close
Saúde

Conjuntivite em cachorro: entenda o problema, os sintomas mais comuns e como é feito o tratamento

Atualizado · 26 de maio de 2020 · 10h47

Publicado · 25/10/2019 · 16h42

Conjuntivite em cachorro pode ser bem comum. Entenda mais sobre o problema e saiba como cuidar dos olhinhos do seu pet.
Conjuntivite em cachorro pode ser bem comum. Entenda mais sobre o problema e saiba como cuidar dos olhinhos do seu pet.

Não é incomum o seu animal aparecer com o olho vermelho e até saindo mais secreção que o normal. Muitos são os fatores que podem desencadear isso, como poeira, arranhões de outros animais na região e até alergias. Em todos os casos, é muito importante ficar atento a qualquer coisa diferente no olhinho do seu cão, pois pode ser um caso de conjuntivite. Em cachorro, assim como a conjuntivite em gatos, o problema pode avançar para um grau bem mais grave. Quer saber mais sobre esse incômodo que pode afetar o seu amigo? Chega mais que te explicamos!

Conjuntivite em cachorro: quais são as causas?

Muita gente não sabe, mas os cães possuem uma terceira pálpebra nos olhos, chamada membrana nictante ou conjuntiva. É essa membrana que protege os olhos caso tenha contato com algum perigo, como bactérias ou até mesmo reflexos solares. Sabe quando você olha para o seu cão enquanto ele dorme e vê que seu olho está sem a íris e a pupila? Aquela é a terceira pálpebra. Em alguns casos, a membrana conjuntiva pode inflamar por razões externas, causando o que chamamos de conjuntivite em cachorro.

Essa membrana não causa nenhum problema na visão dos nossos bichinhos. O que ocorre é que ela pode inflamar por diversas razões. Um exemplo é quando os cães andam em carros com a cabeça para fora da janela, recebendo um ventinho que traz algumas bactérias. Pode ocorrer também ao ter contato com produtos de limpeza que possuam componentes químicos ou, ainda, ao sofrer uma lesão na região dos olhos. Em algumas raças, como Cocker Spaniel, Pug e Chow Chow, o cachorro pega conjuntivite por um fenômeno chamado “prolapso da terceira pálpebra”, que ocorre quando essa membrana não volta ao lugar. Normalmente, o esperado é que ela retorne em até 6 horas. É importante observar caso a pálpebra do seu cãozinho não volte para dentro do globo ocular, ok?!

Todos esses fatores podem contribuir para a inflamação da membrana, gerando um caso de conjuntivite em cães que deve ser tratado assim que diagnosticado. É muito importante que o tratamento para conjuntivite seja feito de maneira correta, pois essa doença é muito séria e pode levar o seu cãozinho a perder completamente a visão!

Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
    Conjuntivite em cachorro: você sabia que os caninos possuem uma terceira pálpebra nos olhos, chamada membrana nictante ou conjuntiva? E nessa pálpebra que se desenvolve a infecção.
    Conjuntivite em cachorro: você sabia que os caninos possuem uma terceira pálpebra nos olhos, chamada membrana nictante ou conjuntiva? E nessa pálpebra que se desenvolve a infecção.
    Olhinhos vermelhos, lacrimejando e com mais secreção que o normal pode ser um caso de conjuntivite canina.
    Olhinhos vermelhos, lacrimejando e com mais secreção que o normal pode ser um caso de conjuntivite canina.
    Geralmente, o tratamento da conjuntivite em cachorro é feito com o uso de colírios. É essencial buscar atendimento veterinário caso perceba algo diferente nos olhos do seu amigo.
    Geralmente, o tratamento da conjuntivite em cachorro é feito com o uso de colírios. É essencial buscar atendimento veterinário caso perceba algo diferente nos olhos do seu amigo.
    Cachorro com conjuntivite demanda um cuidado especial na limpeza dos olhos. Pelo menos três vezes por dia, limpe o local com uma gaze e soro fisiológico.
    Cachorro com conjuntivite demanda um cuidado especial na limpeza dos olhos. Pelo menos três vezes por dia, limpe o local com uma gaze e soro fisiológico.
    Conjuntivite em cachorro: você sabia que os caninos possuem uma terceira pálpebra nos olhos, chamada membrana nictante ou conjuntiva? E nessa pálpebra que se desenvolve a infecção.
    Olhinhos vermelhos, lacrimejando e com mais secreção que o normal pode ser um caso de conjuntivite canina.
    Geralmente, o tratamento da conjuntivite em cachorro é feito com o uso de colírios. É essencial buscar atendimento veterinário caso perceba algo diferente nos olhos do seu amigo.
    Cachorro com conjuntivite demanda um cuidado especial na limpeza dos olhos. Pelo menos três vezes por dia, limpe o local com uma gaze e soro fisiológico.

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Sintomas da conjuntivite em cachorro: fique de olho!

    Os sintomas da conjuntivite são bem aparentes, então não é difícil identificar a doença. O problema é que alguns donos acham que esses sintomas são comuns e, quando se dão conta, o olho do animal já está completamente inflamado. Para confirmar se o cachorro tem conjuntivite, você deve prestar atenção nas seguintes características: 

    • Remelas em excesso;

    • Olho vermelho ou inchado;

    • Arranhões na membrana ocular; 

    • Dificuldade para manter os olhos abertos; 

    • Lacrimação.

    Conjuntivite em cachorro dura quanto tempo? 

    Se você reparar que o seu cãozinho está com suspeita de conjuntivite, leve ele ao veterinário com urgência. Dependendo da gravidade da lesão que gerou a conjuntivite, o cachorro costuma melhorar completamente em até quinze dias, já que seu corpo costuma reagir bem ao tratamento. O ideal é diagnosticar logo cedo para iniciar o tratamento correto.

