Comportamento

Cheiro que gato não gosta: conheça alguns odores que os bichanos simplesmente não suportam

O olfato de gato é super sensível. É por isso que alguns odores são muito fortes para os bichanos
O olfato de gato é super sensível. É por isso que alguns odores são muito fortes para os bichanos

Que os felinos são animais com os cinco sentidos muito aguçados não é segredo para ninguém. Assim como a audição, o olfato de gato é extremamente apurado, já que possui cerca de 67 milhões de células olfativas. Este sentido é usado como instrumento de sobrevivência para os bichanos: o olfato do gato ajuda desde os filhotes a encontrarem o leite da mãe até decifrarem outros animais. Por ter esse sentido muito sensível para os variados cheiros, existem muitos odores que podem incomodar os bichanos. Você já se perguntou qual cheiro que gato não gosta? Reunimos algumas informações sobre os odores que podem ser desagradáveis para os felinos. Vem ver!

O cheiro da caixa de areia suja incomoda bastante o olfato do gato

Não é novidade que os gatos são animais extremamente higiênicos. Muito famosos pelo cuidado com os próprios pelos e autolimpeza, os felinos exigem o mesmo capricho nos ambientes em que vivem. Se os gatos encontram lugares fedidos, eles rapidamente evitam passar por ali. É o que acontece com a caixa de areia suja, que pode incomodar muito os felinos. A limpeza precisa ser feita regulamente para retirar as fezes e resquícios de xixi. A areia suja e com forte odor pode fazer o gato se recusar a usá-la e fazer as necessidades em outro local da casa, como sofás e camas. A caixinha suja ainda pode pode deixar o gato estressado e fazer com que ele segure suas necessidades por mais tempo que o recomendado, favorecendo problemas de saúde.

Olfato de gato: o cheiro de algumas plantas incomodam os felinos

Alguns cheiros que são muito agradáveis aos humanos podem ser bem desagradáveis para os gatos. É o que acontece com algumas plantas como arruda, eucalipto, lavanda, alecrim e hortelã. O cheiro dessas plantas não é nem um pouco apreciado pelos felinos. Os tutores precisam ter cuidado com uso de incensos e repelentes com essas plantas na composição para não incomodar os bichanos. Algumas pessoas chegam até a plantar alguma dessas espécies no quintal na intenção de evitar que os gatos mexam no jardim.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças muito independentes Golden Retriever e Yorkshire são cães que gostam de curtir a companhia dos humanos Border Collie e Jack Russell Terrier são cheios de energia e amam aventura
    A caixa de areia suja vai exalar um cheiro que o gato detesta, por isso é importante sempre manter o local limpo
    A caixa de areia suja vai exalar um cheiro que o gato detesta, por isso é importante sempre manter o local limpo

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele
    Comportamento animal

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele

    Se você tem um felino em casa, com certeza já deve ter se questionado como saber se seu gato te ama. Pelo fato dos felinos serem muito reservados, e às vezes independentes, fica mais difícil decifrar o amor de gato - diferente dos cães, que expressam isso de um jeito eufórico e quase exagerado. Os bichanos demonstram afeto pelos humanos de um jeito delicado e único, com atitudes que podem até passar despercebidas.

    Alguns temperos têm um cheiro que o gato não gosta nem um pouco

    Os aromas apimentados estão na lista de cheiros que o gato não suporta. A explicação para isso é que o olfato felino é extremamente sensível, então, para eles, a pimenta e outros temperos apimentadas são quase tóxicas para o focinho, fazendo com que eles se afastem rapidamente. Outras especiarias que possuem o cheiro muito forte, como canela e cravo, também não são apreciadas pelos felinos. 

    Frutas cítricas têm cheiro que gato não suporta

    Apesar de não serem considerados alimentos tóxicos para os felinos, frutas como laranja ou limão são o tipo de cheiro que gato não suporta. Os aromas cítricos, conhecidos pelo poder refrescante, não fazem o mesmo efeito nos bichanos. Inclusive, as frutas cítricas são muito utilizadas como repelentes naturais para evitar que os gatos acessem determinados locais da casa ou mesmo que façam as necessidades fora do lugar: basta borrifar uma solução feita com frutas cítricas no lugar que você deseja que o animal não se aproxime. Mas cuidado! É importante ter cuidado para não deixar o animal estressado ou receoso de se movimentar pela casa. Use com moderação e sempre respeitando o espaço do pet.  

    Redação: Hyago Bandeira

    Descubra em infográfico como o rabo de cachorro funciona na linguagem corporal canina!

    Próxima matéria

    Descubra em infográfico como o rabo de cachorro funciona na linguagem corporal canina!

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa
    Raças

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa

    O Ragamuffin é uma raça de gato muito amável e carinhosa. Não muito conhecido no Brasil, o gato ragamuffin se originou a partir do cruzamento com felinos da raça Ragdoll. É considerado um gato gigante e pode chegar até os 9kg. O "Ragamuffin cat" pode ter a pelagem e olhos de diferentes cores. Uma característica marcante é o jeito brincalhão e o fato de amar colo. O Ragamuffin é ideal para famílias com crianças e outros animais.

