close
Adestramento

"Meu cachorro late muito para a porta ou janela": adestradora explica o que você deve fazer para corrigir isso

Atualizado · 20 de maio de 2020 · 12h11

Publicado · 31/03/2020 · 17h58

Descubra os principais motivos dos latidos de cachorro para porta ou janela da casa
Descubra os principais motivos dos latidos de cachorro para porta ou janela da casa

Se você tem um amigo de quatro patas em casa, certamente deve saber que lidar com latido de cachorro no dia a dia é algo comum. Acontece que os cachorros possuem uma maneira única de se comunicar e demonstrar uma série de coisas, desde uma dor até saudades, por exemplo. Ainda assim, cachorros latindo muito para a porta ou janela podem gerar um incômodo para você e, principalmente, para os vizinhos. Nesse caso, a melhor solução é entender as razões por trás desse comportamento do animal. Para te ajudar nessa missão, a gente conversou com a adestradora Renata Bloomfield sobre os motivos que levam os cachorros a aumentarem a intensidade dos latidos para as portas ou janelas da casa. Olha só!

Cachorro latindo para porta ou janela: o que o comportamento pode significar?

Ao contrário do que muitos tutores pensam, o latido de cachorro nunca ocorre sem motivos. Por isso, antes de lidar com a situação, é preciso entender de que tipo de cachorro estamos falando e, principalmente, o que pode estar resultando nesse comportamento. “Nós precisamos pensar se estamos falando de um cachorro filhote, adulto ou de um cão de alerta. Nesse caso, algumas raças, como Poodle, Chihuahua e Terriers, estão mais propensos aos latidos e, por isso, cabe aos tutores direcionar isso”. 

Já no caso do cachorro filhote, os latidos para porta ou janela não são o único sinal que o cãozinho dá de que alguma coisa está errada: “Em alguns quadros, como na presença da Síndrome da Ansiedade de Separação, o latido para a porta é uma reprodução do que o animal faz quando a mãe se distancia e, quase sempre, resulta em um cão muito desesperado e que acaba arranhando as portas, destruindo os móveis da casa e fazendo xixi e cocô fora de lugar”, explicou a comportamentalista. Por acontecerem na ausência dos tutores, esses sinais são os mais difíceis de controlar e corrigir. 

Além disso, a especialista ressalta que traumas psicológicos também podem resultar em cachorro latindo para porta ou janela, principalmente se o animal já foi abandonado ou passou por vários lares temporários. “São animais que ficam instáveis emocionalmente. Filhotes que também são retirados antes de 60 dias da sua ninhada, por exemplos, estão mais propensos a desenvolver a ansiedade de separação e, consequentemente, ter mais esses latidos”, explica.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
     O adestramento é uma boa saída para controlar os latidos em excesso do seu cachorro
    O adestramento é uma boa saída para controlar os latidos em excesso do seu cachorro

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    Investir no adestramento de cães é uma boa maneira de amenizar o latido de cachorro

    Além de oferecer uma série de benefícios para o comportamento do seu cachorro, o adestramento, quando feito de forma positiva, também pode ajudar no caso de animais que latem muito para porta ou janela da casa. Segundo Renata, no caso de cães de alerta, o processo é um dos mais utilizados. “Por exemplo, ouvi um barulho no corredor e já sei que o meu cachorro vai latir, eu chamo ele e tento trazer a atenção dele para mim. Neste caso, é fundamental intervir antes dos latidos de cachorro começarem”. Para isso, a adestradora ressalta a importância de ter uma boa relação com o seu pet. “Evite chamá-lo pelo nome no momento da bronca. Quando ele estiver latindo para a porta, chame-o até você e faça a intervenção. Mostre para ele que existem outras opções mais interessantes do que de latir”.

