close
Sachê

Sachê para gatos: qual o melhor? Como escolher? Pode dar todo dia? Tudo sobre a ração úmida

Atualizado · 24 de setembro de 2021 · 16h20

Publicado · 24/09/2021 · 16h20

O sachê de gato é irresistível e pode trazer muitos benefícios para a saúde felina
O sachê de gato é irresistível e pode trazer muitos benefícios para a saúde felina

O sachê para gatos normalmente é a comida favorita dos felinos domésticos. Pelo conhecido hábito de não beber muita água, a ração úmida para gatos pode até mesmo prevenir problemas renais se entrar na dieta do animal quando ele ainda é filhote. E esse é um assunto pouco falado entre os gateiros, que normalmente só começam a oferecer o sachê para gatos quando ele já apresenta certo comprometimento da função renal. Justamente por isso, existem muitas dúvidas sobre o alimento. A ração úmida pode ser oferecida todo dia? Qual o melhor sachê para gatos? Será que pode dar sachê para gato filhote? Para esclarecer essas e outras questões o Patas da Casa preparou um guia completo sobre a ração molhada para gatos. Dá só uma olhada!

Qual a vantagem da ração úmida para gatos?

Como dito acima, o sachê de gato apresenta algumas vantagens nutricionais quando inserido na alimentação felina. A comida molhada é a que mais se assemelha à nutrição natural que um gato, como um animal carnívoro, necessita. Além disso, todo o gateiro sabe o quanto o consumo de água dos felinos é baixo, o que pode acabar levando-os a desenvolver problemas de rins e trato urinário. A doença renal crônica, por exemplo, é um problema de saúde grave que ao atingir os felinos e exige um tratamento para a vida toda. Com a ração úmida para gatos, o consumo de água do animal acaba sendo balanceado, pois o teor de umidade do alimento chega a 80%. Quanto maior a ingestão de água, melhor para o funcionamento pleno do sistema renal do felino.

Acostumar seu gato com essa alimentação desde cedo é benéfico para prevenir não só as doenças renais como os cálculos urinários, que também são muito comuns nos felinos. Muitas vezes quando o pet é diagnosticado com problema renal, a ração úmida para doentes renais passa ser indicada como base da alimentação, por possuir um teor adequado de proteínas e fósforo. E esse é um ponto importante: quando falamos de gatos renais crônicos, é preciso ter muita atenção com os níveis de cálcio e fósforo e, por conta disso, nem toda dieta fará bem para esses animais. Nesse sentido, algumas comidas úmidas são as mais indicadas nesses casos. 

Vale ressaltar, que o mais recomendado é estimular o sachê a comer alimentos com todo tipo de textura desde cedo, e o sachê de gato também contribui com isso. Dessa forma, no caso de algum tratamento ou necessidade da mudança da dieta com alguma ração medicamentosa, por exemplo, o gatinho não apresenta problemas para se adaptar com as recomendações do médico veterinário.

Como dar sachê para gatos?

Que a comida úmida para gatos faz sucesso entre os felinos você já sabe, mas qual a maneira certa de oferecê-la ao seu pet? Quando pensamos na alimentação com ração úmida, muita gente pensa nela apenas como um agrado para o pet. Entretanto, por conta da série de vantagens da ração úmida, o uso diário é recomendado em alguns casos. Muita gente acredita que o sachê deixa os gatinhos mais propensos a obesidade, mas na verdade o alerta serve para qualquer dieta para pets: a ração seca, por exemplo, possui como base o carboidrato, que aumenta as chances do bichano ficar acima do peso. Por isso, a moderação e equilíbrio são as principais recomendações na hora de alimentar seu gato.

Para os  gatos que já são mais acostumados com a ração seca como base alimentar, o ideal é conversar com um veterinário nutrólogo na hora de substituir completamente a alimentação com a pela comida úmida. É mais comum que a ração molhada para gatos seja oferecida uma vez ou outra, principalmente por conta do custo mais alto desse tipo de alimento. Neste ponto de vista, a recomendação é oferecer o sachê o maior número de vezes de acordo com o que o seu orçamento permite. 

Mas afinal de contas, como dar sachê para gatos? Diferente da ração seca, a comida úmida não pode ser deixada no pote para o bichinho comer a hora que quiser. O tutor deve oferecê-la para ser consumida na hora e, caso o gatinho não coma, o sachê de gato precisa ser levado a geladeira. A comida úmida também não deve ser misturada com a ração seca. Além dos gatos serem seletivos e não gostarem da textura misturada, o sachê pode oxidar se ficar muito tempo exposto.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O sachê para gatos é uma ótima forma de incentivo ao consumo de água
    O sachê para gatos é uma ótima forma de incentivo ao consumo de água

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Quando o assunto é a alimentação de um pet, muitas dúvidas podem surgir: o que o cachorro não pode comer? cachorro pode comer couve? Pode dar brócolis para cachorro? Ou ainda se cachorro pode comer abobrinha? Muitos tutores questionam se podem oferecer verduras e legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de serem muito saudáveis, esses tipos de alimentos ajudam a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas.

