Raças

Como vivem os cachorros selvagens? Conheça algumas raças espalhadas pelo mundo!

As raças de cachorro selvagens são raras e cheias de curiosidades!
As raças de cachorro selvagens são raras e cheias de curiosidades!

Até os cachorros se adaptarem ao convívio humano e se tornarem os melhores amigos do homem, muitas fases evolutivas se passaram. Ainda assim, nem todos os cães do mundo são domesticados. Os cachorros selvagens são considerados os melhores amigos da natureza e têm seus hábitos próprios. Mas você sabia que muitas raças de cachorro selvagens estão sob ameaça de extinção? Tem curiosidade de saber como eles vivem? Reunimos informações de algumas raças que vivem na natureza.

Os cães cantores de Nova Guiné

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças muito independentes Golden Retriever e Yorkshire são cães que gostam de curtir a companhia dos humanos Border Collie e Jack Russell Terrier são cheios de energia e amam aventura
    Por muitos anos considerados instintos, os cães cantores da Nova Guiné foram reencontrados há pouco tempo
    Por muitos anos considerados instintos, os cães cantores da Nova Guiné foram reencontrados há pouco tempo

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele
    Comportamento animal

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele

    Se você tem um felino em casa, com certeza já deve ter se questionado como saber se seu gato te ama. Pelo fato dos felinos serem muito reservados, e às vezes independentes, fica mais difícil decifrar o amor de gato - diferente dos cães, que expressam isso de um jeito eufórico e quase exagerado. Os bichanos demonstram afeto pelos humanos de um jeito delicado e único, com atitudes que podem até passar despercebidas.

    Essa espécie de cão selvagem chegou a ser considerada extinta há mais de 50 anos, quando recentemente foi reencontrado em seu habitat natural. Segundo pesquisadores, o último registro do animal em seu habitat natural tinha sido na década de 70 até então. Em 2016, uma equipe de expedição conseguiu localizar e estudar 15 cachorros selvagens em Nova Guiné. Outra equipe de acompanhamento retornou ao local em 2018 para coletar amostras de sangue e fazer estudos a fim de confirmar se existia ou não relação deles com os cães cantores. Com o resultado do estudo, foi confirmado pelos pesquisadores que os cães das montanhas são da espécie originária dos cães cantores de Nova Guiné.

    Hoje estima-se que existam 300 cães cantores no mundo. Esses animais são conhecidos pela potência de vocalização do uivo. Seu latido é algo parecido com um cântico, sendo comparado inclusive com o canto da baleia-jubarte.

    Cachorro-vinagre: o cachorro selvagem da Amazônia

    O cachorro selvagem brasileiro também está presente em alguns países vizinhos
    O cachorro selvagem brasileiro também está presente em alguns países vizinhos

    O cachorro selvagem brasileiro é chamado de cachorro-vinagre ou cachorro-do-mato-vinagre. O animal também faz parte da fauna de países vizinhos, como Peru, Venezuela, Colômbia, Equador e Guianas. Este cachorro é um predador e vive em matilhas familiares compostas por até dez indivíduos. Ele se alimenta de gambás, pacas, patos, rãs e cutias. Sua espécie é considerada o menor canídeo silvestre do país. Esse cachorro pequeno mede cerca de 30 centímetros e pesa aproximadamente 6 quilos, o que faz com que ele seja um predador feroz e ágil. Além da Floresta Amazônica, o animal também está presente em regiões como a Mata Atlântica. Pouco conhecido na América do Sul, o animal é considerado raro e está sob ameaça de extinção.

    Mabeco: o cachorro selvagem da África

    O cachorro selvagem da África tem um comportamento bem curioso na hora de caçar
    O cachorro selvagem da África tem um comportamento bem curioso na hora de caçar

    Esse cachorro selvagem africano vive em zonas de savana e vegetação esparsa. Ele é considerado o predador mais eficiente da África, com até 80% de êxito na caça. Sua população é estimada em 6,6 mil no mundo inteiro. Por muito tempo os Mabecos foram considerados danosos, levando a espécie a ser muito caçada e com alto risco de extinção na época. Em recente descoberta científica, foi observado que os Mabecos exercem um sistema democrático para decidir quando caçar. A matilha se reúne em uma forma de assembleia e se comunica por meio de um espirro sonoro que é identificado com uma forma de votação para as atividades do grupo.

    Dingo: o cão selvagem australiano

    Não se engane com a cara fofa do Dingo: o cão selvagem australiano pode ser bem perigoso
    Não se engane com a cara fofa do Dingo: o cão selvagem australiano pode ser bem perigoso

    O Dingo é considerado o maior predador terrestre da Austrália. Esses animais costumam pesar entre 13 e 20 quilos, medindo aproximadamente 55 centímetros de altura. Sendo considerado um cachorro grande, a alimentação dele é bem diversificada, consumindo desde pequenos insetos até animais maiores, como os búfalos. Esses cães se adaptam bem a desertos, florestas tropicais e montanhas. Por serem caçadores, os Dingos costumam comer gado e atacar plantações, o que levou o animal a ser ameaçado de extinção por muitas vezes ser abatido por agricultores e criadores de gado. Ao contrário dos cães domésticos, o Dingo não costuma latir muito, sendo geralmente um animal bastante silencioso e sagaz.

    Redação: Hyago Bandeira

    Descubra em infográfico como o rabo de cachorro funciona na linguagem corporal canina!

    Próxima matéria

    Descubra em infográfico como o rabo de cachorro funciona na linguagem corporal canina!

