Muitos tutores têm dúvidas se o cachorro pode comer fígado ou se esse corte faz parte do grupo de alimentos proibidos para cães. Conhecido por sua alta capacidade nutritiva, pais e mães de pet se perguntam se os benefícios presentes nessa carne também passam para os amigos de quatro patas. A verdade é que o cachorro pode comer carne de fígado sim, mas é preciso ter alguns cuidados especiais na hora de integrar a alimentação canina. A quantidade e a frequência com que esse alimento é oferecido deve ser bem calculada. Além disso, a forma com que o cachorro pode comer fígado de boi também requer atenção, pois existe um jeito certo de preparo que deve ser seguido. Para não restar dúvidas, o Patas da Casa explica exatamente quando o cachorro pode comer bife de fígado, quais são seus benefícios e riscos e como oferecer ao pet. Confira!

Cachorro pode comer fígado? Corte é conhecido pela alta concentração de nutrientes

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

O bife de fígado é uma carne muito nutritiva para os humanos e para os cães também. Por isso, o cachorro pode comer fígado sim! O alimento é extremamente rico em muitos nutrientes essenciais para o cão, como proteínas, ferro, fósforo, zinco e vitaminas A, B, D e K. Assim, o cachorro pode comer carne de fígado, pois ganhará diversos benefícios à saúde. Além do fígado de boi, o cachorro pode comer fígado de frango também. No entanto, tanto no fígado bovino quanto no de galinha, é preciso ter atenção à quantidade e frequência com que é oferecida. O ideal é sempre conversar com um veterinário antes de adicionar ou retirar qualquer alimento da dieta do seu cãozinho. Ele saberá dizer se o seu cachorro pode comer bife de fígado e qual a quantidade ideal.

Cachorro pode comer carne de fígado em casos de anemia e baixa imunidade

Às vezes, o próprio veterinário indica dar fígado de boi para cachorro. Por ser um alimento rico em muitos nutrientes, pode ajudar cães que sofrem com déficit nutricional. Um grande exemplo são os casos de anemia em cachorro. O cãozinho com essa condição apresenta falta de ferro no organismo e, consequentemente, também tem sua imunidade prejudicada. Como essa carne tem uma grande concentração de ferro, o cachorro pode comer fígado para suplementar essa falta.

A baixa de vitamina D no corpo do cão também pode deixar o sistema imunológico enfraquecido, facilitando o surgimento de doenças. Nesse caso, o cachorro pode comer bife de fígado também, pois vai suplementar a falta desse nutriente. Apenas lembre-se de que não é para sair dando fígado para o cachorro por conta própria. É importante primeiro conversar com o veterinário para que ele diga se o seu cachorro pode comer fígado mesmo ou não.


O cachorro pode comer carne de fígado para suplementar nutrientes como o ferro
O cachorro pode comer carne de fígado para suplementar nutrientes como o ferro

O cachorro pode comer bife de fígado, mas o excesso causa intoxicação

O cachorro pode comer fígado, mas é preciso ter muita atenção para não exagerar. O fato de ser um alimento muito nutritivo é um grande benefício, mas quando ingerido em grandes quantidades, o excesso de nutrientes tem o efeito contrário e causa intoxicação. O cachorro intoxicado apresenta diarreia, dor abdominal, fraqueza, perda de peso, alterações no pelo e, em alguns casos, taquicardia. A alta concentração de vitamina A pode causar ainda problemas nos ossos, debilitando a locomoção do animal. Além disso, o bife de fígado também possui uma quantidade considerável de gordura. O alto consumo pode levar ao excesso de gordura no corpo, trazendo complicações na saúde e contribuindo para o aumento de peso. Por isso, é muito importante conversar bem com o veterinário antes de oferecer fígado para o cão. 

O recomendado é que o bife de fígado seja oferecido como um petisco, não como a proteína principal da alimentação do cão. O cachorro pode comer carne de fígado durante sessões de adestramento, como uma recompensa, e nos intervalos entre as refeições. O ideal é oferecer de duas a três vezes por semana. 

Cachorro só pode comer fígado cozido e sem temperos

A forma como o cachorro pode comer fígado também deve ser levada em consideração. Muitos tutores se perguntam se cachorro pode comer carne crua. Isso não é recomendado com nenhum tipo, principalmente porque a carne que não passa por um cozimento pode conter bactérias que fazem mal à saúde do cão. Elas só são eliminadas da carne quando são cozidas. Por isso, se você quer saber se cachorro pode comer carne crua, saiba que a resposta é não em qualquer caso

Isso significa que o cachorro pode comer bife de fígado apenas quando estiver cozido. Vale ressaltar também que não se deve temperar a carne nem mesmo com sal. Alimentos como alho e cebola, normalmente usados como temperos nessa preparação, são proibidos para cachorros. Assim, o fígado que preparamos para a nossa refeição não deve ser o mesmo que é oferecido para o cão. Seguindo essas dicas de preparo e com atenção à quantidade, o cachorro pode comer fígado sem problemas, garantindo muitos benefícios para a saúde.

Redação: Maria Luísa Pimenta