Adestramento

Cachorro brigando na rua? Veja as dicas de um adestrador para corrigir esse comportamento

Briga de cachorro:  aprenda como controlar o comportamento agressivo durante os passeios
Briga de cachorro: aprenda como controlar o comportamento agressivo durante os passeios

Ao se deparar com uma briga de cachorro, é fundamental que os tutores tenham uma ação rápida e precisa para não resultar em um dos animais (ou até mesmo os donos) feridos. Por instinto, é comum que os cães, principalmente os machos, se estranhem durante o passeio na rua. A razão por trás do comportamento é muito variada e pode ter relação com dominância, falta de socialização e até mesmo a presença de alguma cadela no cio por perto. O que nem todo mundo sabe é que é possível prever um ataque e até mesmo parar o cachorro antes dele partir para cima de outro animal. O adestrador Bruno Correa deu algumas dicas de como corrigir o comportamento com treinos de obediência e controle. Dá só uma olhada no que ele falou!

Cachorro brigando na rua: as diferentes causas para o problema

No geral, os cães costumam ser bastante sociáveis, sejam com a sua família ou com outros pets. Ainda assim, o adestrador Bruno explica que não podemos esquecer as origens do animal. “Mesmo que os cães domésticos já tenham se afastado há muito tempo dos seus primos selvagens, os lobos, as características comportamentais ainda são muito semelhantes”, afirma. Por isso, a briga de cachorro pode ser motivada por diversos fatores. “Podemos dizer que o que origina as brigas são recursos, como alimentação, procriação, liderança e atenção e, no caso de cães domésticos, os brinquedos”, conta o profissional. Além disso, a socialização ineficiente do cãozinho ao longo da vida também pode ser o motivo do desentendimento. Nesse caso, o desconforto e o medo são os principais gatilhos para a reação.

Antes da briga, cachorro dá sinais de que está prestes a atacar

Ao contrário do que muitos tutores pensam, a briga de cachorro não começa por nada. Na verdade, o seu amigo sempre vai tentar demonstrar de alguma forma que não está confortável antes de tomar uma atitude agressiva: a linguagem corporal canina dá diversos sinais. “Os cachorros possuem uma comunicação verbal extremamente limitada, sendo demonstrada por pouquíssimos sons. Por isso, sua comunicação é praticamente por linguagem corporal”, explica Bruno. A posição do rabo, orelhas e até a forma como o cachorro olha para o outro animal são indícios do ataque: “um cão em estado de combate tende a levantar os pelos da nuca, enrijecer os músculos e deixar a cauda levemente levantada e imóvel. Em alguns casos, ele também pode abaná-la de forma leve.”

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    O adestramento de cães ajuda o tutor a ter mais controle da situação
    O adestramento de cães ajuda o tutor a ter mais controle da situação

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele
    Comportamento animal

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele

    Se você tem um felino em casa, com certeza já deve ter se questionado como saber se seu gato te ama. Pelo fato dos felinos serem muito reservados, e às vezes independentes, fica mais difícil decifrar o amor de gato - diferente dos cães, que expressam isso de um jeito eufórico e quase exagerado. Os bichanos demonstram afeto pelos humanos de um jeito delicado e único, com atitudes que podem até passar despercebidas.

    Como separar briga de cachorro?

    Separar uma briga de cachorro é, certamente, uma das tarefas mais desafiadoras que os tutores podem enfrentar. Por isso, a primeira coisa a fazer é tentar manter a calma e pensar racionalmente. No momento da intervenção física, é importante saber fazer isso de forma segura — tanto para você quanto para eles. Segundo Bruno, as atitudes podem variar de acordo com o porte físico do animal. “Cães menores tendem a não segurar a mordida e não persistir por muito tempo em "luta". Já os cachorros maiores possuem uma mandíbula poderosa. Por isso, gritar, pedir e entrar em nervosismo não vai ajudar. Tão pouco agredir o cão de forma exagerada”, conta.

    Na verdade, a solução para encerrar a briga é “tirar” a força do cão. “No caso de um cão de porte grande (40 kg+), por exemplo, é possível envolver o pescoço do animal com a coleira ou um pano, como a camisa, e contê-lo. Sim, é preciso, de certa forma, interromper o fluxo de ar do animal para que ele perca a força e solte a mordida. Assim que isso acontecer, o tutor deve liberar a pressão e manter o cão contido para evitar outro ataque”, explica. Embora a técnica pareça agressiva, é uma das mais eficazes para separar briga de cachorro. 

    Adestramento é melhor forma de evitar as brigas

    O adestramento de cães é uma das melhores formas de evitar a briga de cachorro. As técnicas aplicadas nos treinamentos ajuda o tutor a ter o controle do animal e normalmente até ameniza alguns comportamentos agressivos do animal. “Durante o adestramento de cães, o profissional ensina o dono a entender e ler o seu animal, além de ensiná-lo a controlar o cachorro no dia a dia e em situações adversas. Desta forma, é possível evitar o atrito antes dele começar”, conta o especialista. Mas lembre-se: o resultado final do adestramento depende de um conjunto de ações e, principalmente, da contribuição do tutor. Sendo assim, ao optar pelo adestramento, é importante seguir à risca as recomendações do especialista e manter uma rotina de treinamentos.

    Redação: Úrsula Gomes

    Pode passear com cachorro nos dias de muito calor? Qual a melhor forma de fazer isso?

    Próxima matéria

    Pode passear com cachorro nos dias de muito calor? Qual a melhor forma de fazer isso?

