Ração

Ração de gato e ração de cachorro: quais as diferenças nutricionais entre os alimentos de cada espécie?

A ração de cachorro tem valores nutricionais diferentes da ração de gato. Por isso, cada espécie precisa de um alimento específico!
A ração de cachorro tem valores nutricionais diferentes da ração de gato. Por isso, cada espécie precisa de um alimento específico!

Diferente dos desenhos animados, cães e gatos podem conviver em perfeita harmonia e dividir a atenção de seus humanos. Mas se tem uma coisa que não pode se misturar nessa relação é o pote de comida. Ração de gato é para o gato e ração de cachorro é para o cachorro. Isso porque cada alimento é desenvolvido para atender às necessidades nutricionais de cada espécie, com concentrações específicas de cada nutriente. Para te ajudar a entender um pouco mais sobre o assunto, separamos algumas informações importantes sobre a alimentação do cachorro e gato. Vem que a gente te explica!

Ração de cachorro possui uma quantidade elevada de carboidratos

Cuidar da alimentação dos cães é de extrema importância para manter a saúde do seu pet em dia. Para isso, a melhor alternativa é investir em uma ração para cachorro de qualidade, que contém os nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo do animal. Ração para filhote, adulto ou idoso possuem uma mistura de vários ingredientes em concentrações específicas para cada fase de vida, como proteínas, gorduras, carboidratos, fibras, vitaminas e minerais. Sendo assim, por que o gato não pode comer a ração de cachorro? O alimento canino tem um teor mais alto de carboidratos se comparada com a ração de gato. Além disso, diferente dos felinos, os cães não precisam de aminoácidos - como a taurina - e nem de uma grande quantidade de gordura na sua dieta.

A ração para cachorro também é fortalecida com vitamina D, ferro e o cálcio, nutrientes que auxiliam na formação e fortalecimento da estrutura óssea do animal, dentre outras funções.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Ração de gato e ração de cachorro devem ser dadas de acordo com a espécie do animal
    Ração de gato e ração de cachorro devem ser dadas de acordo com a espécie do animal

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Muitos tutores questionam se podem oferecer legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de ser muito saudável, esse tipo de alimento ajuda a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas. Mesmo se alimentando de ração diariamente, não há uma restrição que impede o cão de comer alimentos gostosos por fora, como vegetais e frutas variadas. O importante é que o tutor respeite a saúde do cachorro e ofereça com moderação, é claro - lembrando que sempre vale conversar com o veterinário antes de qualquer decisão.

    Ração de gato é composta de proteína, gordura e aminoácidos essenciais

    Por serem animais carnívoros, a ração de gato é composta basicamente de proteínas e gorduras. Isso não quer dizer que esses animais se alimentam somente de carne, mas não dá para negar que essa é sim uma das principais fontes de nutrientes para o organismo do animal (diferente dos cachorros, que tem ingredientes mais variados na sua alimentação). Além do mais, a ração para gato possui uma série de aminoácidos que são considerados essenciais para a saúde dos bichanos, como a taurina, a arginina e metionina. Como esses animais não são capazes de sintetizar esses aminoácidos por conta própria, a reposição é feita pelo consumo da ração para gato.

    Também vale ressaltar que é possível variar a alimentação do gato com a ração seca e a ração úmida, também conhecida como sachê. Esta segunda, inclusive, é bastante recomendada para gatos que não tem o hábito de beber muita água, pois ajuda os felinos a manter a hidratação e prevenir problemas renais.

    Posso dar ração de cachorro para gato ou vice-versa?

    Se você tem um cachorro e gato em casa, é comum que em algum momento venha aquela dúvida se é possível dar ração de cachorro para gato ou o contrário. O mais comum de ocorrer são cachorros que gostam de comer a ração destinada aos felinos, já que os cãezinhos fazem jus à fama de “comilões” e adoram comer tudo que encontram pela frente. No entanto, isso não deve ser estimulado, já que as rações destinadas aos gatos possuem uma maior quantidade de proteína e podem causar problemas de saúde no cão. A situação inversa também deve ser evitada, visto que a ração para cachorro possui uma grande quantidade de carboidratos e fibras, que não são facilmente assimiladas pelo organismo dos felinos.

    A ração é formada a partir de nutrientes que são distribuídos de uma forma equilibrada e, mesmo que algumas possam dispor dos mesmos complementos nutricionais, esse alimento é feito levando em consideração as necessidades de cada animal. É preciso, portanto, ter muito cuidado, já que os nutrientes presentes na produção de cada alimento são diferentes para gatos e cachorros e o consumo inadequado pode desencadear um desequilíbrio nutricional.

    Ração de cachorro e ração de gato devem ser dadas de acordo com a fase de vida do animal

    Além das diferenças entre cada tipo de ração, outro ponto importante é que tanto a ração de gato quanto a de cachorro também podem variar de acordo com a fase de vida do animal. Isso acontece porque um  filhote tem necessidades nutricionais diferentes de um animal adulto ou idoso.

    Redação: Juliana Melo

    Quantos ml de leite um filhote de cachorro mama? Veja essa e outras curiosidades sobre a amamentação canina

    Próxima matéria

    Quantos ml de leite um filhote de cachorro mama? Veja essa e outras curiosidades sobre a amamentação canina

    Quais as diferenças nutricionais entre a ração para cães filhotes e adultos?
    Ração

    Quais as diferenças nutricionais entre a ração para cães filhotes e adultos?

