close
Comportamento

5 coisas que gatos podem prever (de terremotos a doenças)

Atualizado · 11 de maio de 2022 · 19h49

Publicado · 11/05/2022 · 19h49

Gatos pressentem coisas ruins mesmo ou isso não passa de um mito?
Gatos pressentem coisas ruins mesmo ou isso não passa de um mito?

O misticismo envolvendo os bichanos não é novidade. Afinal, quem nunca ouviu dizer que gato preto dá azar ou que os gatos têm sete vidas? No primeiro caso, não passa de mera superstição (e quem tem um gatinho com essa cor de pelagem pode confirmar isso). Já o outro é claramente um mito, pois eles têm apenas uma vida, assim como nós. Mas uma coisa que ninguém pode negar é que os felinos têm uma sensibilidade e tanta, que vai muito além dos seus instintos felinos selvagens. É por isso que uma pergunta que sempre vem à tona é: será que os gatos pressentem coisas ruins? Vem com a gente desvendar esse mistério!

É verdade que gatos pressentem coisas ruins?

Essa é uma dúvida bem comum, especialmente porque muitas pessoas acreditam que os gatos têm poderes “sobrenaturais” e são seres místicos. Mas isso não é bem verdade. De fato esses animais conseguem “prever” certas situações, só que a explicação não tem nada a ver com magia ou dom. Os gatos detectam doenças, sabem quando a gente vai morrer e sente até mesmo nossas mudanças de humor, mas essa sensibilidade tem mais a ver com a anatomia do gato e os sentidos do corpo felino. Veja abaixo algumas coisas que os gatos pressentem!

1) Gatos sentem quando o dono vai morrer

Embora não haja nenhum estudo científico comprovando isso, acredita-se que o gato sente quando o dono vai morrer. Mas isso só acontece quando a causa da morte é natural e não envolve acidentes ou situações inesperadas. A explicação para isso está no olfato felino, que é capaz de detectar pequenas alterações do corpo humano que passam despercebidas por nós. Então quando alguém está prestes a morrer, ocorrem mudanças no organismo da pessoa que são facilmente percebidas pelo animal - e é por isso que os gatos “sentem” quando o dono vai morrer.

2) Gatos sentem quando estamos doentes

Da mesma forma que ocorrem mudanças fisiológicas no corpo humano quando ele está perto da morte, as doenças também alteram significativamente o nosso odor - e é claro que isso não passa despercebido pelos gatos. Aliás, segundo uma pesquisa elaborada pela Applied Animal Behavior Science, a capacidade dos gatos de detectar mudanças químicas nos tutores e no ambiente influencia no comportamento felino. Os bichanos se sentem seguros perto de cheiros familiares e ficam intrigados com odores que não reconhecem.

Dessa forma, o gato sente quando o dono está doente e às vezes dá indícios disso. Ah, e detalhe: não são apenas doenças físicas, mas transtornos psicológicos também estão incluídos porque causam desequilíbrios hormonais no corpo humano que são detectados pelos animais. O gato pode sentir diferentes problemas, desde câncer e diabetes até quadros depressivos e ansiedade .

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O gato sente quando o dono está doente ou triste
    O gato sente quando o dono está doente ou triste

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    3) Gatos sentem quando estamos tristes

    A pet terapia - ou terapia assistida por animais - está cada vez mais em alta, mas acredite: não é só no tratamento da depressão e outros problemas de saúde que os gatos ajudam. Na verdade, pequenas mudanças de humor também são captadas pela sensibilidade felina, e é por isso que esses animais são capazes de perceber até quando estamos tristes. 

    Foi isso que um outro estudo descobriu: segundo uma pesquisa desenvolvida pela Universidade de Bari, na Itália, os gatos conseguem reconhecer emoções humanas por meio de observações auditivas e visuais. Não é à toa o amor de gato é bem visível nesses momentos tristes e difíceis: eles tentam fazer a gente se sentir melhor com a sua companhia e carinho, e dificilmente saem do nosso lado.

    4) Gatos sabem quando vai chover

    Mudanças no clima também podem ser facilmente previstas pelos gatos. Nesse caso, a audição felina é a verdadeira responsável por essa percepção do tempo, principalmente quando vai chover. A explicação é muito simples: por ter o sentido bem aprimorado, o gato consegue ouvir barulhos de trovão há uma distância muito superior que a nossa, ainda que seja um ruído fraco. Além disso, a sensibilidade a cheiros e mudanças na pressão atmosférica também influenciam nessa questão. 

    5) Gatos sabem quando vai haver um terremoto e outros desastres naturais

    Você provavelmente já ouviu por aí que os gatos preveem terremotos. Essa ideia vem da década de 1980, quando o cientista alemão Helmut Tributsch lançou um livro chamado “When The Snakes Awake: Animals and Earthquake Prediction”, que alegava que os animais em geral estão bem sintonizados com terremotos iminentes. Ou seja, não seriam apenas os gatos, mas a maioria dos bichinhos que conseguem “sentir” quando vai haver um terremoto.

    Um dos motivos que explica essa teoria seria a mudança estática do ambiente, que normalmente traz um desconforto e mal estar para os pets. Além disso, a pata de gato é muito sensível, especialmente na região das almofadinhas, e isso seria capaz de detectar pequenas vibrações que sucedem os terremotos. A audição também pode ter um papel importante nisso, embora não haja nenhuma comprovação científica ainda.

