close
Ração

Comedouro automático para gatos: como funciona? É recomendado? Saiba tudo sobre o produto!

Atualizado · 04 de junho de 2020 · 11h56

Publicado · 15/01/2020 · 18h13

  Comedouro automático para gatos: os acessórios podem ser comuns, digitais ou controlados por aplicativos!
Comedouro automático para gatos: os acessórios podem ser comuns, digitais ou controlados por aplicativos!

Escolher um comedouro para gatos adequado pode ser uma missão mais difícil do que parece. Atualmente é possível encontrar diversas opções no mercado e cada uma apresenta suas próprias particularidades, o que pode deixar qualquer dono bastante indeciso. Uma ótima alternativa é investir em um comedouro automático, principalmente para tutores que passam muito tempo fora de casa. Conheça melhor o produto!

O que é um comedouro automático para gatos?

O comedouro automático, ou alimentador automático, repõe os grãos de ração conforme o gato vai se alimentando. Além do comedouro automático comum, ainda existem outras opções, como o comedouro automático digital, que permite programar a quantidade de ração e a frequência das refeições, e o comedouro automático controlado por aplicativo. Este último, como o próprio nome já indica, permite que o tutor customize o funcionamento do comedouro pelo celular.

Comedouro automático comum para gatos: como funciona?

O acessório contém um recipiente acoplado a um reservatório que libera a ração para o pet aos poucos. Alguns modelos ainda contam com uma alavanca lateral que permite que o próprio gato determine a quantidade de alimento, estimulando a coordenação motora e lógica do felino, além de aguçar o seu aspecto lúdico.

Geralmente, os comedouros automáticos para gatos são feitos em materiais duráveis, como acrílico, plástico ou polipropileno. O galão utilizado também pode ser removível, o que mantém o frescor da ração e facilita a higiene do acessório. Ainda é possível encontrar modelos que funcionam tanto como comedouro quanto como bebedouro. Essa é a dose dupla que a gente gosta!

Como limpar um comedouro automático para gatos?

O comedouro automático demanda uma certa manutenção como qualquer outro tipo de alimentador para pets. Afinal, é natural que o aparelho acumule resíduos de ração, pelos e até saliva do pet. A vasilha acoplada costuma ser removível, o que facilita e muito a higienização. Basta lavar com água e sabão neutro. Se houver algum componente eletrônico, como no caso dos comedouros automáticos digitais, a indicação é usar apenas um pano umedecido. Seque bastante todas as partes do acessório e ele estará pronto para uso!

Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
    Passa muito tempo fora de casa? O comedouro automático pode ser seu aliado!
    Passa muito tempo fora de casa? O comedouro automático pode ser seu aliado!

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Quando o assunto é a alimentação de um pet, muitas dúvidas podem surgir: o que o cachorro não pode comer? cachorro pode comer couve? Pode dar brócolis para cachorro? Ou ainda se cachorro pode comer abobrinha? Muitos tutores questionam se podem oferecer verduras e legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de serem muito saudáveis, esses tipos de alimentos ajudam a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Comedouro automático para gatos: vale a pena investir no acessório?

    O comedouro automático para gatos pode ser um forte aliado dos tutores que precisam passar muito tempo fora de casa. Afinal, quem nunca teve que sair para trabalhar ou passar alguns dias viajando e não conseguiu parar de pensar em como os pets estavam se virando sozinhos? Com a ajuda do acessório, os tutores não precisam colocar em risco a alimentação do bichano sempre que for necessário se ausentar.

    Outra vantagem é que o acessório pode ser facilmente inserido em qualquer ambiente. Dessa forma, você pode escolher o cantinho preferido do seu gato para que ele se sinta bem confortável na hora das refeições. O comedouro automático também é uma ótima pedida para gatos diabéticos, já que a ferramenta auxilia no controle da alimentação do pet, evitando a falta ou o excesso de ração.

    Como escolher o melhor comedouro automático para gatos?

    Na hora de escolher um comedouro automático para o seu gato, toda ajuda é bem-vinda, não é mesmo? Afinal, são tantas opções e modelos diferentes que fica difícil se decidir. Alguns fatores devem ser levados em consideração na hora de eleger o seu preferido, confira:

    • Tamanho e peso do gato
    • Quantidade de vezes que o pet se alimenta por dia
    • Quanto tempo o tutor passa fora de casa
    • Espaço disponível em casa
    • Capacidade de armazenamento do comedouro
    • Resistência do material
    • Facilidade na higienização
    • Peso do comedouro

    Quanto custa, em média, um comedouro automático para gatos?

    O valor do investimento vai depender muito do modelo escolhido. Comedouros automáticos comuns são os mais baratos e é possível encontrar o acessório por menos de R$50. Caso o acessório estimule a inteligência do animal (com a presença de uma alavanca, por exemplo), é provável que o preço seja um pouco mais alto.

