Adoção animal

Como fazer a adaptação de gatos a novos donos?

Publicado - 12 Junho 2020 - 15h33

Atualizado - 29 Abril 2024 - 08h09

Os gatos são animais bastante apegados com a rotina e, por isso, qualquer tipo de mudança pode afetar significativamente o humor deles, deixando-os estressados e ansiosos. Isso não é diferente com a adaptação de gatos a novos donos, principalmente se ele já for um gato adulto (os filhotes têm mais facilidade nesse processo porque ainda não têm uma rotina tão estabelecida). Portanto, saber como fazer um gato se adaptar a um novo lar e ao seu novo dono é um ponto crucial nesse momento, sem forçar a barra. Para te ajudar nessa missão, o Patas da Casa preparou uma matéria com algumas dicas e uma história real de adaptação de uma gatinha com a sua nova dona. Vem que a gente te conta como acostumar gato em outro ambiente e numa nova família!

Adaptação de gatos a novos donos: o passado do bichano pode influenciar

Para começar, é preciso entender que seu gato tem um passado e já teve uma família antes de você (ou pode ter vivido anos em um abrigo). Nem sempre é possível saber exatamente como era a rotina do felino no antigo lar, mas é importante você ter noção de isso isso influencia o comportamento durante o processo de adaptação de gatos a novos donos.

Esse foi o caso da Paçoca, gatinha da Mariana Maciel, que passou dois anos com a sua primeira família antes de ser devolvida para o abrigo e, então, adotada novamente pela Mari. “A história que chegou para mim é de que a mulher que a havia adotado foi vítima de violência doméstica e precisou devolver a gatinha ao abrigo. No primeiro ano da adoção, percebia que ela se assustava com barulhos altos, principalmente vozes masculinas. Tinha também uma grande dificuldade em confiar nas pessoas”.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Como fazer o gato se acostumar com novo dono e novo lar?

Embora não exista uma fórmula certa para a adaptação de gatos a novos donos, tem uma coisa básica que você pode (e deve) fazer pelo seu bichano: dê espaço a ele. Nesse primeiro momento, é bem provável que o animal vá estranhar o ambiente e ficar um pouco mais recluso, mas isso faz parte do processo. Enquanto alguns gatos podem ficar mais agressivos e ter problemas de comportamento no novo lar, outros podem ficar mais apáticos e até mesmo acabar se escondendo pela casa, que nem a Paçoca. “Ela passou o primeiro dia escondida no canto do banheiro e os dias seguintes acuada, desconfiando até da comida oferecida”.

Contudo, não devemos esquecer que cada caso é um caso e toda a adaptação vai depender muito da personalidade e do histórico do bichano. Para saber como fazer um gato se adaptar a um novo lar, é preciso entender que o animal precisa de um tempinho e de espaço para digerir tantas mudanças. “Foi uma questão de tempo, apenas, para que a Paçoca entendesse que poderia confiar em mim e, aos poucos, entender que aquele era o território dela”, conta Mariana.

 

Gato cinza deitado em caminha confortável com plantas ao fundo
Adaptação: gatos têm maneiras diferentes de se comportar durante adaptação ao novo lar.

 

Afinal, quanto tempo um gato leva para se adaptar?

 

Podem ser duas semanas, um mês ou até mesmo um ano, mas o importante é não desistir. O processo geralmente é mais demorado se o animal tiver um passado mais traumático e problemas de confiança nos humanos, mas existem pequenos passos que são dados com o tempo. No caso da Paçoca, por exemplo, Mariana conta que depois de duas semanas a gatinha já estava até um pouco mais confortável do que nos primeiros dias, mas só depois de dois meses é que ela passou a se sentir totalmente à vontade no novo ambiente. Já a construção de uma relação afetuosa com a tutora demorou um pouco mais. “O carinho que ela tem por mim demorou um pouco mais de seis meses para se desenvolver completamente. Confiança é uma construção, mesmo com animais. No início ela era muito desconfiada, sem interesse nenhum em carinho e brincadeiras. Hoje somos inseparáveis e ela é extremamente carinhosa comigo e com as pessoas que apresento a ela”.

Adaptação: gatos dão alguns sinais quando estão mais confortáveis

Os gatos podem até não falar como os humanos, mas a linguagem corporal felina diz muita coisa sobre eles. A forma como eles mexem o rabo, as orelhas e até a postura que adotam é muito importante para entender como os gatos se sentem em um determinado ambiente. Por isso, procure sempre entender os sinais dados pelo bichano, isso ajuda a melhorar bastante a comunicação entre vocês! “Para mim foi muito marcante ver a Paçoca dormindo de barriga para cima durante o dia, completamente relaxada. Já tinha lido que gatos tem uma questão com a própria barriga, que aparentemente é uma área muito vulnerável e eles a protegem sempre. Ver que ela não estava mais achando que precisava se proteger foi um alívio”, reflete Mariana.

Algumas dicas de como acostumar gatos em outro ambiente

Quer saber como fazer um gato se adaptar a um novo lar? O primeiro passo é preparar um ambiente bem confortável para o felino e com tudo que ele precisa! Caminha, brinquedos, arranhador, potinho de comida e água (uma boa opção são as fontes de água para gatos) são fatores essenciais para promover uma boa qualidade de vida aos felinos. Além disso, se você adotar o gatinho diretamente de outra família, procure saber um pouco mais sobre a sua personalidade, do que ele gosta de fazer, o que gosta de comer e como é a rotina dele no geral. Isso pode ajudar bastante no processo de adaptação do seu gatinho!

Redação: Juliana Melo

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

Já ouviu falar no reflexo de Flehmen? O gato respirando de boca aberta pode apenas estar tentando sentir melhor os cheiros

Ver um gato respirando de boca aberta pode ser mais comum do que a gente imagina. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, nem ...

Gato reage de jeito engraçado aos cheiros que não gosta - e explicação tem a ver com um sentido poderoso da espécie

Você sabia que um cheiro que gato não gosta pode desencadear reações bem inusitadas nos felinos? Isso acontece porque o olfato dos g...

Adoção

Esses são os 210 nomes de cachorro macho mais famosos: encontre a melhor ideia para chamar o pet que acabou de adotar

Escolher um nome de cachorro macho nem sempre é fácil, já que a variedade de opções pode deixar muitos tutores perdidos. É possível ...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Veja o motivo desta comida ser considerada a pior de todas para a saúde do seu cachorro

Nem tudo que a gente come é liberado para os cães. Alguns alimentos, inclusive, são considerados bastante tóxicos e prejudiciais par...

Já ouviu falar no reflexo de Flehmen? O gato respirando de boca aberta pode apenas estar tentando sentir melhor os cheiros

Ver um gato respirando de boca aberta pode ser mais comum do que a gente imagina. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, nem ...

Ver todas