    Redação: Juliana Melo

    Gatos sonham? O que significa sonhar com gato? Entenda tudo sobre o sono dos felinos e outras curiosidades

    Próxima matéria

    Gatos sonham? O que significa sonhar com gato? Entenda tudo sobre o sono dos felinos e outras curiosidades

    As 5 doenças de gato mais graves que podem atingir os felinos
    Saúde

    As 5 doenças de gato mais graves que podem atingir os felinos

    Ter um bichinho em casa vai muito além dos momentos de diversão e das trocas de carinho com o seu amigo de quatro patas. Por isso, cuidar de um gatinho também significa saber identificar quando há algo de errado com a saúde dos felinos. Dentre as doenças mais comuns - e graves - que podem afetar o bichano, estão a FIV, FeLV e a PIF felina. Além delas, a clamidiose e a insuficiência renal em gatos também precisam de atenção, já que podem trazer graves consequências se não forem tratadas ou devidamente controladas. Mas não precisa se desesperar: o Patas da Casa reuniu as principais informações sobre cada uma dessas doenças de gatos domésticos para que os tutores fiquem bem atentos. Chega mais!

    Gato Singapura: tudo que você precisa saber sobre a raça
    Raças

    Gato Singapura: tudo que você precisa saber sobre a raça

    Com uma beleza extraordinária, o gato Singapura deixa qualquer um babando. Esse felino de pequeno porte é considerado uma das menores raças de gato que existem. Entretanto, suas características físicas singulares não param por aí: os olhos grandes e expressivos são outra particularidade da raça. Além disso, a raça Singapura possui uma personalidade dócil e amigável. Ficou curioso para conhecer mais sobre essa raça de gato?

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)
    Raças

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)

    O Khao Manee tem um grande potencial para ser um dos grandes queridinhos entre os apaixonados por gatos. Com olhos de cores marcantes e pelo branquinho, o felino desta raça possui uma aparência rara que chama atenção e é uma ótima companhia para qualquer família. De origem tailandesa, esse gatinho é super amigável e ama estar ao lado dos seus humanos - e até mesmo de outros animais. Para conhecer mais a fundo o gato Khao Manee, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse bichano incrível. Dá uma olhada!

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa
    Raças

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa

    O Ragamuffin é uma raça de gato muito amável e carinhosa. Não muito conhecido no Brasil, o gato ragamuffin se originou a partir do cruzamento com felinos da raça Ragdoll. É considerado um gato gigante e pode chegar até os 9kg. O "Ragamuffin cat" pode ter a pelagem e olhos de diferentes cores. Uma característica marcante é o jeito brincalhão e o fato de amar colo. O Ragamuffin é ideal para famílias com crianças e outros animais.

    Ver Todas >

    Enriquecimento ambiental para cães: o que é?
    Comportamento animal

    Enriquecimento ambiental para cães: o que é?

    Já ouviu falar no enriquecimento ambiental para cães? Apesar do conceito parecer novo, ele já faz parte da vida dos nossos doguinhos há um bom tempo: trata-se de estímulos físicos, mentais e sociais que melhoram o bem-estar e a qualidade de vida dos nossos pets. Isso pode incluir desde brinquedos para cachorro e brincadeiras, até passeios e socialização com outros animais e pessoas. 

    Enriquecimento ambiental para gatos: o que é?
    Comportamento animal

    Enriquecimento ambiental para gatos: o que é?

    O enriquecimento ambiental para gatos é um cuidado necessário para oferecer uma boa qualidade de vida aos nossos amigos de quatro patas. Apesar da domesticação ter acontecido há bastante tempo, vários instintos permaneceram com os felinos ao longo dos anos e é importante não inibir isso. Na verdade, os tutores devem saber como direcionar o comportamento do animal para os lugares certos - e é aí que entra a ideia de enriquecimento ambiental. 

    Cachorro uivando: tudo sobre o comportamento canino
    Comportamento animal

    Cachorro uivando: tudo sobre o comportamento canino

    O uivo de cachorro desperta muita curiosidade em nós, humanos. Diferente do latido, esse som é bem mais alto e envolve uma expressão corporal bem específica: de pé ou sentados, os cães inclinam a cabeça para trás, levantam o focinho, olham para cima e então emitem o uivo. É um gestual que lembra bastante seus ancestrais, os lobos, e que serve basicamente para a comunicação. Descubra tudo sobre cachorro uivando!

    Gato selvagem: conheça a história das raças silvestres originárias do Brasil
    Comportamento animal

    Gato selvagem: conheça a história das raças silvestres originárias do Brasil

    Mesmo que o gato doméstico seja mais conhecido, os gatos selvagens continuam por aí nos mais diferentes habitats. Claro que eles não são encontrados andando na rua e nem podem viver dentro de casa, mas fora dos meios urbanos existem diferentes espécies. E se você pensa que gatos silvestres só existem em locais bem distantes do mundo, você está bem enganado. Uma thread no Twitter feita pela Bárbara Ruzzi enumerou 10 espécies de gato selvagem brasileiro. Sim, nosso país é o lar de muitos gatos silvestres por aí! 

    Ver Todas >