close
Saúde animal

Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet

Atualizado · 09 de setembro de 2021 · 14h04

Publicado · 09/09/2021 · 13h12

O veterinário pode atuar nas mais diversas áreas de promoção da saúde animal
O veterinário pode atuar nas mais diversas áreas de promoção da saúde animal

No dia 9 de setembro é comemorado o Dia do Veterinário. Quem é pai ou mãe de pet sabe a importância que esse profissional tem no cuidado dos nossos tão queridos animais de estimação. Por isso, nada mais justo que um dia do veterinário especial para eles! Apesar de a profissão ser muitas vezes vista apenas como o atendimento de animais, o veterinário pode atuar em diferentes áreas, ajudando até mesmo no cuidado da saúde humana! Além disso, o veterinário é um profissional que já existe há milênios e é uma profissão mais complexa do que você imagina. Para comemorar o Dia do Veterinário, o Patas da Casa separou 8 curiosidades sobre essa profissão tão linda e essencial para o bem-estar dos pets. Confira!

1) O dia do veterinário marca a data em que a profissão foi oficialmente regulamentada

Você sabe qual é o Dia do Veterinário? No Brasil, o dia 9 de setembro foi escolhido para homenagear a profissão. Existe um motivo para esse ter sido o dia escolhido: em 9 de setembro de 1933, o então presidente Getúlio Vargas assinou o Decreto 23.133, que tinha o objetivo de regulamentar a profissão no país. Para comemorar esse grande feito, a data passou a figurar como o Dia do Veterinário!

2) O primeiro veterinário já registrado surgiu há 3000 anos antes de Cristo

Você já parou para pensar em quem foi o primeiro veterinário? É difícil determinar com precisão, mas existem registros de práticas veterinárias há milênios! O primeiro veterinário - ou melhor, especialista em cura de animais, já que o termo não existia - a ser reconhecido foi um homem chamado Urlugaledinna. Ele viveu na Mesopotâmia por volta do ano 3000 a.C! Já a primeira faculdade para formação de veterinário foi fundada em 1761, em Lyon, na França.

3) As áreas que o veterinário pode atuar vão desde clínica e pesquisas até preservação de espécies e perícia criminal

Muitos acham que o veterinário atua somente em clínicas. Porém, o veterinário pode atuar em diversas áreas, incluindo algumas que talvez nunca tenha passado pela sua cabeça. Dentre elas estão clínica, saúde pública (controle de epidemias e zoonoses), laboratórios, pesquisas, preservação de espécies, produção e inspeção de alimentos de origem animal, biologia molecular, fauna selvagem, inspeção sanitária, fábricas de rações, perícia criminal e até mesmo marketing de produtos destinados a animais, além da área acadêmica. Lembrando que até mesmo na clínica é possível cuidar de pets de pequeno ou grande porte e animais domésticos ou selvagens. Viu quanta coisa o veterinário pode fazer?

4) Brasil é o segundo maior mercado de pets do mundo

Hoje, o Brasil possui a segunda maior quantidade de pets no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Assim, o país tem o segundo maior mercado de pets. Isso significa que o veterinário é cada vez mais uma profissão extremamente necessária e requisitada no país. Afinal, com tanto pet espalhado no Brasil é necessário que tenham muitos profissionais qualificados para atendê-los.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O dia do veterinário, o profissional que sempre cuida dos nossos pets, é celebrado dia 9 de setembro!
    O dia do veterinário, o profissional que sempre cuida dos nossos pets, é celebrado dia 9 de setembro!

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Gato

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Gato

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Gato

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Gato

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    5) Veterinário precisa de registro oficial para atuar na área

    Ao se formar na faculdade, o veterinário precisa cumprir mais um passo antes de atuar de fato na área. Todo médico veterinário precisa se registrar no Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV). Assim que pegar o diploma, o veterinário deve procurar o CRMV da sua região e se inscrever para começar, de fato, a exercer a profissão. A instituição é responsável por regulamentar e fiscalizar os profissionais, garantindo que o trabalho feito por eles é seguro e confiável. 

    6) O veterinário é uma profissão mais complexa do que se pode imaginar

    Se você acha que cuidar de animais é fácil, está muito enganado! A veterinária é uma profissão bastante perigosa, principalmente para aqueles que cuidam de animais de grande porte e selvagens. Porém, até mesmo cachorrinhos e gatinhos podem trazer perigos ao profissional. Apesar de toda a fofura, o veterinário também precisa lidar com pets agressivos, mordidas e exposição à zoonoses. O veterinário deve ter muita cautela no dia a dia da profissão para lidar com diferentes situações. 

    7) O veterinário também atua no cuidado com a saúde humana

    Você sabia que o veterinário também pode cuidar da saúde humana? Uma das possibilidades do profissional de medicina veterinária é atuar na promoção da saúde pública em centros urbanos ou em zonas rurais no controle de doenças que podem atingir a população. Patologias como raiva e leptospirose são facilmente transmitidas de animais para pessoas - as famosas zoonoses. Para evitar uma epidemia em uma região, veterinários ajudam a controlar a doença antes que se espalhe, com medidas de saúde pública e assistência sanitária. Além disso, o veterinário também atua em pesquisas para o controle de zoonoses, ajudando, assim, a cuidar não só dos pets como dos humanos também. Em países em que a pecuária é muito presente - como o Brasil - o veterinário ainda auxilia na nutrição e cuidados de pastagens e realiza inspeção de alimentos provenientes de animais para garantir a segurança alimentar da população.