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Ração úmida para gatos: qual a quantidade certa para oferecer aos bichanos?

    Sobre a quantidade de sachê de gato a ser oferecida, o recomendado é sempre balancear. Não existe uma porção certa para todos os gatos, já que as particularidades de cada felino irão determinar o quanto eles devem comer. Existem pets mais preguiçosos, enquanto outros gostam bastante de praticar atividades físicas e se movimentarem. Tudo isso, deve ser levado em conta para saber a quantidade certa de comida úmida para gatos. Outros fatores que podem influenciar na porção são a raça e o porte do animal. Caso ainda restem dúvidas, o veterinário pode indicar a quantidade ideal de sachê de gato de acordo com as necessidades específicas do seu gatinho. 

    Sachê: gato pode se sentir mal com a ração úmida?

    Muitos tutores possuem um pé atrás com a comida úmida. Será que o sachê para gatos faz mal? Isso acontece principalmente porque algumas pessoas acreditam que a quantidade de sódio presente na comida úmida para gatos é elevado, pois a alimentação com ela aumenta a frequência em que os animais fazem xixi. Levando os humanos como base, sabemos que o mineral está muito relacionado ao aumento da pressão cardíaca. No entanto, no organismo dos gatos o sódio não causa o mesmo efeito e a quantidade presente nos alimentos úmidos não é alta para eles. A frequência de urina possui relação apenas com a maior ingestão de água, que é um dos principais benefícios desse tipo de dieta. Por isso, você pode ficar despreocupado em relação a isso, pois sachê de gato não fará mal a seu felino.

    Um mito muito difundido sobre o alimento molhado é de que por possuir água, ele pode causar diarreia nos animais. Essa informação não é verdadeira. O que realmente pode acontecer é que o gato pode apresentar alguns incômodos intestinais quando a dieta de ração seca para molhada é trocada de forma ríspida e ele não foi acostumado com esse tipo de alimentação desde cedo. A maior parte das rações do mercado indicam como essa transição deve ser feita em seus rótulos, sem que o pet apresente problemas. A recomendação é que a substituição seja feita de forma parcial nas primeiras semanas e só seja adotada por completo em torno de 1 mês.

    O sachê para gatos filhotes é liberado, mas o recomendado é acostumá-los com comidas de diferentes texturas
    O sachê para gatos filhotes é liberado, mas o recomendado é acostumá-los com comidas de diferentes texturas

    Qual o melhor sachê para gatos?

    Quando falamos dos alimentos secos, existem muitas variações nutricionais de produto para produto e com comida molhada não é diferente. Agora que você sabe todas as vantagens da ração molhada, também é válido estar informado sobre algumas dicas para escolher o melhor sachê para gatos. Na hora de escolher a comida molhada no pet shop, vale dar uma olhadinha no rótulo da embalagem. Você vai reparar que alguns produtos vêm definidos como “alimento completo” ou “ração balanceada para felino”. A ração molhada para gatos com essas indicações é a mais nutritiva e a mais indicada para os casos de troca completa da dieta. No entanto, caso você esteja procurando apenas um petisco para mimar seu bichano, não tem problema escolher outros tipos de ração úmida para gatos. É importante levar em conta também a idade e histórico de saúde do bichano.

    Sachê: gato filhote pode comer comida úmida?

    A alimentação dos filhotes de gato precisa de alguns cuidados especiais. Por isso, é normal que os tutores pensem duas vezes antes de comprar um sachê para gatos filhotes. Não tem porque se preocupar, até porque você também pode encontrar nos pet shops a ração molhada para filhotes Os pequenos aproveitam a nutrição e se beneficiam de todos os benefícios da comida molhada para gatos, assim como os adultos. O sachê pode ser oferecido para todos os animais e é muito interessante que o felino aproveite seus benefícios desde cedo. Você só deve tomar cuidado para não deixar o felino muito apegado com o sachê e levar em conta a recomendação de que o animal se adapte com comidas de todas as texturas, ou ele poderá ficar mal acostumado e ter uma predileção pelo alimento úmido. O que pode ser um problema caso você precise oferecer uma ração diferente por algum motivo. Por isso, tenha moderação!