    Seu cachorro só faz necessidades na rua? Veja 5 dicas de um adestrador para o animal fazer xixi e cocô em casa
    xixi

    Seu cachorro só faz necessidades na rua? Veja 5 dicas de um adestrador para o animal fazer xixi e cocô em casa

    Muitos cachorros domésticos são acostumados a fazer suas necessidades apenas na rua. Alguns tutores preferem acostumar os amiguinhos peludos assim por questões de higiene e limpeza e aproveitam para passear com os animais na hora de fazer xixi e cocô. Mas, nesse período de isolamento social e quarentena, pode não ser uma boa ideia levar seu cão para a rua. Uma alternativa para isso é acostumar seu cachorro a fazer as necessidade dentro de casa, em um local selecionado por isso. Para quem não sabe como fazer isso, o Patas da Casa conversou com o Max Pablo, passeador e adestrador de cães, que contou 5 dicas para fazer a adaptação.

    Seu cachorro morde durante as brincadeiras? Adestrador explica o que motiva esse comportamento e como corrigir
    Adestramento

    Seu cachorro morde durante as brincadeiras? Adestrador explica o que motiva esse comportamento e como corrigir

    O seu cachorro morde muito? Ao adotar um filhote de cachorro, já esperamos muitas bagunças, dentinhos afiados roendo móveis e até mordidinhas durante as brincadeiras. No entanto, mesmo os cachorros adultos continuam com a mania de morder as pessoas da casa, tanto para brincar como para chamar a atenção. Seja qual for o propósito, as mordiscadas não são nada agradáveis e devem ser corrigidas o quanto antes.

    Como treinar o Rottweiler para evitar comportamentos agressivos? Veja as dicas de um adestrador!
    Adestramento

    Como treinar o Rottweiler para evitar comportamentos agressivos? Veja as dicas de um adestrador!

    A fama de bom guardião dos cães da raça Rottweiler é notória, assim como os estereótipos que envolvem o seu temperamento difícil e agressivo. Na verdade, o porte robusto e a aparência intimidadora desses cachorros grandes escondem um animal tranquilo, protetor e muito leal ao seu tutor. Isso quer dizer que, se um Rottweiler for bem treinado, ele consegue ser dócil, carinhoso e um excelente companheiro para a família, incluindo as crianças.

    Cachorro pulando nas visitas? Veja como corrigir esse comportamento
    Adestramento

    Cachorro pulando nas visitas? Veja como corrigir esse comportamento

    Só quem educou um cachorro desde a fase de filhote sabe o quanto esse pode ser um trabalho árduo — principalmente quando se trata de corrigir a prática que o animal tem de pular em qualquer pessoa que cruze a porta (principalmente as visitas). O adestramento de cães e a socialização do animal têm como principal objetivo corrigir este e outros comportamentos que tornam o dia a dia com o animal bem mais complicados. Se você não sabe como adestrar um cachorro sozinho em casa e passa pelo problema do doguinho que parece ter molas nas patas sempre que alguém chega, pode ficar tranquilo:

    Ver Todas >

    Gato na janela: veja acessórios e produtos que deixam a experiência do bichano mais segura e confortável
    Comportamento animal

    Gato na janela: veja acessórios e produtos que deixam a experiência do bichano mais segura e confortável

    Quem tem gato em casa sabe bem que esses animais adoram ficar nas alturas! As janelas são praticamente os lugares preferidos da casa para os gatinhos. De lá eles conseguem ver o movimento da rua sem perder nada que acontece dentro de casa. Para que esse hábito do bichano fique mais agradável e seguro, nada melhor do que personalizar esse espaço para que ele se torne mais “gatificado” ainda.

    Você sabe a história por trás do meme do vira-lata caramelo? Conheça da cachorrinha Pipi
    Comportamento animal

    Você sabe a história por trás do meme do vira-lata caramelo? Conheça da cachorrinha Pipi

    Pipi é o nome da vira-lata caramelo que já faz parte do cotidiano brasileiro há um tempo e virou praticamente uma celebridade na internet. Mas você sabe como ela virou meme e qual a história por trás da imagem? O Patas da Casa foi atrás da história e entrevistou a Vanessa Brunetta, tutora da Pipi, a vira-lata caramelo que estampa uma das montagens mais famosas com a cédula de R$ 200. 

    Adestrar cachorro: como usar os petiscos da forma certa para treinar o animal?
    Comportamento animal

    Adestrar cachorro: como usar os petiscos da forma certa para treinar o animal?

    Adestrar o cachorro é algo que pode mudar o relacionamento entre animais e humanos. Um dos grandes aliados do adestramento de cães são os petiscos, muito utilizados para associar comandos e treinos a recompensas. No entanto, é preciso atenção com a quantidade de petiscos e até a forma como são utilizados durante os treinamentos para que não se torne um problema para a saúde e comportamento do animal. 

    Fantasia de Halloween para cachorro: 4 ideias fáceis para colocar em prática
    Comportamento animal

    Fantasia de Halloween para cachorro: 4 ideias fáceis para colocar em prática

    O cachorro fantasiado fica uma fofura e chama a atenção por onde passa. O Halloween, o famoso dia das bruxas, é tradição em vários países do mundo e é conhecido pelas fantasias inusitadas e cheias de criatividade! Se você ama vestir o seu cãozinho em datas comemorativas, como o natal ou carnaval, não pode deixar passar a oportunidade para fazer uma fantasia de halloween para cachorro bem legal. Veja algumas ideias que separamos!

    Ver Todas >