Ração

Como fazer a troca de ração do meu cachorro?

Saiba como fazer a troca de ração em cada fase de vida do seu cachorro
Saiba como fazer a troca de ração em cada fase de vida do seu cachorro

A troca de ração é um ponto muito importante na alimentação do seu cachorro. Uma dieta saudável, nutritiva e saborosa é essencial para a saúde e bem estar tanto do filhote quanto dos cães idosos. Mudar o tipo de ração, marca ou até mesmo quantidade pode parecer uma preocupação até meio boba, mas faz muita diferença!

Os cachorros têm o paladar muito aguçado e o sistema digestório muito delicado. Para não criar nenhuma resistência quanto ao sabor, tamanho e textura do grão ou problemas no estômago e intestino é importante que a troca seja feita da maneira gradual. Para te ajudar, vamos dar algumas dicas nos diferentes momentos de troca.

Passo a passo de como fazer a troca da ração

A troca da ração deve ser gradual para que o cachorro não recuse a comida ou tenha algum problema por conta da nova alimentação. A adaptação dura 7 dias. Acompanhe o passo a passo:

  • Nos dois primeiros dias: 75% da ração atual + 25% da ração nova
  • No 3º e 4º dia: 50% da ração atual + 50% da ração nova
  • No 5º e 6º dia: 25% da ração atual + 75% da ração nova
  • No 7º dia: 100% da ração nova

Como fazer a troca da ração de filhote para a de adulto

A ração de filhote é formulada especificamente para a dentição mais frágil e necessidades nutricionais para o desenvolvimento do cãozinho. Conforme eles vão crescendo, a mastigação começa a ficar mais forte, não têm a necessidade de ganhar peso e precisam substituir alguns nutrientes na alimentação. A partir dos 12 meses, os filhotinhos deixam de ser bebês, mas é o veterinário quem deve indicar o melhor momento para a troca da ração.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Veja como fazer a transição de ração do seu cachorro
    Veja como fazer a transição de ração do seu cachorro

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Muitos tutores questionam se podem oferecer legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de ser muito saudável, esse tipo de alimento ajuda a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas. Mesmo se alimentando de ração diariamente, não há uma restrição que impede o cão de comer alimentos gostosos por fora, como vegetais e frutas variadas. O importante é que o tutor respeite a saúde do cachorro e ofereça com moderação, é claro - lembrando que sempre vale conversar com o veterinário antes de qualquer decisão.

    Como fazer a troca da ração de adulto para a de sênior


    Mais uma fase de troca de ração e dessa vez o motivo é que, dependendo do porte e da raça, a partir dos 7 anos o animal já pode ser considerado idoso. Assim como em humanos, os cachorros precisam de nutrientes para fortalecer as articulações e o sistema imunológico. Com a idade, eles também vão perdendo a energia e vitalidade e pode ser que engordem (o que não é indicado, já que os ossos e músculos vão perdendo a força). Além disso, eles podem perder alguns dentinhos e a mastigação fica mais difícil. Em todos os casos, a troca tanto de ração seca quanto a inclusão de ração úmida precisa ser gradual para não prejudicar a saúde dos nossos velhinhos peludos.

    Como fazer a troca de tipo de ração


    Obesidade, problema renal, alergias alimentares, dermatites, problemas neurológicos ou outros podem ser motivos da troca de ração e a alimentação é aliada no tratamento. Para isso, o veterinário pode indicar uma ração específica e que tenha adição de nutrientes ou exclusão de outros de acordo com cada necessidade. Esses casos são mais delicados e precisam seguir à risca a orientação com seu veterinário. Pergunte a ele se a troca pode ser gradual ou se precisa ser trocada imediatamente. Seja como for, com certeza será o melhor para a saúde do seu cachorro!

    Como fazer a troca de marca de ração


    Essa troca, apesar de ser fácil, precisa de cuidados. Seja qual o for o motivo (preço, sabor ou outro), a substituição pode afetar a digestão, fezes e hálito do cachorro. Além disso, o próprio cão pode recusar a ração caso o sabor não agrade. Sim, eles têm o paladar apuradíssimo e podem rejeitar a comida para te chantagear. Por isso, como em todos os casos, a troca precisa ser gradual. Para ter certeza que a nova ração vai suprir todas as necessidade e nutrientes, consulte o veterinário.

    5 alimentos que gatos não podem comer de jeito nenhum

    Próxima matéria

    5 alimentos que gatos não podem comer de jeito nenhum

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?
    Ração

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

    É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente.

    Ração de cachorro específica para raças: como funciona? Tem alguma diferença nutricional? Vale a pena?
    Ração

    Ração de cachorro específica para raças: como funciona? Tem alguma diferença nutricional? Vale a pena?

