Adoção

Adoção de animais: como é o dia a dia de uma ong que cuida de bichinhos abandonados?

A AILA (Aliança Internacional do Animal), de São Paulo, já salvou a vida de mais de 120 mil pets
A AILA (Aliança Internacional do Animal), de São Paulo, já salvou a vida de mais de 120 mil pets

Já parou para se perguntar como é a rotina de instituições que resgatam animais abandonados? É um trabalho árduo e que exige muita dedicação, carinho e, principalmente, amor para lidar com situações de maus-tratos e oferecer uma vida digna aos pets abandonados. O Patas da Casa entrou em contato com a AILA (Aliança Internacional do Animal), uma organização não governamental de São Paulo que se dedica a esta missão há quase 21 anos. O projeto nasceu de uma situação bastante inusitada: uma denúncia anônima levou Ila Franco Bick a conhecer Madú, uma elefanta de circo que sofria maus-tratos. A partir disso, surgiu a ideia de um projeto que visasse o resgate de animais em condições de abandono. Mas então, como é o dia a dia desses protetores? Quais desafios eles encontram no dia a dia?

AILA, ong que resgata animais, já ajudou mais de 120 mil bichinhos

Fundada em 9 de setembro de 1999, a Aliança Internacional do Animal está localizada em São Paulo e tem um espaço de aproximadamente 120 mil metros de área de vegetação natural, com cinco núcleos distintos. De acordo com a fundadora da instituição Ila Franco Bick, há uma estimativa de que 120 mil animais já foram atendidos ao longo de duas décadas - entre esterilizações, resgates ou cuidados veterinários filantrópicos. Desse número, pelo menos 10 mil animais foram efetivamente resgatados.

Segundo ela, os protetores de animais são acionados, principalmente, por meio de denúncias que eles recebem, mas essa não é a única forma de resgate. “Nosso histórico de socorro aos animais em situações críticas é reconhecido, então recebemos muitas denúncias. Outra maneira de resgate muito comum é aquele em que coloca o funcionário da AILA diante de adversidades, abandonos, animais acorrentados, animais em condições de vulnerabilidade e consumido por doenças”, revela. Nesse segundo cenário, o impacto é ainda maior, já que geralmente são situações de total abandono em que os pets precisam de uma mudança drástica de vida.

Gatos e cachorros abandonados: como é a rotina de cuidados na AILA?

Ao resgatar um cachorro ou gato abandonado ou em situação de maus-tratos, a AILA se encarrega de dar todo o suporte e amparo de que o animal precisa. O primeiro passo é prestar os primeiros socorros, já que geralmente os nossos amigos de quatro patas estão muito debilitados e assustados com toda a situação. Depois disso, eles passam por um processo de assepsia, que consiste na remoção de possíveis micro-organismos, como carrapatos e vermes, causadores de doenças comuns. Em seguida, vem o banho, a alimentação, realização de exames clínicos e o uso de medicações em caso de doença. Além disso, a ONG também tem um cuidado muito especial na hora de encontrar o cantinho ideal para o pet no local: “É preciso muita observação e respeito para perceber a personalidade do animal e alojá-lo no núcleo onde se sentirá acolhido pelos outros”.

Os protetores de animais que trabalham na AILA também encontram alguns desafios no dia a dia, como manter todos os ambientes limpos e organizados para o bem-estar dos animais. Para isso, eles contam com duas coletas diárias de dejetos feitas nos cinco núcleos da instituição. “Outro desafio é manter horários de medicação de uso contínuos, controle de zoonoses, manutenção de acessórios, equipamentos e campanhas de resultados”, conta Ila.

Adoção de animais: veja uma galeria com bichinhos da AILA prontos para ganharem uma família!

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    O Cristian é um dos gatinhos atendidos pela AILA que está em busca de um lar cheio de amor!
    O Cristian é um dos gatinhos atendidos pela AILA que está em busca de um lar cheio de amor!
    O Dustie é só amor e companheirismo: o amigo perfeito para a sua vida!
    O Dustie é só amor e companheirismo: o amigo perfeito para a sua vida!
    Adoção animal: o Valentin até se arrumou para ver se chama a atenção de quem quer um peludinho em casa
    Adoção animal: o Valentin até se arrumou para ver se chama a atenção de quem quer um peludinho em casa
    Os protetores de animais cuidaram muito bem do Biscuit e agora ele está prontinho para ter um lar
    Os protetores de animais cuidaram muito bem do Biscuit e agora ele está prontinho para ter um lar
    A Madalena não vê a hora de ter uma família para chamar de sua
    A Madalena não vê a hora de ter uma família para chamar de sua
    A Bambina está pronta para encontrar um lar amoroso!
    A Bambina está pronta para encontrar um lar amoroso!
    O Cristian é um dos gatinhos atendidos pela AILA que está em busca de um lar cheio de amor!
    O Dustie é só amor e companheirismo: o amigo perfeito para a sua vida!
    Adoção animal: o Valentin até se arrumou para ver se chama a atenção de quem quer um peludinho em casa
    Os protetores de animais cuidaram muito bem do Biscuit e agora ele está prontinho para ter um lar
    A Madalena não vê a hora de ter uma família para chamar de sua
    A Bambina está pronta para encontrar um lar amoroso!

