close
Cuidados

Como funciona o aplicador de comprimidos para gatos?

Atualizado · 27 de janeiro de 2021 · 16h46

Publicado · 27/01/2021 · 16h46

Dar remédio para gato é sempre um desafio para os tutores
Dar remédio para gato é sempre um desafio para os tutores

Cuidar da saúde dos gatos não é uma tarefa tão simples, ainda mais quando são diagnosticados com alguma doença que requer o uso de medicamentos. A maioria dos felinos tem o paladar exigente, não gosta de ser "agarrado" no colo e odeia qualquer coisa que o tire da zona de conforto, características que transformam a hora de dar comprimido em um grande desafio. Ainda assim, os remédios não podem deixar de ser administrados. São muitas as dicas que circulam na internet de como dar remédio para os bichanos e certamente o uso do aplicador de comprimidos para gatos é um dos métodos mais fáceis. Veja como ele funciona! 

Saiba como usar o aplicador de comprimido para gatos

Não tem problema se você não tem nenhuma experiência com o acessório, pois ele foi feito justamente para facilitar o procedimento para os pais de primeira viagem ou para gatos que são muito agitados e rebeldes. O aplicador de comprimido para gatos funciona como se fosse uma seringa acompanhada de um ponteira de silicone acoplada na extremidade, que é onde o remédio vai ser inserido. 

Para usar o aplicador de remédio para gatos é bem simples: basta esperar um momento em que o animal esteja calmo e tranquilo e, com a ajuda de uma outra pessoa para segurá-lo, o tutor deve colocar o aplicador dentro da boca do gato para soltar o comprimido próximo a garganta. A posição em que o gato está também é bem importante. O ideal é que o gatinho esteja de barriga para cima ou com a boca virada para a parte de cima. Isso facilita a entrada do medicamento e deixará ele com menos possibilidade de cuspir o comprimido. 

Depois que o comprimido for inserido na boca, é só massagear a garganta do felino até que ele engula completamente o comprimido. Não é necessário tentar colocar o comprimido no fundo da garganta, porque isso pode acabar deixando o bichano ainda mais estressado com a situação.

A presença de uma segunda pessoa para segurar o gato é muito importante para evitar possíveis fugas e/ou machucados. No entanto, se isso não for possível, é só o tutor sentar o gato e deitá-lo de barriga para cima, segurando-o pelas pernas. Depois, é só inclinar a cabeça do animal um pouco para trás, segurando os cantos da boca dele e, com o aplicador de comprimido, colocar o remédio na garganta dele (não precisa ser tão lá no fundo, mas a uma distância suficiente para o gato não conseguir cuspir o remédio). 

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Ter uma segunda pessoa para segurar o gato facilita o uso do aplicador de comprimidos
    Ter uma segunda pessoa para segurar o gato facilita o uso do aplicador de comprimidos

    Mais Lidas

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente.

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Afinal, um gato vive quantos anos? Não é mistério que a companhia de um bichano muda a vida de qualquer pessoa para melhor, e, se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre. No entanto, isso não é possível e muitos tutores têm dúvidas quando o assunto é a expectativa de vida. Gato, querendo ou não, é como se fosse um filho, e é muito fácil se apegar a esses animais no dia a dia. 

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    Outras dicas que podem ajudar na hora de usar o aplicador de comprimido

    A verdade é que com o aplicador de comprimidos, gatos tomam o remédio mais facilmente, mas nem por isso o tutor pode se desligar de alguns cuidados. Para deixar o processo ainda mais prático e menos estressante para você e o seu amigo de quatro patas, separamos algumas dicas que podem ajudar:

    1) Mantenha as unhas do gato aparadas. Lembre-se que os bichanos não gostam de remédio, então mesmo com o aplicador comprimido, o gato pode acabar te arranhando por puro instinto de proteção. Por isso, é fundamental cortar as unhas do gato e mantê-las com um tamanho adequado para evitar possíveis machucados nessas horas.

    2) Escolha o momento adequado. Não adianta querer dar o remédio na hora em que o gato estiver mais agitado, porque o trabalho vai ser em dobro. O ideal é observar o comportamento do anima e somente dar o remédio quando perceber que ele está mais calmo e tranquilo. Não esqueça de deixar o aplicador de comprimido por perto para facilitar.