    8) Todo veterinário precisa saber lidar bem com pessoas

    Muitas pessoas acham que o veterinário lida apenas com animais. Porém, precisamos nos lembrar que os pets não falam; quem fala por eles são seus tutores. Ou seja, o veterinário precisa saber lidar com pessoas também. O médico veterinário deve conversar com tutores, perguntar o que aconteceu, puxar um histórico do pet, explicar os problemas e tratamentos e, muitas vezes, levar notícias ruins ao pais ou mães de pet. Por isso, ter sensibilidade ao exercer a profissão é fundamental. 

    Feliz dia do veterinário para todos os profissionais que garantem que nossos pets estejam sempre saudáveis e felizes!

    Redação: Maria Luísa Pimenta

    Conheça 8 plantas que gatos podem comer!

    Próxima matéria

    Conheça 8 plantas que gatos podem comer!

    100 curiosidades sobre cachorros que vão te impressionar
    Cachorro

    100 curiosidades sobre cachorros que vão te impressionar

    Todo mundo sabe que o cachorro é o melhor amigo do homem, mas será que você realmente conhece o seu amigo de quatro patas? Existem várias curiosidades sobre cachorro que muitas vezes surpreendem a gente. Seja por causa de um comportamento canino que não faz muito sentido na nossa cabeça - como o hábito de “cavar” antes de dormir -, ou seja porque nunca pesquisamos muito a fundo sobre a anatomia do cachorro. 

    Schnauzer: tamanho, pelagem, saúde e preço... tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Raças

    Schnauzer: tamanho, pelagem, saúde e preço... tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    A raça de cachorro Schnauzer é conhecida pela cabeça em formato quadrado e o bigode característico. Ele é um dos cachorros mais queridos no Brasil e seu temperamento dócil e brincalhão contribui muito para isso. Mas muitas pessoas não conhecem a fundo as principais características do Schnauzer. Por exemplo, você sabia que existem três tamanhos dessa raça? Se você já ama esse cãozinho e está pensando em adotar um Schnauzer, é importante saber o máximo possível sobre a raça antes de tomar a decisão. O Patas da Casa te conta tudo o que você precisa saber sobre a origem do Schnauzer, suas características físicas, temperamento, saúde e até os valores caso você queira comprar um. Confira tudo!

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Ver Todas >

    Infográfico mostra quais são os gatos mais exóticos do mundo
    Gato

    Infográfico mostra quais são os gatos mais exóticos do mundo

    Abrir as portas de casa para um gato exótico é ter a certeza de que seu amigo de quatro patas vai despertar a atenção de qualquer visitante. Seja por ser um gato sem pelo, como o famoso Sphynx, ou por ser um gato híbrido, como o Savannah e o Bengal: existem alguns animais que simplesmente não passam despercebidos e são tidos como “excêntricos” por serem fora do padrão. Mas, ao contrário do que muitos pensam, esses bichanos não são desvalorizados por conta da sua aparência; pelo contrário, eles têm vários fãs ao redor do mundo!

    Gato obeso: saiba quais as consequências da obesidade na saúde felina
    Gato

    Gato obeso: saiba quais as consequências da obesidade na saúde felina

    O gato obeso pode ser incrivelmente fofo e apertável, mas isso não quer dizer que ele não precisa de cuidados e atenção com a saúde. A verdade é que a obesidade felina - que muitas vezes não é perceptível para os tutores - acaba abrindo portas para uma série de problemas mais sérios. Por isso, saber identificar quando o animal está acima do peso é importante para buscar orientação profissional e ajudar o gato obeso a perder peso.

    Pneumonia em gatos: veterinário explica tudo sobre a doença
    Gato

    Pneumonia em gatos: veterinário explica tudo sobre a doença

    A pneumonia em gatos - ou pneumonia felina - é uma doença respiratória que pode se desenvolver por vários motivos. Às vezes uma queda na imunidade é suficiente para o problema atingir os peludos, mas na maioria dos casos ele deriva de uma simples gripe que não foi tratada do jeito certo. Por isso, a atenção com o gato gripado deve ser enorme! Quanto antes for diagnosticado e tiver o tratamento adequado, menores são as chances de você ter um gato com pneumonia.

    Gato com medo de ir ao veterinário: como preparar o pet dias antes da consulta?
    Gato

    Gato com medo de ir ao veterinário: como preparar o pet dias antes da consulta?

    O gato estressado ou com medo de ir ao veterinário é muito comum, principalmente quando o animal não está acostumado a sair de casa ou ficar “preso” na caixinha. Os felinos gostam de se sentir no controle do ambiente e são muito apegados com a rotina, então qualquer pequena mudança - como uma simples ida ao veterinário - pode deixar o gato com medo e irritado. 

    Ver Todas >