Adoção

Como fazer a adaptação de gatos a novos donos?

Confira algumas dicas de como fazer   o gato se acostumar com novo dono a seguir!
Confira algumas dicas de como fazer o gato se acostumar com novo dono a seguir!

Os gatos são animais bastante apegados com a rotina e, por isso, qualquer tipo de mudança pode afetar significativamente o humor deles, deixando-os estressados e ansiosos. Isso não é diferente com a adaptação de gatos a novos donos, principalmente se ele já for um gato adulto (os filhotes têm mais facilidade nesse processo porque ainda não têm uma rotina tão estabelecida). Portanto, saber como fazer um gato se adaptar a um novo lar e ao seu novo dono é um ponto crucial nesse momento, sem forçar a barra. Para te ajudar nessa missão, o Patas da Casa preparou uma matéria com algumas dicas e uma história real de adaptação de uma gatinha com a sua nova dona. Vem que a gente te conta como acostumar gato em outro ambiente e numa nova família!

Adaptação de gatos a novos donos: o passado do bichano pode influenciar

Para começar, é preciso entender que seu gato tem um passado e já teve uma família antes de você (ou pode ter vivido anos em um abrigo). Nem sempre é possível saber exatamente como era a rotina do felino no antigo lar, mas é importante você ter noção de isso isso influencia o comportamento durante o processo de adaptação de gatos a novos donos.

Esse foi o caso da Paçoca, gatinha da Mariana Maciel, que passou dois anos com a sua primeira família antes de ser devolvida para o abrigo e, então, adotada novamente pela Mari. “A história que chegou para mim é de que a mulher que a havia adotado foi vítima de violência doméstica e precisou devolver a gatinha ao abrigo. No primeiro ano da adoção, percebia que ela se assustava com barulhos altos, principalmente vozes masculinas. Tinha também uma grande dificuldade em confiar nas pessoas”.

Como fazer o gato se acostumar com novo dono e novo lar?

Embora não exista uma fórmula certa para a adaptação de gatos a novos donos, tem uma coisa básica que você pode (e deve) fazer pelo seu bichano: dê espaço a ele. Nesse primeiro momento, é bem provável que o animal vá estranhar o ambiente e ficar um pouco mais recluso, mas isso faz parte do processo. Enquanto alguns gatos podem ficar mais agressivos e ter problemas de comportamento no novo lar, outros podem ficar mais apáticos e até mesmo acabar se escondendo pela casa, que nem a Paçoca. “Ela passou o primeiro dia escondida no canto do banheiro e os dias seguintes acuada, desconfiando até da comida oferecida”.

Contudo, não devemos esquecer que cada caso é um caso e toda a adaptação vai depender muito da personalidade e do histórico do bichano. Para saber como fazer um gato se adaptar a um novo lar, é preciso entender que o animal precisa de um tempinho e de espaço para digerir tantas mudanças. “Foi uma questão de tempo, apenas, para que a Paçoca entendesse que poderia confiar em mim e, aos poucos, entender que aquele era o território dela”, conta Mariana.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças muito independentes Golden Retriever e Yorkshire são cães que gostam de curtir a companhia dos humanos Border Collie e Jack Russell Terrier são cheios de energia e amam aventura
    Adaptação: gatos têm maneiras diferentes de se comportar. A Paçoca, depois de um tempo, já estava super bem na nova casa.
    Adaptação: gatos têm maneiras diferentes de se comportar. A Paçoca, depois de um tempo, já estava super bem na nova casa.

    Mais Lidas

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Se você está pensando em ter um pinscher na sua vida pode estranhar a numeração que normalmente acompanha o nome da raça. O cachorro pinscher é conhecido por ser bem pequeno, mas ainda assim há variações de tamanho: as classificações 0, 1, 2 ou miniatura são super importantes para saber a dimensão aproximada do cãozinho. Além disso, pode ajudar muito na hora de decidir pelo seu novo melhor amigo.

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!
    Adote um animal

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!

