Comportamento

Gatos atendem pelo nome? Pesquisa desvenda o mistério!

Gatos atendem pelo nome ou apenas são estimulados pela voz do tutor?
Gatos atendem pelo nome ou apenas são estimulados pela voz do tutor?

Você já se perguntou se o seu gato atende pelo nome ou se apenas associa que você o está chamando? Ou já percebeu que ele só atende em algumas situações? Gatos são animais muito peculiares e instigantes e alguns comportamentos são considerados “blasés” pela maioria dos tutores. Como era de se esperar, esse temperamento curioso já foi estudado por especialistas e nós vamos te explicar o que eles descobriram. Vamos esclarecer de uma vez por todas se os felinos reconhecem seus próprios nomes, se você pode trocar o nome do gato depois de adotá-lo e até dicas de como fazer o bichano “responder” ao seu chamado!

Sabia que o seu gato atende pelo nome só quando ele quer?

Um estudo publicado na revista Scientific Reports concluiu que os gatos sabem sim diferenciar o nome deles, mas - como já era previsto - eles só atendem quando querem. Para chegar a essa conclusão, eles analisaram 77 felinos - entre seis meses e 17 anos de idade - e seus comportamento em dois experimentos feitos ao longo de três anos. Vale ressaltar que todos os gatinhos que participaram tinha uma família humana.

Nos testes, os pesquisadores usaram os nomes desses animais e outras quatro palavras com sonoridade parecida. Eles gravaram as cinco palavras, incluindo o nome do gatinho, com a voz de um cientista e outra gravação com a voz do dono. Ao ouvir os áudios, os gatos ignoravam as primeiras quatro palavras e moviam a cabeça ou orelha quando o nome deles era pronunciado. Essa reação foi igual para a voz desconhecida e quando era a gravação do tutor. Os pesquisadores também notaram que mesmo os gatos que não reagiram ao chamado são capazes de reconhecer seus próprios nomes. A falta de resposta pode ter sido causada, entre outros motivos, simplesmente pela falta de vontade do felino em interagir com seus humanos.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O adestramento ajuda o gatinho a entender o próprio nome
    O adestramento ajuda o gatinho a entender o próprio nome

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Como fazer o seu gato reconhecer o próprio nome?

    Para quem quer saber como fazer pro gato reconhecer o dono, é simples: após chamá-lo pelo nome, dê uma recompensa, como um petisco ou um belo carinho. Os especialistas recomendam não usar o nome em situações negativa, como uma bronca depois do animal aprontar alguma coisa.

    Outra dúvida muito comum é se tem problema trocar o nome do gato quando ele adotado mais velho - e, neste caso, já acostumado a ser chamado de uma forma. O gatinho não terá uma “crise de identidade”, mas você precisa ensiná-lo que aquele é o novo nome dele. Para fazer isso, siga alguns treinamentos básicos usando petiscos e coisas que ele ama: chame o gato pelo novo nome e toda vez que ele vier, dê a recompensa. Você também pode mencionar o novo nome quando ele estiver por perto recebendo algum carinho. Com o tempo, ele vai associar aquela sonoridade. Mais uma vez, é importante evitar usar o nome quando precisar brigar ou corrigi-lo.

    O processo de ensinar novos comandos vai ficar mais fácil quando o gatinho aprender o nome dele. Normalmente, os gatos não são tão estimulados a aprenderem comandos como os cachorros. A verdade é que os felinos são super inteligentes e podem aprender diversos truques, desde os simples até aqueles mais complexos. Assim como os cães, os comandos melhoram a comunicação entre o tutor e o animal.

    Redação: Mariana Almeida

    Como fazer o cachorro parar de pular nas pessoas?

    Próxima matéria

    Como fazer o cachorro parar de pular nas pessoas?

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato
    Raças

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato

    O gato Norueguês da Floresta chama a atenção por onde passa, principalmente por conta do seu porte. Essa é uma raça de gato grande e que tem o corpo bem robusto, coberto por pelos longos e lisos, que deixam o bichano com uma aparência bem fofa e apertável. Também é um animal super gentil e carinhoso, e por isso consegue conquistar a todos com facilidade. 

    Gato Azul Russo: saiba tudo sobre a raça
    Raças

    Gato Azul Russo: saiba tudo sobre a raça

    Com uma pelagem cinza, o gato Azul Russo - também conhecido como Russian Blue - é dono de uma beleza inconfundível e capaz de conquistar facilmente o coração de qualquer pessoa com sua personalidade doce e calma. A raça é originária da Rússia e considerada bastante rara, mas ainda assim muitas pessoas ao redor do mundo se fascinam pelo Azul Russo e não hesitam em procurar um bichano para chamar de seu. 

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Ver Todas >

    Brinquedos para cachorros filhotes: quais as opções mais seguras para até seis meses de idade?
    Comportamento animal

    Brinquedos para cachorros filhotes: quais as opções mais seguras para até seis meses de idade?

    Os brinquedos para cachorro filhote fazem toda a diferença nos primeiros meses de vida do cãozinho, pois servem como estímulos sensoriais que ajudam no desenvolvimento do animal. É importante, porém, que eles sejam apropriados para a idade do pet. Quer saber quais são os melhores brinquedos para filhotes de cachorro de até 6 meses? Então veja abaixo algumas alternativas!

    Cachorro Labrador: a cor da raça indica a personalidade do pet?
    Comportamento animal

    Cachorro Labrador: a cor da raça indica a personalidade do pet?

    Labrador preto, chocolate, caramelo… Existem muitos tipos de cores de pelagem que podem existir na raça Labrador. Cachorro tão popular e querido por todos, o Labrador é conhecido por sua personalidade amigável, carinhosa e divertida - o verdadeiro melhor amigo do homem! A grande variedade de cores de um cachorro Labrador, porém, leva algumas pessoas a se questionarem se a cor da pelagem indica algum traço especial na personalidade do animal. 

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?
    Comportamento animal

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?

    Viajar com cachorro é uma experiência incrível, mas que precisa de atenção. O primeiro passo é procurar por um hotel pet friendly - isto é, um hotel ou pousada que aceita animais de estimação - para que tudo seja perfeito. Existe hotel que aceita cachorro, mas que tem algumas limitações como quantidade de pets por quarto e que tem restrições quanto ao porte do animal (a maioria costuma aceitar apenas animais pequenos ou, no máximo, de porte médio). No entanto, também existem hotéis totalmente pet friendly que são praticamente o paraíso na terra para os nossos amiguinhos de quatro patas.

    Comportamento animal

    "Meu cachorro destrói tudo": o que fazer e como direcionar o comportamento do pet?

    Quem tem um cachorro destruidor sabe bem a sensação de chegar em casa e encontrar o sofá destruído, o controle remoto mordido ou a caminha dele destroçada. Esse comportamento traz problemas tanto para o tutor quanto para o cão e, por isso, é importante saber como evitá-lo. Algumas mudanças na rotina, como comprar uma cama para cachorros destruidores e passear mais com o cachorro, podem ser necessárias para controlar seu pet. 

    Ver Todas >