Comportamento

É normal o gato com calor não querer comer?

Gato não quer comer por causa do calor? Saiba como lidar com isso!
Gato não quer comer por causa do calor? Saiba como lidar com isso!

Como muitos tutores sabem, os gatos sentem calor, e com o verão se aproximando é importante redobrar a atenção com o seu amigo de quatro patas nessa época. A estação mais quente do ano pode trazer várias mudanças no comportamento do gato, e uma delas está diretamente relacionada ao apetite. É comum encontrar um gato que não quer comer porque está incomodado com a temperatura, mas qual a relação entre essas duas situações? O que fazer com gatos no calor e como melhorar o apetite deles nos dias mais quentes? Para desvendar essas dúvidas, preparamos uma matéria com o que você precisa saber. Dá só uma olhada!

Gato sente calor e não quer comer? Saiba o motivo por trás disso!

Essa situação é mais comum do que se imagina, e quando o gato sente calor no verão ou em qualquer outro dia mais quente, isso pode afetar significativamente o interesse dos bichanos pela comida. A mudança no apetite dos felinos quando está calor acontece por um simples motivo: a digestão é um processo biológico que geralmente exige bastante esforço do corpo e que consome muito calor e energia, tornando-se desconfortável para os pets nos dias calorentos. Sendo assim, é comum que os bichanos não se sintam tão atraídos pela ração em épocas como o verão.

Mas atenção: isso não quer dizer que se o gato não quer comer, ele pode passar o dia sem se alimentar. Pelo contrário, é justamente por isso que os tutores devem ter ainda mais atenção com a alimentação dos felinos nesse período, ou eles podem acabar ficando doentes.

Gato com calor: aprenda a identificar se o bichano está sofrendo com as altas temperaturas

O maior problema de um gato com calor é conseguir decifrar os sinais de que o pet está incomodado com a temperatura. Diferente dos humanos, os felinos não transpiram de forma aparente e tampouco verbalizam que estão sentindo calor. Afinal, os gatos não falam - mas vocalizam: os miados excessivos são bastante comuns nos dias mais quentes, e são a forma que esses animais encontram de “reclamar” do que estão sentindo. Além disso, o ato de se lamber frequentemente, a respiração acelerada e a salivação intensa são outros indicativos de que o gato sente calor. O gatinho também vai procurar por ambientes mais arejados para descansar. Ah, e claro: a mudança de apetite também deve ser levada em consideração nessas horas.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O gato com calor tende a se lamber com mais frequência
    O gato com calor tende a se lamber com mais frequência

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    “Meu gato não quer comer porque está quente, e agora?”

    Quando o gato não quer comer, cabe a nós, humanos, encontrar a melhor alternativa para tentar alimentar os bichanos. A única coisa que realmente não pode acontecer é o gato ficar sem comer por longas horas, pois assim como qualquer ser vivo a alimentação é fundamental para manter os pets saudáveis. Sendo assim, seguem algumas dicas para melhorar o apetite dos felinos nessas horas:

    • A ração deve estar sempre fresca. Portanto, não se deve encher os potes de comida do gato com muitos grãos. Separe apenas o essencial para alimentar o seu amigo nas horas certas, pois o calor faz com que a ração perca a sua textura e sabor.

    • O ideal é que a ração não receba exposição solar. Caso contrário, o alimento pode ficar envelhecido e perder o sabor e a textura com mais facilidade.

    • Refrescar gato no calor é muito importante. A melhor forma de fazer isso é investindo em fontes de água para gato, mas se isso não for possível, o tutor também pode deixar potes de água espalhados pela casa sempre à disposição do pet. Não esqueça de trocar a água regularmente para deixá-la mais atrativa para o animal.

    • A ração úmida é uma alternativa à ração seca. Os felinos simplesmente amam um sachê, e a parte boa é que, além de saborosos e nutritivos, essa também é uma ótima forma de manter o bichano hidratado. Nos dias muito quentes, você pode servir a ração úmida gelada e colocar um pouco de água para aumentar a ingestão de água. 

    Ainda assim, se o gato apresentar resistência para comer, vale a pena consultar um veterinário para verificar como anda a saúde dele, pois a falta de apetite também pode estar relacionada a doenças.