    Às vezes, a vontade de adotar um gatinho é tão grande que acabamos nos precipitando e não dando a devida atenção a alguns detalhes muito importantes, como o sexo do filhote. É muito normal achar que adotou uma fêmea e só depois descobrir que o gato, na verdade, é macho. Nós sabemos que não é nada fácil diferenciar o órgão genital do gato logo nos primeiros meses de vida do animal. Se você faz parte deste time, não se preocupe, isso é muito comum!

    Conheça as 10 raças de cachorro mais populares no Brasil!
    Adote um animal

    Conheça as 10 raças de cachorro mais populares no Brasil!

    Não há dúvidas de que os cachorros são os pets mais populares no Brasil. A fama de melhor amigo do homem não é à toa: 44,5% - ou seja, quase metade - dos lares têm pelo menos um cachorro no país, segundo a Faculdade de Medicina Veterinária da USP. Mas será que existe uma raça que é mais popular que as outras?

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)
    Adote um animal

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)

    O Yorkshire é um cãozinho muito popular nos lares brasileiros. Pequeno, fofo, esperto e bem brincalhão: companheirismo é uma característica marcante nesses mini-cães, ideais para apartamentos, famílias com crianças ou mesmo pessoas que moram sozinhas e querem um amigo fiel. O Yorkshire Terrier é reconhecido de longe pelas duas cores na pelagem, o tamanho e por sua característica única: as orelhas para cima. Quer saber tudo sobre o cachorro yorkshire? Então continue acompanhando a leitura!

    Afinal, quanto tempo um gato leva para se adaptar?

    Podem ser duas semanas, um mês ou até mesmo um ano, mas o importante é não desistir. O processo geralmente é mais demorado se o animal tiver um passado mais traumático e problemas de confiança nos humanos, mas existem pequenos passos que são dados com o tempo. No caso da Paçoca, por exemplo, Mariana conta que depois de duas semanas a gatinha já estava até um pouco mais confortável do que nos primeiros dias, mas só depois de dois meses é que ela passou a se sentir totalmente à vontade no novo ambiente. Já a construção de uma relação afetuosa com a tutora demorou um pouco mais. “O carinho que ela tem por mim demorou um pouco mais de seis meses para se desenvolver completamente. Confiança é uma construção, mesmo com animais. No início ela era muito desconfiada, sem interesse nenhum em carinho e brincadeiras. Hoje somos inseparáveis e ela é extremamente carinhosa comigo e com as pessoas que apresento a ela”.

    Adaptação: gatos dão alguns sinais quando estão mais confortáveis

    Os gatos podem até não falar como os humanos, mas a linguagem corporal felina diz muita coisa sobre eles. A forma como eles mexem o rabo, as orelhas e até a postura que adotam é muito importante para entender como os gatos se sentem em um determinado ambiente. Por isso, procure sempre entender os sinais dados pelo bichano, isso ajuda a melhorar bastante a comunicação entre vocês! “Para mim foi muito marcante ver a Paçoca dormindo de barriga para cima durante o dia, completamente relaxada. Já tinha lido que gatos tem uma questão com a própria barriga, que aparentemente é uma área muito vulnerável e eles a protegem sempre. Ver que ela não estava mais achando que precisava se proteger foi um alívio”, reflete Mariana.

    Algumas dicas de como acostumar gatos em outro ambiente

    Quer saber como fazer um gato se adaptar a um novo lar? O primeiro passo é preparar um ambiente bem confortável para o felino e com tudo que ele precisa! Caminha, brinquedos, arranhador, potinho de comida e água (uma boa opção são as fontes de água para gatos) são fatores essenciais para promover uma boa qualidade de vida aos felinos. Além disso, se você adotar o gatinho diretamente de outra família, procure saber um pouco mais sobre a sua personalidade, do que ele gosta de fazer, o que gosta de comer e como é a rotina dele no geral. Isso pode ajudar bastante no processo de adaptação do seu gatinho!

    Redação: Juliana Melo

    Conheça algumas raças de gatos exóticos!

    Próxima matéria

    Conheça algumas raças de gatos exóticos!

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!

    A rivalidade entre cães e gatos é tão histórica que até ditado popular ela já virou. Mesmo assim, no dia a dia o que não falta por aí são donos de pet que não conseguem decidir entre uma das espécies e dividem o amor com os cachorros e gatos ao mesmo tempo e embaixo do mesmo teto. A parte boa disso é que você não precisa aceitar que eles vão viver sempre em pé de guerra: juntar cachorro e gato em casa é possível, sim! Descubra, aqui embaixo, como você pode aproveitar a companhia de dois animaizinhos completamente diferentes, mas que também podem se tornar super amigos!