    3) Ofereça um “mimo” depois de dar o remédio. É importante associar esse momento a algo positivo para que não haja tanto estresse no futuro. Por isso, dê um petisco ou carinho depois de usar o aplicador de comprimidos para gatos para deixá-lo mais confortável com a situação.

    Redação: Juliana Melo

    Conheça 8 plantas que gatos podem comer!

    Próxima matéria

    Conheça 8 plantas que gatos podem comer!

    Como dar comprimido para gato? Confira 6 dicas que irão ajudar
    Cuidados

    Como dar comprimido para gato? Confira 6 dicas que irão ajudar

    Quem tem gato já deve ter percebido a guerra que é dar remédio, principalmente quando é comprimido. Isso porque, diferente dos cachorros que costumam aceitar o remédio disfarçado na comida, os gatos são muito seletivos e conseguem perceber qualquer coisa diferente no potinho. Caso o seu gato seja guloso, você até pode tentar amassar o comprimido até virar pó e misturar no sachê para gatos, mas se essa técnica não funcionar, você pode tentar outras que vamos ensinar!

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Veterinário online é uma boa ideia? Como funciona? Veja como profissionais e tutores se adequaram na pandemia
    Saúde

    Veterinário online é uma boa ideia? Como funciona? Veja como profissionais e tutores se adequaram na pandemia

    Já pensou em ter uma consulta com um veterinário online? Embora seja um serviço relativamente recente, esse tipo de atendimento chegou para facilitar a vida dos tutores. O grande diferencial é que, com a possibilidade de um veterinário gratuito online, fica muito mais fácil tirar eventuais dúvidas sobre o comportamento e cuidados com o animal sem precisar sair de casa.

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Ver Todas >

    Como construir um canil para cachorro adequado?
    Cuidados dos animais

    Como construir um canil para cachorro adequado?

    Quando falamos de canil para cachorro, o primeiro lugar que nos vem à mente são os abrigos para animais. Porém, canil para cachorro também é o nome dado a um cantinho feito especialmente para seu pet se divertir em uma área externa. Essa é a melhor solução para quem não pode deixar o doguinho dentro de casa ou quer oferecer um cantinho para ele no quintal. Qualquer cão se beneficia desse modelo de casinha para cachorro - grande, pequeno, de raça ou vira-lata. 

    Pata de cachorro: veja como amenizar o cheiro de
    Cuidados dos animais

    Pata de cachorro: veja como amenizar o cheiro de "chulé" do seu cãozinho

    Existem diferentes causas para o chulé em cachorro mas, seja qual for o motivo, o cheiro de “salgadinho” na pata de cachorro pode incomodar bastante quem vive com o pet. Muitos tutores não sabem o que fazer quando o cachorro tem chulé, mas a verdade é que o problema pode ser amenizado de maneiras mais simples do que você imagina. O Patas da Casa te explica como limpar pata de cachorro corretamente e dá dicas de produtos (como o hidratante para patas de cachorro) que vão ajudar - e muito - a acabar com o odor. Confira!

    Gato com medo de ir ao veterinário: como preparar o pet dias antes da consulta?
    Cuidados dos animais

    Gato com medo de ir ao veterinário: como preparar o pet dias antes da consulta?

    O gato estressado ou com medo de ir ao veterinário é muito comum, principalmente quando o animal não está acostumado a sair de casa ou ficar “preso” na caixinha. Os felinos gostam de se sentir no controle do ambiente e são muito apegados com a rotina, então qualquer pequena mudança - como uma simples ida ao veterinário - pode deixar o gato com medo e irritado. 

    Tudo sobre o cocô de cachorro
    Cuidados dos animais

    Tudo sobre o cocô de cachorro

    Poucos tutores têm consciência disso, mas é muito importante observar o cocô de cachorro sempre que ele evacua. O aspecto das fezes revela várias coisas sobre a saúde dos nossos amigos de quatro patas, e por isso devemos ter um cuidado especial na hora de retirá-las e jogá-las fora. Existem vários tipos de fezes de cachorro, com coloração e textura distintas, e saber o que cada tipo significa é necessário para saber quando o animal está saudável ou precisa ir ao veterinário.

    Ver Todas >