    Mais Lidas

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Se você está pensando em ter um pinscher na sua vida pode estranhar a numeração que normalmente acompanha o nome da raça. O cachorro pinscher é conhecido por ser bem pequeno, mas ainda assim há variações de tamanho: as classificações 0, 1, 2 ou miniatura são super importantes para saber a dimensão aproximada do cãozinho. Além disso, pode ajudar muito na hora de decidir pelo seu novo melhor amigo.

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!
    Adote um animal

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!

    Às vezes, a vontade de adotar um gatinho é tão grande que acabamos nos precipitando e não dando a devida atenção a alguns detalhes muito importantes, como o sexo do filhote. É muito normal achar que adotou uma fêmea e só depois descobrir que o gato, na verdade, é macho. Nós sabemos que não é nada fácil diferenciar o órgão genital do gato logo nos primeiros meses de vida do animal. Se você faz parte deste time, não se preocupe, isso é muito comum!

    Conheça as 10 raças de cachorro mais populares no Brasil!
    Adote um animal

    Conheça as 10 raças de cachorro mais populares no Brasil!

    Não há dúvidas de que os cachorros são os pets mais populares no Brasil. A fama de melhor amigo do homem não é à toa: 44,5% - ou seja, quase metade - dos lares têm pelo menos um cachorro no país, segundo a Faculdade de Medicina Veterinária da USP. Mas será que existe uma raça que é mais popular que as outras?

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)
    Adote um animal

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)

    O Yorkshire é um cãozinho muito popular nos lares brasileiros. Pequeno, fofo, esperto e bem brincalhão: companheirismo é uma característica marcante nesses mini-cães, ideais para apartamentos, famílias com crianças ou mesmo pessoas que moram sozinhas e querem um amigo fiel. O Yorkshire Terrier é reconhecido de longe pelas duas cores na pelagem, o tamanho e por sua característica única: as orelhas para cima. Quer saber tudo sobre o cachorro yorkshire? Então continue acompanhando a leitura!

    Adoção animal: saiba como acontece o processo na AILA

    Para quem se interessou no serviço da AILA, a instituição promove feiras de adoção todos os sábados no estado de São Paulo, em parceria com a Rede Petland. “Nossos tratadores interagem com os tutores para troca de informações sobre os pets, uma prévia de um questionário de triagem detalhado pelo qual os tutores preenchem e são responsáveis pelas respostas e sua veracidade. Eles assinam um Termo de Adoção com algumas regras de segurança e o compromisso de devolver somente a AILA caso a adaptação entre pet e tutor não aconteça”, explica Ila.

    Infelizmente, durante a quarentena o número de animais abandonados cresceu bastante. “Para se ter uma ideia do aumento de abandonos, tivemos resgates de acaso feitos por mim enquanto me deslocava para um compromisso, nas imediações da cidade de Cotia”, lembra. Ao todo, foram oito resgates, sendo que destes, 3 eram fêmeas prenhas que tiveram 10 filhotes cada. Por isso, a ONG está um pouco mais rigorosa com as suas adoções: “Fomos incisivos e criteriosos aumentando as exigências de adoção, porque reincidir um abandono de um animal seria extrapolar uma crueldade anunciada”.

    Em março de 2020, um censo realizado na própria instituição levantou dados de que haviam 503 cachorros e 124 gatos disponíveis para adoção. Todos vermifugados, vacinados e esterilizados. No entanto, como Ila destaca, a maioria do público prefere cachorros pequenos, peludos, calmos e que não sejam muito novos, mas também não sejam muito velhos. Esses filtros acabam dificultando muito o processo de adoção, e é importante ter em mente que todos os bichinhos merecem amor e um lar saudável. Por isso, quem deseja adotar um companheiro de quatro patas, precisa fazer isso de coração aberto e ciente da responsabilidade que é cuidar de uma nova vida. Você pode acompanhar o dia a dia da AILA na página deles no facebook

    Redação: Juliana Melo

    Conheça o Basenji, uma raça de cachorro que não sabe latir!

    Próxima matéria

    Conheça o Basenji, uma raça de cachorro que não sabe latir!

