestão de determinadas frutas que são liberadas e não fazem mal. Mas afinal, cachorro pode comer banana? Quais os benefícios dessa fruta para cachorros? Qual a quantidade correta? Posso fazer um petisco para cachorro com esses alimentos? Veja as respostas para todas essas dúvidas!

    Saiba quais as frutas que gatos podem comer

    • Maçã: 

    A maçã é uma das melhores escolhas de fruta para gato. Com um alto teor de fibras e baixo teor de gordura, ela é uma ótima opção para gatos obesos ou que estão um pouco acima do peso, já que ajuda a melhorar o metabolismo do animal. Fora isso, a maçã também é uma fruta muito rica em vitamina A e C, nutrientes fundamentais para a manutenção dos ossos e tecidos. Antes de oferecê-la ao seu gatinho, não esqueça de remover as sementes da maçã, hein? Elas contêm ácido cianídrico e a ingestão desta substância pode provocar reações no organismo do bichano.

    • Morango:  

    O morango é outra fonte de vitamina C e muito rico em fibra, que ajuda a melhorar o processo digestivo do animal. Além disso, a vitamina C é um excelente nutriente para fortalecer o sistema imunológico, prevenindo várias doenças. Mas atenção: como o morango é uma fruta mais cítrica, também é preciso ter certo cuidado ao oferecê-lo ao seu amigo de quatro patas. O ideal é que não seja uma fruta tão comum na dieta do animal, mas não tem nenhum problema em dar em pequenas quantidades uma vez ou outra.

    • Melão: 

    O melão é uma fruta que contém muita água em sua composição e é bastante refrescante, ou seja, uma ótima forma de manter o seu gatinho hidratado nos dias quentes. Além disso, a fruta também é fonte de vitaminas A, B e C, nutrientes muito importantes na saúde dos gatos e que ajudam a reduzir problemas inflamatórios. Para inseri-la na alimentação do seu animal, não esqueça de retirar as sementes e a casca do melão.

    • Melancia: 

    Assim como o melão, a melancia é uma das frutas que gatos podem comer que ajuda bastante na hidratação dos felinos. Ela é composta por 92% de água, o que é uma ótima alternativa para gatos que não têm o costume de se hidratar com muita frequência. Além disso, é uma fruta que ajuda a melhorar as funções musculares dos animais, pois é rica em potássio e vitaminas A, B-6 e C. Também é importante remover as sementes e a casca da melancia antes de oferecê-la ao seu gatinho.

    • Pera: 

    As peras, assim como as maçãs, também são uma ótima opção de fruta para gato! Com fibras e as vitaminas A e C em sua composição, a pera pode servir como um delicioso lanchinho e ainda ajuda a fortalecer o sistema imunológico do animal. No entanto, as peras também têm sementes com cianeto, o que pode ser tóxico para os gatos. Por isso, é importante sempre remover todas as sementes do alimento antes de oferecer aos gatinhos.

    • Banana:

    Rica em potássio, a banana é uma das frutas para gatos que pode ajudar a manter a saúde do seu bichinho em dia. Mas deve se ter muito cuidado com esse alimento, pois como trata-se de uma fruta com alto teor de açúcar e carboidrato em sua composição, ela sempre deve ser oferecida em quantidades muito pequenas e em intervalos maiores de tempo. Caso contrário, pode acabar prejudicando o organismo do felino.

    Fruta para gato: a banana deve ser oferecida com muita cautela ao animal e em pequenas quantidades
    Fruta para gato: a banana deve ser oferecida com muita cautela ao animal e em pequenas quantidades

    Como oferecer frutas para gatos?

    Os gatos têm um paladar muito exigente e o organismo bem diferente do nosso, então é importante que essa introdução alimentar seja feita aos poucos. Nunca ofereça mais de uma fruta para gato, ou ele pode acabar estranhando e rejeitando o alimento antes mesmo de experimentar. Além disso, como o organismo dele não está acostumado com a nova substância, em alguns casos o gato pode ter dor de barriga.

    Por isso, é importante apresentar a comida para gato de forma gradativa, oferecendo sempre como petiscos ou até acrescentando uma pequena quantidade à ração do animal. Não se esqueça de sempre remover todas as sementes e descascar a fruta, cortando-a em pedacinhos para que o bichinho possa se alimentar sem grandes dificuldades.

    Além disso, vale reforçar que as frutas não devem ser oferecidas diariamente ou com uma frequência muito exagerada. Elas podem fazer parte da alimentação dos gatos em algumas circunstâncias específicas, mas nunca substituir integralmente a ração do gato, que contém nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo felino.

    Comida para gato: rações com frutas na composição

    Outra alternativa são as rações que contenham frutas e outros componentes, como verduras e carnes. Embora muitas pessoas se perguntem se essa mistura de ingredientes realmente funciona, não há motivos para se preocupar: todos os nutrientes são preservados. Inclusive, com esse tipo de alimentação você garante que o seu amigo de quatro patas absorva todas as substâncias necessárias para que o organismo funcione de forma saudável.

    Dessa forma, você não precisa se preocupar em inserir frutas na dieta do gato, pois ela já faz parte da ração que ele consome. Caso você tenha dúvidas quanto ao produto mais indicado, vale conversar com o veterinário para buscar sugestões.

