close
Comportamento

Como saber se meu gato me ama?

Atualizado · 21 de fevereiro de 2022 · 12h09

Publicado · 17/09/2019 · 18h33

Os gatinhos são animais tão carinhosos quanto os cães. Basta saber enxergar as demonstrações de afeto.
Os gatinhos são animais tão carinhosos quanto os cães. Basta saber enxergar as demonstrações de afeto.

Muitas pessoas no momento de adotar um pet para chamar de seu optam pela companhia dos felinos. Porém, por terem comportamento muito distinto dos cachorros, muitas pessoas que adotam a companhia dos bigodudos ficam na dúvida se esse sentimento é recíproco, pois a grande maioria dos felinos realmente é independente e não demanda tanto de seus donos. Para você saber identificar os sinais de afeto dos felinos, entrevistamos alguns tutores e listamos algumas demonstrações de carinhos que o gato podem fazer. Confira.

Gatos demonstram amor nos detalhes

Camille, tutora de duas gatinhas, diz que o amor é demonstrado nos pequenos gestos. “Dilma e Wanda são gatas muito carinhosas, e as duas só dormem comigo: uma na cabeça e outra nos pés”, conta a historiadora, de 26 anos. Segundo ela, o ronronar do gato quando se faz carinho também é um dos sinais de que o felino está na sua! Os olhares apaixonados pela manhã também revelam muita coisa. “Quando eu acordo elas estão sempre lá, me olhando”. Gatos, apesar dos boatos, também sentem saudades! Camille conta que suas gatas deixam isso bem claro. “Eu fico muitos dias foras de casa e quando volto é uma reclamação danada, Dilma fica miando e Wanda enrolada nas minhas pernas.”, diz ela, que é apaixonada por suas duas pets.

Geralmente, os gatos são quem te adotam

Não raro, quem adota um gato revela que eles é quem escolhem seus tutores, e não o contrário. Foi o caso de Luiz Henrique, de 33 anos, tutor de Mazekeen. “Fui na feira de adoção e lá estava a ninhada dela, acho que com uns 7 ou 8 filhotes. Quando coloquei a mão onde ela estava ela subiu na minha mão rapidinho e se aninhou na palma da minha mão, e não saiu mais de lá”, conta. O analista de dados diz que sempre ouviu que gatos não são confiáveis e que não gostam de seus donos, e que sempre preferiu os cães, até conhecer sua gatinha. “Quando resolvi adotar um pet, a primeira opção era um cachorro, até que a Maze me escolheu e não me arrependo de forma alguma. Ela é super carinhosa e adora ficar perto, nunca se esconde, está sempre brincando e chamando a atenção. É extremamente confiável e não tem absolutamente nada de traiçoeira”, enfatiza.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Se esfregar em você e ronronar ao receber carinho são demonstrações de carinho do seu gato.
    Se esfregar em você e ronronar ao receber carinho são demonstrações de carinho do seu gato.

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    Saiba reconhecer as demonstrações de carinho do seu gato

    Apesar de não serem óbvios, existem alguns sinais de que o seu bichano te ama e está muito feliz com a sua companhia. Nós fizemos uma lista desses dessas demonstrações de afeto para você saber e se sentir amado cada vez que observar o seu gatinho fazendo uma dessas coisas em casa. Confira.

    • Dar pequenas lambidas: Já se perguntou porquê os gatos lambem os tutores? Isso é uma das demonstrações de carinho deles. Isso é parte de um ritual de limpeza feito pelas mães com os filhotes e reproduzido como carinho entre eles.
    • Dar cabeçadas: isso pode ser uma maneira de chamar atenção e de demonstrar carinho. Assim como lamber, esse também é um hábito passado da mãe para os filhotes e reproduzido entre os membros do grupo.
    • Trazer “presentinhos”: se você já acordou com um animal de pequeno porte morto próximo à cama, pode se considerar amado. Os gatos são predadores e se eles trazem uma presa para você é um sinal de mais alta estima.
    • Ronronar: o famoso “motorzinho” que liga quando você faz carinho ou quando ele está no seu colo é o sinal máximo de carinho dos gatos.

    Respeite a personalidade do seu gato

    Derrubado o mito de que gatos são traiçoeiros e desapegados, é necessário respeitar a personalidade do seu bichinho. Nem todo gato é igual. Quem fala um pouco sobre isso é a estudante de publicidade e atendente comercial Elaine, de 22 anos, que tem três gatos muito diferentes. “O Tobias é desconfiado e arisco, mas ele deixa a gente fazer carinho na barriga, eu beijo ele e ele não me arranha, mas é da personalidade dele mesmo. Com outras pessoas, ele sai de perto”, diz ela, que tem o tratamento oposto com suas outras duas gatas, Charlotte e Margot. “Elas são bem parecidas, amam um carinho: esfregam a cabeça nas nossas pernas, brincam e mordem fraquinho as mãos, querem dormir sempre com a gente, piscam pra a gente, fazem charminho, essas coisas.”, diz Elaine, que é louca pelos seus gatos, a quem chama de “filhos”.