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa
    Raças

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa

    O Ragamuffin é uma raça de gato muito amável e carinhosa. Não muito conhecido no Brasil, o gato ragamuffin se originou a partir do cruzamento com felinos da raça Ragdoll. É considerado um gato gigante e pode chegar até os 9kg. O "Ragamuffin cat" pode ter a pelagem e olhos de diferentes cores. Uma característica marcante é o jeito brincalhão e o fato de amar colo. O Ragamuffin é ideal para famílias com crianças e outros animais.

    Como cuidar de cachorro para evitar que ele fique doente? Veja 7 dicas essenciais!
    Saúde

    Como cuidar de cachorro para evitar que ele fique doente? Veja 7 dicas essenciais!

    A possibilidade de um cachorro doente é o pesadelo de todo tutor. Nossos cães são companheiros fiéis que dependem de nós para ter uma vida plena e saudável. Por isso, é importante conhecer os problemas de saúde mais comuns que afetam os bichinhos, seus principais sintomas e métodos de prevenção. Para manter o seu cão sempre feliz e seguro, é fundamental fornecer água e alimentação adequadas, manter uma rotina de exercícios, cuidar da limpeza do ambiente e visitar o veterinário regularmente.

    Cães e gatos pretos: por que eles são mais rejeitados na hora da adoção?
    Histórias reais

    Cães e gatos pretos: por que eles são mais rejeitados na hora da adoção?

    Na hora de adotar um pet, muita gente nem imagina a dificuldade que é conseguir arranjar uma família para os bichinhos de pelagem mais escura. Seja um gato preto filho ou um cachorro preto grande: eles raramente são escolhidos pelos adotantes. Mas por que isso acontece, afinal? Pesquisas feitas pela ASPCA, American Society for the Prevention of Cruelty to Animals, revelam pelo menos dois motivos para que os animais de cor preta sejam mais rejeitados na hora da adoção: a Síndrome do Grande Cachorro Preto e a ideia de que o gato preto está ligado a superstições.

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino
    Ração

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino

    Um dos sinais mais comuns que os gatos demonstram que alguma coisa não vai bem com a saúde é não querer comer ou comer bem pouco. Os motivos podem ser os mais diversos, desde uma leve indisposição a problemas mais graves. Por isso, conhecer bem o comportamento do seu felino e ficar atento aos demais sinais é essencial para agir corretamente e buscar ajuda veterinária a tempo. Para ajudar, vamos tirar algumas dúvidas e dar dicas de como fazer o seu gato voltar a comer.

    Ver Todas >

    Nomes para gatas: confira uma lista com 100 sugestões para chamar a sua gatinha
    Adote um animal

    Nomes para gatas: confira uma lista com 100 sugestões para chamar a sua gatinha

    Na hora de adotar um gato, existe uma série de fatores que devem ser levados em consideração, entre eles como você chamará o animal. Quando se trata de nomes para gatas, é comum que as opções mais fofas e meigas sejam as favoritas entre os tutores. Mas a verdade é que existem centenas de opções de nomes para gatos fêmeas que podem entregar as características físicas e, principalmente, a personalidade da nova integrante da família. 

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena
    Adote um animal

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena

    Para quem sempre sonhou em ter um cachorro de raça pequeno, o Boston Terrier é a companhia certa! Embora ele ainda seja muito confundido com o Bulldog Inglês, o cãozinho desta raça tem qualidades únicas e excepcionais. Amigáveis, brincalhões e com muita energia, os cachorros da raça Boston Terrier são muito fáceis de lidar no dia a dia e amam agradar seus tutores. Além disso, eles são super adaptáveis e conseguem conviver bem em praticamente qualquer lugar. 

    Gato Siamês e vira-lata: como identificar cada um?
    Adote um animal

    Gato Siamês e vira-lata: como identificar cada um?

    O gato Siamês é uma das raças mais populares no Brasil. Já gatinhos SRD (Sem Raça Definida), os famosos vira-latas, também não ficam para trás nos lares brasileiros. Você com certeza já deve ter se esbarrado por aí com um vira-latinha que tem as características do Siamês - ou seja, pelagem acinzentada, olhos azuis e extremidades num tom mais escuro. A explicação para isso é simples: essas características típicas do gato Siamês puro são facilmente passadas geneticamente nos cruzamentos. 

    Collie ou Pastor-de-shetland? Aprenda a diferenciar essas raças de cachorro muito parecidas
    Adote um animal

    Collie ou Pastor-de-shetland? Aprenda a diferenciar essas raças de cachorro muito parecidas

    Não existe coisa mais comum do que confundir algumas raças de cachorro. Ainda mais quando elas são da mesma origem e compartilham características parecidas. É o caso do Collie e do Pastor-de-shetland. Ambas as raças nasceram na Escócia e possuem traços físicos bem similares, mas também têm suas particularidades que as tornam únicas.

    Ver Todas >