    Gatos podem comer frutas como o morango, que ajuda a fortalecer o sistema imunológico do animal
    Gatos podem comer frutas como o morango, que ajuda a fortalecer o sistema imunológico do animal

    Fruta para gato: atenção aos alimentos tóxicos

    Como já falamos, não são todas as frutas que gatos podem comer, pois algumas podem ser extremamente tóxicas. A ingestão de alimentos proibidos pode causar vômitos, diarreias e até situações mais graves. Por isso, frutas que possuem um alto nível de açúcar em sua composição devem ser evitadas ou dadas com muita cautela para não prejudicar o organismo do animal. Além disso, separamos uma pequena lista de frutas que não podem ser dadas em hipótese nenhuma para os felinos. Confira:

    1) Uva e uva passa: essas frutas podem provocar problemas renais nos felinos.

    2) Abacate: além de ser uma fruta muito gordurosa e que pode ser prejudicial para o pâncreas do animal, o abacate contém uma substância em sua composição que é considerada tóxica para os gatos, chamada de persina.

    3) Frutas cítricas (laranja, limão, tangerina): todas as frutas cítricas no geral tendem a causar problemas estomacais para os gatos.

    Redação: Juliana Melo

    5 alimentos que gatos não podem comer de jeito nenhum

    Próxima matéria

    5 alimentos que gatos não podem comer de jeito nenhum

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno
    Raças

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno

    O Jack Russell Terrier é um cachorro de pequeno porte que leva alegria por onde passa. Essa raça de cachorro é muito amável, encantadora e de personalidade forte. Apesar do pequeno tamanho, eles são cães muito corajosos e demandam bastante energia de seus tutores. Como grande parte dos cães do grupo Terrier, essa raça é um grande exemplo de cachorro de caça e adora investigar todos os lugares, exibindo seu vigor e vivacidade. Quando o cão Jack Russell Terrier quer algo, ele só desiste quando consegue. 

    Weimaraner: veja um guia completo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Weimaraner: veja um guia completo sobre a raça de cachorro

    O Weimaraner é um cão de grande porte que conquista a todos com sua simpatia e beleza inconfundível. Essa raça de cachorro possui uma obediência fora do comum e exibe todos os atributos para conquistar a todos da família humana. Criado para ser um cão de caça perfeito, o cachorro Weimaraner possui uma condição física energética que demanda uma rotina de exercícios físicos. Ficou curioso para saber mais sobre esse doguinho? Dá só uma olhada no guia que o Patas da Casa preparou!

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão
    Adoção

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão

    Ter um cachorro em casa é uma experiência incrível para mães e pais de pet, mas os momentos de alegria vêm acompanhados de muitas responsabilidades… e gastos (muitos gastos). Ração, vacina, brinquedos, remédios e veterinário são os principais custos que você precisa ter frequentemente com o animal. É justamente por isso que, antes de comprar ou adotar um pet, é preciso pensar nos gastos que isso vai demandar - e que devem entrar no orçamento da família. Para te ajudar a bater o martelo e decidir se consegue ou não arcar com um amigo de quatro patas, montamos um guia completo com uma média dos gastos que você provavelmente terá. Chega mais!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Cuidados

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Ver Todas >

    Pode misturar a ração seca com o sachê para gatos?
    Alimentação animal

    Pode misturar a ração seca com o sachê para gatos?

    A alimentação do gato é, sem dúvidas, uma das formas mais eficientes de cuidar da saúde do animal. O problema é que os felinos possuem um paladar bem rigoroso, e não é todo tipo de comida que os agrada. A ração seca para gatos até pode ser uma opção bem nutritiva (e também econômica para os tutores), mas o interesse dos bichanos pelos famosos sachês é muito maior. E se desse para unir o melhor dos dois mundos? 

    Alimentos proibidos para cachorro: qual o efeito das gorduras no organismo do animal?
    Alimentação animal

    Alimentos proibidos para cachorro: qual o efeito das gorduras no organismo do animal?

    Cuidar da nutrição é fundamental para que seu cãozinho tenha uma vida saudável. Saber quais são os alimentos proibidos para cachorro, que nutrientes são fundamentais e como eles agem no corpo do animal ajudam o tutor a fornecer uma dieta mais balanceada e benéfica para o animal. A gordura - ou lipídio - é um dos principais nutrientes que precisam fazer parte da alimentação do cão. Sua presença no organismo traz inúmeros benefícios à saúde do animal. Mas como tudo em excesso, a gordura também pode trazer malefícios se não houver controle. 

    Como o comedouro lento para cachorro ajudará seu pet que come muito rápido?
    Alimentação animal

    Como o comedouro lento para cachorro ajudará seu pet que come muito rápido?

    Quando o cachorro come muito rápido, ele fica mais propenso a desenvolver vários probleminhas de saúde relacionados com a má digestão. Para evitar que isso aconteça, o comedouro lento para cães é um acessório que faz toda a diferença e serve para ensinar o cachorro a comer mais devagar. Dentre os vários benefícios que o item oferece, a mudança no comportamento do cãozinho - e, consequentemente, na sua saúde - é uma das mais perceptíveis.

    Quais os nutrientes mais importantes da ração de cachorro e o impacto na saúde do animal?
    Alimentação animal

    Quais os nutrientes mais importantes da ração de cachorro e o impacto na saúde do animal?

    A alimentação do cachorro tem um papel muito importante na saúde do animal. A ração para cachorro é um alimento completo - ou seja, possui diversos nutrientes essenciais que trazem inúmeros benefícios ao organismo do pet. Os macronutrientes (como proteínas e lipídios) ou micronutrientes (como minerais e vitaminas) atuam em diferentes órgãos, como o coração de cachorro, e funções do organismo, como o sistema nervoso do cachorro. 

    Ver Todas >