Cachorro

Displasia de cotovelo em cães grandes: o que é, quais os sintomas e como tratar?

Publicado - 19 Abril 2023 - 18h24

Atualizado - 29 Maio 2024 - 16h01

Algumas doenças ósseas em cães são predominantes em raças de grande porte. É o que acontece com a luxação de patela, displasia coxofemoral e displasia de cotovelo. Essa última, porém, é pouco comentada, mas pode acometer animais de diferentes raças, como Bernese, Labrador, Golden Retriever, Pastor Alemão e Bulldog Inglês. Por isso, é importante entender minimamente sobre o que é a displasia de cotovelo e como ela afeta os cães. Será que o cotovelo do cachorro inchado ou com caroço é um dos sintomas, por exemplo? A seguir, te contamos tudo que você precisa saber: principais sinais, causas e tratamento.

O que é displasia de cotovelo?

Displasia é o nome que se dá para a má-formação de um tecido ou órgão. Mas, enquanto a displasia coxofemoral em cães - que é a mais conhecida - se refere ao mau posicionamento dos ossos da pelve, a displasia de cotovelo é caracterizada por uma anomalia na articulação dos ossos do cotovelo. Isso acaba gerando dificuldade na mobilidade do animal e, sem o tratamento correto, pode evoluir para uma osteoartrose.

Geralmente, a displasia de cotovelo em cães é hereditária e passada de geração para geração. No entanto, alguns fatores podem contribuir para que ela apareça, como o ambiente (principalmente quando o cachorro sente frio), peso e alimentação. Vale destacar também que a displasia de cotovelo pode ocorrer por causa de quatro alterações distintas, que são: não-união do processo ancôneo; fragmentação do processo coronóide; osteocondrite dissecante ou incongruência articular.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Displasia de cotovelo em cães: sintomas para ficar atento

Ao contrário do que muita gente pensa, calo no cotovelo do cachorro ou caroço no cotovelo do cachorro não são indicativos de displasia. Na verdade, como esse é um problema que atinge a mobilidade do animal, os sinais mais evidentes são o cachorro mancando com uma ou as duas patas dianteiras. Isso acontece por causa da dor que ele sente ao andar. Além disso, o doguinho pode ter certa “intolerância” aos exercícios físicos e dificuldade de levantar a pata depois de qualquer atividade.

Os sintomas de displasia de cotovelo em cães costumam se manifestar quando o animal ainda é filhote, entre o quarto e oitavo mês de vida. O diagnóstico precoce é muito importante para dar início ao tratamento, por isso a dica é realizar exames ortopédicos logo no início da vida do pet para descartar a possibilidade de ele sofrer com a doença.

 

Veterinário mexendo em pata de cachorro
O diagnóstico da displasia de cotovelo deve ser feito com o animal ainda filhote

 

O tratamento da displasia de cotovelo em cães depende de uma série de fatores

A idade, o peso e o grau de seriedade do problema são alguns fatores que influenciam diretamente no tratamento mais indicado. Se o cachorro diagnosticado com displasia de cotovelo ainda for jovem, o procedimento mais recomendado é a cirurgia (que deve ser orientada por um veterinário ortopedista). Quanto mais novo for o animal, melhor o prognóstico. Já se o cão for um pouco mais velho - não necessariamente idoso -, a melhor alternativa é o tratamento paliativo associado à fisioterapia para cachorro.

Nesse segundo cenário, é importante apostar em certos cuidados, como investir uma alimentação balanceada para evitar o sobrepeso. O veterinário também pode indicar o uso de anti-inflamatórios e analgésicos, dependendo do caso e do incômodo que o cão sente. Vale destacar que a fisioterapia é uma medida importante nos dois casos, tanto para garantir a reabilitação do animal após a cirurgia, quanto para resgatar a qualidade de vida do pet que sofre com displasia de cotovelo.

Redação: Juliana Melo

Edição: Luana Lopes

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Adote um animal

Fiapo de manga: a nova "raça" de cachorro vira-lata que tem feito sucesso na internet

Há quem diga que vira-lata caramelo representa mais o Brasil do que samba e futebol - não à toa que existem propostas de lei para el...

Cachorro

Cruzamento de cachorro: tudo que você precisa saber sobre o assunto

O cruzamento de cachorro é um assunto que desperta a curiosidade da maioria dos tutores. Enquanto alguns se preocupam em evitar que ...

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Ver todas