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!

    Durante muito tempo, cachorro e gato foram declarados inimigos. Algumas pessoas acreditavam que onde havia um cão não poderia ter um gato e vice-versa. Se antes eles não tinham o hábito de conviver, hoje moram juntos e alguns até são inseparáveis. Mas atenção! Nem sempre os animais se entendem de primeira e o processo de adaptação requer tempo e paciência do tutor para que aprendam a respeitar a presença um do outro. Para você que tem um cãozinho e um gatinho e precisa de ajuda para adaptá-los, separamos oito truques para melhorar a convivência. O adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro, deu algumas dicas e também conversamos com a cat-sitter Nathane Ribeiro, que tem três gatos e já precisou adaptá-los com um cão. Veja o que eles disseram!

    Lei de maus-tratos a animais: entenda o que muda com a nova legislação e como proteger cães e gatos
    Cuidados

    Lei de maus-tratos a animais: entenda o que muda com a nova legislação e como proteger cães e gatos

    Para garantir que nenhum animal de estimação seja maltratado, foi criada, em 1998, a lei de contra maus-tratos aos animais, transformando qualquer agressão a cães e gatos um crime previsto no artigo 32 da Lei Federal nº 9.605. No entanto, nos últimos anos algumas alterações foram feitas dentro dessa legislação, e é importante entender o que mudou e, principalmente, como denunciar maus-tratos a cachorro e gato.   

    Ver Todas >

    Fox Paulistinha: conheça todas as características da raça Terrier Brasileiro
    Adote um animal

    Fox Paulistinha: conheça todas as características da raça Terrier Brasileiro

    É praticamente impossível viver no Brasil e nunca ter ouvido falar no Fox Paulistinha (mini Terrier Brasileiro). Esta é uma das raças de cachorro mais queridinhas entre os tutores por um simples motivo: este cãozinho tem uma facilidade imensa em conquistar qualquer pessoa por causa do seu jeitinho cativante e cheio de energia. Além disso, o Fox Terrier Brasileiro também é super versátil e consegue se adaptar muito bem a qualquer ambiente.

    22 fotos de filhotes das raças mais comuns do Brasil para você se apaixonar
    Adote um animal

    22 fotos de filhotes das raças mais comuns do Brasil para você se apaixonar

    É praticamente impossível resistir à fofura dos filhotes de cachorro. Pequeninos, os cãezinhos têm uma facilidade enorme em conquistar nossos corações apenas com um olhar e algumas lambidas. Não é à toa que, geralmente, a maioria das pessoas acaba comprando ou adotando um cachorro filhote. Além de ser mais fácil de treinar e adaptar esses cães a um novo ambiente, outro motivo claro para essa escolha é que os filhotinhos são realmente muito fofos.

    Gato Persa: 12 curiosidades sobre o felino da raça
    Adote um animal

    Gato Persa: 12 curiosidades sobre o felino da raça

    Essa apaixonante raça é uma das mais populares entre os amantes de felinos: o gato Persa, além de sua aparência exótica, tem uma personalidade única que encanta os gateiros. Dóceis e muito afetuosos, os Persas apreciam ambientes calmos. Embora muita gente já conheça seu temperamento e sua aparência, existem algumas singularidades da raça de gato que não são muito populares. 

    Norsk Lundehund: conheça algumas curiosidades sobre essa raça de cachorro com 6 dedos
    Adote um animal

    Norsk Lundehund: conheça algumas curiosidades sobre essa raça de cachorro com 6 dedos

    Existem diferentes raças de cachorro espalhadas pelo mundo. Algumas são mais conhecidas, outras menos… e ainda tem cachorro de raça que quase ninguém conhece, como é o caso do Norsk Lundehund. Esta raça é considerada bastante rara e é originária da Noruega, mas o que realmente chama a atenção é que, diferente de outros cães, o Norsk Lundehund - também chamado de Lundehund Norueguês.

    Ver Todas >