    Alguns medicamentos também podem ser bons aliados na hora de lidar com um cachorro que late muito

    Existem outras formas de corrigir esse comportamento no seu cãozinho, principalmente quando se trata de um animal com quadro de ansiedade. De acordo com Renata, “o uso de feromônios e ansiolíticos podem ser uma boa opção”. Nesse caso, é importante ter em mente que o tratamento podem demorar até quatro semanas para fazer efeito. Por isso, é fundamental que a família esteja de acordo e não pause a medicação mesmo que a melhora no comportamento do animal não seja imediata - não se esqueça de que o medicamento precisa ser prescrito por um veterinário. Além disso, a adestradora ressalta: “a medicação ajuda, mas ela não trata totalmente o problema”. Sendo assim, também cabe ao tutor criar uma rotina que estimule o animal, desde brinquedos interativos à passeios regulares. Vale de tudo para garantir uma vida mais tranquila e saudável para o seu amigo. 

    Redação: Úrsula Gomes 

    Quais raças de cachorro têm a mordida mais forte?

    Próxima matéria

    Quais raças de cachorro têm a mordida mais forte?

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Boiadeiro de Berna ou Bernese Mountain: tudo o que você precisa saber sobre a raça porte grande
    Grandes

    Boiadeiro de Berna ou Bernese Mountain: tudo o que você precisa saber sobre a raça porte grande

    O Bernese Mountain é um cachorro grande com um charme irresistível. No Brasil, ele também é conhecido como Boiadeiro de Berna, Boiadeiro Bernês ou apenas Bernese, para os íntimos. Embora não seja um dos mais populares, esse cãozinho tem várias qualidades: ele é muito ágil, atlético, companheiro e já foi muito utilizado como cão de pastoreio no passado. Como a raça Bernese surgiu na Suíça, também tem alta resistência às baixas temperaturas.

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Ver Todas >

    Cinofobia: entenda mais sobre o medo irracional de cães e o que fazer
    Comportamento animal

    Cinofobia: entenda mais sobre o medo irracional de cães e o que fazer

    Adotar um cachorro e conviver com o bichinho todos os dias é uma experiência incrível e que certamente traz muita alegria para dentro de casa. Mas sabia que nem todo mundo é aberto a isso? Algumas pessoas sofrem com o que chamamos de cinofobia, que é o medo irracional de cães. São pessoas que, por algum motivo, simplesmente não conseguem ficar perto de um cachorro, mesmo quando o animal não apresenta qualquer sinal de agressividade.

    Gato dormindo: infográfico explica o que significa cada posição
    Comportamento animal

    Gato dormindo: infográfico explica o que significa cada posição

    Já parou para se perguntar sobre o significado das posições de gato dormindo? Pode parecer besteira, mas a maneira como o seu bichinho pega no sono tem diferentes interpretações e revela mais do que imaginamos sobre os nossos amigos de quatro patas. Como o gato dorme boa parte do dia - e acredite, isso é totalmente natural no universo felino -, é curioso observar a forma como esses animais se movimentam durante o sono e a posição em que cochilam.

    Cachorro com a língua de fora: o que o ritmo de respiração de um cãozinho revela sobre ele?
    Comportamento animal

    Cachorro com a língua de fora: o que o ritmo de respiração de um cãozinho revela sobre ele?

    É muito comum ver o cachorro com língua de fora após um passeio ou uma brincadeira divertida com o dono. Afinal, ele acabou de realizar exercícios físicos, o que, naturalmente, deixa o cachorro ofegante. Porém, quando vemos o cachorro respirando muito rápido ou com outras dificuldades respiratórias ao longo do dia, é importante ficar alerta. Saber como funciona a respiração do cachorro te ajuda a entender quando o pet está bem e quando há algo de errado no funcionamento do seu corpo. O Patas da Casa te explica tudo sobre o ritmo respiratório do cão e conta o que o cachorro com dificuldade de respirar pode estar dizendo sobre a saúde dele. Confira!

    Gato de cada signo: conheça as raças que mais representam os signos do zodíaco
    Comportamento animal

    Gato de cada signo: conheça as raças que mais representam os signos do zodíaco

    Você sabia que existe um gato de cada signo? Segundo a astrologia, existem 12 signos do zodíaco e cada pessoa tem um de acordo com a posição em que os astros se encontravam no dia em que nasceu, influenciando o seu comportamento. Além dos humanos, acredita-se que o signo de gato também seja uma realidade. Da mesma forma que existe o cachorro de cada signo, existe também o gato de cada signo!

    Ver Todas >