Cachorro

Cistite canina: o que é e como se desenvolve?

Publicado - 03 Maio 2021 - 15h09

Atualizado - 10 Maio 2024 - 15h23

A cistite canina é uma doença de cachorro mais comum do que se imagina. Muitas vezes, a condição pode demorar a ser percebida já que seus sintomas, como o cachorro fazer xixi no lugar errado e agitação, podem ser vistos apenas como desobediência. Para compreender melhor a cistite em cães, o Patas da Casa explica o que é, as causas do problema, quais os sintomas, como é feito o diagnóstico e qual é o melhor tratamento.

O que é cistite canina?

A cistite em cães se caracteriza pela inflamação da bexiga do cachorro, geralmente de origem bacteriana. O problema pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais comum em fêmeas e idosos. As fêmeas possuem a uretra mais curta que os machos, por isso têm predisposição para desenvolver a cistite canina. Já os idosos têm o sistema imunológico mais fraco, o que os deixa mais suscetíveis a contrair a doença.

Afinal, cistite canina e infecção urinária em cachorro são a mesma coisa?

É muito comum que se faça essa confusão, mas a verdade é que são duas condições diferentes. A infecção do trato urinário (ITU) é um problema causada por algum agente infeccioso, que acomete todo o trato urinário. Já a cistite canina é uma inflamação que acontece na bexiga.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Como a cistite em cães se desenvolve?

A principal causa para a cistite em cachorro é bacteriana. A bactéria mais comum que provoca a cistite é a Escherichia coli. Outras bactérias menos comuns, como a Enterococcus spp, também podem provocar a doença.

A contaminação ocorre, geralmente, quando o cachorro se abaixa para urinar ou defecar - ou no caso das fêmeas, após o cio. A bactéria entra em contato com a pele da região anal, se espalhando pelo local. Então, o micro-organismo atravessa a uretra e chega até a bexiga, onde se aloja e começa a colonizar.

Além da contaminação bacteriana, alguns fatores levam à predisposição da cistite. Cachorro com diabetes possui alto nível de glicose no sangue, o que facilita a colonização das bactérias. Alguns medicamentos podem enfraquecer o sistema imunológico do cão. Além disso, tumores na bexiga, cálculos e quimioterapia também reduzem a imunidade canina, facilitando a contaminação.

 

Veterinária fazendo carinho em cachorro Labrador peludo grande em consultório médico

 

Quais são os sintomas da cistite canina?

O principal e mais perceptível sinal da cistite em cães é o aumento da frequência da micção. A bexiga é o órgão que armazena a urina, quando está inflamada, o espaço de armazenamento diminui, levando o cachorro a não conseguir segurar o xixi por muito tempo. Mas, ao mesmo tempo que a frequência aumenta, a quantidade diminui. Os sintomas mais comuns de cistite canina são:

  • Incontinência urinária, com aumento da frequência de micção

  • Dor ao urinar, muitas vezes acompanhado de choro

  • Hiperatividade e agitação

  • Mais sede que o normal

  • Pouca quantidade de urina por micção

  • Xixi com sangue

  • Fazer xixi no lugar errado

O cachorro com cistite sente muito incômodo e dor, então ao apresentar esses sintomas, leve o animal ao veterinário para uma avaliação e diagnóstico correto.

Como é feito o diagnóstico da cistite em cachorro?

O veterinário deve coletar a urina do cachorro e levar para análise para confirmar se é cistite canina ou não. Também deve pedir um exame de sensibilidade, feito para definir o melhor tratamento. Em alguns casos, uma ultrassonografia pode ser solicitada para verificar se há a presença de cálculos na bexiga.

Cistite em cães: tratamento costuma ser rápido e efetivo

Para cistite em cães, o tratamento costuma ser feito com a administração de antibióticos. O veterinário, após o diagnóstico, indicará qual é o ideal para seu pet. Se a causa não for bacteriana, o tratamento pode ser diferente. Por isso é muito importante não automedicar o cãozinho, pois isso pode piorar a situação. Também é bom lembrar: em doenças que precisam do uso de antibiótico, o tratamento deve seguir as orientações à risca. Portanto, não interrompa antes do fim, mesmo que o cãozinho já comece a apresentar melhora. Normalmente o tratamento demora de sete a 15 dias e costuma ser efetivo, mesmo assim é importante que o cachorro passe por uma nova avaliação depois que terminar de tomar as medicações. 

Tem como prevenir a cistite em cães?

Manter a higiene do pet é uma forma de evitar a cistite canina. Outra questão importante é manter o local do banheiro do cachorro sempre limpo. Caso o cachorro só faça as necessidades na rua, o ideal é limpar a região do ânus com mais frequência para evitar a entrada de bactérias, principalmente em fêmeas. Além disso, beber muita água é essencial para evitar a desidratação, que favorece o aparecimento de infecções. Lembre-se também de sempre manter o calendário de vacinação em dia, pois previne não só a cistite canina como outras doenças.

Redação: Maria Luísa Pimenta

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Comportamento

Vira-lata caramelo invade casamento e rouba a cena no momento da entrada da noiva

Os vira-latas têm um lugar especial no coração dos brasileiros. Quando o assunto é um vira-lata caramelo, então, há quem diga que es...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Ver todas