    Não importa se é um cachorro grande ou pequeno: todos os animais precisam se alimentar adequadamente, e é para isso que existem as rações. Fonte de nutrientes essenciais para manter a saúde do seu pet em dia, a ração de cachorro pode ser encontrada em diferentes versões (Standard, Premium e Super Premium) e normalmente é indicada para portes e fases da vida específicos. Contudo, ao longo dos últimos anos, a comercialização de produtos voltados para determinadas raças foi se tornando popular. 

    Dente de cachorro: um guia completo sobre a anatomia, troca de dentes e cuidados	com a saúde bucal do pet
    Cuidados

    Dente de cachorro: um guia completo sobre a anatomia, troca de dentes e cuidados com a saúde bucal do pet

    Apesar de não serem muito lembrados no dia a dia, os dentes de cachorro exercem um papel super importante na vida do animal: alimentação, brincadeiras e comportamentos são influenciados por eles. Para começar, é com essa parte do corpo que os cães (principalmente os bebês) conhecem muitas coisas no mundo. Quando ainda são cachorros filhotes, aprendem sobre limites: se morder o irmãozinho e ele reclamar, é porque precisa diminuir a força e morder com carinho - ele vai lembrar disso por toda a vida. O processamento dos alimentos que o cachorro come fica por conta deles também.

    Ração úmida ou seca para cachorros: qual é a melhor?
    Ração

    Ração úmida ou seca para cachorros: qual é a melhor?

    A ração é uma das principais preocupações de quem tem um grande amigo em casa. Quando o assunto é alimentação, várias dúvidas surgem: o que ele pode comer, qual é melhor, que tipo de ração é adequada para o seu pet. As versões seca e úmida são os tipos de alimento oferecidos, e com a diversidade de produtos disponíveis no mercado, fica até difícil escolher o que se adequa mais ao seu bichinho. Se esse é o seu caso e você não consegue decidir qual comida é melhor para o seu cachorro, tire todas as suas dúvidas aqui e descubra como alimentá-lo melhor.

    Ver Todas >

    Pode misturar a ração seca com o sachê para gatos?
    Alimentação animal

    Pode misturar a ração seca com o sachê para gatos?

    A alimentação do gato é, sem dúvidas, uma das formas mais eficientes de cuidar da saúde do animal. O problema é que os felinos possuem um paladar bem rigoroso, e não é todo tipo de comida que os agrada. A ração seca para gatos até pode ser uma opção bem nutritiva (e também econômica para os tutores), mas o interesse dos bichanos pelos famosos sachês é muito maior. E se desse para unir o melhor dos dois mundos? 

    Alimentos proibidos para cachorro: qual o efeito das gorduras no organismo do animal?
    Alimentação animal

    Alimentos proibidos para cachorro: qual o efeito das gorduras no organismo do animal?

    Cuidar da nutrição é fundamental para que seu cãozinho tenha uma vida saudável. Saber quais são os alimentos proibidos para cachorro, que nutrientes são fundamentais e como eles agem no corpo do animal ajudam o tutor a fornecer uma dieta mais balanceada e benéfica para o animal. A gordura - ou lipídio - é um dos principais nutrientes que precisam fazer parte da alimentação do cão. Sua presença no organismo traz inúmeros benefícios à saúde do animal. Mas como tudo em excesso, a gordura também pode trazer malefícios se não houver controle. 

    Como o comedouro lento para cachorro ajudará seu pet que come muito rápido?
    Alimentação animal

    Como o comedouro lento para cachorro ajudará seu pet que come muito rápido?

    Quando o cachorro come muito rápido, ele fica mais propenso a desenvolver vários probleminhas de saúde relacionados com a má digestão. Para evitar que isso aconteça, o comedouro lento para cães é um acessório que faz toda a diferença e serve para ensinar o cachorro a comer mais devagar. Dentre os vários benefícios que o item oferece, a mudança no comportamento do cãozinho - e, consequentemente, na sua saúde - é uma das mais perceptíveis.

    Quais os nutrientes mais importantes da ração de cachorro e o impacto na saúde do animal?
    Alimentação animal

    Quais os nutrientes mais importantes da ração de cachorro e o impacto na saúde do animal?

    A alimentação do cachorro tem um papel muito importante na saúde do animal. A ração para cachorro é um alimento completo - ou seja, possui diversos nutrientes essenciais que trazem inúmeros benefícios ao organismo do pet. Os macronutrientes (como proteínas e lipídios) ou micronutrientes (como minerais e vitaminas) atuam em diferentes órgãos, como o coração de cachorro, e funções do organismo, como o sistema nervoso do cachorro. 

    Ver Todas >