    Comedouros automáticos digitais, por sua vez, possuem um sistema eletrônico complexo e, portanto, são significativamente mais caros. Por último, os aparelhos controlados por aplicativos, bem mais modernos, ultrapassam a faixa dos R$400. Ah, vale lembrar que o tutor também terá gastos com pilhas, caso escolha um comedouro digital. Todos esses detalhes devem ser analisados antes de determinar qual comedouro é o mais apropriado para o seu gato e, é claro, para o seu orçamento.

    Redação: Dóris Marinho

    Como inserir o patê para gatos na dieta do seu pet?

    Próxima matéria

    Como inserir o patê para gatos na dieta do seu pet?

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Fox Terrier: características físicas, personalidade, cuidados e muito mais... saiba tudo sobre a raça
    Pequenos

    Fox Terrier: características físicas, personalidade, cuidados e muito mais... saiba tudo sobre a raça

    Os cães do grupo Terrier fazem sucesso por onde passam, e com o Fox Terrier não é diferente. Ele representa perfeitamente as raças de cachorro desse grupo: é animado, ativo, cheio de energia, habilidoso e, claro, incrivelmente fofo. Muitas pessoas chegam a confundi-lo com o Fox Paulistinha, uma raça de Terrier originária do Brasil que descende do cruzamento do Fox Terrier com outros cães. No entanto, esses dois doguinhos são bem diferentes entre si, especialmente no que diz respeito à pelagem e traços físicos.

    Van Turco: saiba tudo sobre essa raça de gato
    Raças

    Van Turco: saiba tudo sobre essa raça de gato

    Já ouviu falar no gato Turkish Van? Também chamado de Van Turco ou o contrário, Turco Van, o animal desta raça é muito cobiçado e especial aos olhos dos amantes de felinos. Extremamente dócil e cativante, não é muito difícil entender por que as pessoas se apaixonam por esse bichano de pelagem felpuda e macia. Mas afinal, que outras características são típicas desta raça de gato? Como é a personalidade dele? Que cuidados são necessários no dia a dia do gatinho? Para desvendar todas essas questões, preparamos uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o Van Turco. Dá só uma olhada!

    Kelpie Australiano: saiba tudo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Kelpie Australiano: saiba tudo sobre a raça de cachorro

    O que não faltam são raças de cachorro para a gente se apaixonar, e o Kelpie Australiano é só mais um doguinho dessa lista! De origem australiana, esse é um dos poucos cães que foram desenvolvidos no país - mas isso não foi um impedimento para logo depois conquistarem muitos fãs ao redor do mundo. Com um jeitinho bem amigável, brincalhão e inteligente, o Kelpie Australiano - também chamado de Australian Kelpie - tem tudo para ser uma companhia incrível para o seu dia a dia. 

    Ver Todas >

    Quantas vezes por dia o cachorro deve comer?
    Alimentação animal

    Quantas vezes por dia o cachorro deve comer?

    Em algum momento todo tutor já se perguntou quantas vezes por dia o cachorro deve comer. Quem é pai ou mãe de pet pela primeira vez acaba se deparando com essa questão, e acredite: o assunto levanta muitas dúvidas. Tem quem deixa a ração de cachorro o tempo inteiro à disposição do pet, e tem quem estabelece um horário certinho para as refeições do animal, mas além de saber quantas vezes o cachorro deve comer por dia, a quantidade do alimento é outro fator importante.

    Petisco para cachorro: 4 receitas para a ceia de Natal com o seu pet
    Alimentação animal

    Petisco para cachorro: 4 receitas para a ceia de Natal com o seu pet

    Você já pensou em fazer petisco para cachorro comer junto da família na ceia de Natal? Afinal, sua companhia de todas as horas merece estar presente nesta celebração especial! Muitas vezes, os tutores oferecem as próprias comidas presentes no jantar para o cãozinho comer. Porém, é preciso ter cuidado com a ceia, pois nem todos os alimentos que comemos no Natal fazem bem ao organismo do pet. 

    O que gato pode comer ou não da ceia de Natal?
    Alimentação animal

    O que gato pode comer ou não da ceia de Natal?

    Você sabe o que gato pode comer na ceia de Natal? Essa época do ano consagra um dia de muita fartura de comes e bebes. É dia de reunir toda a família e celebrar ao lado daqueles que mais amamos - e de uma forma ou de outra, nossos amigos de quatro patas também estarão presentes. Apesar disso, todo gateiro sabe que existem alimentos proibidos para gatos e saber o que pode dar ou não da ceia é muito importante, principalmente porque os felinos são animais muito espertos e podem beliscar um pedacinho da ceia sem o tutor ver. 

    Petiscos para gatos geladinhos: 3 opções para ajudar o bichano a se refrescar no calor
    Alimentação animal

    Petiscos para gatos geladinhos: 3 opções para ajudar o bichano a se refrescar no calor

    Ao contrário do que muita gente pensa, os felinos sentem calor e os petiscos para gatos gelados são muito úteis para refrescá-los. Pouca gente imagina, porém existe uma série de petiscos que podem ser servidos gelados. Antes de mais nada, é importante lembrar que os bichanos são animais carnívoros e a proteína animal faz diferença mesmo nas receitas de petisco caseiro para gatos. 

    Ver Todas >