close
Cuidados

Como dar comprimido para gato? Confira 6 dicas que irão ajudar

Atualizado · 21 de fevereiro de 2022 · 10h00

Publicado · 03/09/2019 · 15h40

Veja técnicas de como dar comprimido para o seu gato
Veja técnicas de como dar comprimido para o seu gato

Quem tem gato já deve ter percebido a guerra que é dar remédio, principalmente quando é comprimido. Isso porque, diferente dos cachorros que costumam aceitar o remédio disfarçado na comida, os gatos são muito seletivos e conseguem perceber qualquer coisa diferente no potinho. Caso o seu gato seja guloso, você até pode tentar amassar o comprimido até virar pó e misturar no sachê para gatos, mas se essa técnica não funcionar, você pode tentar outras que vamos ensinar!

Aplicador de comprimidos para gatos

Esse acessório é muito indicado para quem não tem prática no assunto - normalmente pais de pet de primeira viagem - ou para gatos mais agitados e ariscos. O aplicador de comprimidos para gatos ajuda na hora de inserir o comprimido na garganta do gato. Mesmo com essa ajuda você precisa esperar o gato estar em um momento calmo e tranquilo. Segure ele com firmeza. O processo de segurar o gato é mesmo do que sem o aplicador. Veja abaixo como fazer:

Como dar comprimido para gato enquanto o segura

O ideal é ter duas pessoas para esse processo. Enquanto uma segura, a outra dá o remédio. Mas, se isso não for possível veja o passo a passo abaixo:

Passo 1: comece sentando e segurando o gato de barriga para cima, pelas pernas;
Passo 2: com uma das mãos, segure os cantos da boca do gato. O melhor é inclinar a cabeça dele um pouco para trás;
Passo 3: coloque a cabeça do gato em 45º. Isso fará com que ele abra a boca naturalmente;
Passo 4: com os dedos ou com o aplicador, coloque o comprimido na boca do gato o mais perto possível da goela. Dica: assopre o rosto dele para que instintivamente ele engula o comprimido;
Passo 5: se o gato lamber o focinho, significa que ele engoliu o comprimido certinho e, para comemorar, nada melhor do que um petisco, não é mesmo? Isso vai fazer com que ele associe o momento a algo prazeroso e fique mais calmo na próxima vez.

Dicas extras para o momento de dar comprimidos para gatos

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O aplicador de comprimidos pode te ajudar quando o gato é muito arisco. Só por essa foto dá para perceber que a Ricota gosta de conforto e carinho antes, durante e depois da hora do remédio, não é mesmo?
    O aplicador de comprimidos pode te ajudar quando o gato é muito arisco. Só por essa foto dá para perceber que a Ricota gosta de conforto e carinho antes, durante e depois da hora do remédio, não é mesmo?

    Mais Lidas

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente.

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Afinal, um gato vive quantos anos? Não é mistério que a companhia de um bichano muda a vida de qualquer pessoa para melhor, e, se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre. No entanto, isso não é possível e muitos tutores têm dúvidas quando o assunto é a expectativa de vida. Gato, querendo ou não, é como se fosse um filho, e é muito fácil se apegar a esses animais no dia a dia. 

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    Dica 1: Mantenha as unhas sempre aparadas;

    Dica 2: Dar comprimido é mais fácil que remédio líquido. Veja com o veterinário se o medicamento prescrito é em comprimido ou se tem essa opção. Caso seja líquido, tente misturar na comida dele, mas em pouca quantidade. O cheiro pode fazer com que ele se recuse a comer. Caso ele não tome, faça o mesmo processo que o do comprimido, mas com o auxílio de uma seringa sem agulha;

    Dica 3: Escolha o melhor momento: vai ser mais fácil fazer todo esse processo quando o gatinho estiver sonolento e tranquilo. Tutora da gata Ricota, Carolina Bernardo conta que a “dona do pedaço” não gosta de ser contrariada e, por isso, precisa estar bem confortável para a tarefa ser mais fácil: “a dica é dar muito carinho antes e após a medicação, além de dar um reforço positivo em seguida, como um petisco, para que ela associe isso a algo prazeroso”. 

    Dica 4: Assim como você não deve se automedicar, não dê nenhum remédio sem a orientação do veterinário. 


    Redação: Mariana Almeida 

    Coleira com identificação: quais informações colocar na plaquinha do seu cachorro?

    Próxima matéria

    Coleira com identificação: quais informações colocar na plaquinha do seu cachorro?

