Comportamento

Como evitar que o seu gato destrua as plantas de casa?

Alguns gatos são fascinados por plantas... mas o tutor precisa tomar alguns cuidados!
Alguns gatos são fascinados por plantas... mas o tutor precisa tomar alguns cuidados!

Se você tem plantas e gatos em casa, com certeza já deve ter se deparado com o animal tentando brincar ou morder uma folha. Embora seja carnívoro, o gato come planta para desintoxicar o organismo ou até mesmo para se divertir. Além de causar destruição, é preciso tomar cuidado com as plantas tóxicas para gatos. Algumas espécies bem comuns em jardins, quintais e vasinhos podem até mesmo matar o bichano. Para evitar acidentes e garantir a beleza das suas plantinhas, você pode mudar algumas coisas dentro de casa e direcionar o comportamento para uma grama específica para os bichanos, por exemplo. Veja algumas dicas infalíveis que separamos a seguir! 

Antes de tudo, é importante saber quais são as plantas venenosas para gatos

Assim como acontece com os cães, existem algumas plantas que são tóxicas para os gatos e devem ser evitada. A tulipa, por exemplo, é uma delas. Embora seja conhecida pelo seu símbolo de elegância, ela faz parte da lista de plantas venenosas para gatos, podendo causar vômito, diarreia e dificuldades respiratórias no seu bichano. Outra planta que também deve ser evitada é a comigo-ninguém-pode. Como o próprio nome já diz, ela é venenosa tanto para animais de estimação quanto para os humanos.  Além destas, outras plantas como samambaia, lírio, copo de leite, jiboia, espada de São Jorge, violeta e bico de papagaio também devem ser mantidas longe dos felinos.

Coloque as plantas em locais fora do alcance do seu bichano

Pode até parecer óbvio, mas um dos meios mais simples de evitar que o seu bichano destrua as plantas de casa é impedindo o acesso dele. Sendo assim, o ideal é colocar os vasos em locais onde o felino não consegue chegar, como em prateleiras altas ou presas a ganchos na parede. Ainda assim, vale ressaltar que os gatos são animais que gostam de subir, pular e explorar. Por esse motivo, os gateiros de plantão (e pais de plantas nas horas vagas) devem ter em mente que todo o cuidado é pouco. Certifique-se de que o seu amigo de quatro patas não conseguirá usar outros objetos, como sofá e cama, para chegar até o local onde as plantas estão, ok?

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A grama para gatos é a solução para impedir que o seu bichano destrua as plantas da casa
    A grama para gatos é a solução para impedir que o seu bichano destrua as plantas da casa

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Opte pelas plantas que menos agradam os gatos

    Os felinos são animais curiosos e exploradores por natureza. Por isso, nem sempre é possível evitar que eles transitem por todos os espacinhos da casa ou do apartamento. Nesses casos, uma boa forma de impedir que o se bichano destrua as plantas é investindo nas espécies que ele menos gosta. A hortelã, por exemplo, tem um cheiro exagerado para os bichanos, que possuem um olfato bem sensível a alguns odores. Outra planta popular que pode te ajudar na missão de manter o jardim protegido é a lavanda. Embora possua um cheiro considerado agradável pela a maioria das pessoas, a lavanda é de longe uma das espécies que os gatos menos gostam. Além destas, outras plantas como alecrim, gerânio, capim-limão e arruda também são ótimas aliadas quando o assunto é evitar que o seu gato destrua as plantas de casa.

    Invista em grama para gatos para evitar a destruição do seu jardim 

    Existem algumas espécies de plantas que podem trazer uma série de benefícios para a saúde do seu bichano. Por esse motivo, o gato come planta com o intuito de se desintoxicar e, assim, garantir o bom funcionamento do organismo. Então, por que não investir em espécies que contribuem para saúde do seu bichano? A grama de gato é uma ótima opção. Além de estimular a digestão dos alimentos com a grande quantidade de fibras, evitando assim problemas intestinais e diarreia, a grama para gatos ajuda no controle das bolas de pelos. Outra vantagem desse tipo de plantinha é o seu custo-benefício. Isso porque com o uso de algumas sementes, como o milho de pipoca, é possível cultivá-la em casa com segurança e sem gastar muito. Vale a pena experimentar!

    Redação: Úrsula Gomes

     

    milho de pipoca

    Quais os tipos de coleira para cachorro mais indicados para raças grandes?

    Próxima matéria

    Quais os tipos de coleira para cachorro mais indicados para raças grandes?

