Cuidados

Quais cuidados você deve ter com as patas do seu gato?

Pata de gato: como cuidar? Saiba manter uma rotina saudável para o seu pet!
Pata de gato: como cuidar? Saiba manter uma rotina saudável para o seu pet!

Esbanjar patas saudáveis é imprescindível para que um gato se sinta verdadeiramente confortável. Afinal, é com a ajuda delas que os bichanos conseguem andar, pular, “escalar”, arranhar superfícies e até mesmo se defender de possíveis ameaças. Por isso, é necessário manter uma rotina de hábitos com essas partes do corpo do pet. Ficou interessado? Então confira uma série de cuidados que você deve ter com as patas de gato!

Patas de gato e seus sinais: observe possíveis alterações!

Enquanto os pets não aprendem a se comunicar com palavras, o jeito é se manter sempre atento aos sinais manifestados pelo animal. Seguindo essa lógica, a melhor forma de identificar possíveis problemas é observar todos os detalhes do seu bichinho, incluindo as patas.

Aproveite os momentos em que o gato está relaxado para verificar o estado de suas patinhas. Áreas vermelhas, feridas ou a presença de pus podem indicar alergias e infecções. Algo está fora do normal? Procure um veterinário! O profissional pode indicar algum recurso caseiro ou, em casos mais graves, recomendar um tratamento mais específico.

Pata de gato: como limpar? Água morna e pano úmido são ótimas opções!

Diferente dos cachorros, os gatos não têm tanta necessidade de fazer passeios fora de casa. Ainda assim, a pata de gato acumula sujeira e precisa ser limpa com frequência. Isso pode ser feito com bastante facilidade até pelos menos experientes. Uma ótima dica é começar o “ritual” molhando as patas do pet na água morna para remover uma primeira camada aglomerada de sujeira. Em seguida, utilize um pano úmido para dar continuidade à limpeza. Passe o tecido por toda a região, incluindo os espaços entre os dedos do gato.

Caso a água não seja o suficiente para higienizar o local, opte por algum produto próprio para gatos. Lembre-se de jamais usar qualquer solução que não seja específica para pets, pois o bichinho pode lamber o local e acabar se intoxicando.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Patas de gato: mantenha uma rotina de observação para verificar se não há nada de errado
    Patas de gato: mantenha uma rotina de observação para verificar se não há nada de errado

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    Unha de gato: como e quando cortar?

    Esta etapa pode ser um pouquinho mais complicada. Dependendo do seu nível de intimidade com a prática, vale a pena procurar uma ajuda especializada. O primeiro passo é procurar possíveis lesões ou fungos localizados na região. Feito isso, está na hora de cortar as unhas do gato.

    Neste momento do processo, você deve reparar que a derme (ou sabugo, por onde passam as terminações nervosas) está bem próxima da superfície da unha. É aí que mora o perigo! Apenas a camada de queratina que cobre a unha do gato deve ser retirada. Invista em acessórios específicos para o cuidado, como tesourinhas e cortadores próprios.

    A frequência da atividade vai depender de muitos fatores, incluindo a rotina do seu gato e a presença de arranhadores na casa. Mas, no geral, as unhas das patas da frente devem ser cortadas duas vezes por mês. Enquanto as unhas das patas traseiras demandam essa manutenção a cada 30 dias.

    Atenção aos coxins (ou “almofadinhas”) da pata de gato!

    As “almofadinhas” das patas dos felinos não existem apenas para matar as pessoas de amor! Sim, essa parte da anatomia dos gatos é a coisa mais fofa do mundo. Porém, o local (também conhecido como coxim) tem funcionalidade e traz diversos benefícios para a vida do bichano. Os coxins amortecem o impacto, protegem as estruturas das patas, criam atrito e evitam que o gato deslize entre um pulo e outro. Assim como as unhas, os coxins também merecem bastante atenção por parte do dono. Observe o estado das “almofadinhas” e fique de olho em qualquer alteração de cor ou textura na região.

    Pata de gato: quais são as complicações mais comuns?

    Mesmo que o gato passe os dias em ambientes internos, não estão imunes ao surgimento de alguma complicação. Os problemas mais comuns na pata de gato são alergias, normalmente causadas por plantas, insetos ou produtos de limpeza. Outro fator importante são os objetos espalhados pela casa. Evite deixar utensílios afiados ou pontiagudos que possam lesionar a pata do seu bichinho.

    Redação: Dóris Marinho

    Vantagens e desvantagens do jornal para cachorro

    Próxima matéria

    Vantagens e desvantagens do jornal para cachorro

    Gata prenha: quais os principais cuidados que você deve ter durante e depois da gestação?
    Saúde

    Gata prenha: quais os principais cuidados que você deve ter durante e depois da gestação?

