Gato

8 fatos sobre a rinotraqueíte felina que merecem a sua atenção

Publicado - 29 Janeiro 2021 - 16h12

Atualizado - 08 Maio 2024 - 11h23

A rinotraqueíte felina é uma doença que, apesar de ser considerada comum, ainda causa muitas dúvidas nos tutores. A doença pode causar sintomas como tosse, espirros e secreção nasal. No entanto, é altamente contagiosa e pode evoluir para quadros mais graves se não receber a atenção devida. Apesar dessas características, a doença é tratável e não deixa sequelas no bichano - além disso, as formas graves podem ser prevenidas com a vacinação. A seguir, reunimos 8 fatos sobre a rinotraqueíte felina para esclarecer todas as dúvidas sobre a doença!

1. Rinotraqueíte felina possui mais de um agente causador

Por ter alguns sintomas semelhantes a uma gripe em humanos, a rinotraqueíte em gatos é frequentemente chamada de gripe felina por ser parecida com a gripe humana. Essa não é a denominação adequada para a doença, já que os agentes A doença pode afetar animais de todas as idades, sendo uma patologia com mais de um agente causador. Sendo eles: o herpesvírus felino, calicivírus felino e a bactéria Chlamydophila felis. Os três transmissores causam sintomas similares embora agem de forma distinta no organismo dos gatos.

3. A rinotraqueíte em felinos é uma doença altamente contagiosa

A contaminação da rinotraqueíte em gatos se dá através da saliva, corrimento nasal e ocular de um bichano doente com um saudável. O hábito dos gatos de se lamberem aumentam os riscos da contaminação. Além disso, o compartilhamento de caminhas para gatos, comedouros e bebedouros é uma grande forma de contágio da enfermidade.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

4. Sintomas da rinotraqueíte em gatos são semelhantes com o de resfriado em humanos

Como dito acima, a rinotraqueíte é muitas vezes chamada de gripe felina por conta dos sintomas semelhantes à doença nos humanos. O fato da enfermidade ser muitas vezes chamada assim não é à toa, afinal de contas seus principais sintomas são: secreção nasal, espirros, conjuntivite, apatia, febre e falta de apetite.  

 

Gato preto e branco com semblante de que está prestes a espirrar
Fique atento! Gato espirrando pode ser rinotraqueíte

 

5. Acompanhamento veterinário é imprescindível para tratar a rinotraqueíte felina

O maior motivo para que o nome gripe felina não seja adequado para se chamar a doença é que ao ter uma gripe não necessariamente você terá que se consultar com um profissional. Mas no caso da rinotraqueíte em felinos, o acompanhamento de um médico veterinário é imprescindível. Por isso, caso perceba algum sinal de que seu gato esteja com a doença, procure um profissional de confiança.

6. Diagnóstico da rinotraqueíte felina pode precisar de teste laboratorial

Para identificar a rinotraqueíte felina, o veterinário vai analisar os sintomas e o histórico de saúde do animal. Em alguns casos, o profissional pode requisitar um teste PCR, que identifica o DNA do agente causador no organismo do gato. Esse teste faz uma conclusão mais precisa da situação, mas nem sempre é necessário.

7. Rinotraqueíte felina: tratamento não é complicado

Apesar de ser uma enfermidade perigosa, o tratamento para que o gato se recupere não é muito complexo. O tratamento é focado na hidratação correta do gato, o que ajudará o corpo a se recuperar. Além disso, o gato precisará ter uma boa nutrição para elevar sua imunidade, em alguns casos o profissional poderá indicar algum suplemento alimentício. A administração de antibióticos é outro método normalmente utilizado no tratamento da rinotraqueíte em gatos, mas só deve ser feita quando indicada pelo veterinário.

8. Vacinar o gato é a melhor maneira de prevenir rinotraqueíte

Qual a melhor forma de prevenir a rinotraqueíte? Gato com a vacina atualizada é a resposta. A vacinação muitas vezes pode não impedir que o gato contraia a doença, mas deixa o bichano mais forte para combater os agentes, levando ele a apresentar somente sintomas mais leves. Além disso, a imunização evita a disseminação dos agentes causadores da doença e a contaminação de outros gatos.

Redação: Hyago Bandeira

Saúde

O que acontece no corpo da gata no cio? Dos miados estridentes aos picos hormonais, veja todas as mudanças que ela enfrenta

Não precisa ser expert no universo felino para conseguir identificar uma gata no cio. Dos miados estridentes aos picos hormonais, o ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Comportamento

Meu gato está intimidando meu cachorro: 7 dicas aprovadas por um vet para lidar com a situação

Ter um cachorro e gato convivendo em harmonia em casa é o sonho de qualquer tutor - mas a realidade pode ser bem diferente. Por sere...

Adoção

Parece que a internet está obcecada pelo gato marrom: saiba porque todo mundo quer um!

Você já viu um gato marrom por aí? Diferente dos gatos pretos, malhados e frajolas, esses peludinhos são bem raros e, ao mesmo tempo...

Saúde

O que acontece no corpo da gata no cio? Dos miados estridentes aos picos hormonais, veja todas as mudanças que ela enfrenta

Não precisa ser expert no universo felino para conseguir identificar uma gata no cio. Dos miados estridentes aos picos hormonais, o ...

Cachorro

Com ajuda do ChatGPT, mulher cria site para mostrar como os cachorros enxergam de verdade: testamos por aqui!

Você já se perguntou como os cachorros enxergam? Essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas, sejam elas tutoras de um pet ou não. ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Histórias reais

Vira-lata caramelo invade festa junina e faz participação especial na hora quadrilha

Não tem jeito: o vira-lata caramelo sempre dá um jeito de abrilhantar qualquer enredo. Se há algum tempo viralizaram histórias de ca...

Ver todas