    Redação: Juliana Melo

    6 sons que os cachorros odeiam

    Próxima matéria

    6 sons que os cachorros odeiam

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino
    Ração

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino

    Um dos sinais mais comuns que os gatos demonstram que alguma coisa não vai bem com a saúde é não querer comer ou comer bem pouco. Os motivos podem ser os mais diversos, desde uma leve indisposição a problemas mais graves. Por isso, conhecer bem o comportamento do seu felino e ficar atento aos demais sinais é essencial para agir corretamente e buscar ajuda veterinária a tempo. Para ajudar, vamos tirar algumas dúvidas e dar dicas de como fazer o seu gato voltar a comer.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Ração

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Ração

    "Meu gato não quer comer": saiba o que fazer quando o felino enjoa da ração

    Se você tem um bichano em casa, certamente deve saber que quando gato não quer comer é um sinal de que algo não está certo. Assim como acontece com os humanos, os felinos também podem perder o apetite por diferentes motivos, inclusive por enjoar da ração. Por isso, conhecer bem o comportamento do seu amigo e ficar atento aos outros sinais é essencial para agir corretamente. 

    Cuidar de gato no verão: 6 dicas para o seu bichano não passar calor
    Cuidados

    Cuidar de gato no verão: 6 dicas para o seu bichano não passar calor

    Com o verão se aproximando, os gatinhos precisam de alguns cuidados para passarem pela estação mais quente do ano sem sofrimento. Apesar dos passeios não fazerem parte da vida de um felino, eles também sentem bastante calor dentro de casa - até porque costumam ficar mais tempo no sol. Ao contrário dos cães, os gatinhos não ficam ofegantes quando estão com calor, mas cuidar de gato no verão é muito importante para preservar a saúde e promover bem-estar para o seu bichano. Pensando nisso, separamos alguns cuidados que você precisa ter com gatos no verão. Continue lendo para entender mais!

    Ver Todas >

    Adestramento de cães: como lidar com o cachorro latindo para outros cachorros no passeio?
    Comportamento animal

    Adestramento de cães: como lidar com o cachorro latindo para outros cachorros no passeio?

    “Meu cachorro faz escândalo quando sai” - se você está familiarizado com esse tipo de situação, deve estar se perguntando qual é a melhor forma de corrigir o comportamento do seu amigo de quatro patas, não é mesmo? Bom, a verdade é que quando o assunto é passear com o cachorro, cada bichinho reage de uma forma diferente. Alguns são mais tranquilos, enquanto outros são super agitados. Mas o que fazer quando o cachorro late muito no passeio?

    Anatomia externa canina: veja o infográfico e aprenda mais sobre as partes do corpo do cachorro
    Comportamento animal

    Anatomia externa canina: veja o infográfico e aprenda mais sobre as partes do corpo do cachorro

    A anatomia canina é tão fascinante que sempre aparece uma nova curiosidade para nos surpreender. Afinal, o universo dos cães é repleto de segredos! Todas as partes do corpo do cachorro possuem características, funções e estruturas completamente diferentes e igualmente interessantes. No caso da anatomia externa do cachorro, o foco fica em todas as partes que enxergamos só de olhar para o animal. 

    Coleira cabresto: entenda como funciona o acessório e em quais casos é recomendado
    Comportamento animal

    Coleira cabresto: entenda como funciona o acessório e em quais casos é recomendado

    A coleira com cabresto ajuda o tutor a lidar com cães que puxam muito no passeio. Sua posição ao redor do focinho pode trazer a impressão de que o animal está incomodado, mas na verdade, a coleira cabresto para cachorro é muito traz alguns benefícios. Ela faz parte do time de coleiras anti-puxão, ou seja, aquelas que são perfeitas para cachorro que é mais descontrolado e ansioso durante o passeio. 

    Viajar com gato: tutora compartilha a experiência de uma viagem de 18h com seu bichano
    Comportamento animal

    Viajar com gato: tutora compartilha a experiência de uma viagem de 18h com seu bichano

    Viajar com gato não é uma tarefa exatamente fácil, e muitos tutores acabam deixando esse tipo de passeio de lado para evitar possíveis estresses. No entanto, dependendo da personalidade e do comportamento do gato, é super possível levar o seu amigo em uma dessas aventuras. Viajar de ônibus com gato, de carro ou avião: não importa qual seja a sua escolha, o importante é conhecer os limites do seu gatinho e fazer de tudo para que ele fique o mais confortável possíve.

    Ver Todas >