Alimentação

8 vegetais que cachorro não pode comer

É importante saber os legumes que cachorro não pode comer para evitar problemas
É importante saber os legumes que cachorro não pode comer para evitar problemas

Mesmo que o cachorro não siga uma alimentação completamente natural, muitos vegetais podem complementar a dieta quando oferecidos como petiscos casuais. Mas você já se perguntou quais legumes pode dar para cachorro? Sim, não é porque é "saudável" que está liberado: existem alguns legumes e verduras que cachorro não pode comer. Eles podem causar desconforto e, muitas vezes, são até tóxicos. Para que os legumes ajudam na nutrição, é preciso que sejam oferecidos da forma correta: por isso, tutor, sempre vá atrás de informações sobre quais alimentos podem ser incluídos e quais estão proibidos. Veja abaixo 8 vegetais que cachorro não pode comer!

1) Cebola para cachorro? Em hipótese alguma

A cebola possui elementos que não fazem mal ao ser humano, mas que podem ser extremamente tóxicos para os pets. Uma dessas substâncias é o N-Propil, um dissulfato capaz de inibir algumas enzimas essenciais para o funcionamento do organismo e atacar os glóbulos vermelhos. O N-Propil transforma a hemoglobina em metaglobina. Em alta concentração, significa que pode levar à destruição dos glóbulos vermelhos, resultando em um caso grave de anemia hemolítica nos cães. Vale lembrar que a hemoglobina é a proteína responsável por transportar nutrientes e oxigênio pelo organismo. Por isso, sua perda impacta o funcionamento do corpo inteiro. Os sintomas mais comuns da intoxicação por cebola são vômito, urina avermelhada, diarreia, aumento do ritmo cardíaco e apatia.

2) O alho é da família da cebola e também é um alimento que não pode dar para cachorro

O alho é outro alimento que deve ser evitado. Em pequenas quantidades e com pouca frequência pode até trazer alguns benefícios, como redução do colesterol e desintoxicar o fígado, mas em grandes quantidades pode causar o mesmo problema da cebola. Os dois alimentos fazem parte da família Allium, assim como o alho poró e a cebolinha, e possuem alicina, uma outra substância que também causa a destruição da hemoglobina e facilita o desenvolvimento da anemia hemolítica. Os sintomas da intoxicação por alho são semelhantes aos causados pela cebola.

3) Não pode dar batata crua para cachorro por causa de substância tóxica

A batata crua para cachorro é proibida da dieta. O legume possui uma substância chamada solanina, que é eficaz principalmente para afastar insetos e parasitas. Para o cachorro, pode ser tóxica. Presente principalmente na batata-inglesa, afeta o sistema nervoso central e pode causar problemas gastrointestinais. Alguns sintomas são diarreia, náusea, vômito e até mesmo dificuldade para respirar. Porém, a batata é um dos legumes que pode dar para cachorro se for cozida ou assada! A batata-doce cozida, por exemplo, pode ser um ótimo petisco para o seu pet.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Alguns legumes que os cachorros podem comer precisam de muita atenção no preparo
    Alguns legumes que os cachorros podem comer precisam de muita atenção no preparo

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Muitos tutores questionam se podem oferecer legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de ser muito saudável, esse tipo de alimento ajuda a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas. Mesmo se alimentando de ração diariamente, não há uma restrição que impede o cão de comer alimentos gostosos por fora, como vegetais e frutas variadas. O importante é que o tutor respeite a saúde do cachorro e ofereça com moderação, é claro - lembrando que sempre vale conversar com o veterinário antes de qualquer decisão.

    4) O feijão pode causar dores no estômago do cachorro  

    O feijão é uma das leguminosas que os cachorros podem comer quando bem preparado, mas é preciso ter bastante cuidado. O alimento tem uma substância chamada lectina que, se ingerida em grandes quantidades, causa náusea, vômito e dores no estômago. Além disso, o preparo do feijão não leve levar nenhum tipo de tempero. Portanto, se quiser dar feijão ao seu cachorro, prepare especialmente para ele, bem cozido, sem temperos e em quantidades pequenas.

