close
Castração

10 perguntas e respostas sobre a castração de cachorro

Atualizado · 09 de Outubro de 2020 · 16h28

Publicado · 09/10/2020 · 16h28

A castração de cachorro é um procedimento super indicado. Saiba mais!
A castração de cachorro é um procedimento super indicado. Saiba mais!

Quando se trata da castração de cachorro, algumas dúvidas podem surgir no meio do caminho e muitos tutores se sentem inseguros com isso. Será que realmente vale a pena passar por esse procedimento cirúrgico? Como ele é feito e como é a recuperação do cãozinho operado? Custa muito caro castrar cachorro? Todas essas questões são levantadas antes de tomar a decisão. Pensando nisso, o Patas da Casa separou as 10 perguntas mais comuns sobre o assunto e vamos respondê-las a seguir. Veja só!

1) Por que a castração de cachorro é tão importante?

A maioria dos especialistas recomendam castrar cachorro por um simples motivo: além de evitar a gravidez indesejada (e consequentemente o aumento no número de animais abandonados), esse procedimento é capaz de prevenir uma série de doenças. Com a castração de cadela, por exemplo, o risco dela desenvolver câncer de mama ou piometra, uma infecção no útero, é bastante reduzido. O mesmo acontece com os machos, que ficam menos expostos ao câncer de próstata. Sendo assim, essa acaba sendo também uma forma de melhorar a qualidade de vida do seu amigo de quatro patas.

2) Castração de cachorro: idade mínima existe? Qual o momento certo para fazer?

O ideal é que a castração seja feita ainda no início da vida do animal e antes do primeiro cio, por volta dos cinco ou seis meses de idade para as fêmeas, e entre os sete e dez meses de idade para os machos. No entanto, o procedimento pode ser realizado durante toda a vida do animal sem nenhum problema - independente de já ter tido o primeiro cio ou não. Ainda assim, quanto mais cedo melhor, pois conforme o cãozinho fica mais velho, castrar cachorro se torna mais complicado e a recuperação tende a demorar mais também.

3) Como é feita a castração de cachorro?

Como a cirurgia tem o objetivo de esterilizar os cães - seja macho ou fêmea -, o procedimento é totalmente direcionado aos órgãos reprodutores desses animais. Na castração de cachorro fêmea, a cirurgia é chamada de ovariectomia, de forma que a incisão é feita para retirada do útero e dos ovários. Já no caso do macho, a técnica adotada é a orquiectomia, que consiste na remoção dos testículos do animal. Em ambos os casos, os cortes são bem pequenos e a cirurgia não costuma passar de uma hora, e é feita com anestesia e acompanhamento médico durante todo o processo de recuperação.

4) Quanto custa uma castração de cachorro?

Quando o assunto é castração de cachorro, preço é um dos fatores que mais influencia na decisão. Mas é preciso ter em mente que esse custo pode variar bastante de estado para estado, e até mesmo nos bairros de uma mesma cidade. Mas para quem não tem condições financeiras de arcar com esse tipo de cirurgia, não tem problema: também é possível encontrar alguns projetos que oferecem o serviço de castração de cachorro de forma totalmente gratuita ou a preço popular. Vale se informar!

5) Castração de cachorro: recuperação requer quais cuidados?

Apesar de ser uma cirurgia simples, o pós-operatório de um cachorro castrado exige muita atenção por parte do tutor, principalmente durante as duas primeiras semanas. O ideal é que o animal esteja acompanhado boa parte do tempo para evitar o rompimento dos pontos, já que o cãozinho não poderá realizar movimentos muito bruscos (embora eles não tenham essa compreensão). Além disso, o tutor também deve limpar a região do corte pelo menos uma vez por dia até o dia da retirada dos pontos pelo veterinário. Vale destacar também que alguns medicamentos podem ser receitados para ajudar no processo de recuperação, e é muito importante que tanto as dosagens quanto os horários estabelecidos sejam respeitados. Por fim, recomenda-se também o uso de roupa cirúrgica para cães castrado ou um colar elizabetano.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    A roupa cirúrgica para cães castrados impede que o animal consiga lamber os pontos
    A roupa cirúrgica para cães castrados impede que o animal consiga lamber os pontos

    Mais Lidas

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    6) A roupa cirúrgica para cães castrados é realmente necessária?