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores
    Histórias reais

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores

    Resolver adotar um gato filhote é sempre uma grande aventura. Os filhotes preenchem qualquer ambiente com muita alegria e amor. Mas, além de aprender como cuidar de gatos filhotes, quem já tem um gato adulto ou idoso em casa precisa pensar muito bem em como introduzir o novo membro na família. O processo de adaptação nem sempre é fácil, e é fundamental saber como conduzir essa apresentação da melhor forma possível, respeitando o espaço de cada um e torcendo para que eles se deem bem. 

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato
    Raças

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato

    O gato Norueguês da Floresta chama a atenção por onde passa, principalmente por conta do seu porte. Essa é uma raça de gato grande e que tem o corpo bem robusto, coberto por pelos longos e lisos, que deixam o bichano com uma aparência bem fofa e apertável. Também é um animal super gentil e carinhoso, e por isso consegue conquistar a todos com facilidade. 

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar
    Comportamento

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar

    Ter mais de um bichinho de estimação é muito comum em muitas famílias, mas e quando os animais são de espécies diferentes, como cachorro e gato? Algumas pessoas acreditam que a relação entre eles é um pouco problemática, mas não precisa ser assim - inclusive, é super possível fazer com que os dois bichinhos sejam grandes amigos. Tudo é uma questão de saber como acostumar gato com cachorro para que eles aprendam a conviver de um jeito mais harmonioso.

    Adoção

    "Quero adotar um gato": tudo o que você precisa saber e fazer antes de levar um felino para casa

    Se você procura um bichinho independente, carinhoso e de personalidade forte, talvez seja o momento certo de adotar um gatinho. Com um jeito próprio de demonstrar todo o seu amor, os felinos têm conquistado cada vez mais o coração das mães e dos pais de pet de plantão. Mas, na hora de decidir isso, é preciso ter em mente que incluir um novo membro à sua família implica uma série de fatores, tanto para o animal quanto para os tutores e, principalmente, para o lugar que será o seu novo lar. Para te ajudar nesse momento, nós separamos um guia completo com tudo que você precisa saber na hora de adotar um gato. Dá uma olhada!

    Ver Todas >

    Arranhador de sofá: o investimento vale a pena? Quando é indicado?
    Comportamento animal

    Arranhador de sofá: o investimento vale a pena? Quando é indicado?

    Já ouviu falar no arranhador de sofá? Esse simples acessório pode ser a solução dos seus problemas. Mesmo que os gatos tenham sido domesticados há vários anos, eles ainda permanecem com alguns instintos bem vivos. O hábito de afiar as garras frequentemente, por exemplo, é um instinto que não deve ser inibido, mas direcionado para os objetos certos. O sofá normalmente se torna o principal alvo das unhas dos felinos, mas é possível resolver isso com o arranhador de sofá para gatos. 

    Gato gigante: como é o comportamento dos felinos que são maiores que o normal?
    Comportamento animal

    Gato gigante: como é o comportamento dos felinos que são maiores que o normal?

    Os felinos são animais misteriosos, elegantes e apaixonantes. Os gatos gigantes, além de carregarem todas essas virtudes, possuem o diferencial de serem enormes - muitas vezes podendo pesar mais de 10kgs. As raças de gato gigante despertam muitas curiosidades nas pessoas, principalmente sobre o comportamento desses grandes pets. Afinal de contas, se você pretende ter um gato gigante como seu novo amigo, é importante saber como será seu temperamento. 

    5 truques para ensinar ao cachorro em casa
    Comportamento animal

    5 truques para ensinar ao cachorro em casa

    Muitos tutores se perguntam como ensinar truques para cachorro, mas acabam desistindo no meio do caminho. De fato, esse é um processo que requer muita paciência, persistência e firmeza na hora de repassar os comandos para os cães, mas aqui vai um spoiler: todo o esforço vale muito a pena! Os truques para cachorro são uma ótima forma de estimular a mente do seu doguinho, educá-lo e até de melhorar a comunicação entre vocês. 

    Gatos escolhem seus donos?
    Comportamento animal

    Gatos escolhem seus donos?

    Adotar gato é sempre um lindo ato de amor e carinho. Mas muitas vezes os tutores dizem que não foram eles que escolheram o gato, mas sim que “um gato me adotou”. Às vezes ele aparece na sua porta, invade sua casa ou te segue na rua. E vamos combinar que é impossível não se apaixonar por um bichano com olhar pidão, né?! Os gatos são únicos e têm comportamentos muito peculiares, o que fazem deles ótimas companhias.   

    Ver Todas >