Um cachorro grande, forte e musculoso: o cão Boerboel pode até parecer intimidador à primeira vista, mas por trás do porte existe um animal calmo, afetuoso e muito companheiro. De origem africana, essa raça de cachorro gigante é muito inteligente e gosta de interagir com os humanos. Por essas e outras ele tem uma facilidade enorme em conquistar o coração de quem busca uma companhia canina. Saber como lidar com a raça é essencial para quem tem vontade de dar as boas-vindas a esse cão de pastoreio em casa. Pensando nisso, reunimos as principais características físicas e comportamentais da raça de cão Boerboel. Olha só!

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

O porte grande e impactante é uma das principais características físicas do cão Boerboel

Conhecido pelo seu corpo forte, musculoso e resistente, o cão Boerboel (ou Boerboel Mastiff sul-africano) pode chegar a 70 centímetros de altura e pesar 95 kg, tanto os machos como as fêmeas. Por isso, quem decide adotar um cachorro desta raça deve ter em mente que seu porte gigante requer alguns cuidados para educar e controlar o animal.

Em relação as características físicas, o cão Boerboel tem a cabeça plana e orelhas em tamanho mediano, sendo bem separadas entre si e caídas em forma de “V”. A pelagem da raça de cão Boerboel é curta e pode se manifestar em quatro cores: tigrado, amarelo, vermelho escuro, preto e marrom, podendo ou não ter uma “máscara” na cor preta na região do focinho. Entre eles, o Boerboel preto é o mais raro de ser encontrado. A tonalidade dos pelos combinam com os seus olhos que, geralmente, variam entre o amarelo, marrom e chocolate.

Boerboel: cachorro da raça é inteligente, apegado e muito afetuoso

O cão Boerboel é um animal grande e corajoso, mas também é calmo, inteligente e muito apegado com sua família. O seu porte musculoso e impactante faz com que ele seja muito usado para trabalhos como cão de guarda. Os animais dessa raça são muito amigáveis com a família e pessoas conhecidas, mas pode ser um pouco desconfiado com aqueles que não conhece e latir bastante na presença de estranhos. Por ser muito afetuosa, a raça do cão Boerboel gosta de interagir com seus humanos e se dá muito bem com crianças, apesar de seu tamanho grande. De qualquer forma, a socialização é muito importante nos primeiros meses de vida do animal. O uso de técnicas de adestramento também pode ajudar o cão Boerboel a reagir melhor a diferentes estímulos. 

Boerboel: fotos para você conhecer esse adorável "cãozinho" gigante

 

O cão Boerboel ama correr e brincar e, por isso, precisa de um ambiente grande e espaçoso para se movimentarRaça de cão boerboel pode ser encontrada nas cores tigrado, amarelo, vermelho escuro, preto e marromBoerboel: cachorro da raça também pode ter umaO Boerboel africano é muito ativo e tem muita energia para gastarBoerboel: preço pode variar de R$2.500 a R$4.500, dependendo da linhagem do animal

 

As atividades físicas precisam fazer parte da rotina do cão Boerboel africano

 

Justamente pelo porte grande e a quantidade de energia que é comum ao cão Boerboel, as atividades físicas precisam fazer parte do dia a dia desse animal. Por isso, apartamentos e casas pequenas não são muito indicados para o animal dessa raça. O ideal é que ele viva em uma casa com quintal, onde possa correr e brincar livremente. Os passeios com o cachorro também são essenciais para que o animal explore diferentes ambientes e cheiros. O porte grande também faz da raça de cão Boerboel um ótimo companheiro para a prática de esportes.

Boerboel: preço do filhote da raça pode variar

Assim como várias outras raças de cachorro, o preço de um cão Boerboel pode sofrer algumas variações dependendo da linhagem do animal. Mas, geralmente, o preço do cachorro desta raça fica na faixa de R$2.500 a R$4.500. Nesse caso, vale lembrar que é fundamental procurar um canil com boas referências

Redação: Úrsula Gomes