    5) A mandioca tem muito carboidrato e pode contribuir para obesidade canina

    A mandioca em excesso leva a uma alta ingestão de carboidratos. Para seu cãozinho, isso pode resultar em problemas intestinais, como gases, diarreia e vômito. Além disso, contribui para a obesidade canina. Se cozida e em poucas quantidades, está permitido, mas jamais dê o alimento cru, pois é extremamente tóxico (a mandioca possui Ácido Cianídrico, que só perde seu efeito após o cozimento). 

    6) O milho enlatado ou na espiga afeta o intestino do cachorro

    O milho é um dos legumes que cachorro pode comer se for bem preparado - cozido apenas em água, - mas jamais o dê na espiga. Os grãos podem fazer o cachorro engasgar, além de causar uma obstrução no intestino. Também não ofereça milho enlatado, pois possui muitos conservantes que fazem mal ao bichinho. 

    7) As folhas e caules de vegetais devem ser removidos antes de incluir na alimentação do cachorro

    Ao oferecer legumes e verduras para cachorro, sempre tire as folhas e os caules. É o caso das folhas de cenoura ou brócolis, por exemplo. A ingestão dessas partes dos vegetais pode ser bastante prejudicial ao cachorro e causar danos no organismo. 

    8) Tomate para cachorro é proibido por causa da alta acidez

    É melhor evitar dar tomate para cachorro. O alimento possui solanina - que é mais presente em tomates verdes -, por isso está totalmente proibido na dieta dos cães. O tomate também tem uma acidez que pode afetar o estômago do bichinho. A intoxicação por tomate pode levar o cachorro a ter problemas gastrointestinais, fraqueza e tremores. Além disso, as sementes podem fazer o cão engasgar e também causar dores intestinais. 

    Redação: Maria Luísa Pimenta 

    Cachorro pode tomar chá? Descubra se a bebida é liberada e quais os benefícios para o organismo do pet

    Próxima matéria

    Cachorro pode tomar chá? Descubra se a bebida é liberada e quais os benefícios para o organismo do pet

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Ração

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    O que o cachorro não pode comer? Descubra quais alimentos são proibidos para os cães!
    Alimentação

    O que o cachorro não pode comer? Descubra quais alimentos são proibidos para os cães!

    Sabemos que é quase impossível resistir àquele olhar do nosso cachorro pedindo um pedaço da comida quando estamos fazendo alguma refeição. Mas antes de dar qualquer coisa além da ração, é importante saber o que é permitido e o que é proibido na alimentação dos pets, já que existem alimentos humanos que são tóxicos e prejudiciais para a saúde do cão. E fique de olho! Quanto menor for seu cachorro, maiores as chances de um pedacinho de algo proibido fazer mal a ele.

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Ver Todas >

    5 hábitos na alimentação do gato que todo tutor precisa repensar
    Alimentação animal

    5 hábitos na alimentação do gato que todo tutor precisa repensar

    A alimentação do gato é um importante ponto a ser cuidado quando se tem um felino em casa. Uma dieta balanceada, com ração para gato adequada, é garantia de vida saudável e bem estar. Porém, é comum que alguns tutores tenham hábitos que, apesar de comuns, prejudicam a saúde do pet. 

    Cachorro pode comer arroz?
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer arroz?

    Será que o cachorro pode comer arroz? É muito importante ficar atento aos alimentos que são liberados e proibidos para os cães antes de oferecer qualquer tipo de comida que fuja da dieta deles. O organismo canino tem um funcionamento diferente do nosso e nem sempre é capaz de digerir comidas humanas, principalmente por conta dos temperos que são utilizados. Por isso, mesmo que seja tentador oferecer aquele restinho que sobrou do almoço para os cães, não esqueça de pensar na saúde e bem-estar do seu pet em primeiro lugar. 

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?
    Alimentação animal

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

    É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente.

    Alimentação do gato: quais nutrientes são essenciais para a saúde dos felinos?
    Alimentação animal

    Alimentação do gato: quais nutrientes são essenciais para a saúde dos felinos?

    Os gatos precisam de uma alimentação equilibrada e de qualidade para se manterem saudáveis. Os felinos precisam, por exemplo, de uma quantidade muito superior de proteínas do que os cães, que tem uma dieta mais diversificada. Então, qual é a alimentação do gato considerada ideal e quais nutrientes são necessários para cuidar da saúde desses animais? Para tirar as principais dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa foi atrás de algumas informações importantes.

    Ver Todas >