    Gato e Cão terapeuta: conheça o Pêlo Próximo, projeto que leva alegria para hospitais do RJ
    Comportamento

    Gato e Cão terapeuta: conheça o Pêlo Próximo, projeto que leva alegria para hospitais do RJ

    Você já ouviu falar de terapia assistida por animais? Ter um gato ou cão terapeuta é super possível e algumas iniciativas buscam estreitar esse tipo de relação entre humanos e animais. Um exemplo disso é o Pêlo Próximo, um projeto nascido em 2010 que leva ações terapêuticas para hospitais e instituições de saúde do Rio de Janeiro. Projeto 100% voluntário, o Pêlo Próximo envolve animais - seja cachorro ou gato - e tutores em uma iniciativa de amor e solidariedade. Quer saber como o Pêlo Próximo surgiu e como se voluntariar? Conversamos com a Patrícia Calainho, que administra as redes sociais do projeto e é voluntária com a sua vira-latinha, a Penélope.

    Esporotricose em gatos: conheça mais sobre essa doença grave que pode atingir os felinos
    Saúde

    Esporotricose em gatos: conheça mais sobre essa doença grave que pode atingir os felinos

    A esporotricose em gatos é uma das doenças mais graves que pode atingir os felinos. Isso porque ela evolui muito rápido para a fase disseminada, causando sérios riscos à vida do gatinho. Provocada por um fungo presente em vegetações, a “micose” apresenta feridas bem características na pele do felino, sendo esse um dos principais sintomas da doença. Apesar da complexidade da infecção, o tratamento correto é capaz de curar essa doença de gato. Esporotricose também pode ser prevenida com alguns cuidados específicos no dia a dia do seu felino. Para saber mais sobre a doença, nós conversamos com o médico veterinário Frederico Lima, do Rio de Janeiro.

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino
    Ração

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino

    Um dos sinais mais comuns que os gatos demonstram que alguma coisa não vai bem com a saúde é não querer comer ou comer bem pouco. Os motivos podem ser os mais diversos, desde uma leve indisposição a problemas mais graves. Por isso, conhecer bem o comportamento do seu felino e ficar atento aos demais sinais é essencial para agir corretamente e buscar ajuda veterinária a tempo. Para ajudar, vamos tirar algumas dúvidas e dar dicas de como fazer o seu gato voltar a comer.

    Ver Todas >

    Comportamento canino: como fazer um cachorro parar de comer a ração dos outros animais da casa?
    Comportamento animal

    Comportamento canino: como fazer um cachorro parar de comer a ração dos outros animais da casa?

    Quem tem mais de um pet provavelmente tem que lidar com o intrigante comportamento do cachorro de comer a ração dos outros animais da casa, seja com o cachorro comendo a ração do gato, ou o cachorro grande comendo a ração do filhote e vice-versa. Muitos tutores ficam sem saber o que fazer com esse comportamento de cachorro, que pode ser comum. Para saber como resolver essa situação e sanar todas as dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa conversou com a veterinária Renata Bloomfield. Vem dar uma olhada no que ela contou!

    Seu gato come barata e outros bichinhos? Veja quais os perigos desse hábito do bichano e como evitar
    Comportamento animal

    Seu gato come barata e outros bichinhos? Veja quais os perigos desse hábito do bichano e como evitar

    Todo tutor se preocupa com a saúde do gato. Não é à toa que muitos investem em uma alimentação de qualidade e sempre procuram a melhor ração para dar aos bichanos. No entanto, parece que às vezes mesmo com as melhores comidas à sua disposição, os gatos insistem em procurar outros bichinhos para se alimentar. Baratas, ratos e até mesmo passarinhos acabam sofrendo nas mãos de um gato caçador. Mas por que isso acontece? Esse comportamento pode trazer prejuízos para o organismo do felino? Como evitar gato comendo rato, barata e outros bichos? Para tirar as principais dúvidas sobre o assunto, preparamos uma matéria especial para você. Veja a seguir!

    Por que o cachorro
    Comportamento animal

    Por que o cachorro "cisca" depois de fazer as necessidades? Entenda esse comportamento canino!

    De todos os comportamentos do cachorro mais inusitados, um que chama bastante atenção é o ato de “ciscar” depois de fazer xixi e cocô, principalmente na rua. Alguns doguinhos nascem sabendo fazer isso, já outros cachorros filhotes podem adquirir esse comportamento observando cachorros adultos. Em todos os casos, é algo que desperta muita curiosidade nos tutores.

    Como recolher o cocô de cachorro sem agredir o meio ambiente? Veja opções sustentáveis!
    Comportamento animal

    Como recolher o cocô de cachorro sem agredir o meio ambiente? Veja opções sustentáveis!

    Passear com cachorro na rua é essencial para saúde e o bem-estar do doguinho. Mas o que fazer com o cocô de cachorro? Certamente deixar na rua não é a forma mais educada. Você deve estar se perguntando: existe algum problema com os saquinhos de plástico? A resposta é sim! Acontece que esses materiais demoram muito tempo para se decompor no meio ambiente. Por isso, uma possível solução é buscar opções mais sustentáveis na hora de descartar o cocô de cachorro. 

    Ver Todas >