    Depois de passar pela cirurgia de esterilização, muitos veterinários recomendam a roupa cirúrgica para cães castrados porque ela ajuda a proteger a região dos pontos no pós-operatório. Como os animais podem se sentir incomodados com os cortes cirúrgicos, principalmente nos primeiros dias, a roupa cirúrgica evita que eles entrem em contato direto com a região. Outra alternativa possível é o colar elizabetano, o famoso “cone da vergonha”. Para definir qual é a melhor opção para o seu amigo de quatro patas, é importante levar em consideração como o cãozinho se sente vestindo roupas. Se ele conseguir se adaptar bem ao acessório, a roupa cirúrgica para cães castrados é uma boa ideia. Senão, o colar elizabetano é o mais indicado.

    7) O cachorro castrado cruza? E a cadela pode entrar no cio?

    Por mais estranho que pareça, sim: o cachorro castrado pode cruzar, principalmente se ele encontrar com uma cadela que esteja no cio. A diferença é que como o cão passou pelo processo de esterilização, mesmo que haja o cruzamento, não haverá fecundação e, portanto, a cadela não vai engravidar. Agora se mesmo depois da cirurgia a cadela castrada entra no cio, esse é um sinal de que o procedimento talvez não tenha sido feito da maneira correta. Nesse caso, vale consultar um médico veterinário para entender o que está acontecendo.

    8) Como a castração de cachorro pode afetar o comportamento do animal?

    No geral, o cachorro castrado costuma apresentar mudanças bastante perceptíveis no que se refere ao seu comportamento. Cães machos, por exemplo, tendem a ficar menos agressivos e territorialistas, não sentem mais a necessidade de “fugir” de casa para cruzar com cadelas e passam a ficar bem mais calmos e tranquilos. Nas cadelas, as principais mudanças se dão mais pelo sedentarismo, que também acontece com os machos. Isto é, há uma perda de energia significativa nestes cãezinhos, já que o organismo  do animal entende que ele precisa de menos calorias e energia para trabalhar. Então, além de ficarem mais calmos, os cachorros castrados também ficam um pouco mais preguiçosos.

    9) É verdade que o cachorro castrado tem maior tendência a obesidade?

    Como foi mencionado, a castração de cachorro deixa o animal menos ativo. Por isso, sim: o paciente acaba ficando mais propenso a engordar se não receber os devidos cuidados. A melhor maneira de evitar que isso aconteça é cuidando da alimentação do cachorro castrado. Existem diferentes tipos de ração que se adequam à idade, tamanho, raça e até doenças relacionadas que o animal possa ter. Além disso, vale ficar atento também com a quantidade oferecida ao seu amigo para não exagerar.

    10) Castrar cachorro é uma técnica perigosa? Que complicações podem surgir no pós-operatório?

    Como qualquer cirurgia, a castração de cachorro precisa ser feita com profissionais que sejam qualificados para que o procedimento tenha sucesso. Mas quanto às complicações, elas não são muito comuns, mas podem ocorrer. O excesso de movimentos bruscos e a lambedura dos pontos são as principais preocupações, pois elas podem desencadear na abertura dos cortes cirúrgicos antes da cicatrização. Além disso, pequenas hemorragias internas e externas também podem acontecer, embora não seja uma situação frequente. De toda forma, é fundamental ter o acompanhamento de um médico veterinário nessas ocasiões.

    Redação: Juliana Melo

    Coleira antipulgas também protege o cachorro da leishmaniose? Veja o comparativo!

    Próxima matéria

    Coleira antipulgas também protege o cachorro da leishmaniose? Veja o comparativo!