    Se você tem um animal de estimação em casa, já deve ter questionado se tem problema oferecer uma ração para filhotes a um cachorro adulto ou vice-versa. Provavelmente já se perguntou também quais as diferenças entre cada tipo e qual o momento certo para fazer a transição sem prejudicar o crescimento do bichinho. É justamente esse o ponto: cada alimento tem particularidades nutricionais que contemplam as necessidades do animal para aquela fase específica da vida. Ou seja, a escolha do alimento certo é fundamental para garantir o desenvolvimento saudável do filhotinho ou para manter o cachorro adulto em sua melhor forma.

    Cachorro e gato juntos: veja em infográfico como melhorar a relação entre as duas espécies!
    Cachorro

    Cachorro e gato juntos: veja em infográfico como melhorar a relação entre as duas espécies!

    Por muito tempo, cachorro e gato foram considerados verdadeiros inimigos, mas é necessário desmistificar essa ideia, porque isso não condiz muito bem com a realidade. Na verdade, é totalmente possível construir uma boa relação entre as duas espécies e viver em harmonia com o gato e cachorro na mesma casa. Não é à toa que muitos tutores têm os dois bichinhos - e isso acaba rendendo várias fotos bem fofas de doguinhos dormindo junto com os bichanos. No entanto, não se pode negar: às vezes criar bons laços entre os dois animais pode ser uma tarefa difícil. Por isso, o Patas da Casa preparou um infográfico com algumas dicas de como adaptar cachorro com gato sem grandes problemas. Veja abaixo!

    Plantas tóxicas para gatos e cachorros: descubra quais espécies você precisa evitar
    Cuidados

    Plantas tóxicas para gatos e cachorros: descubra quais espécies você precisa evitar

    Quem se pergunta como cuidar de um cachorro ou gato por estar dando as boas-vindas a um desses animais em casa em breve vai descobrir que a adaptação do ambiente é mais do que necessária. Buscando a segurança e o conforto do seu novo amigo, é normal instalar telas de proteção e liberar um cantinho para a cama e a ração dele, mas muita gente passa direto pelas plantas: algumas espécies bem comuns em jardins, quintais e vasinhos são tóxicas quando ingeridas e podem até ser fatais.

    Alimentação animal: quais as diferenças entre o paladar do cachorro e do gato?
    Alimentação

    Alimentação animal: quais as diferenças entre o paladar do cachorro e do gato?

    Se você convive com um gato e um cachorro na mesma casa, já deve ter reparado que esses animais têm maneiras bem distintas de se comportar quando o assunto é comida. Isso acontece porque tanto o paladar felino quanto o canino tem lá suas particularidades, e também porque o organismo das espécies têm necessidades nutricionais diferentes, o que influencia no interesse por determinado alimento ou não. 

    Ver Todas >

    6 frutas para cachorro que fazem muito bem para a saúde
    Alimentação animal

    6 frutas para cachorro que fazem muito bem para a saúde

    A alimentação do cachorro é um dos fatores mais importantes na hora de cuidar do pet. Ela é responsável por oferecer nutrientes, energia, saúde e bem-estar. O mais recomendado é sempre levar em conta orientações do médico veterinário de confiança para atribuir ao animal a melhor nutrição possível. Uma dica é proporcionar uma alimentação variada composta por uma ração de qualidade e pequenas quantidades de frutas e legumes naturais, oferecidos como petiscos.

    Cachorro pode comer peixe?
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer peixe?

    Os pescados são alimentos que fazem parte da composição de diversos petiscos e rações de cachorro. Por isso, é comum que os cães se atraiam pelo cheiro de peixe fresco. No caso de uma alimentação natural ou no caso de intercalar a ração de cachorro com outros alimentos, é comum se perguntar se cachorro come peixe ou se o alimento pode fazer mal para eles. O Patas da Casa reuniu informações sobre o assunto para esclarecer todas as dúvidas: se o peixe é liberado na dieta canina ou não, quais os benefícios do alimento e como preparar e oferecer da forma correta.

    Vitamina para gato: quando o suplemento nutricional é recomendado?
    Alimentação animal

    Vitamina para gato: quando o suplemento nutricional é recomendado?

    Uma boa alimentação faz toda a diferença na saúde do gato. O problema é que nem sempre o bichano consegue todos os nutrientes que ele precisa por meio da ração, e em alguns casos é necessário procurar por outras alternativas de suplementação alimentar. A vitamina para gatos é uma dessas opções, mas antes de investir nesse tipo de suplemento é fundamental conversar com um profissional para saber quais são os nutrientes que estão faltando no organismo do seu amigo de quatro patas. 

    É normal o filhote de cachorro comer muito? Entenda esse comportamento
    Alimentação animal

    É normal o filhote de cachorro comer muito? Entenda esse comportamento

    Muitos pais de pets - principalmente os de primeira viagem - podem não saber lidar com alguns comportamentos dos filhotes de cachorro. Apesar de todo cão ser único, a alimentação é um fator importante no desenvolvimento de todo animal. Por isso, é necessário entender como saber se o cachorro está com fome e quando o ato de comer muito pode ser um problema. Os filhotinhos de cachorro necessitam de mais refeições por dia do que um cão adulto, ainda assim a quantidade de ração deve ser menor. 

    Ver Todas >