    Cachorro com conjuntivite: saiba como é o tratamento!

    Não há uma receita caseira de remédio para conjuntivite canina. Por isso, é muito importante que nos primeiros sintomas, o seu animal seja levado a uma consulta com o veterinário. Somente um profissional capacitado poderá recomendar a melhor forma de tratamento para essa doença. Se o caso for mais leve, a recomendação pode ser o uso de um colírio para conjuntivite canina com a limpeza da região, geralmente feita com o uso de uma gaze e soro fisiológico. Se estiver em um estado mais avançado, pode ser o caso de entrar com um antibiótico para conjuntivite canina. Não tente utilizar nenhuma alternativa caseira, pois isso pode prejudicar ainda mais a visão do seu peludo! 

    Redação: Júlia Cruz

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?

    Próxima matéria

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?

    Vulvovaginite em cadelas: veterinário explica as causas do problema e como é feito o tratamento
    Saúde

    Vulvovaginite em cadelas: veterinário explica as causas do problema e como é feito o tratamento

    A vulvovaginite em cadelas é um quadro inflamatório mais comum do que se pensa e que pode atingir as cachorras em qualquer fase da vida, inclusive filhotes. Essa doença pode ser causada por diferentes fatores, e, dependendo da causa, o tratamento pode variar. Por isso, ao observar qualquer vestígio de corrimento saindo da vagina da cadela, é importante ficar atento. Para esclarecer possíveis dúvidas sobre o assunto, entrevistamos o médico veterinário Frederico Lima, do Rio de Janeiro. Veja só o que mais ele disse sobre a vulvovaginite canina a seguir!

    Giárdia em gatos: entenda mais sobre a doença, os sintomas mais comuns e como prevenir
    Saúde

    Giárdia em gatos: entenda mais sobre a doença, os sintomas mais comuns e como prevenir

    Assim como nos cães, a Giárdia em gatos é uma zoonose muito comum. Os felinos, então, não estão imunes a contrair essa doença, que muitas vezes passa despercebida ao ser confundida com uma simples diarreia. Por isso, é muito importante prestar atenção aos sintomas da giárdia em gatos e, também, buscar formas de prevenir a contaminação. Para esclarecer mais as dúvidas quanto ao assunto, conversamos com a médica veterinária Carolina Mouco Moretti, que é diretora geral do Hospital Veterinário Vet Popular, de São Paulo.

    Sintomas da doença do carrapato: veja os mais comuns e aprenda a identificar se seu cachorro está doente!
    Carrapato

    Sintomas da doença do carrapato: veja os mais comuns e aprenda a identificar se seu cachorro está doente!

    O carrapato é um dos principais parasitas que ameaça o dia a dia e a saúde de cachorros criados em casa. Além da infestação ser incômoda para o animal, ele também pode transmitir a doença do carrapato — que, na verdade, pode se manifestar no corpo do animal de quatro formas diferentes. Os sintomas da doença do carrapato são a primeira forma de identificar o que está acontecendo com o seu cachorrinho. Para esclarecer todas as dúvidas sobre a doença do carrapato em cachorro, nós conversamos com a veterinária Renata Bloomfield, do Rio de Janeiro. Dá uma olhada no que ela explicou aqui embaixo!

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?
    Ração

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

    É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente.

    Ver Todas >

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?
    Saúde animal

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?

    A giárdia canina é uma doença infecciosa causada por um protozoário que pode acometer cães, gatos e seres humanos. Essa zoonose ocorre quando o cachorro ingere cistos do protozoário, que podem estar presentes na água e alimentos. Além disso, como os cachorrinhos são animais que usam a boca para diversas funcionalidades, é possível que o pet colete o parasita lambendo um brinquedo, bebendo água de uma poça ou mastigando algum objeto. Ficar de olho em como prevenir a doença é muito importante, visto que a giárdia em cães é transmitida para outros animais com facilidade. 

    Sarna em gatos: o que é e o que fazer?
    Saúde animal

    Sarna em gatos: o que é e o que fazer?

    A sarna em gatos é um dos problemas de pele mais comuns que podem afetar o bichano. Causada por ácaros que ficam na pelagem dos felinos, a doença também pode acometer cachorros e até mesmo humanos. O gato com sarna sofre bastante com coceiras e problemas na pele. Felizmente, existe tratamento de sarna em gatos capaz de eliminar os parasitas e garantir conforto ao peludo. 

    Tosse de cachorro: o que pode ser?
    Saúde animal

    Tosse de cachorro: o que pode ser?

    O cachorro com tosse é algo que pode assustar muitos tutores, principalmente quando acontece de forma recorrente e não tem um motivo aparente. O sintoma indica algum incômodo no sistema respiratório canino e pode estar associado a diferentes causas que variam desde problemas mais simples, como um engasgo na hora de comer, até algo mais sério, como doenças cardíacas e vermes pulmonares.

    O que o anticoncepcional para gatos pode causar?
    Saúde animal

    O que o anticoncepcional para gatos pode causar?

    O anticoncepcional para gatos é usado por muitos tutores como alternativa à castração. A injeção é vista por muitas pessoas como um método mais barato e menos invasivo de impedir o cio de gata. Mas é comum surgir a dúvida sobre o anticoncepcional para gatos: quando aplicar é recomendado? A verdade é que o anticoncepcional para gatas traz muitos problemas à saúde e nunca é a solução para o cio de gato. O Patas da Casa te explica quais os perigos da injeção anticoncepcional para gatos e porque a castração é a melhor opção. Confira!

    Ver Todas >