    Redação: Hyago Bandeira

    Veja infográfico e descubra quais frutas que cachorro pode comer

    Próxima matéria

    Veja infográfico e descubra quais frutas que cachorro pode comer

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Tudo sobre o Terra Nova: conheça todas as características desse cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Terra Nova: conheça todas as características desse cachorro grande

    O Terra Nova é uma raça de cachorro grande que, apesar do corpo musculoso e robusto, é muito dócil e amigável. Ele chama bastante atenção por conta do seu tamanho e também ser bem peludinho, lembrando bastante um ursinho de pelúcia - ou, nesse caso, um ursão. Dentre uma das características mais marcantes da raça, podemos destacar o seu lado atlético e a paixão que o cachorro Terra Nova tem por água. É isso mesmo: esta é uma das raças de cachorro que mais gosta de nadar e brincar na água.

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos
    Comportamento

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos

    Não há nada mais fofo do que ver um gato dormindo. Essa, inclusive, é uma cena bastante comum na vida dos pais de pet, já que os felinos aproveitam boa parte da vida intercalando sonecas. Mas você já parou para pensar quantas horas dorme um gato? Às vezes parece até que esse ciclo dura o dia todo… será que esse é um comportamento normal ou pode ser motivo de preocupação? O que os gatos sonham (se é que ele sonham)? São muitas perguntas que precisam ser respondidas, mas não se preocupe. 

    Qual a melhor ração para gatos filhotes? Do alimento seco aos sachês, saiba tudo sobre a alimentação do felino
    Ração

    Qual a melhor ração para gatos filhotes? Do alimento seco aos sachês, saiba tudo sobre a alimentação do felino

    Abrir a casa (e o seu coração) para um gato filhote é sempre um marco de transformação na vida de qualquer pessoa. Se você nunca teve um gatinho em outro momento, então, além da empolgação, é normal que você tenha uma série de dúvidas relacionadas ao cuidado com os felinos, principalmente nas questões básicas, como a alimentação. Escolher a melhor ração para gato filhote sem ter muita noção da diferença entre elas e da necessidade dos animais não é assim tão simples e, por isso, o Patas da Casa vai te ajudar: confira, aqui embaixo, tudo o que você precisa saber sobre a alimentação dos bichanos!

    Ver Todas >

    Troca de ração de cachorro: passo a passo de como substituir sem traumas
    Alimentação animal

    Troca de ração de cachorro: passo a passo de como substituir sem traumas

    São muitas as situações em que a troca da ração de cachorro é necessária. No início da vida, o pet come a ração para filhote de cachorro, rica em nutrientes essenciais para o desenvolvimento sadio do animal. Depois, precisa mudar a ração para a versão adulta. Ao ficar mais velho, é a vez da ração para cachorro idoso, que previne problemas de saúde típicos da idade. Além disso, a troca de ração pode ser recomendada também por problemas de saúde. 

    Desmame de gato: passo a passo para introduzir ração de gato filhote
    Alimentação animal

    Desmame de gato: passo a passo para introduzir ração de gato filhote

    Trocar o leite pela ração de gato filhote é um processo que todo gatinho deve passar. O leite materno é fundamental para promover um desenvolvimento físico e até mesmo psicológico de forma saudável. Mas a amamentação felina só deve ocorrer por um certo período, e a alimentação do gato filhote precisa ser trocada pela ração, que tem os nutrientes fundamentais para completar o desenvolvimento do pet.

    Gato pode comer ovo? Descubra se o alimento é liberado ou não!
    Alimentação animal

    Gato pode comer ovo? Descubra se o alimento é liberado ou não!

    Quando o assunto é alimentação dos gatos, é comum que os tutores tenham dúvidas sobre o que pode ou não fazer parte da dieta do bichano. Afinal, é sempre bom diversificar servir petiscos naturais e diversificados para o pet. Já sabemos que cachorro pode comer ovo, mas e gato? Pode comer ovo também? Assim como os cães, existem alguns felinos que são simplesmente apaixonados pelo alimento, enquanto outros não dão a mínima.

    Ração urinária: como funciona o alimento para gatos?
    Alimentação animal

    Ração urinária: como funciona o alimento para gatos?

    Hoje em dia, existe uma ampla gama de opções de ração para gatos nos pet shops. Algumas delas, inclusive, são formuladas especialmente para tratar doenças, como a ração para trato urinário. Gatos que apresentam doença renal crônica, quando são alimentados adequadamente, ganham muito em qualidade de vida. Veja a seguir quais são os diferenciais da ração urinária e quando ela deve - ou não - ser servida.

    Ver Todas >