Cuidados

Gatos precisam de cuidados especiais durante a quarentena?

Veja como cuidar do seu gato durante a quarentena
Veja como cuidar do seu gato durante a quarentena

Durante o período de quarentena, é muito provável que a sua rotina tenha mudado bastante, mas isso também afeta o dia a dia dos pets. Se antes o seu gatinho costumava passar algumas horas sozinho quando você ia trabalhar ou resolver coisas na rua, agora ele tem sua presença 24 horas por dia. Isso pode provocar algumas reações no animal, como estresse, irritação ou mesmo uma maior necessidade de receber a sua atenção. É normal que muitos tutores fiquem preocupados com a saúde física e mental dos animais de estimação nesse período de isolamento social. Por isso, reunimos aqui algumas informações para te ajudar a cuidar de gato durante a quarentena. Confira!

Aproveite o tempo em casa para interagir mais com o seu gato

Se você estiver estressado ou preocupado demais, isso pode se refletir no seu gatinho e fazer com que ele fique mais agitado também. Já os bichanos que costumam ter acesso ao exterior da casa podem sentir a mudança de rotina ao ficarem presos por mais tempo.

Isso pode ser notado com a mudança repentina de comportamento, mais miados ou falta de apetite. Se você tiver um gato estressado em casa, é importante fazer atividades com ele para gastar a energia acumulada. Aproveite o tempo em casa e interaja mais com o bichano, criando brincadeiras para mantê-lo ocupado por mais tempo.

Você também pode investir em outras técnicas terapêuticas para acalmar o bichano, como músicas clássicas, aromaterapia e massagens (se ele deixar, claro). A aplicação de reiki animal também é uma boa opção, mas lembre-se que essa terapia holística precisa ser feita por uma pessoa capacitada por isso - e não se preocupe com a quarentena, o reiki pode ser feito à distância. 

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Brincar com o seu gato ajuda a evitar o estresse no animal durante a quarentena
    Brincar com o seu gato ajuda a evitar o estresse no animal durante a quarentena

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino
    Cuidados dos animais

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino

    A caixa de areia é só um objeto, mas para novos donos de gatos ela pode envolver uma série de dúvidas que ninguém sonhou em ter antes de ter um felino. Desde qual tipo de areia escolher até o tamanho e o formato do objeto, tudo isso influencia na forma como o gato vai usar a caixa. Como não poderia ser diferente, o lugar onde você coloca o sanitário do seu gatinho é primordial para que ele faça o xixi e cocô no lugar certo — principalmente se você mora em apartamentos e tem um espaço limitado. Hoje, o Patas da Casa vai te ajudar a resolver essa questão: dá uma olhada aqui embaixo!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    Mantenha cuidados extras com a limpeza e higiene do gatinho

    Nesse momento delicado, é fundamental manter uma rotina de limpeza e higiene, tanto com a sua casa quanto com o gatinho. Se você tem o costume de dar banhos no seu felino, continue com a prática - mas cuidado para não limpá-lo com muita frequência, já que os intervalos devem ser maiores que 1 mês. A limpeza das patas também precisa de uma atenção extra.

    Se você precisar ir na rua por algum motivo específico, é imprescindível que não entre em casa com o sapato sujo: isso porque os bichinhos deitam bastante no chão e podem levar alguma contaminação para camas, sofás e outras superfícies. É preciso higienizar com mais frequência os lugares da casa que são mais tocados, como maçanetas, controle remoto e móveis - e isso inclui a caixa de areia, brinquedos e outros utensílios usados pelo gato, como potes de água e alimentação. 

    Cuide da saúde física do seu gatinho durante a quarentena

    Não deixe de manter os cuidados básicos com a saúde do seu gato, afinal, mais do que nunca ele precisar estar saudável. Fizemos uma lista do que você não pode esquecer!

    1. Escove os pelos do gato com frequência, de 1 a 2 vezes por semana. Se o bichano for muito peludo, considere a escovação diária;

    2. Limpe as orelhas do bichano pelo menos 1 vez por semana, isso ajuda a evitar a proliferação de ácaros que causam a otite - um sinal comum de estresse;

    3. Não esqueça de manter as unhas do seu gato sempre aparadas;

    4. Se você nunca escovou os dentes do seu gato, é hora de repensar isso. O hábito evita o acúmulo de tártaro e outros desconfortos na boca do bichano.

    Além disso, observe mudanças de comportamento ou alterações físicas que indiquem o animal pode estar doente. Nesse caso, entre em contato com seu veterinário de confiança.