    Conheça algumas características do cachorro Mastim Tibetano, uma das raças mais raras (e caras!) do mundo
    Grandes

    Conheça algumas características do cachorro Mastim Tibetano, uma das raças mais raras (e caras!) do mundo

    O Mastim Tibetano é um cachorro de grande porte de origem chinesa, muito usado como cão de guarda, devido ao seu temperamento leal e corajoso. O cachorro Mastiff Tibetano, como também é conhecido, frequentemente aparece nas listas das raças mais raras do mundo, o que faz com que também seja um dos cães mais caros, tanto aqui no Brasil, como no mundo. Isso faz com que seja incomum encontrar o cão tibetano nas casas brasileiras, mas existe muito interesse na raça gigante do Tibete.

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande

    Um cachorro Dálmata é facilmente reconhecido graças a sua aparência particular e também ao filme “101 Dálmatas”, desenho que se tornou muito popular na década de 60 e que faz um grande sucesso até hoje. Mas o que esse cãozinho tem de tão especial, além das suas famosas manchas? Para quem sempre quis ter um Dálmata para chamar de seu, chegou o momento de desvendar tudo sobre essa raça de cachorro grande: características físicas, temperamento, personalidade, que cuidados são necessários, preço e como é a saúde desse animal. Vem que a gente te conta!

    Conhece a raça Pastor-maremano-abruzês? Veja algumas características desse cachorro grande
    Grandes

    Conhece a raça Pastor-maremano-abruzês? Veja algumas características desse cachorro grande

    O Pastor-maremano-abruzês é uma raça de cachorro grande que pertence ao grupo dos cães de pastoreio. Conhecido pela sua pelagem branca e espessa, a raça tem origem italiana e, assim como os outros animais dessa categoria de cachorros, é muito usado em fazendas e sítios. Mas nem todo mundo conhece as características físicas e a personalidade dessa raça. Se você pensa em adotar um cachorro de grande porte ou já tem um Pastor-maremano e quer saber um pouco mais sobre o temperamento, a saúde e os hábitos desse cão, essa matéria é o que você está buscando. O Patas da Casa te conta as principais características do Pastor-maremano-abruzês!.

    Pastor Belga: conheça as características, personalidade, tipos e cuidados com essa raça de cachorro
    Raças

    Pastor Belga: conheça as características, personalidade, tipos e cuidados com essa raça de cachorro

    Quem procura um companheiro de quatro patas, vai amar ter um Pastor Belga para chamar de seu! Apesar de ter diferentes variações da raça, como o Pastor Belga Laekenois e o Groenendael, uma coisa é certa: o jeitinho desse cãozinho é completamente encantador. Não importa qual você escolha para levar para casa, essa raça de cachorro - mesmo com as suas variações - possui traços de personalidade bem parecidos e os cuidados com a sua saúde também costumam ser basicamente os mesmos. Para conhecer mais a fundo a raça Pastor Belga, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse cãozinho incrível. Vem que a gente te mostra!

    Ver Todas >

    Comportamento canino: como fazer um cachorro parar de comer a ração dos outros animais da casa?
    Comportamento animal

    Comportamento canino: como fazer um cachorro parar de comer a ração dos outros animais da casa?

    Quem tem mais de um pet provavelmente tem que lidar com o intrigante comportamento do cachorro de comer a ração dos outros animais da casa, seja com o cachorro comendo a ração do gato, ou o cachorro grande comendo a ração do filhote e vice-versa. Muitos tutores ficam sem saber o que fazer com esse comportamento de cachorro, que pode ser comum. Para saber como resolver essa situação e sanar todas as dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa conversou com a veterinária Renata Bloomfield. Vem dar uma olhada no que ela contou!

    Seu gato come barata e outros bichinhos? Veja quais os perigos desse hábito do bichano e como evitar
    Comportamento animal

    Seu gato come barata e outros bichinhos? Veja quais os perigos desse hábito do bichano e como evitar

    Todo tutor se preocupa com a saúde do gato. Não é à toa que muitos investem em uma alimentação de qualidade e sempre procuram a melhor ração para dar aos bichanos. No entanto, parece que às vezes mesmo com as melhores comidas à sua disposição, os gatos insistem em procurar outros bichinhos para se alimentar. Baratas, ratos e até mesmo passarinhos acabam sofrendo nas mãos de um gato caçador. Mas por que isso acontece? Esse comportamento pode trazer prejuízos para o organismo do felino? Como evitar gato comendo rato, barata e outros bichos? Para tirar as principais dúvidas sobre o assunto, preparamos uma matéria especial para você. Veja a seguir!

    Por que o cachorro
    Comportamento animal

    Por que o cachorro "cisca" depois de fazer as necessidades? Entenda esse comportamento canino!

    De todos os comportamentos do cachorro mais inusitados, um que chama bastante atenção é o ato de “ciscar” depois de fazer xixi e cocô, principalmente na rua. Alguns doguinhos nascem sabendo fazer isso, já outros cachorros filhotes podem adquirir esse comportamento observando cachorros adultos. Em todos os casos, é algo que desperta muita curiosidade nos tutores.

    Como recolher o cocô de cachorro sem agredir o meio ambiente? Veja opções sustentáveis!
    Comportamento animal

    Como recolher o cocô de cachorro sem agredir o meio ambiente? Veja opções sustentáveis!

    Passear com cachorro na rua é essencial para saúde e o bem-estar do doguinho. Mas o que fazer com o cocô de cachorro? Certamente deixar na rua não é a forma mais educada. Você deve estar se perguntando: existe algum problema com os saquinhos de plástico? A resposta é sim! Acontece que esses materiais demoram muito tempo para se decompor no meio ambiente. Por isso, uma possível solução é buscar opções mais sustentáveis na hora de descartar o cocô de cachorro. 

    Ver Todas >