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores
    Histórias reais

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores

    Resolver adotar um gato filhote é sempre uma grande aventura. Os filhotes preenchem qualquer ambiente com muita alegria e amor. Mas, além de aprender como cuidar de gatos filhotes, quem já tem um gato adulto ou idoso em casa precisa pensar muito bem em como introduzir o novo membro na família. O processo de adaptação nem sempre é fácil, e é fundamental saber como conduzir essa apresentação da melhor forma possível, respeitando o espaço de cada um e torcendo para que eles se deem bem. 

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino
    Ração

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino

    Um dos sinais mais comuns que os gatos demonstram que alguma coisa não vai bem com a saúde é não querer comer ou comer bem pouco. Os motivos podem ser os mais diversos, desde uma leve indisposição a problemas mais graves. Por isso, conhecer bem o comportamento do seu felino e ficar atento aos demais sinais é essencial para agir corretamente e buscar ajuda veterinária a tempo. Para ajudar, vamos tirar algumas dúvidas e dar dicas de como fazer o seu gato voltar a comer.

    Como limpar a caixa de areia do gato? 5 dicas que vão facilitar a sua vida - mesmo em apartamento!
    Caixa de areia

    Como limpar a caixa de areia do gato? 5 dicas que vão facilitar a sua vida - mesmo em apartamento!

    Não adianta: ter um animal de estimação em casa aumenta consideravelmente a quantidade de tarefas diárias que você precisa fazer para manter tudo em ordem. O trabalho compensa no final, mas para garantir um ambiente confortável tanto para você, quanto para o bichinho, a limpeza não pode ser deixada de lado — principalmente se ele for um gato. Como os felinos são bem organizados e higiênicos, a caixa de areia do gato precisa ser limpa regularmente, já que, se ele não se sentir confortável no lugar certo, vai acabar fazendo xixi e cocô em outros lugares da casa. Confira, aqui embaixo, cinco dicas que vão tornar essa rotina mais simples (mesmo se você morar em apartamento)!

    Ver Todas >

    Por que gato não pode usar coleira com guizo?
    Cuidados dos animais

    Por que gato não pode usar coleira com guizo?

    A coleira com guizo em gatos está longe de ser o presente ideal para o seu amigo felino. Apesar de parecer uma boa estratégia para localizar o animal dentro de casa, o sininho que costuma vir pendurado na coleira incomoda bastante os bichanos e pode deixá-los bem estressados. Isso não quer dizer que você deve abrir mão de uma coleira de identificação para o seu pet. O único cuidado deve ser em relação ao guizo na coleira no gato, que deve ser evitado. 

    Quantas caixas de areia um gato precisa ter disponível em casa?
    Cuidados dos animais

    Quantas caixas de areia um gato precisa ter disponível em casa?

    A caixa de areia para gatos é um objeto que não pode faltar em nenhuma casa com felinos. É lá que o bichano vai fazer as necessidades seguindo seu instinto natural, sem sujar a casa e com privacidade. Porém, é comum surgirem dúvidas acerca do uso do acessório. Afinal, qual a quantidade recomendada de caixa de areia para gatos dentro de casa? Apenas uma é suficiente ou o gato precisa de várias espalhadas? 

    Gatos domésticos: o que é criação indoor, qual a importância e como preservar a segurança do seu pet
    Cuidados dos animais

    Gatos domésticos: o que é criação indoor, qual a importância e como preservar a segurança do seu pet

    Os gatos domésticos são sinônimo de muito amor, companheirismo e diversão. Mas antes de abrir as portas para um bichinho de estimação, é importante fazer toda a adaptação da casa para recebê-lo do jeito certo. Os felinos normalmente têm um espírito bem aventureiro e gostam de explorar tudo ao seu redor. O problema é que às vezes isso inclui o mundo exterior e pode trazer à tona situações como “meu gato sumiu” ou “perdi meu gato”.

    Coleira antipulgas também protege o cachorro da leishmaniose? Veja o comparativo!
    Cuidados dos animais

    Coleira antipulgas também protege o cachorro da leishmaniose? Veja o comparativo!

    A coleira antipulgas é um acessório que faz toda a diferença na vida de quem tem um ou mais cães. Mas você sabia que existem produtos que, além de combater as pulgas, também ajudam a afastar outros problemas indesejados, como carrapatos e mosquitos? É aí que entra a coleira contra leishmaniose! Para quem não sabe, a leishmaniose canina é uma doença transmitida pelo mosquito-palha considerada muito perigosa e que pode debilitar bastante a saúde do animal.

    Ver Todas >