    Raça Pinscher: 12 perguntas e respostas sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Raça Pinscher: 12 perguntas e respostas sobre a raça de cachorro pequeno

    Apesar da fama de nervosinho, a raça Pinscher definitivamente conquistou um espaço enorme no coração dos brasileiros. Não é à toa que o Pinscher virou um fenômeno na internet e hoje é praticamente impossível encontrar alguém que não se renda aos encantos do cãozinho. Mas, ao mesmo tempo em que o Pinscher é um cachorro cheio de personalidade e estilo, muitos fãs da raça têm dúvidas sobre o seu comportamento, convivência ou até mesmo quanto custa um Pinscher. 

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Weimaraner: veja um guia completo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Weimaraner: veja um guia completo sobre a raça de cachorro

    O Weimaraner é um cão de grande porte que conquista a todos com sua simpatia e beleza inconfundível. Essa raça de cachorro possui uma obediência fora do comum e exibe todos os atributos para conquistar a todos da família humana. Criado para ser um cão de caça perfeito, o cachorro Weimaraner possui uma condição física energética que demanda uma rotina de exercícios físicos. Ficou curioso para saber mais sobre esse doguinho? Dá só uma olhada no guia que o Patas da Casa preparou!

    Ver Todas >

    Gato pega cinomose? Descubra a resposta!
    Saúde animal

    Gato pega cinomose? Descubra a resposta!

    Você já ouviu falar de cinomose em gatos? Muito se sabe sobre a cinomose em cães, doença altamente contagiosa e que traz diversas complicações à saúde do cachorro. Essa condição é temida por muitos tutores de cães, mas também tutores de gatinhos. Existe uma doença conhecida por “cinomose em gatos”, que parece ser exatamente igual à que atinge os cães. Porém, existem muitas dúvidas se esse termo é realmente o mais adequado para se referir a essa condição. Afinal, a cinomose pega em gato ou a doença acontece unicamente com cães? O Patas da Casa te explica tudo sobre a “cinomose em gatos”!

    Verme do coração: veterinário tira todas as dúvidas sobre a dirofilariose canina
    Saúde animal

    Verme do coração: veterinário tira todas as dúvidas sobre a dirofilariose canina

    Você já ouviu falar em doença do verme do coração? Se você é tutor de cachorro, é bom se preocupar com ela. A dirofilariose é uma doença muito perigosa, que pode afetar órgãos vitais dos cãezinhos e levá-los à morte. Diferente de outras doenças causadas por verminoses, o verme do coração é transmitido pela picada de mosquitos e, por isso, acaba sendo mais incidente no verão. Mas como identificar o verme no coração do cachorro? Dirofilariose tem cura? Como é feito o tratamento? E o mais importante: como manter o pet longe da doença? Descubra tudo sobre verme do coração em cães a seguir.

    Coleira antipulgas e carrapatos: tudo sobre o acessório de gato
    Saúde animal

    Coleira antipulgas e carrapatos: tudo sobre o acessório de gato

    Se você tem um bichinho de estimação, provavelmente já ouviu falar da coleira antipulgas para gatos. Essa é uma forma bem eficaz de proteger os pets contra pulgas, carrapatos e outros parasitas indesejados - e sim, é isso mesmo: quando se trata da coleira antipulgas, cachorro não é o único animal que pode se beneficiar. Embora a maioria dos felinos domésticos tenha menos chances de sofrer com infestações de parasitas, a coleira antipulga também pode ser usada pelos bichanos.

    Doença do carrapato é contagiosa?
    Saúde animal

    Doença do carrapato é contagiosa?

    A doença do carrapato é capaz de atacar todo o organismo do animal, o deixando frágil e debilitado. Por isso, é considerada uma das doenças mais graves que podem afetar um cão. Além da doença do carrapato em cachorro, existe a doença do carrapato em humanos, que causa sintomas parecidos e também é bastante grave. Entender a causa do problema é sempre a melhor maneira de evitar que ele apareça. Como o próprio nome sugere, a doença do carrapato é contagiosa por conta do aracnídeo. 

    Ver Todas >