    Com uma gestação de gato à vista, é fundamental que o tutor tome alguns cuidados para que a gravidez da felina transcorra da melhor maneira possível. Mesmo que os gatos sejam animais autossuficientes na maioria dos casos, há diversas tarefas simples, mas essenciais, que você pode fazer para deixar a gata prenha confortável, feliz e tranquila. Após dar à luz, a mamãe e seus gatinhos recém-nascidos continuam precisando de atenção, especialmente se algo fora da normalidade ocorrer e você precisar ligar para o veterinário. Se sua gata está esperando uma ninhada, não se preocupe! O Patas da Casa reuniu as informações necessárias para que você prepare a futura mamãe para a chegada dos filhotes, além de dicas pós-parto. Confira!

    Castração de gato: quais os cuidados que você deve ter no pós-operatório?
    Castração

    Castração de gato: quais os cuidados que você deve ter no pós-operatório?

    A castração de gato é um procedimento cirúrgico que vai muito além de evitar a gravidez indesejada e o possível abandono de animais: ela também é uma forma de cuidar da saúde do seu amigo de quatro patas. No entanto, é comum que muitos tutores se sintam inseguros com a cirurgia, principalmente porque é necessário ter alguns cuidados antes e depois de castrar gato. 

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Parque para cachorros: quais as vantagens e cuidados que você deve ter?
    Passeio

    Parque para cachorros: quais as vantagens e cuidados que você deve ter?

    Não é difícil encontrar um parque para cachorros nos grandes centros urbanos, o que só prova o quanto esses animais se tornaram essenciais na nossa vida. Felizmente, nos últimos anos, esses companheiros passaram a ter mais espaço ainda na sociedade: é cada vez mais comum encontrar restaurantes, shoppings e outros espaços públicos que são “pet friendly”, isto é, que não restringem o acesso dos animais. O parcão, que é um lugar destinado a eles, é o local ideal para o seu cão socializar, brincar bastante, gastar energia e fazer novos amigos de quatro patas.

    Ver Todas >

    Como viajar com cachorro de ônibus? Veja as regras e cuidados importantes!
    Cuidados dos animais

    Como viajar com cachorro de ônibus? Veja as regras e cuidados importantes!

    Nada parte mais o coração de um tutor do que ter que viajar e não poder levar o seu filho de quatro patas junto. Afinal, os cães fazem parte da nossa família e uma das melhores coisas é poder compartilhar esses momentos com eles. Mas sabia que com o planejamento certo é super possível viajar com cachorro? Existem várias opções viáveis e uma delas é a viagem de ônibus. 

    Cachorro com medo de trovão: veja algumas dicas para acalmar o pet
    Cuidados dos animais

    Cachorro com medo de trovão: veja algumas dicas para acalmar o pet

    Não é incomum encontrar um cachorro com medo de chuva e de trovão. O barulho da tempestade gera em alguns cães um sentimento tão grande de insegurança que eles perdem o controle de suas próprias emoções. Toda aflição provocada pelo perigo que o som da chuva e trovão representa pode influenciar no comportamento do cãozinho, como tentativa de fuga, destruição e até agressividade. É importante observar como o cãozinho reage nessas situações e buscar formas de reverter o medo que ele sente. 

    Lhasa Apso tosado: veja os cortes mais indicados para a raça de cachorro
    Cuidados dos animais

    Lhasa Apso tosado: veja os cortes mais indicados para a raça de cachorro

    Manter os pelos do cachorro bonitos e saudáveis é dever de todo tutor, principalmente para quem é dono de raças mais peludinhas, como o Lhasa Apso. Por isso, alguns cuidados básicos do dia a dia - como a escovação, banho e tosa - são indispensáveis, tanto por uma questão de higiene, como também para deixar o cãozinho com uma boa aparência. No caso do Lhasa Apso, a tosa pode sofrer diferentes modificações e o cachorro pode usufruir de tipos de cortes e penteados para todos os gostos. Quer conhecer um pouco mais sobre os tipos de tosa para Lhasa Apso? É só dar uma olhada na matéria que preparamos a seguir!

    Banho em gato: entenda de uma vez por todas porque não é recomendado
    Cuidados dos animais

    Banho em gato: entenda de uma vez por todas porque não é recomendado

    Já parou para se perguntar se pode dar banho em gato? Esse é um assunto bastante polêmico e que desperta muita dúvida na maioria dos tutores (principalmente nos pais de primeira viagem). Como muitos sabem, os felinos são animais que cuidam da sua própria higiene e fazem a autolimpeza diariamente com a própria língua, então em muitos casos os médicos veterinários não indicam o banho em gato.

    Ver Todas >