    Redação: Gabrielle Nunes

    4 ideias fáceis e baratas para fazer uma cama para cachorro

    Próxima matéria

    4 ideias fáceis e baratas para fazer uma cama para cachorro

    Plantas tóxicas para gatos e cachorros: descubra quais espécies você precisa evitar
    Cuidados

    Plantas tóxicas para gatos e cachorros: descubra quais espécies você precisa evitar

    Quem se pergunta como cuidar de um cachorro ou gato por estar dando as boas-vindas a um desses animais em casa em breve vai descobrir que a adaptação do ambiente é mais do que necessária. Buscando a segurança e o conforto do seu novo amigo, é normal instalar telas de proteção e liberar um cantinho para a cama e a ração dele, mas muita gente passa direto pelas plantas: algumas espécies bem comuns em jardins, quintais e vasinhos são tóxicas quando ingeridas e podem até ser fatais.

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)
    Raças

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)

    O Khao Manee tem um grande potencial para ser um dos grandes queridinhos entre os apaixonados por gatos. Com olhos de cores marcantes e pelo branquinho, o felino desta raça possui uma aparência rara que chama atenção e é uma ótima companhia para qualquer família. De origem tailandesa, esse gatinho é super amigável e ama estar ao lado dos seus humanos - e até mesmo de outros animais. Para conhecer mais a fundo o gato Khao Manee, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse bichano incrível. Dá uma olhada!

    Munchkin: curiosidades, origem, características, cuidados e personalidade... tudo sobre o
    Raças

    Munchkin: curiosidades, origem, características, cuidados e personalidade... tudo sobre o "gato salsicha"

    Gato anão e gato salsicha são algumas denominações usadas para se referir ao Munchkin, um adorável felino com as pernas curtinhas e coluna alongada. A raça de gato não é uma das mais populares do Brasil, mas com certeza chama a atenção pela sua forma física “diferenciada”. Muito doce e cheio de energia, o Munchkin é uma mistura de fofura, inteligência e companheirismo.

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa
    Raças

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa

    O Ragamuffin é uma raça de gato muito amável e carinhosa. Não muito conhecido no Brasil, o gato ragamuffin se originou a partir do cruzamento com felinos da raça Ragdoll. É considerado um gato gigante e pode chegar até os 9kg. O "Ragamuffin cat" pode ter a pelagem e olhos de diferentes cores. Uma característica marcante é o jeito brincalhão e o fato de amar colo. O Ragamuffin é ideal para famílias com crianças e outros animais.

    Ver Todas >

    Audição do gato, anatomia, cuidados e saúde: saiba tudo sobre os ouvidos e orelhas dos felinos!
    Cuidados dos animais

    Audição do gato, anatomia, cuidados e saúde: saiba tudo sobre os ouvidos e orelhas dos felinos!

    Quando se trata da anatomia dos felinos, a orelha de gato é uma das partes mais importantes dos nossos bichanos. E não é para menos, né? Além de ser a grande responsável pela poderosa audição felina, ela é uma das formas mais eficazes que o seu amigo encontra para se comunicar com você. Por esse motivo, essa região é cheia de peculiaridades e exige alguns cuidados específicos para manter a saúde do animal.

    Caixa de areia para gatos aberta ou fechada? Qual modelo é melhor?
    Cuidados dos animais

    Caixa de areia para gatos aberta ou fechada? Qual modelo é melhor?

    Os felinos são extremamente higiênicos e prezam muito pela limpeza. É por isso que um dos itens mais essenciais na rotina deles é a caixa de areia para gatos. Por instinto, esses animais recorrem a ela para fazer suas necessidades e, inclusive, desenvolvem o hábito de enterrar as próprias fezes. Mas na hora de escolher a melhor caixa de areia para gatos, o tutor pode ficar confuso com tantas opções. 

    Filhote de cachorro chorando: 5 motivos que explicam o choro nas primeiras semanas de vida
    Cuidados dos animais

    Filhote de cachorro chorando: 5 motivos que explicam o choro nas primeiras semanas de vida

    Quem é mãe ou pai de pet sabe bem: não há nada mais doloroso do que o som de filhote de cachorro chorando. A vontade é de pegar o bichinho no colo e frisar diversas vezes que você nunca vai deixar nada de mal acontecer a ele. Mas essa é uma situação que pode acabar se tornando repetitiva nas primeiras semanas de vida de um cãozinho, principalmente se ele for acolhido em um novo lar. Então, a preocupação se torna inevitável: qual será o motivo por trás dos filhotes de cachorro chorando? 

    Compensa comprar um tapete higiênico lavável para cachorro?
    Cuidados dos animais

    Compensa comprar um tapete higiênico lavável para cachorro?

    O xixi de cachorro costuma ser uma dor de cabeça para todos os tutores de primeira viagem. É importante ensinar o cachorro como fazer suas necessidades no lugar certo desde cedo. Alguns cães podem ser treinados para fazer xixi e cocô somente na rua (para isso, você vai precisar passear com ele todos os dias, no mínimo duas vezes), mas o recomendado é que o animal também consiga fazer as necessidades em casa. Afinal, uma chuva forte ou um imprevisto pode acabar mudando a rotina de passeios. 

    Ver Todas >