    Nada de preconceito!

    O importante, de fato, é afastar o preconceito de que gatos não são animais domésticos companheiros. A verdade é que eles podem ser grandes amigos, e te amarem muito, demonstrando seus sentimentos de formas diferentes. Pode ser o motivo de os gatos lamberem seus donos, ou dormirem com eles, fazerem festa ou simplesmente permitirem que os faça carinho: cada animal tem seu próprio modo de manifestar seu amor. Basta apenas sentir!

    Redação: Karoline Nascimento Miranda

    Gato-do-deserto: a raça de gato selvagem que fica com tamanho de filhote durante toda a vida

    Próxima matéria

    Gato-do-deserto: a raça de gato selvagem que fica com tamanho de filhote durante toda a vida

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!

    Durante muito tempo, cachorro e gato foram declarados inimigos. Algumas pessoas acreditavam que onde havia um cão não poderia ter um gato e vice-versa. Se antes eles não tinham o hábito de conviver, hoje moram juntos e alguns até são inseparáveis. Mas atenção! Nem sempre os animais se entendem de primeira e o processo de adaptação requer tempo e paciência do tutor para que aprendam a respeitar a presença um do outro. Para você que tem um cãozinho e um gatinho e precisa de ajuda para adaptá-los, separamos oito truques para melhorar a convivência. O adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro, deu algumas dicas e também conversamos com a cat-sitter Nathane Ribeiro, que tem três gatos e já precisou adaptá-los com um cão. Veja o que eles disseram!

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!

    A rivalidade entre cães e gatos é tão histórica que até ditado popular ela já virou. Mesmo assim, no dia a dia o que não falta por aí são donos de pet que não conseguem decidir entre uma das espécies e dividem o amor com os cachorros e gatos ao mesmo tempo e embaixo do mesmo teto. A parte boa disso é que você não precisa aceitar que eles vão viver sempre em pé de guerra: juntar cachorro e gato em casa é possível, sim! Descubra, aqui embaixo, como você pode aproveitar a companhia de dois animaizinhos completamente diferentes, mas que também podem se tornar super amigos!

    Ver Todas >

    Gato arrepiado: o que o comportamento significa?
    Comportamento animal

    Gato arrepiado: o que o comportamento significa?

    O pelo de gato exerce uma função importante tanto na proteção do corpo e da pele, como também na linguagem corporal felina. Sim, é isso mesmo: mesmo sem um vocabulário, os bichanos são capazes de expressar sentimentos e vontades com movimentos, posições específicas e até mesmo com o estado da pelagem. Se você já viu um gato arrepiado, deve entender do que estamos falando!

    Como treinar cachorro para frequentar locais pet friendly?
    Comportamento animal

    Como treinar cachorro para frequentar locais pet friendly?

    O termo “pet friendly” nunca esteve tão em alta quanto agora. Todo mundo sabe que os cães são grandes companheiros dos humanos e carregam até o título de melhores amigos. Mas, mesmo fazendo parte da nossa família há tanto tempo, foi recentemente que esses pets conquistaram um “espaço” definitivo nos momentos de lazer dos tutores. É aqui que entra a ideia de pet friendly: hotéis, pousadas, restaurantes, shoppings, mercados e vários outros estabelecimentos hoje em dia recebem os peludos de braços abertos (em alguns cidades, como no Rio de Janeiro, é lei!).

    Gatos famosos: conheça os 10 personagens felinos mais icônicos da ficção
    Comportamento animal

    Gatos famosos: conheça os 10 personagens felinos mais icônicos da ficção

    Ao decidir abrir as portas de casa para um bichano, vários tutores se inspiram em nomes de gatos famosos para apelidar o próprio pet. E acredite: existem muitas referências de gatinhos bem populares, principalmente quando entramos no mundo da ficção. Filmes, séries, quadrinhos, gibis, animações: em todos esses cenários é possível encontrar personagens totalmente icônicos.

    Comportamento do gato: aprenda alguns exercícios para estimular a cognição do seu pet
    Comportamento animal

    Comportamento do gato: aprenda alguns exercícios para estimular a cognição do seu pet

    Oferecer brinquedos interativos para gatos e investir em exercícios mentais normalmente são uma excelente forma de estimular as habilidades cognitivas do seu amigo de quatro patas. Afinal, mesmo que os felinos não tenham a mesma capacidade de raciocínio dos seres humanos, eles são bem inteligentes e capazes de aprender muita coisa. Além do mais, quando os instintos selvagens dos gatos são instigados, a cognição também é estimulada. 

    Ver Todas >